Feriadão WebTV: Cine Virtual - Obeso Tormento - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Feriadão WebTV: Cine Virtual - Obeso Tormento

Conto escrito por Apagador Vocalista
Compartilhe:










Sinopse: William fez algo horrível e quis esconder do mundo, mas alguém soube de tudo o que aconteceu.



Obeso Tormento
de Apagador Vocalista


Muito bonito o que você faz, William. Pena que só eu sei o que você fez realmente. Fique tranquilo, não vou contar a ninguém, mas preciso que você mesmo saiba. Eu sei que você já sabe, mas escutar tudo vindo de alguém como eu pode te ajudar. Ou ajudar te abrindo os olhos, ou te ajudar te punindo.
Os pedintes da Sé te veneram. Você é o próprio Messias saído da catedral da famosa praça. O marco zero da capital paulista é só um troço sem importância. Eles não se importam com a distância das coisas em relação àquilo, como aprendemos na escola. Você é o marco daquela mendigada toda. Louvável seja William, mas para sempre será louvado? E se eu contar a eles que você vai lá não pela missa, mas pela confissão? Será que vão suspeitar de algo? Seu heroísmo cairá como todo grande império já caiu uma vez na História?
Amigo, não adianta me evitar. Qualquer táxi que você pegar para seja-lá-qual-for-o-destino eu estarei na sua cola.
Eu sei, você quer justificar seus atos. A Natália era uma menina dócil, mas também era o clímax da ingenuidade. O namorado a trocou pela Roberta, mais “experiente”, mais ousada, mais, digamos... “salgada”. O ombro amigo que lhe deste tinha segundas intenções, sim, não adianta negar. Seus argumentos foram friamente calculados para que ela se apaixonasse por você. Confesso que nem um vampiro o faria tão bem como fizeste. Tudo isso pelo “fruto” da moça. Não, não foi apenas consequência, foi o seu plano desde o início. Felizmente, ela não gostou da experiência, foi dolorido para ela, e o Thiago faz aquilo melhor que você. Mas você e eu sabemos que ele não é nenhum azarado em ter engravidado a coitada logo no primeiro mês de namoro. Ele é estéril. Você, uma Afrodite masculina.
Amigo, não adianta me xingar. Eu não me ofendo fácil, e ser o guardião dos seus segredos, querendo ou não, é meu melhor escudo para seus truques.
Calma, não vou relevar a verdade. As pessoas vão estranhar por si só. William, mesquinho, morador da Zona Norte da capital, de repente para de frequentar a pequena Paróquia São José do Mandaqui, onde todo mundo se conhece, para assistir cultos no perigoso e distante centro da cidade? Você sabe que o Thiago te considera como um irmão, né? Nossa, é verdade! Ele não sabe do seu envolvimento com a Natália! De repente, me senti até mais pesado aqui.
Amigo, não adianta se matar. Se o que o padre falou sobre julgamento final for verdade, vai passar os melhores e os piores momentos de sua vida num telão para todo mundo ver. Por enquanto, essa vergonha só eu e você sabemos.
Adianta mesmo comprar comida para os moradores de rua do centrão? Isso te alivia de alguma forma? Apesar da recente alimentação saudável eu ainda me sinto gordo. Sente-se melhor mesmo? Mas nem para o confessor você contou tudo... William, não é questão de ser ou não ser, é questão do que já foi feito.
Amigo sim! Esse mea culpa pode me ajudar a te ajudar, mas você tem culhões para isso? Pois é, o preço é alto. Mas a parcela é única. Será que vale?
Eu sei, do lixo da sua família, a única que se salva é sua avó Wilma. Não que você seja santo, o que fizeste te condena. E seu egoísmo também. Sua família a deixou naquele cafofo perto da praça Agostinho Gianotti. Coitada, justo ela... senhorinha fofa demais, que se recusa a ir de carro até a paróquia para caminhar contigo, enfrentando a íngreme subida até a avenida Santa Inês ou a da Voluntários da Pátria, para variar o caminho, com seus 80 anos nas costas. Tens noção da falta que você lhe faz? Agora, só missa pela TV. Ela pergunta todos os dias sobre você, e como ninguém sabe o que fazes, contam mentiras pouco variadas a ela. “Deve estar trabalhando muito. O William sempre foi responsável”, “deve ser alguma namoradinha. Essa idade é fogo!”, e por aí vai. Ela vivia para você, esperava a semana inteira por sua visita. E se ela morrer? Meu deus, vou virar uma bola de guindaste!
Não, eu não tenho preço, não posso ser comprado. Eu só sirvo para chantagear. Tenho prazer nisso. Como ousa tirar isso de mim? Podemos conviver, caso você aceite o que fez.
Por quanto tempo você me aguentará, William? És forte o bastante? Perto do metrô Santana tem uma clínica que faz hipnose, regressão, TVP, essas coisas que sempre estarão na moda para quem gosta de esoterismo. Será que essas práticas são uma borracha capaz de me apagar? Ao menos sabe se o que escrevi foi à lápis? Isso vai lhe custar uma grana... você pode contar para algum amigo, mas todos estão no local sacrossanto de onde você mesmo se exilou. Já sei! Lembra quando você era pequeno e era viciado em brincar com seus bonequinhos? Você tinha um amigo imaginário chamado Marcel. Pode invocá-lo novamente, mesmo depois de velho. Mas sou eu quem vou bani-lo de sua mente, pois já tomei conta daqui faz tempo. Para seu azar, fiz um cerco com minha fortaleza, e só uma bala de revólver pode furar. Se achar que vale a pena, lembre-se do cinema celestial transmitindo “O pior de William” para os telespectadores.
Enquanto você pensa em alguma solução para se livrar de mim, vou chantagear a Roberta, a Natália, o Thiago e até a sua avó. Todos têm seus segredos.

Conto escrito por
Apagador Vocalista

Produção
Bruno Olsen
Cristina Ravela


Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO



Copyright 
© 2020 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução






Sinopse: As travessuras de Lucina, uma adolescente de 16 anos que encontra na casa do lago o local para viver um sentimento incontrolável.





Compartilhe:

14 anos

Cine Virtual

Contos Literários

Episódios do Cine Virtual

Episódios do Feriadão WebTV

Feriadão WebTV

No Ar

Comentários:

0 comentários: