Estações da Vida - Capítulo 1x30 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Estações da Vida - Capítulo 1x30

Novela de Gabo Olsen e Diogo de Castro
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui


     
     
 

NO CAPÍTULO ANTERIOR DE "ESTAÇÕES DA VIDA":

AMANDA: É isso mesmo, Pato? Você tá roubando seu próprio pai?

 

PATO: É por uma boa causa tá bom?

 

AMANDA: Como assim?

 

PATO: Depois eu te explico, primeiro me ajuda a colocar tudo no lugar.


...
 

AMANDA: Que grata surpresa!

 

Ele se vira no impulso.

 

LEONARDO: Ce ficou maluca, garota?

 

Ela abre a primeira porta que vê a frente e entra. Ele fica no corredor.

 

AMANDA (O.S): Depende...

 

LEONARDO: O que você tá fazendo?


...
 

Leonardo dorme profundamente. Amanda levanta da cama cautelosamente e procura entre suas roupas seu aparelho celular. Encontra-o. Volta a deitar-se na cama e tira algumas fotos dos dois. Ela faz poses sexy, manda beijo pra câmera.

 

...
 

ISMAEL: Treinei a noite toda. (coloca o violão de lado)

 

NANDA: Pra que tudo isso?

 

ISMAEL: Pra ver se você acredita em mim. No que eu to sentindo por você. Dessa vez não tem jogo, Nanda. Eu to gostando de você de verdade. Me dá uma chance pra provar isso, por favor!

 

NANDA: Não sei não, Ismael/

 

ISMAEL: Eu prometo fazer você esquecer o babaca do Pato. Só me dá uma chance!

 

Ele aguarda a resposta dele.


...
 

PATO: Tá aqui o dinheiro, conforme combinado.

 

Um dos capangas pega a mochila e entrega ao chefe, que abre, confere rapidamente.

 

CHEFE: E não é que as bichinhas tem palavra!


...

 

O sino toca.

 

LUA: Vocês não vão entrar na sala?

 

As duas se viram e se surpreendem ao ver Lua.

 

ANDRÉIA: Para tudo, é você mesmo?

 

LARISSA: E esse visu novo? A-DO-REI.

 

ANDRÉIA: Arrasou, amiga.

 

Elas se abraçam.

 

LUA: Estou de volta. E agora eu vim pra ficar.

 

...
 

CAM detalha o momento em que ela tira de dentro fotos impressas de Leonardo e Amanda na noite anterior, no quarto de hóspedes da casa. Ela grita de ódio. Rasga as fotos feito louca.

 

KÁTIA: Aquela vaca não faz ideia de com quem está lidando. Ela vai pagar caro por isso.


...
 

Mirtes cruza as pernas, Lulu vê um roxo em sua perna.

 

LULUO que é isso na sua perna?

 

Ela se apressa em esconder.

 

MIRTES: Eu caí.

 

LULU: E por que está tão distante? Aliás, você tem estado assim nos últimos tempos. O que é que tá acontecendo hein? Se abre comigo. É o Rubens? Brigaram de novo?

 

MIRTES: Ai, Lulu. Foi muito pior.

 

LULU: Nossa, como assim? O que aconteceu?

 

MIRTES: O Rubens me violentou.


...

 

PATO: Esse foi o suficiente pra eu entender a importância da escola. Além do mais, eu concordo com o que você disse sobre as responsabilidades.

 

LEONARDO: E isso quer dizer que...?

 

PATO: Eu vou me dedicar mais aos estudos.

 

LEONARDO: Pode começar de agora. Depois do jantar você vai pro quarto estudar. Isso todos os dias a partir de agora. É isso e eu falo com a diretora da escola pra te receber de volta.

 

PATO: Combinado.

 

...

 

AMANDA: Como você descobriu onde eu moro?

 

KÁTIA: Você realmente achou que aquela provocação ficaria por isso mesmo?

 

AMANDA: Gostou das fotos, amada?

 

KÁTIA: Sua cachorra. Agora você vai ver com quem mexeu.

 

CLOSES alternados entre elas.

 
     
     
     
     

CAPÍTULO 1x30
 
     
   
     
 

CENA 01. APARTAMENTO AMANDA. SALA. INT. NOITE.

 

Continuação imediata do capítulo anterior.

 

AMANDA (enfrenta): Você me chamou de cachorra?

 

KÁTIA (sorri): Se ofendeu querida?

 

AMANDA (morde os lábios): Claro que não. Eu adoro quando o Pato e o Leonardo me chamam assim na cama.

 

KÁTIA: Como você é baixa.

 

AMANDA: Olha só quem tá falando... Você já esteve no meu lugar, amorzinho, esqueceu? E é por isso que desde o começo você sacou minhas intenções, temos muita coisa em comum sabia?

 

KÁTIA (levanta a mão): Não ouse me comparar com você.

 

AMANDA: Quê que é, vai me bater? Veio aqui pra isso, não foi? Pode vir, há muito tempo eu já tava a fim de rasgar sua cara esticada de botox!

 

Kátia vai pra cima de Amanda com muita raiva. As duas travam um embate. Amanda puxa o cabelo de Kátia e a derruba no chão. Elas medem força até que Amanda sobe em cima de Kátia e desfere tapas no rosto da rival.

 

AMANDA: Eu vou acabar com você.

 

KÁTIA: Experimenta, sua vaca!

 

Kátia consegue se desvencilhar e estapeia Amanda.

 

KÁTIA: O que será que o Pato vai dizer quando descobrir que a namoradinha biscate seduziu o papai dele?!

 

AMANDA: Você acha que ele vai acreditar em quem?

 

Amanda empurra Kátia com força afastando as duas. Ela se levanta.

 

AMANDA: Sabe de uma coisa? O passado está fazendo questão de se repetir. O Leonardo novamente tem uma amante, enquanto está casado, dessa vez com você, e agora ele vai ser papai de novo. (acaricia a barriga)

 

Kátia cai na risada.

 

AMANDA: Tá rindo do que?

 

KÁTIA: Você acha mesmo que o Leonardo vai se separar de mim quando se der conta da piranha que você é? Além do mais eu duvido que esse filho seja dele.

 

AMANDA: Tu acha mesmo que eu ia dá esse mole? Com o Patinho eu só transo com camisinha, agora com o pai é tudo liberado. Aliás, que macho maravilhoso!

 

Kátia volta a avançar nela. Elas trocam tapas e puxões de cabelo. Kátia empurra Amanda e se afastam novamente.

 

AMANDA (furiosa): Eu vou tirar tudo o que é seu.

 

KÁTIA (fria): Não se eu te mandar pro inferno antes!

 

Kátia saca uma arma da bolsa e aponta para Amanda.

 

CENA 02. MANSÃO LAMBERTINI. QUARTO PATO. INT. NOITE.

 

Pato na varanda olhando para a piscina, copo com whisky na mão.

 

PATO: E pensar que já dei várias festinhas aqui. Agora ninguém olha na minha cara. Geral se afastou.

 

Pato vira o copo.

 

FLASHBACK CAPÍTULO 1x20,

 

NANDA: Eu ouvi toda a conversa.

 

Pato e Ismael sem graça.

 

NANDA (séria): Diego, você ia me dopar?

 

Diego abaixa a cabeça.

 

NANDA (chora): Que espécie de amigo você é?

 

ISMAEL: Nanda, é uma ofensa chamá-lo de amigo. Essa trollagem que ele queria fazer é papel de um inimigo.

 

PATO: Nanda, me escuta/

 

NANDA (grita): CALA A BOCA. NÃO ME DIRIJA A PALAVRA.

 

FIM DO FLASHBACK,

 

PATO: Como eu fui idiota de pensar só naquela aposta bizarra e esquecer dos sentimentos da Nanda, ignorar tudo que a gente passou. Esse bloqueio entre a nossa amizade fez a ficha cair. É Pato, demorou, mas caiu. (T) E apesar de tudo, quando eu precisei conversar, a Nanda tava lá.

 

FLASHBACK CAPÍTULO 1x16,

 

PATO: Quando eu encontrei meu pai no apartamento, eu falei algo que tava preso há anos. Eu contei tudo o que eu senti quando eu perdi minha mãe. Sabe, eu sofri tanto Nanda.

 

NANDA: Eu imagino, Pato. Eu lembro o quanto você era apegado com a sua mãe.

 

PATO: Meu pai levou aquela mulher lá pra casa, grávida.

 

Eles se levantam.

 

NANDA: Não fique assim.

 

PATO: Obrigado por ter me ajudado hoje.

 

NANDA: Imagina. Amigos são para todos os momentos. (T) Felizes e tristes.

 

PATO: Você é incrível.

 

Nanda sorri. Pato acaricia o rosto de Nanda. Eles ficam próximos. Pato beija Nanda.

 

FIM DO FLASHBACK,

 

PATO: Eu preciso consertar essa história.

 

Pato se levanta. Vai até o criado-mudo, pega a chave e sai.

 

CENA 03. APARTAMENTO AMANDA. SALA. INT. NOITE.

 

Amanda contra a parede. Kátia com a arma apontada para ela.

 

AMANDA (tensa): Baixa essa arma, Katia. Vamo conversar.

 

KÁTIA: O que foi, cadela? Perdeu a coragem? Cadê aquela putinha que estava me peitando agora pouco?! Você realmente achou que eu deixaria uma alpinista social da pior espécie como você acabar com tudo o que eu levei anos pra construir?

 

AMANDA: Se você me matar todo mundo vai saber, vão ouvir o tiro. Você vai ser presa.

 

KÁTIA (debocha): Não me decepcione, garota. Achei que eu tivesse uma rival à altura. Mas já vi que inteligência não é o seu forte né? Meu marido é um homem influente, rico, e você já viu gente rica ficar presa neste país? Ainda mais por matar uma zé ninguém feito você. Estarei fazendo um favor à sociedade.

 

Kátia ri de maneira sádica.

 

KÁTIA: Seus dias de vadia golpista acabaram. Começa a rezar.

 

Amanda chora.

 

KÁTIA: Mas antes, você vai me pedir desculpas por tudo que fez até aqui.

 

AMANDA (grita): Vai pro inferno!

 

KÁTIA: Garota não me faz perder a paciência. Só por essa malcriação, ajoelha e pede desculpa!

 

AMANDA (grita): Nuuunca!!

 

KÁTIA (grita): Ajoelha que eu to mandando!

 

Amanda hesita. Kátia aproxima a arma da cabeça dela.

 

KÁTIA: AJOELHA, VADIA!

 

Ela obedece. Kátia gargalha.

 

AMANDA: Atira de uma vez!

 

Kátia aperta o gatilho. Nada acontece. Começa a gargalhar.

 

KÁTIA: Está sem munição!

 

Amanda se revolta e a empurra. Kátia revida dando-lhe um tapa.

 

AMANDA: Desgraçada!

 

KÁTIA: Fica esperta, garota. Isso foi um aviso. Pensa muito bem em qual vai ser seu próximo passo. Você não sabe do que eu sou capaz.

 

Kátia pega a bolsa se retira. Amanda se descontrola de raiva.

 

AMANDA: Desgraçada!!!

 

CENA 04. BOCA DE FUMO. INT. NOITE.

 

Diego diante do traficante.

 

TRAFICANTE #1: O viciadinho tá querendo mais droga, é?

 

DIEGO: Dá pra me entregar logo e parar de fazer perguntas?

 

TRAFICANTE #1: Rapa, olha como tu fala comigo.

 

Outro traficante se aproxima.

 

TRAFICANTE #2: Alemão, ele tá querendo droga fiada de novo?

 

ALEMÃO: Tá sim, Truta.

 

TRUTA: Oh moleque, tu tá ligado nos prazos?

 

DIEGO: Relaxa, em 5 dias eu trago a grana.

 

TRUTA: É bom cumprir o prazo.

 

ALEMÃO: O chefe não tá de graça não.

 

DIEGO: Ok, ok. Vou pegar descendo agora.

 

CORTA PARA

 

CENA 05. BANHEIRO. INT. NOITE.

 

Diego fecha a tampa do vaso. Abre o saquinho com droga, coloca um pouco, ajeita em fileira e cheira. Ele senta no chão e delira.

 

DIEGO: Mano, existe coisa melhor? Se existe eu desconheço.

 

Em Diego curtindo os efeitos da droga.

 

CENA 06. PRAÇA. INT. NOITE.

 

Local movimentado. Caio e Grego tomando sorvete e andando.

 

GREGO: Esse dia foi tão surreal.

 

CAIO: Eu sempre quis conhecer a Disney.

 

GREGO: Um dia podemos conhecer.

 

CAIO: Hey, promessas devem ser cumpridas.

 

GREGO: E eu vou cumprir.

 

CAIO: Eu vou cobrar.

 

Eles dão risada.

 

GREGO: E o seu pai? Tá mais calmo?

 

CAIO: Parou de pegar no meu pé por enquanto. Não duvido que as cobranças voltam logo logo.

 

GREGO (rindo): Se quiser me apresentar como seu namorado, eu aceito, viu?

 

CAIO: Tá doido?

 

GREGO: Tô brincando, leke, mas eu to doido sim, doido pra te dar um beijo.

 

CAIO: Realmente você tá doido. Olha o tanto de gente aqui.

 

GREGO: Por isso eu tenho um plano B. Bora ali?

 

CAIO: Onde?

 

GREGO: Só me segue.

 

CENA 07. DELEGACIA. FACHADA. EXT. NOITE.

 

PLANO MÉDIO na placa do estabelecimento que diz “Delegacia em Defesa da Mulher”. Abre plano no carro de Mirtes estacionado. Corta para o seu interior. Ela tensa segura no volante. O celular vibra.

 

MIRTES: É ele.

 

Ela não atende. O celular volta a vibrar. Ela atende.

 

RUBENS (off): Por que não atendeu?

 

MIRTES: Estava ocupada.

 

RUBENS (off): Ocupada? Mirtes, eu não sou nenhum cliente, sou seu marido. Quando eu ligo, o mínimo seria me atender. Onde você está?

 

MIRTES: No restaurante.

 

RUBENS (off): Ok. Estou perto. Já chego ai.

 

MIRTES: Não precisa. Eu já vou pra casa.

 

RUBENS (off): Me espera. Quero jantar com minha esposa.

 

MIRTES: Ok.

 

Mirtes desliga o celular.

 

MIRTES: Droga.

 

Ela bate no volante. Liga o carro e sai em alta velocidade.

 

CENA 08. SEVEN NIGHT. INT. NOITE.

 

Nanda no balcão mexendo no celular. Pato se aproxima.

 

PATO: Nanda?

 

NANDA: Pato, o que está fazendo aqui a essa hora?

 

PATO: O dia foi puxado. Preciso esfriar a cabeça. Ocupada?

 

NANDA: Nada, to aqui de bobeira. O que manda?

 

PATO: Me acompanha num suco?

 

NANDA: Mãe, você assume aqui os pedidos?

 

ESTELA: Já vai paquerar?

 

NANDA (nervosa): Mãaaae?

 

ESTELA: Tô brincando filha.

 

CORTA PARA

 

Nanda e Pato sentados à mesa.

 

PATO: Sentiu minha falta no colégio?

 

NANDA (sem graça): Sua falta?

 

PATO: É, Nanda. Esqueceu que eu fui expulso?

 

NANDA: Ah é (risos).

 

Sem graça, Nanda bebe o suco.

 

PATO: Vejo que não sentiu falta, mas enfim, como andam as coisas?

 

NANDA: Torta de climão na sala.

 

PATO: Sinto falta da galera, apesar de todo mundo me achar um criminoso né.

 

NANDA: Aliás, por que, Pato? Por que você fez isso?

 

PATO: É uma parada complicada.

 

NANDA: Que com certeza envolve o Diego.

 

PATO: É.

 

NANDA: O que foi dessa vez?

 

PATO: Ah deixa pra lá.

 

NANDA: Ah não, Pato, começou termina. Você quer ou não quer conversar?

 

PATO: Tá. O Diego tá metido com uma galera barra pesada.

 

NANDA: E como ele se meteu nessa?

 

PATO: Eu acho que o Diego tá usando droga. (Nanda se surpreende) E aí tá acumulando dívida por conta do vício. O celular foi ele quem roubou.

 

NANDA: Meu Deus, Pato. Eu e a Paulinha já desconfiávamos que tinha o dedo podre dele nessa história, mas não sabia que era algo tão punk.

 

PATO: Entraram no AP dele, quebraram tudo. Ameaçaram a dona Naná. Ele me pediu ajuda e foi o que eu fiz.

 

NANDA: Mas isso é caso de polícia, Pato.

 

PATO: Eu sei, mas a gente conseguiu resolver sem envolver polícia.

 

NANDA: Eu posso saber como?

 

PATO: Olha, eu não vim aqui pra isso tá?

 

NANDA: Como não? Você não quer conversar?

 

PATO: Sim, mas, conversar sobre a gente.

 

NANDA: E o que você tem pra me dizer?

 

PATO: Que eu me arrependo de todas as merdas que fiz esse ano, mas principalmente do que fiz com você. Eu sei que já falei isso, mas eu senti que tinha que vir aqui mais uma vez.

 

NANDA: Convenhamos que aquela aposta foi algo nojento.

 

PATO: Ce tem razão.

 

NANDA: Mas, você se arrepende mesmo do que fez?

 

PATO: Me arrependo. Se tiver que provar de alguma maneira, eu topo.

 

Silêncio.

 

PATO: Algum dia você vai me desculpar?

 

NANDA: Só o tempo pode dizer.

 

PATO: Entendo. (T) Você é uma garota especial e eu deveria ter percebido isso antes.

 

Nanda abaixa a cabeça.

 

PATO: Hey, olha pra mim.

 

NANDA: Eu to tão confusa.

 

Nanda se levanta.

 

PATO: Não vai. Fica, por favor.

 

NANDA: Eu preciso de um tempo.

 

PATO: Fica aqui, Nanda. Fica comigo. Deixa eu consertar esse erro que eu cometi.

 

Em Nanda.

 

CENA 07. MANSÃO PAULINHA. INT. NOITE.

 

Paulinha pelo corredor. Bate na porta.

 

PAULINHA: Mãe?

 

Entra no quarto, não encontra ninguém.

 

PAULINHA: Ué? Cadê eles? Já são 9 horas e nada.

 

Paulinha desbloqueia o celular.

 

PAULINHA (digita): Mae, cade vc?

 

Aperta em enviar. O celular apita.

 

PAULINHA (lendo): Oi, filha. To no restaurante. Seu pai está aqui.

 

Paulinha guarda o celular no bolso.

 

PAULINHA: Esquisito.

 

Ela sai do quarto.

 

CENA 08. MANSÃO LAMBERTINI. SALA DE JANTAR. INT. NOITE.

 

Leonardo lendo jornal. Lua vendo tv.

 

LEONARDO: Lua, e o Pato, onde está?

 

LUA: No quarto estudando.

 

Leonardo volta a ler o jornal. Alguém bate a porta com força.

 

LEONARDO: Kátia? É você?

 

Ouvimos os saltos dela subindo a escada com pressa.

 

LUA: Parece que foi mais sério do que ela me disse.

 

LEONARDO: Vou ver o que aconteceu. Lua, fique aí.

 

Leonardo se retira da sala.

 

LUA: Boa coisa não deve ser.

 

CENA 09. MANSÃO LAMBERTINI. QUARTO LEONARDO E KATIA. INT. NOITE.

 

Kátia anda de um lado para o outro, nervosa. Leonardo entra.

 

LEONARDO (preocupado): Meu amor, onde você tava? O que aconteceu? Você tá machucada!

 

KÁTIA: Quer saber mesmo onde eu tava, Leonardo? Tem certeza?

 

LEONARDO: Que tom é esse, Kátia? O que aconteceu?

 

KÁTIA: O que aconteceu? Quer saber o que aconteceu? Eu te mostro o que aconteceu.

 

Kátia vai até o guarda roupas e retira de dentro uma caixa, abre e despeja na cama os pedaços das fotos que rasgou.

 

KÁTIA: Sabe o que é isso? As fotos que a biscate da Amanda me mandou de vocês dois!

 

LEONARDO (tenso): O que? Do que você ta falando?

 

KÁTIA: Para de bancar o desmemoriado, Leonardo. Eu já sei que você tem um caso com aquela vagabunda! Ela fez questão de esfregar na minha cara o sexo que vocês fizeram dentro da nossa casa, no quarto de hóspedes! E muito provavelmente na mesma noite em que esteve com o seu filhinho! Vai negar?

 

Em Leonardo, encurralado.

 

LEONARDO: Eu posso explicar, Kátia.

 

KÁTIA: Não precisa me explicar o óbvio. Eu sei exatamente o que aconteceu. Aliás, eu sempre soube que isso acabaria acontecendo. Aquela cretina inventou esse namorico com o Patrício mas o objetivo dela sempre foi você! E vocês dois caíram feito patinhos!

 

LEONARDO: Não vamos deixar essa garota estragar nosso casamento, meu amor. Por favor.

 

KÁTIA: Ela tá grávida de você.

 

LEONARDO: Quem garante que o filho é meu? Essa garota já provou que não é digna de confiança.

 

KÁTIA: Mesmo que seja do Patrício! Ela já conseguiu o que queria. ‘Se infiltrar’ na nossa família e tirar proveito de tudo isso. Francamente, Leonardo. Você sempre me pareceu tão inteligente. Mas foi só uma ninfetinha aparecer no seu caminho pra você baixar as calças né?

 

LEONARDO: Me perdoa, meu amor. Eu não queria fazer isso.

 

KÁTIA: Mas você fez! Você colocou tudo a perder caindo no jogo dessa vagabunda!

 

LEONARDO: Eu vou resolver esse problema.

 

KÁTIA: Você não vai fazer nada. É isso que ela quer, que a gente faça alguma bobagem. Precisamos esfriar a cabeça e pensar friamente.

 

LEONARDO: Eu não vou deixar essa cretina destruir minha família.

 

KÁTIA: E o que você pretende fazer? Quando o Patrício souber que a namorada é amante do próprio pai, ele nunca mais vai querer olhar na sua cara. Como vai fazer pra que essa verdade não venha a tona? Na primeira oportunidade essa garota vai acabar com a relação de vocês. Percebe o quanto você foi idiota agora? Você acabou com qualquer possibilidade de ter uma relação com seu filho. Acabou, Leonardo!

 

LEONARDO: Isso não vai ficar assim. Eu juro.

 

KÁTIA: Não vai mesmo. Se aquela biscate pensa que está por cima da carne seca, ela tá muito enganada. Mas hoje você dorme no quarto de hóspedes.

 

Kátia abre a porta do quarto para ele sair.

 

LEONARDO: Você é a mulher que eu amo.

 

Ele faz que faz beijá-la. Ela vira o rosto. Leonardo sai. Ela bate a porta com ódio.

 

KÁTIA: Maldito!

 

CENA 10. PRAÇA. PARQUE. EXT. NOITE.

 

Caio e Grego estão dentro de uma casinha de madeira.

 

CAIO: Grego, eu sei que você curte a Disney, mas aqui? Já imaginou se entra alguma criança?

 

GREGO: Foi o melhor lugar que eu achei. E se alguém tentar entrar aqui, deixa comigo. Eu assusto a criança.

 

CAIO: Tadinha.

 

MUSIC ON: (FLASHLIGHT - JESSIE J)

 

Eles se beijam.

 

CAIO: Foi uma boa sacada.

 

Grego deitado no colo de Caio.

 

GREGO: To curtindo tanto esse momento. Se dependesse de mim, eu ficaria aqui o tempo todo contigo.

 

CAIO: Confesso que eu senti muito medo no início. Obrigado por ser paciente.

 

GREGO: Fica tranquilo. No que precisar pode contar.

 

CAIO: Seus pais desconfiam de alguma coisa?

 

GREGO: Sobre a gente?

 

CAIO: Não, sobre você.

 

GREGO: Não tive coragem de contar. E você pretende contar quando?

 

CAIO: Nunca. Se meu pai souber ele me bota pra fora de casa.

 

GREGO: Olha que dramático.

 

CAIO: Esqueceu a pressão que era com a Paulinha?

 

GREGO: Claro que não. Foi um período tenso.

 

CAIO: Bota tenso nisso.

 

MUSIC OFF.

 

CENA 11. GOURMET CARIOCA. INT. NOITE.

 

Restaurante lotado. Alfredo e Milena jantando.

 

ALFREDO: O  que acha de pegarmos um cinema na sequência?

 

MILENA: Esqueceu que trabalhamos amanhã?

 

ALFREDO: A noite é uma criança.

 

MILENA: Você sabe que eu tenho problemas com horários.

 

ALFREDO: Posso te fazer companhia.

 

MILENA: Gostei da proposta.

 

CORTA PARA

 

Mirtes entra apressada. Passa por Lulu.

 

LULU: Deu tudo certo?

 

MIRTES: O Rubens passou por aqui?

 

LULU: Não. Aconteceu algo?

 

MIRTES: Não consegui fazer a denúncia. Ele me ligou. Está vindo pra cá.

 

LULU (coloca a mão na boca): Minha nossa senhora.

 

Rubens entra. Lulu aponta para a entrada. Mirtes olha, Rubens acena para ela.

 

CENA 12. SEVEN NIGHT. INT. NOITE.

 

Pato e Nanda conversando. Dão risada. Celo e Estela observam de longe os dois. Pato se aproxima de Nanda.

 

PATO: E aquele dia que a polícia especial baixou lá em casa?

 

NANDA: Foi insano. Eu achei que era a polícia de verdade e no fim era a galera do streptease.

 

PATO: Queria ter visto a cara de vocês.

 

NANDA: Meu coração quase saiu pela boca.

 

Eles dão risada.

 

MUSIC ON: (NAKED - JAMES ARTHUR)

 

PATO: E hoje, como está seu coração?

 

Nanda faz que vai falar mas Pato a beija no impulso. Tempo no beijo. Ela se deixando levar, curte o momento.

 

O beijo cessa.

 

PATO: Eu tava louco pra fazer isso. Mas é que não sei mais o que fazer pra você acreditar que eu te quero.

 

NANDA: Tudo bem. Eu gostei.

 

PATO: Isso quer dizer que me perdoou?

 

NANDA: Isso quer dizer que eu preciso te contar uma coisa.

 

PATO: Fala aí.

 

NANDA: É sobre o Ismael.

 

PATO: O que esse babaca aprontou dessa vez?

 

NANDA: O Ismael não é nenhum babaca. Quer dizer, talvez seja, não sei. Mas, babaca por babaca os dois foram muito esse ano né!

 

PATO: Tá. Desculpa. Ce tem razão.

 

NANDA: Mas o fato é que ele se declarou pra mim na escola. E sabe, eu acho que ele tá sendo sincero.

 

PATO: Esse cara só tá em cima de você pra me provocar.

 

NANDA: Nem tudo se trata de você, Pato. Eu acredito no que ele falou. O Ismael errou comigo tanto quanto você, mas ele reconheceu o que fez.

 

PATO: Então vocês tão namorando, é isso?

 

NANDA: Não.

 

PATO: E por que não, se você acredita no que ele diz?

 

NANDA: Porque a gente não manda no que sente. Quer dizer, isso quando a gente sabe o que sente, mas essa é a questão. Eu não sei o que to sentindo. To confusa.

 

PATO: E o que eu posso fazer agora pra acabar com essa confusão na sua cabeça?

 

Nanda balança a cabeça negativamente, emocionada. Pato segura seu rosto, limpa a lágrima que escorre e a beija novamente. Ismael entra.

 

ISMAEL: Nanda?

 

Eles se afastam.

 

MUSIC OFF.

 

NANDA: Oi, Ismael.

 

ISMAEL: Não acredito que você está com esse cara, depois de tudo o que ele fez. Eu pensei que a gente/

 

PATO: Pensou o que? Que ia ganhar mais essa em cima de mim?

 

NANDA: Como assim ganhar mais essa? Eu sou só mais uma disputa entre vocês dois é isso?

 

PATO: Não foi isso que eu quis dizer.

 

ISMAEL: Esse cara já te machucou demais, Nanda. Eu não entendo o porque de você ainda dá bola pra ele.

 

PATO: Você sabe que eu to arrependido, Nanda. Não dá ouvidos a esse babaca.

 

NANDA: Parem vocês dois!

 

ISMAEL: Eu acho que tá na hora de você se decidir, Nanda.

 

PATO: É isso aí. Com quem você vai ficar, Nanda?

 

NANDA: Eu preciso ficar sozinha.

 

Nanda sai. Estela vai atrás dela.

 

PATO: Satisfeito, idiota?

 

Pato vai atrás de Nanda. Celo o interrompe.

 

CELO: Nem mais um passo, garoto. Melhor os dois saírem daqui agora.

 

Eles concordam e saem.

 

CAM vai buscar no balcão Nanda abraçada com a mãe.

 

NANDA: Mãe, o que eu faço?

 

ESTELA: Fica calma, meu amor. Tudo vai se resolver.

 

Ela e Celo trocam olhares.

 

CENA 13. SEVEN NIGHT. EXT. NOITE.

 

Ismael vai até a moto. Coloca o capacete e vai embora.

 

MUSIC ON: (NOT DAY - IMAGINE DRAGONS)

 

ISMAEL (off): Cada escolha, gera uma consequência. E quando não estamos preparados para o resultado? Fugimos ou tentamos encará-lo?

 

Sequência de cenas.

 

1. Juliana assiste televisão. Naná sentada na poltrona, cochila.

 

2. Diego entra no quarto, abre uma gaveta e encontra joias. Ele coloca no bolso.

 

DIEGO: Por uma boa causa.

 

3. Mirtes e Rubens jantando. Mirtes apreensiva. De longe, Lulu observa o casal.

 

4. Nanda conversando com Estela.

 

ISMAEL (off): Já dizia um sábio, devemos esquecer o mal que nos causaram, porém nunca podemos nos esquecer do aprendizado adquirido.

 

5. Kátia deitada na cama. Pensativa.

 

KÁTIA: Você vai se arrepender de ter cruzado o meu caminho, garota.

 

6. No quarto de hóspedes, Leonardo também está deitado na cama.

 

LEONARDO: Ah Amanda... Você vai pagar caro pelo que fez.

 

7. Pato sentado em um banco na praça vê o movimento.

 

8. Alfredo e Milena no cinema se beijando.

 

9. Lua publica uma foto na internet. Coloca o celular na poltrona e volta a ver televisão. O celular apita, Lua o pega.

 

LUA (lendo): DJ curtiu a sua foto.

 

Ela sorri. Coloca o celular de volta na poltrona.

 

10. Paulinha dormindo no sofá.

 

11. Caio e Grego caminham rindo pela praça. De longe, Pato vê o casal, estranha.

 

A noite desaparece e surge o sol.

 

12. Alfredo acorda. Sorri ao ver Milena em sua frente na cama.

 

13. No banheiro, Diego usa droga. Ele delira.

 

MUSIC OFF.

 

CENA 14. APARTAMENTO DE JULIANA. QUARTO. DIA.

 

Juliana sai do banheiro.

 

JULIANA: Finalmente chegou o dia do encontro com o meu boy magia. Tô curiosíssima para conhecê-lo e ir até as nuvens.

 

Juliana abre a gaveta, procura por uma joia.

 

JULIANA: Cadê aquele anel?

 

Ela revira novamente e não encontra.

 

JULIANA: Estranho. Tá faltando algumas joias. Será que a Jovita colocou em outro lugar?

 

Juliana alcança o celular.

 

JULIANA (digita): Jovita, você mudou minhas joias de lugar?

 

O celular emite um som.

 

JULIANA (lendo): Não senhora, nem mexo nessa gaveta. Já olhou no bolso da calça?

 

Em  Juliana, desconfiada.

 

CENA 15. COLÉGIO FRAN VICENTINI. PISCINA. EXT. DIA.

 

Os alunos estão dentro da piscina. Emílio do lado de fora.

 

EMÍLIO: O jogo vai começar. Tudo certo?

 

Os alunos fazem sinal pra o professor. Emílio apita.

 

DIEGO: Ué, o Caio, trocou a Paulinha pelo Grego?

 

PAULINHA: Se enxerga, Diego. Presta atenção no jogo.

 

DIEGO: Defendendo o namoradinho, é?

 

NANDA: Cara, como você é sem noção.

 

DIEGO: Novamente o Caioba tem defensoras a seu favor.

 

PAULINHA: Não estamos mais namorando.

 

DIEGO: Sério? Não acredita. Quem terminou com quem?

 

CAIO: Tá curioso porque Diego? Tá com algum problema?

 

EMÍLIO: Pessoal, (bate palma) vamos manter o silêncio? Diego, você está afim de jogar, ou prefere sair da piscina?

 

DIEGO: Tá de marcação comigo? Geral tá conversando.

 

EMÍLIO: Diego, não vou falar de novo. Mais um falatório e vou tirá-lo da piscina.

 

Em Diego insatisfeito.

 

CORTA PARA

 

MUSIC ON: (LINHA DE FRENTE - CPM 22)

 

Alunos brincando de queimada. Grego joga a bola em Diego. Ele pega, se aproxima de Ismael e acerta com força no rosto do garoto. O nariz de Ismael sangra.

 

MUSIC OFF.

 

ISMAEL: Tá maluco?

 

EMÍLIO: Diego, saia da piscina agora.

 

Diego pega a bola e joga outra vez em Ismael. Diego vai pra cima de Ismael, acerta um soco no rosto do rapaz.

 

DIEGO: Isso é por toda provação que você já causou. A ligação pra polícia, por ter contado sobre a aposta e a expulsão do Pato.

 

Caio tenta segurar Diego, mas ele empurra Caio.

 

Diego acerta outro soco em Ismael, que revida. Diego tenta afogá-lo. Emílio pula na piscina e segura Diego.

 

EMÍLIO (grita): Não tem justificativa pra esse seu comportamento. Pra direção, agora!

 

DIEGO: E o pela saco do Ismael, não vai? (mente) Ele me provocou antes da aula começar.

 

ISMAEL: Que mentira.

 

DIEGO: Agora fala que é mentira, não é?

 

CENA 16. CONSULTÓRIO. SALA. INT. DIA.

 

Amanda sentada de frente pro médico.

 

AMANDA: E então doutor. Me conta o resultado. Eu to grávida?

 

O médico entrega um envelope à Amanda.

 

MÉDICO: Não resta dúvidas. Você está grávida. Parabéns.

 

AMANDA: Sério? Eu sou a mulher mais feliz do mundo.

 

Amanda acaricia a barriga.

 

AMANDA (pensando): Agora o bicho vai pegar. Pato vai ganhar uma nova madrasta, ou o Leonardo vai ganhar uma nora?

 

CENA 17. COLÉGIO FRAN VICENTINI. DIREÇÃO. INT. DIA.

 

Leonardo diante de Juliana.

 

JULIANA: Senhor Leonardo, o que está me pedindo vai contra os princípios do colégio.

 

LEONARDO: Eu reconheço, Juliana. Por isso eu peço que faça uma nova análise. O Patrício está arrependido.

 

JULIANA: Posso fazer uma nova análise, no entanto, como eu falei agora pouco, não posso garantir que o resultado será positivo.

 

LEONARDO (pressiona): Não consigo ver o Patrício estudando em outro colégio. Se for necessário posso entrar em contato com a Fran Vicentini, nossa família é muito próxima.

 

JULIANA (gagueja): Não será necessário. Até o fim da tarde te comunico sobre a nova decisão.

 

LEONARDO: Agradeço a atenção. Tenha um bom dia.

 

JULIANA: O senhor também.

 

Leonardo estende a mão. Se cumprimentam e ele sai. Ramiro entre em seguida.

 

JULIANA: Ramiro? A porta foi feita para bater.

 

RAMIRO: Desculpe, dona Juliana. O professor Emílio precisa conversar contigo.

 

JULIANA: Estou ocupada.

 

RAMIRO: Os alunos Diego e Ismael se agrediram.

 

JULIANA: O que?

 

CORTA PARA

 

Emílio em pé. Diego e Ismael de frente para Juliana. Diego está impaciente.

 

JULIANA (grita): NÃO TÔ ACREDITANDO NISSO.

 

RAMIRO: Nem eu.

 

JULIANA: Ramiro? Por favor, retire-se.

 

RAMIRO: Mas/

 

JULIANA: Sem mais.

 

Ramiro sai.

 

JULIANA: Posso saber o porque disso? (T) Vamos, me respondam.

 

ISMAEL: O Diego surtou, diretora. Do nada ele jogou a bola e veio pra cima.

 

DIEGO (impaciente): Você teve o que mereceu.

 

ISMAEL: Eu nunca te fiz nada, moleque.

 

DIEGO: Você fez o Pato ser expulso. Se tivesse ficado de boca calada ele estaria aqui. Contou pra Nanda sobre a aposta. Ligou pra polícia. Me fala, seu idiota, (grita) VOCÊ NÃO FEZ NADA?

 

EMÍLIO: Diretora, independente das acusações que o Diego faz contra o Ismael, o que eu vi foi uma violência gratuita por parte dele durante a aula tendo como alvo o Ismael. Que isso fique bem claro.

 

DIEGO: Quer saber? Se eu pudesse eu matava esse moleque!

 

JULIANA: Diego?!

 

DIEGO (bravo): Quer saber do que mais? Fui eu, fui eu que roubei o celular. Fui eu que coloquei na mochila dele. Era pra esse idiota ter sido expulso, no fim deu tudo errado.

 

JULIANA (pensando): Roubou o celular... Minhas joias sumiram. Não restam dúvidas. O Diego está viciado.

 

DIEGO: E aí, diretora? O que vai fazer? Me expulsar como fez com o Pato?

 

Em Juliana.

 

Encerra com a música: MELHOR DO QUE ONTEM - CAPITAL INICIAL.

 
     

 

     


autores
GABO OLSEN
DIOGO DE CASTRO

colaboração
IGOR FEIJÃO

elenco
NICOLAS PRATTES como PATO
ALICE WEGMANN como NANDA
JOSÉ VICTOR PIRES como DIEGO
LETÍCIA NAVAS como PAULINHA
JOÃO VITHOR OLIVEIRA como CAIO
LARISSA MANOELA como LUA
ERIBERTO LEÃO como LEONARDO
TALITA CASTRO como KÁTIA
JUAN ALBA como HEITOR
CAROLINA FERRAZ como SELMA
ÂNGELA LEAL como NANÁ
JANDIR FERRARI como MARCELO
ÂNGELA DIP como ESTELA
DALTON VIGH como RUBENS
LUCIANA VENDRAMINI como MIRTES
FILIPE BRAGANÇA como GREGO
LUCAS COTRIM como DJ
RAISSA CHADDAD como LARISSA
NICHOLAS TORRES como RICARDO
HESLAINE VIEIRA como ANDRÉIA
GABRIEL SANTANA como ISMAEL
CARLA FIORONI como JULIANA
MARCELLO AIROLDI como ARNALDO
VERA ZIMMERMANN como LÚCIA
SANDRA PÊRA como VANICE
WAGNER SANTISTEBAN como ALFREDO
MARISOL RIBEIRO como MILENA
JIDDÚ PINHEIRO como RAMIRO
FERNANDO PAVÃO como EMÍLIO
MARIANNA ARMELLINI como LULU
HALL MENDES como BETO

trilha sonora
LINHA DE FRENTE - CPM 22 (abertura)
FLASHLIGHT - JESSIE J
NAKED - JAMES ARTHUR
NOT DAY - IMAGINE DRAGONS
LINHA DE FRENTE - CPM 22
MELHOR DO QUE ONTEM - CAPITAL INICIAL


produção

BRUNO OLSEN
CRISTINA RAVELA


Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO



Copyright
© 2020 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução
.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Capítulos de Estações da Vida

Drama

Estações da Vida

No Ar

Novela

Teen

Comentários:

0 comentários: