Retrospectiva Mundo Virtual 2019 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Retrospectiva Mundo Virtual 2019

Retrospectiva Mundo Virtual 2019
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui

 

Segunda, 30 de dezembro de 2019
 
 
 
 
 

RETROSPECTIVA MUNDO VIRTUAL: RELEMBRE OS FATOS QUE MARCARAM O ANO DE 2019

 

 
 

GABO OLSEN: Boa noite, galera. 2019 foi um ano produtivo no Mundo Virtual. Surgiram novas emissoras, o serviço de streaming foi ampliado, e as polêmicas não ficaram de fora, nem os barracos.
 


GABO:
Hoje é dia de relembrar o que marcou em 2019. Chegou o momento de voltarmos no tempo e ver o que foi história. Começa agora o Retrospectiva Mundo Virtual. Vamos direto para o Giro nas Emissoras Virtuais.

Todo material divulgado no programa pertence às emissoras virtuais e aos seus idealizadores.

 
     

RETRÔ: GIRO NAS EMISSORAS VIRTUAIS

     
 
     

 

 
     
 

JOÃO PAULO RITTER: No começo de 2019, a OnTV começou se preparando para levar ao ar a segunda parte da temporada 2019 de Caminho Único que vai terminar no começo de 2020. No início desse ano a nossa OnTV ainda funcionava da seguinte maneira: os episódios ou capítulos de suas produções (ou ainda webfilmes, contos e etc.) eram publicados a partir da meia-noite no dia de exibição.

Por exemplo: Caminho Único era atualizado todas as quartas-feiras a partir da meia-noite.

Logo em seguida levamos ao ar obras como “Minha Terra, Minha Herança” de Ramon Silva e também a webnovela de João Paulo Ritter “Sangue e Esplendor”. Ainda tivemos acesso a obras como: Bingley’s, Party Dress e a, atualmente em hiatos, série de Davi Pezolito “Só Você!”.

2019 foi um ano de mudança para a gente porque, depois da metade do ano, decidimos que era hora de mudar e lagar o formato original e, então, mudamos para o que já tradição para o mundo virtual. Começamos do zero e agora queremos crescer mais em 2020.

Essa mudança começou quando colocamos o primeiro programa de entretenimento no ar, “A Tarde é Nossa” fora do horário comum das outras exibições, sempre a partir das 15 horas da tarde a gente trazia Marta Golpista e os personagens Pedro e Rôdnei em uma roda de fofoca sobre o mundo virtual e o mundo das celebridades.

Mais tarde voltamos com Caminho Único às 17:30 e “O Mistério da Mansão” às 18 horas. Também tivemos a estreia da fanfic que, muitas vezes se tornou a atração mais lida do blog, “Claire’s Anatomy”, escrita por Clara Gomes e que trazia uma visão diferenciada do hospital mais famosos do mundo das séries.

Também tivemos a estreia de Felipe Borges na webemissora com a sua bem sucedida série “Gênesis” que trazia como protagonista Lilith que, por alguns estudiosos da mitologia cristã é considerada a primeira esposa de Adão que se rebelou contra ele por não aceitar a ser submissa.

Os últimos meses para a OnTV foram intensos, não? Pois ainda tivemos o especial “Os Super-Homens” que contava a história dos criadores do mais famosos super-herói do mundo, além de ser o primeiro.

2019 foi um ano de mudanças e aprendizados para a OnTV, mas 2020 promete ser um ano de crescimento e mais aprendizados!

 
 
     
 

VITOR ABOU: Boa noite, pessoal. Antes de qualquer coisa, gostaria de agradecer a WebTV pelo convite de estar aqui mais um ano representando o Megapro na Retrospectiva, revisitando as obras do nosso ano. 2019 foi um ano muito bom para o Megapro. Batemos recorde de visualizações, tivemos meses com altíssimos números e produções que se tornaram grandes sucessos, até mesmo em épocas do ano menos acessadas, como agora em dezembro.

Nosso ano começou com algumas tramas que estrearam em 2018 e se destacaram bastante. A primeira delas a terminar foi Antes que o dia amanheça, em janeiro, de João Carvalho, que teve 30 capítulos. A trama trouxe personagens emblemáticos como a vilã Léia e o casal formado por Caio e pela transexual Clara. Em janeiro, estreamos a minissérie Sombra e água fresca, de Lucas Oliveira. A obra durou 5 capítulos e trouxe a dualidade em relação à violência: uma mulher que sofria agressão e uma que gostava de relações sadomasoquistas. Na mesma semana, tivemos a estreia do programa The Posey Show, talk show que marcou a volta de Lucas Posey ao Mundo Virtual. O programa recebeu grandes personalidades, trouxe críticas feitas por convidados, além dos resumos das tramas do Megapro e de um pequeno game show no estilo Video Game, com direito à apresentadora própria, a Larissinha.

No comecinho de fevereiro, no dia 4, o jornalístico que todo mundo acompanhou em 2018 voltou, o Hello!. A terceira temporada contou com nomes das temporadas anteriores, como eu, Vitor, Everton Brandão e João Carvalho, mas também tivemos a estreia de Allan Batista (conhecido antigamente com o sobrenome Sab) no comando.  No dia 19 de fevereiro, com 17 capítulos, nos despedimos de Roleta Russa, obra literária de Peterson Rangel, que trazia a vingança como grande questão. A protagonista Marcela recorreu ao jogo que tirou a vida do seu pai, a roleta russa, para se vingar dos responsáveis pela morte. Logo após o encerramento da trama, nosso público pôde acompanhar outra trama literária: Terror Story, de Eduardo Moretti. O grande acontecimento que movia a obra era a morte da jovem Elena Cooper.

Na mesma semana, outra produção estreou no Megapro: Fio Vermelho, de Rômulo Guilherme, de 45 capítulos, indo até julho. Com uma proposta interessantíssima de unir Egito e Rio de Janeiro, a obra teve como destaques a protagonista Isis e o ET Dominatrix. Um pouquinho depois, no dia 28, tivemos o Mega Awards, premiação que parou o MV. Com João Carvalho e Pedro Gaze em uma transmissão no Youtube e Everton Brandão e Jaime Mattos num grupo do WhatsApp, o evento foi grandioso. Foram premiadas diversas obras de destaque do ano de 2018, consagrando autores como Rynaldo Nascimento e Weslley Vitoritti.

Em março, duas estreias mexeram com a emissora. A primeira foi a da trama literária Entre Nós, de May Margret, narrando, com um texto sensível e intenso, a descoberta da paixão entre dois amigos, Alex e Daniel, em meio a muita música, principalmente, rock. A segunda estreia do mês foi o game show Tô Dentro, apresentado por mim e dirigido por Everton Brandão. Reunimos oito autores que se enfrentaram em duelos com perguntas e respostas das mais variadas maneiras. O top 4 da competição ficou da seguinte maneira: Rennan Lopes - Wesley Alcântara - Failon Teixeira - Débora Costa.

Abril começou com a despedida de Juízo Final, novela de Weslley Vitoritti, que estreou em 2018 e fechou com 32 capítulos de pura emoção e agilidade. Quanta coisa aconteceu nessa novela! Certamente o destaque vai para os inimigos mortais Marcos e Betina. Logo em seguida, estreou Laços de ódio, de Felipe Porto, com também uma dupla que tinha certos problemas, mas nesse caso tínhamos pai e filho: Dom Omar e Daniel. No fim de abril, Everton Brandão nos apresentou mais uma temporada da marca VIDAS, agora Vidas Idênticas, com os gêmeos Leandro e Laerte. No dia 30, a fanfic Diário de uma poc, de Rosemery Castanhary, ganhou sua segunda temporada, com muito humor e irreverência.

Em maio, dois retornos marcaram nossa programação. O primeiro foi de Inimigo Íntimo, novela de Rynaldo Nascimento, que inaugurou o Corujão Dramatúrgico, faixa de reprises de madrugada. O segundo retorno foi o de Hannah Sunamita. Ela, que brilhou com o Lady Hannah em 2018, veio agora em 2019 só com o Hannah, investindo em entrevistas e humor.

Já junho e julho foram dois meses em que nos despedimos de várias produções: Inimigo Íntimo, Fio de Vermelho, Hannah, Terror Story. Mas também chegou a minissérie Amarga Sedução, de João Sane Malagutti, com uma trama envolvendo violência e abuso, com grande destaque para a protagonista Alice e o vilão inescrupuloso José Etore.

E agosto foi realmente um dos melhores meses para a nossa rede. No dia 2, o Hello! estreou sua quarta temporada, que teve como novidade Weslley Vitoritti no elenco e novos quadros, como o Soltando o Verbo, comandado por mim, que trouxe entrevistas com autoras de livro, um ator global, etc. No dia 6, tivemos duas estreias: Debaixo dos Panos, novela de Rennan Lopes, contando a história do prefeito Enroladinho, e Poderosa, no Corujão Dramatúrgico. A novela de Wesley Alcântara, aliás, foi um dos grandes sucessos do nosso ano.

Agosto também teve a estreia da antologia Os segredos dos signos, série em 12 episódios, cada um com um signo do zodíaco. Autores conhecidos do público como Weslley Vitoritti, May Margret e João Carvalho assinaram os episódios, que variavam também de gênero, tendo humor, drama, ficção científica… E para fechar o mês com chave de ouro, tivemos Ilha de mistérios, minissérie escrita por Failon Teixeira e que eu supervisionei. Ela foi disponibilizada completa no MegaOD e trouxe suspense e ação.

Aproveitando o ritmo frenético de agosto, setembro começou com a estreia de Como diz o ditadominissérie de Lucas Oliveira, enredada por ditados populares. Na semana seguinte, Wagner Jales fez sua estreia na emissora com a primeira parte de Nós e ela, série de humor do MegaOD, que eu também tive o prazer de supervisionar. E setembro fechou com mais um lançamento no OD: a fanfic A voz do coração, de Aurazy Ribeiro e inspirada num jogo para celular.

Outubro veio com tudo também! O Raça estreou sua segunda temporada com uma novidade: uma edição extra toda segunda-feira, com Everton Brandão e Gabriel Fonseca, sempre repercutindo a edição normal, exibida na sexta. O programa foi até novembro e consagrou Gabriell como o grande vencedor. Outubro trouxe ainda a segunda parte de Nós e ela e a estreia da reprise de Infidelidade, de Fernando Ricoboni, agora na Faixa MegaOD, antes conhecida como Corujão Dramatúrgico. E para encerrar nosso mês, May Margret nos presenteou com a trama literária Eu, você e ele, mais uma obra LGBT com sensibilidade e um texto emocionante.

Penúltimo mês do ano, novembro começou com a estreia de Meu Mundo Caiu, novela de João Paulo Ritter, inspirada num clássico da literatura mundial. No fim do mês, a fic Diário de uma poc teve mais uma temporada lançada completa no MegaOD.

Ufa! Chegamos a dezembro! O mês teve como principal destaque a semana especial de fim de ano. Foram quatro dias de programação diferenciada. Tudo começou na terça feira dia 10, com o lançamento completo da fic De férias com o ex, inspirada no reality homônimo e escrita por Augusta Almeida. Na quarta, Pedro Gaze retornou ao Megapro dirigindo o programa especial Mamãe Noel, com entrevista, distribuição de presentes e humor. Nesse mesmo dia, a turma do seriado Nós e ela voltou para um episódio especial de Natal. Na quinta e na sexta, eu e Everton Brandão apresentamos a Retrospectiva Megapro 2019, relembrando as obras do nosso ano, mas com vários detalhes, trechos de cenas, brincadeiras… E nesses dias, eu trouxe também dois contos escritos por mim. Na quinta, Um acidente de Natal narrou o drama de passageiros num metrô em plena noite de Natal. Já na sexta, o conto Viramos brincou com a virada do ano na praia de Copacabana.

E para fechar nosso ano, tivemos no último dia 17 a abertura das votações do Mega Awards 2019. Você pode votar até o dia 06 de janeiro de 2020 no link: https://forms.gle/dHvtmPhwgc5MtfQz9

Muito obrigado a todos que leram até o final e também quem acompanhou o Megapro esse ano. Que estejamos juntos em 2020 e que seja um ano maravilhoso para todos! Até breve!

 
 
     
 

CARLOS ALBERTO: No dia 13 de junho de 2019, surgiu a ideia de criar o Aster TV, com várias pessoas do Twitter.

A primeira chamada e o primeiro post do blog foi sobre a novela "Porcelana" que aconteceu no dia 15 de julho.

Já no dia 22 a Aster TV iniciou as atividades com a estreia de "Surreal" (Brian Tavares), "Porcelana" (Sandy) e "Holofotes" (Thiago Figueroa). Em 22 de agosto chegou ao fim a trama "Holofotes".

As novelas "Destino", de Luciane Leitão e "Transfiguração", de Brian Tavares estrearam no dia 26 de agosto.

No mês de setembro, no dia 23 chegou ao fim a novela "Porcelana". Dois dias depois estreou "Um Baile pela Escuridão", de Riri Pablo.

No dia 1° de outubro iniciou "Fanatismo", de Eduardo Drummond.

Nos últimos meses do ano estreou também, no blog, "Asterisco", que cobria os bastidores da emissora.

Em dezembro temos ainda a minissérie "Lágrimas de Saturno", do autor de "Transfiguração", e o especial de natal de "Porcelana".

 
     
 
 

CAIO PIRES: 2019 foi um ano de muitas lutas para todos nós, luta nas quais ganhamos em algumas e perdemos em outras. Começamos em 2019 um novo formato para o blog NTV o qual já estava muito desgastado. Pensando no melhor, Caio Pires (atual presidente do blog) e Joana Castro resolveram voltar com o blog com um foco mais no entretenimento e na leitura.

Começamos nosso ano já no final. Com isso, estreamos web-novelas que já foram exibidas no antigo formato do NTV. As novidades chegam em 2020, um NTVOn de qualidade está chegando.

 
     
 
 

MIGUEL RODRIGUES: O ano de 2019 foi um ano de conquistas para a DNA, pois ela voltou a ser vista e a virar assunto no Mundo Virtual também. Antes funcionava apenas num grupo fechado do Facebook e graças a garra, determinação e dedicação de Henzo Viturino (serei eternamente grato a esse rapaz), a emissora de Miguel Rodrigues, DNA ganhou o mundo e a ter visibilidade no Mundo Virtual. Tentativas anteriores foram feitas, mas todas sem sucesso. Dou esse mérito ao Henzo, pela determinação, dedicação e paciência que ele teve em reerguer a emissora e dou mérito também ao Kax, que também me deu muito suporte no finalzinho de 2018 e início de 2019. 

O ano letivo da DNA começou na semana de aniversário de 4 anos da emissora, com especiais comemorativos de aniversário e não poderia ter tido um melhor retorno que não fosse esse.  

O ano de 2019 foi marcado por obras bem-sucedidas como a série Aconteceu aos 16 de Felhipe Silva e De Volta Pra Casa de Eric Carvalho Cattin, não querendo desmerecer as obras dos outros autores que passaram pelo DNA com suas obras de ótima qualidade, tenho muita gente talentosa na minha equipe e isso me enche de orgulho. Destaquei Aconteceu aos 16 e De Volta Pra Casa, por terem sido duas obras com ótima visibilidade. 
 

E assim como tivemos várias obras de qualidade, tivemos alguns cancelamentos, inclusive minha web-novela Selvagem que eu só cancelei mesmo por problemas pessoais mesmo. 
 

Enfim, o ano de 2019 foi muito importante para a DNA que teve um retorno bem-sucedido e teremos ótimas novidades para o ano letivo de 2020 com a agora dna tv e espero que esse ano que está se aproximando seja melhor do que esse que está no seu finalzinho. 
 

Deixo aqui um abraço para o Henzo, Kax, Débora, Zih, Weslley Fuchs, todos os meus pupilos da dna tv, Marcelos Delpkin e Maia, Hugo Martins, Melqui Rodrigues, toda equipe da OnTV, WebTV (em especial para o Gabo) e Cyber TV, em especial para o Well, todos são a minha inspiração e a minha força de vontade em querer continuar nessa jornada no Mundo Virtual.

 
     
     

MARCELO DELPKIN: 2019 foi um ano de muito trabalho, mas também de muitas conquistas para a Cyber TV. A webemissora de Well Vianna seguiu com a missão de cativar leitores com histórias contadas por escritores que já faziam parte da equipe e também por novos nomes que acreditaram e acreditam na causa iniciada em fevereiro de 2017.
 

Após o hiatus de virada de ano, a Cyber foi reaberta com um lançamento — a minissérie Família por Acaso, de Ramon Silva.  Mas a principal atração de janeiro foi O Assassino dos Meus Sonhos, do então estreante Marcos Vinicius da Silva. A história protagonizada pelo policial Jony Stela deixou o Mundo Virtual de orelha em pé e promete levar vários prêmios. Também tiveram início a microssérie Quatro Perdões para Melissa (de All Andrey) e a novela Flashback (de Marcelo Delpkin). Chegaram ao fim os sucessos Coroa de Diamantes (de Wagner Jales), Ser Feliz (de Henzo Viturino) e a antologia 00:00.

 

Em fevereiro, foi a vez de Sua Canção substituir No Rumo da Vida. Ambas foram escritas por Anderson Silva e fazem parte de um pacotão musical da melhor qualidade e que deve ficar no ar até agosto de 2020 (previsão). Apollo Souza trouxe a minissérie Pesadelo – O Portal dos Sonhos. E os vencedores da segunda edição do Cyber Awards, prêmio relativo às obras de 2018, foram revelados nos dias 9 e 10. Incognoscível foi eleito como a melhor minissérie. Vernissage (de Felipe Veiga) e Inimigos (de Francisco Siqueira) ganharam reprises no mês do carnaval. O programa Conta +, apresentado por Failon Teixeira, entrou em hiatus... até ser definitivamente engavetado meses depois.

 

O mês de março foi marcado pela latinidade da novela Assim Retorna o Amor (de Alex Torres), campeã de audiência do primeiro semestre, assim como pelo mistério na minissérie NØ Magic (de Melqui Rodrigues). Já Donos da Mentira (de Patrick Paim) fez a festa em abril com uma trama envolvente.

 

Flashback saiu do ar em 10 de maio, deixando vaga para Amores Imperfeitos, de Henzo Viturino. Já o folhetim Partes de Mim, de Ramon Silva, deu o ar da graça no fim do mês e conquistou muitos fãs. Outra estreia impactante foi a da antologia Saber Amar, que trouxe contos de artistas da casa, como Hugo Martins, Fabiana Prieto, Lyvia Peroba, J. C. Gray e Isa Miranda, e que apresentou outras grandes escritoras para os leitores da Cyber — algumas elas: E. E. Soviersovski, May Margret, Néka Martins, Raquel Martins. Francisco Siqueira, por sua vez, transformou o conto do Lucas (de 2018) numa minissérie: A Difícil Arte de Ser Eu, Lucas.

 

Junho foi marcado pelas estreias de Bad Robot (de Sylvana Camello), O Vilão Reabilitado É a Esposa (de Mori Katsu, destaque de Saber Amar) e Dias de Dezembro (de Alessandro Fonseca, famoso no Wattpad). Assim Retorna o Amor chegou ao último capítulo. No mês seguinte, Geraldo Medeiros Jr deixou os leitores de cabelos em pé com A Descoberta. Isa Miranda fechou Saber Amar com um conto homônimo em duas partes, enquanto Henzo Viturino deixou o casal principal separado em Amores Imperfeitos. No dia 29, a novela de maior repercussão do ano deu o ar da graça — Excelsior. A trama marcou a volta de Débora Costa à emissora após uma temporada na Megapro e depois no Blog da Zih. Lyvia Peroba, por sua vez, anunciou afastamento do Mundo Virtual por questões pessoais.

 

Donos da Mentira ganhou nova temporada em agosto, mesmo mês em que o spin-off En Las Cercanías de Alcatraz (de Marcos Vinicius da Silva, baseado na obra de Melqui Rodrigues) foi lançada. Minha Canção, a terceira novela de Anderson Silva na Cyber, seguiu Sua Canção às sete da noite. Já a faixa de reprises mudou de horário e se tornou uma sessão tripla. As histórias eleitas foram todas de 2018: O Vazio que Habita em MimO Leão e Eu, Kadu (de Apollo Souza, Marcelo Delpkin e Francisco Siqueira, nesta ordem).

 

Melqui Rodrigues foi o principal nome de setembro: ele lançou, seguidamente, as duas primeiras temporadas de Vale Dicere. Na véspera do aniversário de Cristina Ravela, em outubro, ocorreu a (re)estreia de Anti-Herói, com muito sucesso. Na sexta-feira seguinte, dia 11, terminaram Partes de Mim, Excelsior e a reprise de O Leão. Custe o que Custar, de Felipe Veiga, tornou-se a nova atração das 21h com um enredo baseado em Caim e Abel; mas terminou cancelada pouco depois. Débora Costa, por sua vez, voltou ao ar com o programa Nostalgia.

 

Em novembro os destaques foram a segunda temporada do Lucas, as voltas de Gêmeos – A Face Oculta (de Andréa Bertoldo), Doces Mentiras (de Alberto Sant'Anna, que também esteve em Saber Amar) e O Assassino dos Meus Sonhos. Em dezembro, começaram as votações para o Cyber Awards 2019, além da divulgação das novelas que abrirão 2020: Falso Amor e Escândalo (de Débora Costa e Marcelo Delpkin, nessa ordem). No dia 22 de dezembro, a Cyber TV entrou em hiatus a durar até 11 de janeiro de 2020.

 
   
 
     
 

GABO OLSEN: A temporada 2019 da WebTV deu a largada no dia 18 de janeiro. Na dramaturgia o destaque ficou com Vale Dicere de Melqui Rodrigues. O trio de novelas foi composto por Estações da Vida escrita por Gabo Olsen e Kax Silva, Talismã de Édy Dutra e Perfume - A Tristeza de Verão de Luiz Gustavo.

A diversão foi garantida no Game Show. Foi cada curiosidade do Mundo Virtual descoberta. Os erros, acertos, vibramos com cada etapa do jogo.

A faixa Vale a Pena Ler de Novo retornou na programação da emissora e proporcionou a releitura de dois grandes sucessos. Na novela Relações Perigosas de Felipe Porto, muito suspense... Marcelo partiu em busca por verdades da própria família, fazendo-o encontrar o amor e o perigo de uma só vez. Outro sucesso que voltou na grade da emissora foi a divertida minissérie As Mulheres da Minha Vida de Everton Brito. Na história, Vanessa, Neide e Kelly, três mulheres de classes sociais diferentes, descobrem ter algo em comum: o mesmo marido. É a partir desta proposta que a minissérie propõe grandes risadas em um enredo fantástico.

Em fevereiro acompanhamos mais um episódio do talk show Web Show apresentado por Kax Silva que apresentou a 2ª temporada com convidados pra lá de especiais. A informação marcou presença com o Jornal Online.

O Avant Premiere mostrou a nova série da WebTV, Maniac de Maureen Prescott, que trouxe muito suspense na 1ª temporada. Na série, a universidade Windsor passa a ser vítima de um assassino em série, que está matando brutalmente os alunos. Tudo parece ter começado quando duas youtubers abriram uma tumba que tirou Jack, o Estripador, de seu sono profundo de mais de dois séculos.

O Papo com o Autor reuniu 5 convidados na 3ª temporada sob o comando de Carlos Lira.

No mês seguinte estreou a minissérie Quase Perfeito de Wesley Alcântara. No enredo uma mulher explode em plena capital carioca. Agora, resta a Joanne e sua equipe desvendar esse mistério.

Antecipando as comemorações dos 15 anos da emissora, em julho, o site ganhou um novo layout, bem intuitivo, moderno e responsivo para a versão mobile. A criação e execução do novo site teve méritos a Cristina Ravela que trabalhou 2 meses para levar o melhor conteúdo para o público da WebTV.

No mesmo mês, a emissora promoveu a estreia da 7ª temporada do Misturama com Gabo Olsen. A novidade ficou por conta do famoso jogo "Eu nunca" que faz um tremendo sucesso no YouTube. Artistas do Mundo Virtual contaram seus segredos, nem eu escapei do programa especial de setembro e também revelei alguns segredos kkkkk.

Substituindo a novela Talismã, chegou Testemunha de um Crime de Luiz Gustavo. Na novela literária David é um garoto de 17 anos, vida pacata, até avistar um assassinato.

A 8ª temporada do Boletim Virtual estreou em setembro com os quadros Reportagem da Semana, Giro Virtual e Diário do Autor. Três quadros consagrados.

No dia 26 de outubro, a WebTV completou 15 anos e foi lançada a 1ª Antologia do canal: Contos Contemporâneos da Violência Urbana. A Antologia relatou a violência do dia a dia explorada em seus diferentes pontos de vista. Com 9 autores, as histórias foram exibidas entre outubro e dezembro.

Substituindo Relações Perigosas, Passos da Paixão de Édy Dutra voltou a programação. A obra explora o drama de Sílvia que tem o dom de fazer belos croquis, o que desperta a inveja de Rosana, que não possui nenhum dom. Aproveitando do talento de Sílvia, Rosana decide usar os desenhos da amiga para impressionar Mauro, dono da grife GF e conseguir seu tão sonhado passaporte para a vida de luxo.

Para encerrar o ano, a WebTV transmitiu a 2ª Antologia: A Magia do Natal com 5 capítulos. O Misturama levou ao ar uma grande novidade o "Amigo Secreto Mundo Virtual", onde Gabo, Cristina Ravela, Diogo de Castro, Édy Dutra e Wesley Alcântara trocaram presentes via correspondência, foi tão legal viver essa aventura.

As últimas atualizações são marcadas com o Retrospectiva Mundo Virtual e o Show da Virada.

2019 foi um ano importante para a emissora mais antiga do Mundo Virtual que segue trilhando seu papel promovendo grandes histórias, entretenimento e jornalismo para seu público apreciar grandes momentos no universo online.

 
   
 
     
 

DIEGO SILVA: O ano para o Ranable Webs começou dia 07 de janeiro, novos e conhecidos autores vieram com diversificados projetos. Neste mesmo dia, às 18h30, iniciou-se o projeto Fábrica de Sonhos, com remakes de novelas consagradas, sua primeira web foi A Vida que não é Minha, um remake de A Usurpadora do autor Fernando Hidalgo. Além dela, tivemos remakes da Trilogia das Maria, Rubi, La Patrona, Esmeralda e A Madrasta.

Uma semana depois, tivemos a 2ª temporada do Cine Ranable, com filmes escritos por vários autores. Tivemos também a estreia do SerieZei (Programa sobre séries, apresentado por Fernando Hidalgo), WebLovers (Crítica de Webs feita por Daniel e Ezequiel) e o Ponto de Conversa (Talk Show apresentado por Vitor Jesus) . Todos os programas foram sucesso de audiência.

Esse ano tivemos a inserção de três horários fixos, 21h , com o sucesso esmagador de Amores Passados, escrito por Vitor Jesus e Erivan Mandella, atingindo incríveis 103 pontos; e 22h, com a web Tesouro do Retorno, de Mateus Henrique.

O blog ganhou uma nova interface e novas ferramentas, tornando-o mais dinâmico e atual. Algumas ferramentas ainda aparecerão em 2020.

O ano se encerrou com o último capitulo da serie Antropófago e o especial Cores Natalinas, da série Cores da Vida. Antes disso, tivemos o Trophy Ranable, uma premiação para autores novatos e veteranos, tendo como grandes vencedores Erivan Mandella e Vitor Jesus.

Muitas novidades para o blog em 2019, e não param por aí. Em 2020 tem várias novidades, aguardem.

 
     

GIRO VIRTUAL ESPECIAL: CONFIRA O QUE FOI DESTAQUE EM 2019 NO MV

     
 

GABO: Cancelamentos, barracos, comemorações, estreias. Confira o que foi destaque no ano no Giro Virtual Especial.

 
 
     

 

 

 
 

UMA DÉCADA

Criado em 6 de fevereiro de 2009, o Blog da Zih completou 10 anos em 2019. Com mais de 1700 notícias divulgadas ao longo de uma década, o blog se tornou referência no jornalismo do Mundo Virtual. O quadro "Rápidas e Rasteiras" é um compilado com as últimas informações que acabam de sair do forno. Outro destaque do blog são as resenhas críticas, também conhecidas como Review, uma análise com as primeiras impressões de determinada atração. Em uma ação inédita o blog exibiu os capítulos finais da novela "Coisas da Vida" de Débora Costa, após a saída da autora do Megapro. No entretenimento foi apresentada a 1ª e 2ª temporada do programa o Astrolozilda (já exibido pelo Web Mundi). Voltando a dramaturgia foi lançada a Antologia Fantástica "Era uma vez" de Hugo Martins e dois contos contos de Halloween de Raquel Machado.

 



 

BUUUUG NO SISTEMA

O blogger, servidor que armazena a WebTV, OnTV, Web Mundi e Web Mundi Go passou por uma oscilação em março. Algumas fotos e códigos ficaram fora do ar causando danos ao layout das emissoras. A instabilidade durou pouco tempo. No dia seguinte, o problema foi sanado e os diretores comemoraram. Ufa.




 


DE VOLTA PRA MINHA TERRA

Débora Costa deixou a Cyber TV logo depois da mudança das regras institucionais, onde foi proibido o uso de imagem dos artistas. Ela assinou contrato com o Megapro e estreou a novela Coisas da Vida, porém a autora optou por deixar a emissora antes da conclusão da drama alegando que a divulgação da novela acontecia com atrasos. Ela retornou a Cyber TV e estreou a novela Excelsior.

 





CANCELAMENTOS

Entra ano e sai ano, e o MV sempre reserva um espaço para os cancelamentos. Em fevereiro, estava programado para estrear na Web Mundi o remake da novela "Garota de Ipanema" de Eduardo Moretti. A proposta de abertura não foi aprovada pelo autor e a emissora só entregaria uma nova proposta durante a exibição da novela. O autor não concordou e optou por encerrar a parceria. Na época a notícia rendeu uma polêmica no grupo do Facebook. Atualmente a novela Garota de Ipanema está sendo exibida independente através de um blog do autor. 
 




 

SAÍDA E ENCERRAMENTO

A parceria entre Kax Silva e Web Mundi chegou ao fim no primeiro semestre. Segundo Kax Silva, o dono do Web Mundi não estava gostando de todas as mudanças feitas no Web Mundi GO! sem consultá-lo de antemão. Logo em seguida o serviço de streaming Web Mundi GO! encerrou as atividades.






 

ANTOLOGIA GANHA ESPAÇO NO MV

Depois do sucesso da Antologia "00:00" no Cyber TV, o canal apostou na Antologia Saber Amar com os gêneros: romance, comédia, drama, ficção, não-ficção, fantasia, LGBT+, ficção adolescente, jovem, adulto. A WebTV, DNA e o Megapro também entraram na onda. A WebTV lançou duas antologias, a primeira sendo a Antologia "Contos Contemporâneos da Violência Urbana" e a mais recente "A Magia do Natal". Já o Megapro apostou na Antologia "O Segredo dos Signos". O DNA exibiu o "Dezembro Brilha", com contos natalinos.

 



 

NOVA VERSÃO

A série Anti-Herói, de Cristina Ravela, após a exibição da primeira temporada pela WebTV ganhou uma versão. Agora com 15 episódios, contra 8 exibidos pela WebTV, ela foi ao ar no Cyber TV no formato minissérie, atendendo as regras da emissora. A obra apresentou mais monólogos e mensagens finais em episódios ímpares, mas o texto no geral, é igual a primeira versão.

 



 

WEBTVPLAY CHEGA NO MV

No dia 26 de outubro chegou no MV a webtvplay, o serviço de streaming da WebTV. Com a direção de Cristina Ravela na presidência, Gabo Olsen na vice-presidência e Kax Silva como diretor executivo, a plataforma fez a sua estreia com a 1ª temporada das séries: Maniac e Urban Legend Slederman de Maureen Prescott, Família Virtual de Gabo Olsen e Cristina Ravela, Raíza de Cristina Ravela, a minissérie Gato Preto de Cristina Ravela, o programa Misturama apresentado por Gabo Olsen e o filme Parágrafos de uma Paixão de Zilda Mello. Na sexta-feira 13 de dezembro, o terror tomou conta com a segunda temporada de Maniac e já no dia 22 de dezembro, próximo ao natal foi a vez do filme Maniac Last Christmas.
 




 

TROCA DE GESTÃO

Jaime Lucas teve que deixar a direção da OnTV. A correria na faculdade impediu que ele seguisse os passos no comando da emissora. João Paulo Ritter, autor da série Caminho Único e a novela Sangue & Esplendor, é o novo presidente da OnTV.

 

 

 

JOGADA DE MARKETING
 

A emissora DNA (Dramaturgia Novos Autores) anunciou o encerramento das atividades. O motivo alegado pelos diretores foi a falta de apoio por parte dos autores e desta maneira a direção estava sobrecarregada. O evento DNA Awards seria a última atração a ser exibida, mas no domingo, dia 22 de dezembro a história teve uma reviravolta. O DNA lançou um novo site e o anúncio que o DNA não existe mais, agora eles são a DNA TV a nova emissora do Mundo Virtual.
 




 

A PRIMEIRA VEZ A GENTE NUNCA ESQUECE
 

O conto "A Sombra do Medo", da Antologia "Contos Contemporâneos da Violência Urbana" marcou a minha estreia (Gabo Olsen) no segmento literário. Logo em seguida, eu convidei a minha mãe para participar da Antologia "A Magia do Natal". A parceria foi repetida, já que trabalhamos juntos em 2004 na novela Maria Cristina, que inclusive já teve sua versão literária, porém nunca foi ao ar.




 


A CRÍTICA DA TRETA

 

Érika G., responsável pela coluna Adoro Webs, exibida na DiGG TV, emitiu uma opinião sobre uma webnovela da Ranable Webs. O autor Erivan Mandella detestou a crítica. Os autores se estranharam, mas um tempo depois acabaram se entendendo.

 


 


COMIC CON É ADIADA


A Comic Con Virtual foi agendada para os dias 18, 19 e 20 de dezembro. O Megapro, responsável pela 4ª edição da CC optou pelo adiamento do evento após deter somente 50% dos materiais. As inscrições começaram no dia 22 de novembro e foram até o dia 2 de dezembro, sendo prorrogada até o dia 7 de dezembro. Com o curto tempo de inscrição, a emissora divulgou uma nota e informou que o evento foi agendado para as primeiras semanas de janeiro.

 





 

DESLIGAMENTO

O autor Alessandro Fonseca saiu do Megapro após polêmica envolvendo sua obra e política. Na época, em um grupo de WhatsApp, Vinicius Guimarães disse que Fonseca era um defensor do atual governo conservador, mas escrevia um pornozão mal feito. Para piorar, o autor de Cassindrina foi flagrado fazendo post homofóbico, entretanto, ele disse não ter sido a favor da censura na Bienal, e segundo nota divulgada no Retro do Blog da Zih, o autor apenas não se sentia obrigado a fazer posts sobre o assunto, e não negou o post homofóbico. Ele ainda relatou que o Megapro é tóxica e não aceita o contraditório. Desde então, o autor tocou a vida fora da emissora de Lucas Luciano.
 




 

PROCURA-SE 1

Vocês se lembram da revista Atenta? A última edição foi lançada em 2018. Na época eu (Gabo) fui convidado para participar de uma entrevista para a próxima edição. Na oportunidade foi falado sobre os 14 anos da emissora, porém a entrevista até o momento não chegou a ir ao ar nem outra edição da revista foi lançada.
 



 

 

PROCURA-SE 2

Falando em sumiço, em abril foi ao ar a última edição do Jornal Online. O jornal não teve novas edições. Chegou a ser cogitado novas edições ao longo do ano, mas a ideia foi abortada. Será que o projeto foi cancelado?
 


 
 
     
 

GABO: 2019 reservou grandes surpresas para as personalidades do Mundo Virtual. O que será que elas acharam do ano que está chegando ao fim?

 
 
     

RETRÔ: O QUE 2019 REPRESENTOU?

 

 
 

ZIH: "2019 foi um ano em que decidi dar um tempo na escrita. No entanto, não deixei de agir nos bastidores, como a minha Revolução Solar indicou que seria, né, Zilda Mello? Decidi fazer uma mudança radical no layout do Blog da Zih em comemoração aos seus 10 anos. Para mim, foi uma mudança muito positiva e significativa, afinal, eu já tinha a ideia de transformar o blog em um portal, lançando antologias e entretenimento, então a repaginada foi bem-vinda.

Além disso, veio a mudança no layout da WebTV para torná-la mais clean e funcional, o lançamento da webtvplay, streaming da WebTV e MV geral e a estreia da primeira antologia policial da emissora. Ah, eu pensei em dar um tempo na escrita, né? Mas encerrei o ano com um conto na Antologia "Contos Contemporâneos da Violência Urbana" da WebTV. Para não dizer que não escrevi nada, né mores?

Na minha vida social, muito trabalho e tentativa de conciliar a vida aqui fora com o meu hobby, mas 2019 foi um ano produtivo, criativo, compensador e de muito conhecimento. Espero que em 2020 venha mais trabalho, tanto aqui quanto fora, mais dedicação de todos e, quem sabe, possamos todos nós sermos reconhecidos, né mesmo?"

ÉDY DUTRA: Eu lembro que estava decidido de que Escolhas da Vida seria minha última trama. Mas o Gabo tem um poder de persuasão poderoso! E me convenceu de ficar mais um ano. Eu tinha a encomenda de uma nova novela, projeto dele, que eu não pude dar seguimento. Aí eu sugeri então que a WebTV reprisasse Talismã, minha novela de 2011/2012. A direção aprovou, eu ajustei o texto, elenco... E a novela foi pro ar quase 10 anos depois com toda estrutura e tratamento que ela merece. E isso me deixa super feliz, em saber da confiança da WebTV no meu trabalho. E para encerrar 2019, em homenagem aos 15 (ou 16, me corrija!) anos da WebTV, Passos da Paixão vem sendo reprisada. É muito emoção para este autor de cabelos brancos kkkk O ano de 2019 foi único para mim. Muita gratidão!

JOTA PÊ: Nunca lancei tantos projetos quanto em 2019. Maniac estreiou na WebTV (e depois foi adquirida pela webtvplay), Urban Legend: Slenderman também entrou para o catálogo da versão stream da emissora. Além disso produzi e lancei na integra Maniac 2, também pela webtvplay, além do filme especial de Natal. Que ano maravilhoso pra mim na escrita. Amo o universo de Maniac e espero poder contar mais histórias dele em 2020.

CARLOS LIRA:
2019 foi um ano de muitos desafios na minha vida pessoal, muita correria e muitas conquistas. Me distanciei um pouco do MV esse ano pelo fato de tais desafios... Mas o pouco que frequentei com a temporada do Papo com o Autor e com o que observei, 2019 foi um ano de grandes títulos e grandes nomes que passaram por nosso MV. Que 2020 possa nos trazer mais investimentos, novidades, histórias e tantas outras necessidades aqui do meio... Até lá, paz e muito sucesso pra gente!! Feliz ano novo galerinha!!!
 

MIGUEL RODRIGUES: 2019 pra mim foi o ano mais desafiador e surpreendente na minha trajetória. Foi um ano para mim cheio de altos e baixos, mas um ano de aprendizados, de amadurecimento como profissional e como ser humano também. No Mundo Virtual vi o DNA deslanchar com apoio sempre assíduo do Henzo Viturino, que foi a peça fundamental para o progresso do blog que deu uma queda nos últimos meses, pensei em desistir, mas pessoas muito próximas de mim e que gostam do DNA me deu uma força e me incentivaram a não desistir e sim a reformular o site e eis que surgiu a dna tv que iniciará suas atividades de 2020 em 13 de Janeiro com tudo. Na área pessoal/profissional como falei tudo foi desafiador calcado no meu amadurecimento como ser humano e profissional. Com 2019 aprendi que tudo o que a gente passa na vida, sejam com coisas boas e (ou) ruins, serve como ensinamento para que a gente possa saber o que fazer em certas situações.

CARLOS ALBERTO:
Até metade desse ano eu não conhecia nada do Mundo Virtual. Fui saber algo quando minha amiga, Luciane Leitão indicou Destino para a leitura. Quando vi, já estava fundando uma emissora kkkkk e não é fácil, né? Mas aqui estou eu e todo a equipe do Aster TV, prontos para o segundo ano da emissora!

Momentos bons tivemos mais que os ruins (ainda bem): a repercussão de Porcelana e Holofotes foi imensa no Twitter e Facebook, sem dúvida a melhor época da emissora no ano. Mas como nem tudo são flores, com uma trinca 100% nova, vimos audiência e repercussão cair, o que sabíamos que era um risco, já que pode-se associar o sucesso das obras de Sandy e Thiago Figueroa a parte do clímax da estreia.

O momento mais complicado foi quando Um Baile pela Escuridão teve de passar por um recesso (preferimos não cancelar, e ainda bem, já que o autor Riri Pablo já retornou) e agora ela volta já em janeiro/fevereiro. Fanatismo nos minutos finais teve boa repercussão também, assim como a reprise do sucesso Destino, a qual sempre tinha algum comentário, o que era muito gratificante!

No AsterTV2, acho que um ponto fora da curva em relação às emissoras do Mundo Virtual, temos críticas televisivas. Esses textos, especialmente os da autoria de Sandy fizeram um enorme sucesso, então lutaremos para investir nessa parte, com uma meta ambiciosa de 4 posts por mês.

No AsterTV3 tivemos programas como Backstage Televisivo (review de obras por Brian Tavares) e Asterisco. O Asterisco sem dúvidas foi um estrondoso sucesso, só no Facebook gerou bastante engajamento, o que nos deixa muito feliz.

No mais é isto, ficamos muito felizes pelo crescimento do AsterTV e por participar destas confraternizações com outras grandes emissoras da Internet. Um abraço de todo o Aster e feliz 2020!

EVERTON BRITO:
"O ano de 2019 veio como uma avalanche em mim e levou todas as minhas certezas embora. Eu tive alegrias e infelicidades. Tristezas e maturidade. Foi um ano não tão bom pra mim, mas que pude aprender coisas que levarei para a vida inteira".

MELQUI RODRIGUES:
"Bom, esse ano de 2019, foi o ano que eu mais trabalhei, podemos dizer assim. Foi o ano que eu mais produzi conteúdo, e eu achava que 2018 que eu havia trabalhado, mas vi que nesse me superei.

Escrevi duas séries e um conto, reativei meu canal no Youtube, fiz vários vídeos, comecei a trabalhar muito na área que eu quero atuar, fui a eventos Geek, fiz cursos, conheci celebridades da Cultura Pop, participei de um clipe de rap, gravei três shorts films totalmente feitos por mim pra fazer a crítica de cada um desses filmes, conheci muita gente nova, então foi um ano de muitas conquistas.

Talvez a parte ruim seja no financeiro, apesar de todas as conquistas, ainda tive alguns perrengues na área financeira, mas essas coisas acontecem, mas o meu resumo do ano foi basicamente isso."

MAY MAGRET: "Em 2019 eu me descobri escritora. Graças ao Rynaldo Andrade e ao Weslley Vitoritti, que me deram todo o apoio e acreditaram em mim. Antes eu me contentava com algumas poesias esparsas, com eles vi que era capaz de vôos maiores.

Além da novela literária Entre Nós, que foi exibida pela Megapro no início do ano, tive a honra de ser selecionada na antologia da WebTv, "Contos contemporâneos da violência urbana", participei também da série da CyberTV, "Saber Amar", fui selecionada em uma antologia da plataforma Bilboo "Contos de lugar nenhum"", além de tambem ter sido selecionada em uma antologia da Cartola Editora, que foi publicada recentemente, "Juízo final". Ainda fiz minha primeira tentativa em roteiro, na serie "Os Segredos dos Signos", da Megapro. Terminei o ano novamente na Megapro, com uma minissérie em 5 capítulos, "Eu, você e ele".

Publiquei "Entre nós" na Amazon, e mesmo sem divulgação, tem sido lido, coisa que me deixa muito feliz. Pra 2020 pretendo continuar escrevendo contos e novelas. Ainda tem alguns emissoras virtuais que não escrevi, embora eu seja da Megapro, gosto de diversificar. Estou aberta a convites!

Ah sim e pra fechar o ano com chave de Ouro fiquei muito orgulhosa de estar concorrendo em praticamente todas as premiações das nossas grandes emissoras virtuais. Só de ter sido indicada me sinto vitoriosa, eu uma novata que to chegando agora. Obrigada de coração. E feliz por ter ganhado ja em duas categorias do Prêmio Gêneros (obrigada pelos votos!)

Enfim termino desejando a todos um feliz Natal e um ótimo ano novo, que 2020 seja cheio de histórias e finais felizes!!"

DÉBORA COSTA: 2019 teve uma importância enorme na minha carreira, Excelsior saiu exatamente como eu queria, teve o clima dark que desejei, ela saiu do meu padrão, e o meu público recebeu isso muito bem, acredito até ter ganhado novos leitores, porque Excelsior teve uma ótima audiência. Ser autora, é um aprendizado constante, e eu senti que com essa novela, eu evolui muito, sou grata ao público, a minha equipe: Tainá Andaluz (Colaboradora) ela é a pessoa que recebe os capítulos antes de todo mundo, e ela dá ideias para as próximas cenas, ou até mesmo pede para acrescentar algo que nem estava imaginando, e sempre da certo. Marcelo Delpekin e Cristina Ravela (Revisão de Texto) sem eles as virgulas e os pontos não seriam os mesmo (risos). Também nesse ano voltei com o Nostalgia, que é um programa que amo apresentar, pois sou apaixonada por novelas, séries, filmes e desenhos antigos, também teve uma boa audiência. Obrigada á você que acompanhou Excelsior, e que acompanha as minhas novelas aqui, é para você que eu escrevo, com todo amor e dedicação, fazer a diferença no dia de uma pessoa, é algo top. Obrigada mais uma vez pelo convite de estar aqui, desejo é todos um 2020 abençoado, cheio de realizações, e se a luta vier, Deus manda força do céu e vamos vencer á cada obstaculo que surgir, com fé e a certeza de que Deus está ao nosso lado. Ano que vem, fiquem atentos á minha nova novela para quem não leu, e a republicação para quem já leu, de Falso Amor! Conto com vocês hein,beijinhos, Feliz Ano Novo!

HENZO VITURINO: Em 2019 posso dizer que evoluí com a escrita, fiz novas experiências em minha novela, a melhor de todas as que eu fiz até aqui, acredito eu. Adorei ter escrito Amores Imperfeitos e poder ter contado com a ajuda de grandes nomes do mv, como Débora Costa e Marcelo Delpkin, que são grandes inspirações pra mim. Tudo o que eu desejo para o ano que vem é que seja melhor que esse, que eu consiga me aventurar em novos projetos, com as pessoas que gosto. Apesar de terem acontecidos muitas tragédias que deixaram todos abalados, no geral, pra mim, 2019 foi um ano bom, poderia ter sido melhor, mas tudo bem. Desejo à todos um próspero ano novo e que a cada ano a gente consiga evoluir mais, ter um bom coração e nunca deixar se levar por coisas tipo ambição. Feliz 2020!

JAIME LUCAS:
2019 foi um ano de muita reflexão. Foi um ano que tirei para cuidar mais da minha vida pessoal e acadêmica. Nos últimos meses anunciei meu afastamento da ontv para que eu pudesse me recuperar. Foi um ano em que eu entrei em muitos conflitos internos e o tempo que tirei para refletir melhor me ajudou a resolver muitos deles. No MV, quase não tive trabalhos, mas foi um período importante para refletir sobre o meu futuro aqui. Agora em 2020 estou voltando ao MV com novas obras!

VITOR ABOU: 2019 foi um ano bem tranquilo para mim. Fora do Mundo Virtual, foi um ano de muito trabalho, mas de realizações, assim como de amizades e diversão. No MV, foi um pouco parecido. Supervisionei duas obras de grande sucesso do MegaOD: Ilha de Mistérios e Nós & Ela. E foi um ótimo trabalho tanto com o Failon quanto com o Wagner. Também tive outros desafios como apresentar o game show Tô Dentro e escrever os contos natalinos Um acidente de Natal e Viramos. Voltar ao literário foi desafiador, mas mágico, envolvente. Enfim, 2019 foi um ano de muito trabalho no Megapro e fora dele também, porém sempre com muita animação, diversão e satisfação, fazendo valer todo o esforço.

HUGO MARTINS: Esse foi um ano especial. Dias que nasceram sem nenhum projeto promissor. Mas, eu me surpreendi. Estava desempregado e arranjei emprego. Era um universitário e me tornei um graduado. Estava na superfície e mergulhei um pouco mais fundo nos mistérios da vida. Pude ficar mais empático e mais humilde. Aprendi a ouvir mais e perdoar mais. Aprendi a me perdoar mais. Esse foi um ano decerto incrível. Escrevi um conto romântico e descobri que podia tocar o coração das pessoas. Escrevi uma antologia de fantasia e consegui viajar nas ideias. Planejei muito, e não executei o suficiente, mas no fim das contas o saldo é positivo. Esse foi o ano da maturidade, em que pude mergulhar mais em mim e me reconhecer, ou me autoconhecer. Não que tenha atingido o nível mais alto da hierarquia, mas subi alguns degraus na consciência. Aprendi a ser mais paciente e andar sem pressa, com passos talvez até lentos, porém passos seguros. Esse foi um ano incrível. Eu sou grato a Deus por esse ano. Muito grato mesmo. Viver é bom né?! E que venha 2020! Feliz novo ano!"

MARCELO DELPKIN:
Olá a todos vocês que estão lendo agora. 2019 foi um ano especial e bastante agitado. Comecei com Flashback na Cyber TV e com a versão latina de O Leão no Portal Glook, durante todo o primeiro semestre. Em seguida, parti para as revisões de texto nas novelas Amores Imperfeitos e Excelsior e na série Saber Amar, em parceria com Cristina Ravela na segunda e com Isa Miranda e Fabi Prieto na última. Três trabalhos incríveis, nos quais pude conhecer talentos incríveis — entre eles Néka Martins, Raquel Martins, Tai Andaluz, Mag Brusarosco, E.E. Soviersovski, May Margret, Géssyca Freze e outros mais! Já no fim do ano, iniciei a escrita da próxima novela, Escândalo, e a revisão da próxima atração da Debby, Falso Amor. Ambas estreiam em 20 de janeiro, na Cyber TV. Também continuei os trabalhos no Cyber Backstage e no Observatório da Escrita. Isso sem falar na análise dos novos textos que chegam à Cyber TV e à DNA TV. Em 2020 seguirei com os projetos já iniciados e com outras novidades; e que seja mais um ano bastante produtivo, como têm sido os dois últimos. Desejo prosperidade e felicidade a vocês também, nesse ano que está por vir. Obrigado por tudo!

ANDRÉA BERTOLDO:
Bom, não produzi tanto quanto eu queria mas continuo revisando fics pro Megapro e revisando meus projetos de livro. Tá a passo de tartaruga, mas estão indo. Fiquei feliz em ver que minha fanfiction Gêmeos - A Face Oculta foi escolhida no Vale a Pena Ler de Novo e que o meu conto do Zero Hora - O Retrato tenha sido indicado pro Troféu Imprensa. Enfim, minhas expectativas são conseguir me organizar mais e concretizar todos esses projetos inacabados e pelo menos iniciar a segunda temporada de Gêmeos.

FAILON TEIXEIRA:
O que falar de 2019? Foi um ano turbulento rsrs. Aconteceu alguns imprevistos e tive que cancelar alguns projetos, mas continuei seguindo rsrs. Fui bastante ativo no ano fazendo algumas participações em programas da WebTV, Cyber e Megapro. Conheci novos autores e pude aprender mais sobre escrita. Uma grande evolução em comparação ao ano anterior. Cheguei a fazer bicos como jornalista rsrs. Conseguir publicar "Ilha de Mistérios" trama que foi exibida completa em streaming. Foi um ano de lutas e esforços. E que em 2020 eu possa voltar com tudo e mas isso firme ainda. Feliz ano novo!!! Rsr. Um beijo pro pessoal do Maranhão!

DIOGO DE CASTRO: De uns anos pra cá tenho estado mais nos bastidores do mundo virtual, acompanhando de longe, mas eis que em 2019 o Bruno me lançou o desafio de escrever com ele um roteiro que estava guardado a algum tempo, que é o que vocês leem agora como Estações da Vida. Sempre tivemos o desejo de escrever uma trama juntos e 2019 proporcionou isso. Em todos esses anos que estamos por aqui no MV a minha vida mudou bastante, como eu disse anteriormente, tinha até me afastado daqui. Concluí faculdade, saí da casa dos pais, casei, tenho 2 filhos, cada vez menos tem espaço pro mundo virtual. Mas, ainda assim, decidi topar o desafio e estamos, com todas as dificuldades, concluindo a primeira temporada da novela, espero que tenham gostado do que a gente apresentou esse ano, foi suado, mas foi de coração. Desejo a todos um 2020 de muita prosperidade e que todos possamos realizar nossos sonhos.

 
     

FELIZ 2020, MUNDO VIRTUAL

     
 

GABO: Galera, obrigado pelos depoimentos, 2019 vai deixar saudades. Agradeço a participação das emissoras que participaram do Retrospectiva Mundo Virtual.

 



 

Em 2019 eu me diverti no comando do Game Show, vibrei com o lançamento do novo site da WebTV e o site da webtvplay, ambos criados por Cristina Ravela, ficou surreal, muito lindooooo. Descobri tantas curiosidades dos artistas no quadro "Eu nunca" do Misturama, também revelei alguns segredos quando eu participei, foi engraçado kkkk. Na dramaturgia me empolguei com o desenvolvimento de "Estações da Vida" e arrisquei no formato literário ao participar da "Antologia Violência Urbana" e "A Magia do Natal", na qual eu tive o privilégio de escrever em parceria com a minha mãe. O trabalho interno da WebTV foi intenso, a correria beeeem grande, mas no fim tudo valeu a pena. No mês de outubro, a WebTV completou 15 anos e ganhamos de presente a plataforma de streaming "webtvplay". Que maravilha, galera...

Em 2020 muito trabalho à vista, afinal a comemoração dos 15 anos da WebTV só está começando. 2020, seja bem-vindo. Esse foi o Retrospectiva Mundo Virtual. Boa noite e um ótimo Ano Novo.

 

 
     
     

Apresentação:
Gabo Olsen

Revisão:
Cristina Ravela

Agradecimentos:
Andréa Bertoldo
Carlos Alberto
Carlos Lira
Cristina Ravela
Débora Costa
Diogo De Castro
Édy Dutra
Everton Brito
Failon Teixeira
Henzo Viturino
Hugo Martins
Jaime Lucas
Jota Pê
Marcelo Delpkin
May Margret
Melqui Rodrigues
Miguel Rodrigues
Vitor Abou

Emissoras:
Caio Pires (NTVOn)
Carlos Alberto (Aster TV)
Diego Silva (Ranable)
Gabo Olsen (WebTV)
João Paulo Ritter (OnTV)
Marcelo Delpkin (Cyber TV)
Miguel Rodrigues (DNA)
Vitor Abou (Megapro)

Todo material divulgado no programa pertence às emissoras virtuais e aos seus idealizadores.


Esta é uma produção de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. 


Contato:
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2019 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução
.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Episodios da Retrospectiva Mundo Virtual

Jornalismo

No Ar

Comentários:

0 comentários: