Vale Dicere - 1x01




1x01 - PHOENIX
 
     
 

 
 

Grã- Bretanha, Reino Unido, Dias Atuais.

Uma rede científica poderosíssima que realiza diversas experiências e tem por nome ‘Organização Phoenix’ é comandada pelo poderoso cientista Addan Melvick de aparentemente mais de 60 anos, é alto e tem um físico robusto. Sem que ninguém saiba, ele esconde um desejo veemente de subir na vida através de experiências ilícitas, ele também é bastante ligado com as autoridades britânicas... Ai daquele que tentar atravessar o seu caminho!

Subsolo da Organização Phoenix, 08h57 AM.

No laboratório subterrâneo da Organização Phoenix, o jovem Dr. August, médico de 27 anos e de boa aparência entra na sala do Dr. Addan para questioná-lo das novas experiências que este último está realizando.

August: Dr. Addan, perdoe-me pelo atrevimento, mas não acha que já conseguimos moléculas demais para essa tua experiência?

Addan: August, você nunca aprende que para subir na vida deve-se arriscar.

August: Mas Doutor...

Addan: ...Mas nada! (Interrompe-o bruscamente) Quero que através dessas experiências, eu possa estudar mais sobre o agente mutagênico. Se deixarmos esse agente exposto às células, pode causar mutação numa molécula de DNA.

August: Por isso que o senhor está fazendo isso com cães?

Addan: Exato. E quem sabe não utilizamos posteriormente em humanos?

August: (Arregalando os olhos) O quê? Mas Dr. Melvick, é uma experiência nova que eu não sei ao certo o que o senhor pretende fazer com ela, e também é muito perigosa para fazer com humanos, ainda nem vimos que efeitos colaterais podem causar nos cães.

Addan: Desde quando eu falei que seria fácil? Mas tudo aquilo que se conquista com dificuldade, é muito mais excitante.

Um dos médicos que estavam no plantão chega à sala onde se encontra o Dr. Addan e o Dr. August e parecia estar nervoso.

Médico: Dr. Melvick tenho más notícias!

Addan: O que aconteceu?

Médico: Infelizmente um dos cães dos experimentos acaba de falecer.

Addan: E daí? Acontece muito, afinal ele não era o único cachorro que nós tínhamos não é?

Médico: Sim, mas... Houve algo estranho.

Addan: O que foi?

Médico: É que... É que...

Addan: ...Fala logo estúpido!

Médico: É que houve alguma reação depois que extraímos os hibridomas do animal, tentamos fazer o que o senhor nos pediu de ejetar os hibridomas no próprio animal com a substância química que o senhor desenvolveu.

August: Que tipo de substância química?

Addan: Não é da sua conta idiota! Suponho que vocês tenham usado organismos transgênicos.

Médico: Sim, mas não contávamos com uma coisa.

Addan: Com o quê?

Médico: O cachorro estava contaminado com o vírus da raiva.

August: Quê?

August olha para o Dr. Addan assustado enquanto o outro médico seguia falando.

Médico: ...E isso gerou uma reação em cadeia, antes do animal falecer ele demonstrou características estranhas, nunca vimos isso acontecer.

Addan: Me leve até o animal.

Médico: Sim, a doutora Fionna e o Dr. Phillip estão te esperando. 

Sala de Experiências, 09H07 AM.

O Doutor Addan chega à sala de experiências juntamente com o Dr. August e o médico que estava no plantão, lá estavam os doutores Philip, homem alto com aparência robusta de 35 anos e a Doutora Fionna, mulher bela de pouco mais de 30 anos com cabelos castanhos que bate na altura dos ombros, e aparenta uma mulher forte e séria em suas decisões. O Dr. Addan se aproxima dos doutores e questiona:

Addan: O que aconteceu aqui?

Fionna: Dr. Melvick, que bom que chegou! Este animal faleceu e...

Addan: ...(Interrompendo-a) Sim idiota, tá na cara que ele está morto, você acha que estou cego?

Fionna: Sim, mas... É que o mesmo procedimento que usamos neste cão nós utilizamos nos outros também, e só depois descobrimos que este em especial estava contaminado com o vírus da raiva.

Addan: E daí?

Phillip: Doutor, outros cinco cachorros tiveram reações estranhas e vieram a orbito também.

Addan: Mas será possível? Vocês são uns incompetentes!

August: Doutor, tu percebes o mal que isso pode causar? Se o Instituto de Ciência e Tecnologia do Reino Unido descobrir que aconteceu isso aqui, todos nós vamos para a cadeia e eles poderão fechar a Phoenix pelo resto da vida.

Addan: Não vão fazer isso porque ninguém pode me acusar!

August viu que o cachorro mexeu a pata.

August: Meu Deus! Vocês viram? Ele, ele mexeu a pata.

Médico: Ah, por favor, vai dizer que está com medo de um simples cachorrinho? Veja, ele tá mortinho.

O médico começa a cutucar o cachorro e bater na cabeça dele.

Médico: Viu? Tá morto! É inofensivo.

De repente o cão acorda com uma reação estranha, tinha olhos avermelhados e de sua boca saia muita saliva, os médicos se assustam e ele avança no braço do médico que o havia mexido.

Médico: Ahhh!! Me solta seu animal maldito!

Os doutores presentes se desesperam.

Fionna: Ai meu Deus! Segurança!

August: A gente precisa sair daqui!

Addan: Que diabos está acontecendo?

Médico: Me larga animal imundo!

Os doutores Addan, August, Fionna e Philip saem imediatamente de dentro da sala, enquanto os seguranças da organização chegam com rifles e um deles atirou no animal enquanto os outros três médicos estavam do lado de fora vendo pelo vidro transparente. O Dr. Addan percebeu que os outros cães estavam despertando e deu a ordem para a sua segurança recuar.

Addan: Guardas! Saiam do local agora!

Médico: (Colocando a mão sobre o braço ferido) O quê? Mas o que tá acontecendo? Vocês não podem me deixar nessa sala!

August segura no braço do Dr. Addan.

August: Dr. Melvick, não pode deixar que ele fique ali, aqueles animais vão mata-lo!

Addan: (Tirando o braço de August á força) Será que não percebe que aquele médico idiota está contaminado? Ele foi mordido, não posso arriscar, vai que ele pegue uma doença contagiosa e nos passe.

Médico: Por favor, me tirem daqui!

Os outros cães se levantam e ao ver o médico correm em direção a ele e o ataca sem piedade. Os demais olham para aquela cena completamente espantados, Fionna vira o rosto para não testemunhar com detalhes tamanha barbaridade, enquanto isso Addan fixava o olhar de maneira fria como se fosse um triunfo. Após isso, os doutores Fionna, August e Philip se dirigem até a outra sala acompanhados pelo seu superior, todos se encontravam completamente extasiados diante do que acabaram de testemunhar, com exceção do Doutor Addan que continuara de cabeça erguida. A Dra. Fionna se apoia na mesa da sala e questiona:

Fionna: Vocês viram aquilo? Foi horrível!

Addan: Para de choramingar, também não é pra tanto!

August: Mas Doutor Addan, será que não viu que...

Addan: ...Escutem bem! (Os três médicos se detém para ouvir o Doutor Addan) O que aconteceu ali foi um acidente e acidentes acontecem em qualquer lugar, então tirem esse semblante de espanto dessas caras de vocês e parem de agir como universitários amadores. Estamos entendidos?

Os três médicos acenam com a cabeça afirmando ter compreendido o que o Dr. Addan falou, porém todos permaneceram em silêncio. Cerca de uma hora depois, um dos seguranças entrou na sala onde estava o médico que aparentemente estava morto, os cães pareciam estar dormindo. Ele vai andando cautelosamente e questiona a si mesmo:

—Que merda é essa? Olha só o que fizeram com ele!

O segurança foi analisar os outros cães que estavam dormindo, ele só cometeu um grande erro de tirar o capacete e ainda deixar a porta de proteção semiaberta, o médico supostamente morto se levanta totalmente transformado e morde o pescoço do segurança, os cães despertam e tudo vira um alvoroço, o segurança atira no peito do médico infectado e vendo que não tinha resultados, o acertou na cabeça, em seguida ele corre pela porta que dá acesso aos corredores e aos outros setores, mas os cães lhe perseguiram e o atacaram sem piedade, em seguida outros três seguranças apareceram e foram surpreendidos pela matilha de cães salivando sangue que passavam pelos corredores do subsolo deste Gigantesco Hospital. Após o início do ataque, um dos cães começa a uivar como se realmente fosse um lobo e de repente todos os outros cães infectados que estavam no hospital começam a despertar e atacam aos médicos de cada setor e vão escapando por onde podem. Um alerta vermelho soa por todo o prédio, os doutores August, Fionna e Philip escutam o alvoroço e começam a ficar desesperados, eles saem da sala onde estavam e vão para o corredor, August percebe o caos.

August: Precisamos sair daqui agora!

Fionna: Sim, Vamos logo!

August: Espere! Onde está o Doutor Addan?

{Flashback}

O doutor Addan esperou que August, Fionna, e Philip se afastassem para fazer uma chamada.

Addan: Prepare-me um helicóptero para o terraço da Phoenix agora! É uma ordem! Quero ver este helicóptero em 5 minutos.

Após o telefonema, o doutor Addan adentrou no elevador especial que o levava direto para o terraço do prédio, e ali aguardava o helicóptero.

{Fim de Flashback}

Fionna olha para um lado e para o outro e percebe a ausência de seu superior.

Fionna: Eu não sei onde ele tá.

Philip olha para trás e ouve gritos.

Philip: É melhor a gente sair daqui.

Todos começam a correr desesperados dos cães sangrentos, enquanto no terraço do prédio chegava o helicóptero da Phoenix para buscar o Dr. Addan, ele adentra o helicóptero, toma assento e sai de lá ileso cantando vitória.

Addan: Idiotas! Nunca vão me pegar!

Lá dentro, August, Fionna e Phillip tentam escapar junto com outros médicos e funcionários. De repente, vindo pelo corredor, estava uma quantidade relativa de médicos e seguranças completamente transformados com reações estranhas e surgem provocando o pavor em todos.

Todos: Aaaaaaaaaaaaaaaaahhhhh!

August: A gente precisa sair daqui agora!

Os três médicos correm em direção a um elevador, um dos seguranças infectados se aproxima neste momento e ataca um dos enfermeiros que iria adentrar no elevador, uma faxineira tenta entrar no mesmo e uma das criaturas a puxam pelo braço e morde arrancando um pedaço da garganta da moça.

Fionna: (Levando as mãos até a boca) Ahhhhhhhh meu Deus!

Phillip: Fionna, entra no elevador agora!

No momento em que a Dra. Fionna entrou no elevador, uma das criaturas aparecem e puxa seus cabelos para fora, a porta do elevador fecha e Fionna fica presa com o cabelo do lado de fora enquanto os Doutores August e Philip tentam salvar sua colega.

Fionna: Pelo amor de Deus, faz alguma coisa, eu não quero morrer!

August: Tenta abrir a porta do elevador.

Philip: Não dá pra abrir!

O elevador se movimenta e Fionna começa a se debater desesperada, pois continua presa.

Fionna: Ai meu Deus! Me tirem daqui! Por favor!

August e Philip começam a forçar pra abrir a porta do elevador.

August: (Fazendo esforço) Não tá dando.

Philip: Força August!

Quando o elevador estava prestes a subir de vez eles conseguiram abrir rapidamente e puxam Fionna para o fundo do elevador e uma das criaturas tenta enfiar as mãos para dentro, a porta fecha, o elevador sobe para o próximo andar e decepa a mão da criatura que cai na frente dos três médicos, Fionna estava sentada no fundo do elevador e grita:

— Aaaaah meu Deus!

August se aproxima de sua colega e tenta acalmá-la.

— Calma Fionna! Você tá salva, vamos sair dessa, confia em mim.

Philip: August, pra onde nós vamos agora?

August: Vamos para a saída de emergência que fica no térreo.

O elevador chega ao Térreo em um local restrito apenas à segurança, e parecia que o ataque não havia começado ali sendo que as experiências eram realizadas no segundo subsolo, um dos agentes que estavam no térreo barrou os médicos, seu nome era Victor, rapaz formoso com cabelos castanhos.

Victor: Onde pensam que vão? O que está acontecendo aqui?

Fionna: Será que não ouviu o alarme? Estamos todos em perigo!

Victor: Quem deu autorização a vocês de saírem por esta parte doutores? Por que não saíram pela porta principal?

August: Escuta, aconteça o que acontecer, feche todas as portas quando saíres, não deixe aquelas coisas irem para a rua, pelo amor de Deus!

Victor: Coisas? Que coisas?

Ouve-se gritos.

August: Aquelas coisas!

As criaturas chegaram com todo seu furor juntamente com alguns cães que subiam pelas escadas.

Victor: Droga! Afastem-se!

O Agente Victor pede para os doutores ficarem na sua retaguarda e ele pega o seu rifle e começa a disparar em todos que estavam vindo em sua direção, os doutores assistiam aquela cena completamente espantados, ao terminar o Agente saca seu walkie talkie e faz uma chamada:

Victor: Aqui é o Agente Victor Evans, temos uma emergência Capitão Dan, repito, temos uma emergência!

Posto do capitão Dan, 10h23 AM.

O capitão Dan é um dos representantes da justiça de maior influência da
Grã-Bretanha, apesar de seus 50 anos, ele aparentava bem mais jovem devido ao seu físico, ao ver a chamada de Victor ele indaga:

— Droga! Parece que teremos um duro trabalho pela frente.

Saída do Hospital, 10h24 AM.

Ao fazer a chamada para o Capitão Dan, o Agente Victor decide levar os doutores para fora do prédio.

Victor: Venham comigo vocês três rápido!

Phillip: Acredita na gente agora?

Victor: Eu não sei mais em quem acreditar... (Pega o walkie talkie) Atenção todas as Unidades! Está sucedendo um ataque na Phoenix, estamos evacuando, muitas vítimas fatais, repito muitas vítimas fatais!

O Agente e os médicos sobreviventes entram numa viatura da Organização Phoenix juntamente com ele, Victor dá a partida e quando olham para trás puderam avistar o caos saindo de dentro daquele gigantesco hospital científico. Victor olha pelo retrovisor e questiona os doutores.

Victor: O que aconteceu? O que eram aquelas criaturas?

August: Vai ser uma longa história agente... Uma longa história.

Em outro lugar da Grã Bretanha, um jovem entregador de pizza parece ter se dado mal em mais uma entrega. Seu nome é Cristhian, tem 20 anos e possui um físico robusto e cabelo meio arrepiado. O chefe da Pizzaria estava lhe dando um sermão.

Chefe: O cliente pediu uma pizza de catupiry e você deu uma de calabresa, será que não consegue enxergar a diferença?

Christian: Me desculpe senhor... Eu estava com tantos problemas que...

Chefe: ...Sempre as mesmas desculpas! Já estou cansado disso, nunca acerta nos pedidos, sempre chega atrasado, não tenho que continuar passando raiva contigo, está despedido!

Christian: Mas senhor, eu...

Chefe: ...Despedido! E nem adianta insistir.

Christian: Olha, quer saber? Eu não estava com vontade de ficar nessa porcaria de emprego mesmo! Tomara que você tenha falado à Nossa Senhora da Gordura que ela precisa queimar em você umas calorias.

Chefe: Como se atreve?

Christian: Thauzinho Snorlax! (Snorlax é um pokémon gordo e pesado)

Chefe: Volta aqui garoto atrevido!

Christian pega a sua moto e sai dali chateado, porém estava bastante satisfeito por ter dito tudo aquilo para o seu chefe, enquanto ele pilotava a moto pensou consigo mesmo.

Cristhian: Quem ele pensa que é? Cara chato!

Alguns minutos depois, Cristhian volta para o apartamento onde ele mora e lá está o seu irmão Dylan lhe esperando. Ele tem 18 anos, quase o mesmo físico de Cristhian, mas com a pele mais escura e cabelo platinado. Ao ver Cristhian chegando tão cedo, Dylan questiona:

Dylan: Chegou muito cedo, o que aconteceu?

Christian: Eu... Eu fui demitido.

Dylan: Quê? Mas não consegue ficar nem mesmo duas semanas em um emprego e já é demitido? Por que você é tão irresponsável?

Christian: Ah Dylan, chega! Não vai começar com os sermões, tá parecendo até o papai.

Dylan: Por isso mesmo você deveria dar exemplo ao ser o irmão mais velho.

Cristhian: Tá bom, tá bom, eu tive um dia terrível tá? Mas e você? Como foi na escola?

Dylan: Péssimo! Não tenho conseguido atingir notas boas.

Cristhian: Mas por quê? O que você anda fazendo?

Dylan: Você acha que é fácil Cristhian? Perdemos os nossos pais recentemente, eu não tenho tanta experiência, reprovei no ano passado, você mal consegue arrumar um emprego, ah! A Dona Ru veio aqui.

Cristhian: O que aquela velha queria?

Dylan: Que a gente pagasse o aluguel.

Cristhian: Essa não, nossa vida já tá uma droga e ainda me aparece isso.

Dylan: Sabe como ela é, fica dizendo que é uma cantora e até Diva de uma grande emissora de televisão e ainda se acha no direito de nos humilhar.

Cristhian: Olha, eu vou tomar um banho, no momento eu quero esquecer o dia de hoje.

Dylan: Tranquilo, eu vou ver se tem algo de bom passando na TV.

Cristhian foi tomar banho, minutos depois Dylan estava vendo TV e aparece no noticiário o incidente na Phoenix.

Dylan: Cristhian corre! Olha isso aqui!

Cristhian sai do banheiro de toalha e vai até a sala.

Christian: O que houve?

Dylan: Escuta! (aumentando o volume da TV)

Repórter: Um acidente peculiar aconteceu na manhã de hoje na Organização científica Phoenix, não sabemos por qual razão alguns médicos começaram a agir de maneira estranha e atacaram pessoas. Testemunhas afirmam que viram cães saindo do prédio e atacando os indivíduos, mais notícias informaremos em breve.

Ao encerrar a notícia, Dylan questiona Cristhian:

-Você viu isso? O que era aquilo Christian?

Cristhian: Dylan, se não fosse loucura... Diria que aquelas coisas eram zumbis.

Dylan: Quê?

Enquanto isso o ambicioso Dr. Addan chega a um de seus postos ainda na Grã- Bretanha, ele acabara de descer do helicóptero e vai em direção à portaria principal, um de seus seguranças o cumprimenta.

-Excelência fique a vontade! E qualquer coisa, por favor, me avise.

Addan: Claro jovem, claro!

Addan entra em um escritório e liga a TV, ele fica observando todo o incidente na Phoenix, ele penteia seus cabelos grisalhos e começa a pensar consigo mesmo enquanto sorria de maneira maquiavélica.

Addan: Hahahaha! Minhas experiências saíram melhores do que imaginei, se continuar assim eu serei o homem mais poderoso do mundo! E isso... É apenas o começo do que está por vir.

 
     

 

     

autor
Melqui Rodrigues

elenco
Jaydan como Cristhian
Sidney Santiago como Dylan
Rogelio Guerra como Dr. Addan
Celine Reymon como Dra. Fionna
Osvaldo de León como Agente Victor
Juan Carlos Espinoza como Dr. August
Juan Luís Esparza como Dr. Philip
Stephen Lang como Capitão Dan

produção
Bruno Olsen
Cristina Ravela


Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2018 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.

Compartilhar:

Postar um comentário

 
Copyright © WebTV | Design by OddThemes