Boletim Virtual - Edição 72


https://2.bp.blogspot.com/-BOpvP5FClHM/WSdQ_j5PmfI/AAAAAAAAAyE/vfUlZycz0FE0Ge44Cp_4cWBKKwrm5N9fwCLcB/s1600/Boletim%2BVirtual.jpg
 

BOLETIM VIRTUAL - EDIÇÃO 72
(SEXTA, 29 DE MARÇO DE 2018)

 
 
 

"Se você quer um pedacinho do Paraíso, acredite em Deus. Mas se você quer conquistar o mundo, acredite em você porque Deus já te deu tudo o que você precisa para você vencer". (Augusto Branco)

 
     

NA EDIÇÃO DE HOJE DO BOLETIM VIRTUAL:

     
 

- Diogo de Castro participa do Zoom
- No quadro Lendo.com Tiná dá dicas sobre escrever uma estória
- King
William, o dono do Web Mundi é entrevistado por Lucas Silva no Diário do Autor
- Everton Brito assume o comando do Giro Virtual

Fique na poltrona e desça a rolagem.

 
     

 

     

ZOOM: SEMPRE FUI FÃ DE NOVELA JUVENIL, MAS NO CASO ESPECÍFICO DAS TRAMAS CITADAS PERCEBEMOS QUE HÁ UMA CARÊNCIA DE HISTÓRIAS DO GÊNERO, diz DIOGO DE CASTRO

     
 

WESLEY ALCÂNTARA: A terceira edição do quadro ZOOM traz um autor veterano no MV. Chega mais, Diogo de Castro.

DIOGO DE CASTRO: E aí pessoal! Tudo bem? Obrigado pelo convite, Wesley.

WESLEY: Eu que agradeço a presença, Diogo. Vamos lá... Você é autor de Laços de Amizade e da recém-estreada Estações da Vida, ambas juvenis. É um campo que te atraia mais? Por quê?

DIOGO: Gosto do gênero. Sempre fui fã de novela juvenil, mas no caso específico das tramas citadas percebemos que há uma carência de histórias do gênero. Houve um período que era febre e a fórmula se repetia de uma novela pra outra, mas nos últimos anos isso mudou. Digo que percebemos porque foi a convite do Bruno que entrei no projeto Estações, a história é dele, tô escrevendo junto. No caso de laços, eu já tinha o material escrito há bastante tempo.

WESLEY: Que interessante, isso. Você além de coautor, é colaborador em Escolhas da Vida, trama do Édy Dutra. Como você faz para separar o tempo entre uma trama e outra e qual a diferença de trabalho de um autor para colaborador?

DIOGO: Eu costumo me dedicar aos trabalhos do mundo virtual no final de semana. Com Estações é um pouco mais complicado porque a história tá se construindo, requer mais empenho e nem sempre bate a inspiração. Como colaborador de Escolhas da Vida eu recebo o capítulo pronto, leio, reviso, acrescento, tiro, o Édy me dá essa liberdade, é muito mais tranquilo porque o material já chega acabado em minhas mãos, o que eu faço é acrescentar basicamente. A diferença é bem essa, como autor da novela você tem a missão de "começar do zero". Como colaborador você tá mais pra acrescentar ao trabalho e convenhamos, o Édy é referência no que faz o que facilita ainda mais. É válido salientar que, apesar disso, colaborador tem papel importante no desenvolvimento do projeto, eu mesmo já fiz modificações que contribuíram bastante pra história, com o aval do Édy.

WESLEY: Interessante esse trabalho de colaboração, tenho vontade de experimentar. Para você, que no atual momento trabalha em parceria. O que precisa para que essas parcerias sejam sucesso?

DIOGO: Dedicação de ambas as partes e estar aberto a opinião do outro. Sem isso, não acontece. Eu e Bruno tivemos um conflito por conta do tema de abertura da novela que, a meu ver, não deveria ser uma música internacional e acabou sendo. É o tipo de coisa pela qual não vale a pena estar se degladiando senão o trabalho não sai.

WESLEY: É complicado, mas creio que sejam bacana dividir funções, discutir perfis, pois o trabalho do autor acaba sendo muito solitário e talvez alguém enxergue de uma forma mais interessante, por um outro viés. Laços de Amizade e Estações da vida, como eu já disse, ambas juvenis, ambas escritas por um mesmo autor, mas em épocas distintas. Qual foi o maior mérito, a seu ver, em Laços e qual a diferença dela para Estações?

DIOGO: Em laços quis trazer o mundo acadêmico pra tela virtual. O objetivo era apresentar uma trama juvenil mas fora da escola como estamos acostumados, talvez esse tenha sido o maior mérito, apesar de hoje achar que deixou a desejar. Mas, pelo menos, trouxe algo novo pra época. A principal diferença de Laços pra Estações está na concepção, laços era uma espécie de receita de bolo que eu já sabia como terminaria, mesmo mudando alguns finais. Estações tá sendo construída a cada capítulo. Sem falar que é outro momento.

WESLEY: E sempre quando nos preparamos para escrever um trama, a gente pesquisa sobre os assuntos, sobre o enredo de um modo geral. Como se dá o seu trabalho de pesquisa para concepção de determinado personagem ou trama?

DIOGO: Em geral eu foco nos aspectos mais corriqueiros da vida da personagem, como por exemplo, o trabalho. Personagem X é padeiro, ou dono de padaria, vou lá pesquisar sobre o ramo pra trazer pros diálogos a maior veracidade possível. Lembro que em Laços quando um personagem entrou em coma, tive de pesquisar a respeito pra desenvolver as falas do médico. Não dá pra ficar aquela coisa superficial que ninguém se convence né.

WESLEY: Exatamente. Além de dar veracidade ao trabalho, a gente aprende bastante. Hoje, escrevendo Estações da Vida, qual é a sua maior dificuldade?

DIOGO: Creio que aproximar os núcleos, considerando que, como eu já disse, não houve um planejamento mais aprofundado acerca da história. O enredo é totalmente aberto e se por um lado isso remete a liberdade de criação, por outro, gera essa dificuldade de interligar os pontos. Mas tá sendo divertido.

WESLEY: É experimentação. Creio que no resultado final será mais satisfatório. Você já escreveu obras com outras temáticas, como o HIV, a diferença de idade, ou seja, tudo remete ao preconceito, a superação. Acredita que há algum tema que te fascina e que tem muita vontade de escrever, mas que não se encaixou em nenhuma de suas obras?

DIOGO: O que me fascina mesmo, Wesley, escrever! Sei lá, é prazeroso, adoro criar diálogos entre pessoas que não existem, mas que passam a existir a cada palavra que digito, é sensacional. Então, não tenho uma preferência por temática, seja ela qual for, o que me encanta é a possibilidade de escrever hahaha. Às vezes até prefiro que a sinopse já esteja pronta só pra desenvolver as cenas e tal kkkk

WESLEY: Eu também adoro escrever. Dizem que por um instante somos Deus. Mas acredito que seja a criação dos diálogos, da catarse que ocorre, os embates. Tudo isso me estimula. Qual a sua maior dificuldade em relação a escrita? A minha, por exemplo, é humor. Sou bem ruim. Qual a sua dificuldade? E como faz pra driblar essa dificuldade?

DIOGO: Tamo junto. Eu também não sei escrever humor, de forma alguma. Como faço pra driblar? Não me comprometo hahaha

WESLEY: Bem vindo ao clube. (risos) Sou um desastre real. Bom, Diogo, nós vamos encerrando o bate papo aqui. Agradeço demais sua colaboração e disponibilidade. Sei que deve ser difícil administrar duas obras e uma bebezinha linda. E aos nossos leitores, quero dizer que a novela Estações da Vida vai ao ar quinzenalmente e está em seu sexto capítulo pela WebTV, não deixem de prestigiar Pato, Nanda, Paulinha e cia.

DIOGO: Tô de férias do trabalho, mas não da Melissa hahaha. Eu que agradeço o convite, é sempre bater um papo legal. Fiquem ligados, galera! O capítulo 7 tá saindo do forno com muito carinho. Parabéns pela minissérie, Wesley! Seu texto é ótimo.

WESLEY: Muito obrigado!!! Ficamos por aqui!

 
     

 

     
   

LENDO.COM: ESCREVENDO UMA ESTÓRIA - por TINÁ

     
 

TINÁ: Olá!
 
Meu objetivo, hoje, é mostrar a todos o quanto é chato ler uma estória escrita sem planejamento prévio, isto é, uma estória sem sequência lógica, sem as chamadas “coerência e coesão”, elementos fundamentais para tessitura de um texto. São elas que dão a textualidade a um texto escrito, fazendo-o ficar interessante e tornando sua leitura muito agradável.

Vamos chamar esse planejamento de sinopse! Então, estamos conhecendo, agora, os macetes para escrever a sinopse do futuro texto.
Mas... o que é sinopse? É um resumo detalhado que descreve o conteúdo de um texto escrito do início ao fim. É bem diferente do resumo, que dá uma ideia geral da estória; a sinopse contém todos os pormenores do enredo, incluindo o final. Uma sinopse adequada aborda o conflito principal e a resolução da estória, além de descrever o desenvolvimento emocional do personagem central. É um texto breve dos resultados da revisão, claramente redigido e dirigido aos consumidores e leitores não-especialistas.

Vamos, então, conhecer algumas dicas de como fazer uma sinopse, como lhe dar forma:

01. Somente depois de saber como termina a estória, faremos a sinopse, pois devemos saber como termina o conflito e identificar os personagens principais, o tema e o conflito da obra.

02. Em seguida, vamos falar do protagonista, do par romântico, dos vilões e dos mocinhos. Você só é obrigado a citar quem for importante: pense bem antes de escrever.

03. Aborde os pontos principais da estória, como:

a) Se for um romance, resuma cada capítulo em uma só frase.
b) Se for um roteiro ou peça teatral, procure listar o que acontece em cada ato.
c) Se for uma compilação de contos ou poemas, identifique os temas principais de cada texto.

04. Você quer deixar seu texto interessante?

a) Utilize, para contar, um ponto de vista instigante. Por exemplo, coloque a Vovozinha para contar a história do Chapéuzinho Vermelho.
b) Dê uma reviravolta na estória, mas sem estragar o mistério. Por exemplo, faça a Vovó dizer que conhece o Lobo mau.

05. Pense bastante em quantas páginas sua sinopse deve ter.

a) As sinopses de romances podem ter de duas a mais de 12 páginas.
b) As sinopses de roteiros podem ter uma só página, sem mesmo passar das 400 palavras.

06. Apresente os personagens principais e o conflito no início.

a) Por exemplo, Chapeuzinho Vermelho sabe que o Lobo Mau é perigoso, mas a avo acha que não, que ele é bonzinho.
b) Ao apresentar outros personagens, verifique a relação que eles têm com o protagonista e o conflito.

07. Descreva os obstáculos que o personagem vai enfrentar e como ele vai superá-los. Não fale de tramas secundárias, a menos que elas sejam essenciais para a compreensão da história geral.

08. Uma boa sinopse inclui o que o personagem faz, sente e confronta, mas sem entrar em todos os pormenores. Deixe de fora todos os personagens dispensáveis e só fale dos eventos principais.

a) A sinopse não deve ter diálogos. Em discurso indireto, faça um resumo do que os personagens falam.

09. Demonstre como os personagens se desenvolvem e o que sentem ao longo do enredo. Explore o estado mental e emocional deles após cada reviravolta ou evento.

E, por fim, faça uma revisão na sinopse, Leia tudo com cuidado para corrigir os erros de digitação, ortografia, gramática etc. Além disso, tente ser conciso e tire as palavras, frases e os clichês desnecessários.

• Tente ler toda a sinopse em voz alta para detectar os erros.

• Você pode contratar um revisor profissional.

E, para terminar, a sinopse tem que ser consistente com a revisão e escrita em terceira pessoa (por exemplo, os revisores, em vez de nós).

Boa redação para vocês.

 
     

 

     
 

CRISTINA RAVELA: No Giro Virtual de hoje temos Everton Brito no comando, e no Diário do Autor, o presidente da WebMundi revela a verdade por trás dos escândalos nos quais se meteu. Eita! Desce a rolagem!

 
     
   

GIRO VIRTUAL: FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS - por EVERTON BRITO

     
 

EVERTON BRITO: "É que o povo se estressou por quê a gente se juntou, apenas se juntou, né bebê? Mas me perdoa meu amor, por quê isso apenas começou! Uaiiii 🎶🎶


- Sabe aqueles dias que você se acorda inspirado? Lê um livro,faz atividade de casa, escreve um versinho e ainda arruma tempo pra passar pano na casa? Pois é, esse não é o meu dia. É que eu gosto tanto da minha vida que até chego a desconfiar que em outra vida eu era um lençol, mas enfim... Como dizia Rochelle do Chris:

 

Volteeeeeeeeeeeeeeeeeei!


E o Giro Virtual hoje fica por minha conta. Essa beleza de pessoa que sou eu, essa maravilhosidade, essa obra divina da natureza. Inclusive, quando Tom Jobim escreveu Garota de Ipanema, ele estava pensando em mim. A música se chamaria Garoto de Ipanema, mas devido algumas complicações ele resolveu mudar.

 

"Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça...".
 

Eu sai catando os principais acontecimentos nesses últimos dias e agora vou fazer um resumo beeeeeem basiquinho pra vocês, que é como eu e tem preguiça de acompanhar as notícias. Afinal de contas, o Giro não existiria se os preguiçosos não existissem.


SINTO CHEIRO DE CHAMPANHE NO AR
 

Ah! O Outono chegou e junto dele as coisas mais deliciosas que o MV pode trazer. Yes! Já vejo a música Loves Theme de Barry White tocando ao fundo, enquanto as pessoas adentram pisando no tapete vermelho. O Troféu Mundo Virtual abriu as portas novamente! As inscrições estão abertas, então corre e não seja bobinho à ponto de não agarrar essa oportunidade. Sei lá, finge que é uma fã maluca do Luan Santana.




 

AÇÃO. CORTA!
 

Recentemente fomos pegos de surpresa quando Zih deu em primeira mão que uma série em vídeo estava sendo produzida fora do MV! Culpado de Weslley Fuchs vem ganhando destaque nesses últimos dias e vez ou outra nos deparamos com notícias sobre a tal serie. Cristina bateu um papo com a diretora da séria, Kiara Baco Anhon e ela explicou todos os trâmites e como tudo está sendo feito. Lá também tem a lista do elenco completo. Curiosos de plantão convocados.


 


 

FOI HÁ 86 ANOS


A falecida TVN (que o google a tenha), se estivesse viva, estaria completando essa semana, 06 aninhos de vida! O post relembrandro o aniversário da mesma, foi repleto de emoção e agradecimentos! Morreu!



 

POCOTÓ, POCOTÓ!

 

O Analisando a Concorrência, programa da WebMundi, encontrou um jeito criativo e... Peculiar de associar a série ANTI-HERÓI, de Cristina Ravela, à um cavalo! Parece impossível, mas segundo eles, Cristina havia ensinano didaticamente, porque ela é dessas, um novo jeito de cavalgar. Como? Bem...


 


 

FUI SEDUZIDO NA WEBTV!

 

Exatamente! Quero denunciar essa emissora que usa e abusa da sedução para atrair mais leitores. É uma profana sim! Acontece que Sedutora Melodia de Fran Vicentine, voltou a ser exibida, acredita? Assim, do nada. Qualquer coincidência com o SBT é só coincidência mesmo. A novela marcou nossas vidas e agora está disponível pra vocêzinho, tá sim!



 

ADIÓS

 

Escolhas da Vida de Édy Dutra com colaboração de Diogo de Castro está acabando. A novela está no ar, sendo exibida pela WebTV e está na sua reta final, cheia de emoção e de babado que a gente gosta!


 

 

DE VOLTA

 

A WebTV já marcou a data de retorno de Gabo Olsen aos seus estúdios. Será no dia 02 de abril, 4 meses após o apresentador se afastar temporariamente do Misturama e Boletim Virtual para se dedicar à escrita da novela Estações da Vida, em parceria com Diogo de Castro. A reestreia na programação da WebTV será em duas ocasiões. A primeira no dia 20 de abril no Misturama. A segunda no dia 22 de abril no Boletim Virtual.

 

 

Bom, e esse foi o nosso Giro Virtual de hoje. Espero que não tenham ficado tonto! Até a próxima e não comam aquele sorvete de pistache, tá estragado!

 
     

 

     
 

 

DIÁRIO DO AUTOR: ERA PURA JOGADA DE MARKETING, BUZZ PRA CONSEGUIR PROPAGANDA GRATUITA E CARTAZ, diz KING WILLIAM

     

 

LUCAS SILVA: Olá a todos vocês ligados aqui na Web Mun... quero dizer WebTV. Calma, eu não virei a casaca. Estou aqui a convite de Gabo Olsen para apresentar esta edição do Diário do Autor. King William Terceiros mandou me escoltar e disse se eu não retornar para a Web Mundi ainda hoje vai mandar Regina Duarte atrás de mim com um porrete. Falando nele, William é o entrevistado de hoje povo meu. Obrigado por ter aceitado dar esta entrevista.

KING WILLIAM: Não há de que.

LUCAS: Então William, o Brasil todo quer saber... mais eu, do que o Brasil hehe. De onde veio esse nome: Web Mundi. Você viu em algum lugar ou surgiu da sua cabeça?

WILLIAM: Surgiu na minha cabeça. O Web Mundi se voltava em sua primeira versão para cobrir o universo do mundo virtual, então cabia muito bem ao site este nome.

LUCAS: Agora conte um pouco você. Quem é William/King? O que mais gosta e o que não gosta. E porque aderiu a esse apelido? Sério até hoje me esforço pra te chamar de William, até porque foram muitos anos de King pra cá, King pra lá, King aqui, King acolá.

WILLIAM: Bom, eu sou uma pessoa que adora assistir novela, venerar Gabidu e Regidu, sempre frisar o quanto o Maneco é maravilhoso. Adoro música, Desperate Housewives, sou emotivo, olha que raro, uma pessoa de áries e emotiva ao mesmo tempo! (RISOS) Olha, gosto muito de escrever também, tanto novelas quanto poesias. Sobre o meu nome “King”, ele foi criado lá no Soda Pop, nem existe mais, mas na época o pessoal criava álbuns com músicas escolhidas e concorria em um ranking. Era divertido.

LUCAS: Ual, não sabia que era emotivo kk. Como você descobriu o Mundo Virtual? Acho que desde quando comecei a trabalhar contigo até hoje não soube ao certo disso.

WILLIAM: Nossa...nem eu lembro! (RISOS) Acho que foi através do TV Play, que virou MegaPlay que é o atual City.

LUCAS: A Web Mundi, infelizmente, é a emissora que mais cancela produções no Mundo Virtual. Eu mesmo acabei de cancelar o Good Night Mundo por falta de tempo hehe. O que você acha disso? Tem algum plano/projeto em mente para acabar com isso ou até mesmo diminuir?

WILLIAM: Eu fico desanimado, mas acho que o problema está em pessoas tentando fazer 1.000 coisas e aí fica algo perdido.

LUCAS: Já vi você em vários barracos e eu só ficava na moita observando. Não quero aqui causar ou trazer alguma polêmica de volta, mas... por que brigava tanto? Kk Os outros que começavam e você dava ênfase ou você admite que também soltava faísca doidinho pra ver pegar fogo?

WILLIAM: Era pura jogada de marketing, buzz pra conseguir propaganda gratuita e cartaz. Mas não rolou, então nova estratégia.

LUCAS: Em algum momento você pensou “Chega, já deu. Vamos parar por aqui. Acabou a Web Mundi” ou algo parecido?

WILLIAM: Já, várias vezes! (RISOS) Mas voltei atrás e persisti.

LUCAS: Quando você criou a emissora, qual foi sua expectativa sobre? Você tinha uma meta definida?

WILLIAM: Não tinha uma meta, a única ideia era um lugar pra poder se compartilhar obras mesmo.

LUCAS: Entendo. Aproveitando que eu toquei nesse assunto, já falaram que a Web Mundi, na época Portal Manchete, não tinha um posicionamento e atirava para todos os lados. Realmente, no blog tinha desde notícias do mundo real, receitas, mesclado com blog pessoal, vulgo o Dicas da Dani, além das web novelas, séries e tudo mais. Como você viu essas críticas?

WILLIAM: Era tudo multifocado, chegávamos a nos perder. Assim estamos mais organizados, com um Caminho Único e, mentira, quem tem Caminho Único é a On! (RISOS) Fiz o merchan, agora é só esperar os mimos chegarem.

LUCAS: kk boa! Acho que falamos aos quatro ventos que a Web Mundi no começo foi Hackeada. Você, hoje, suspeita de quem possa ter feito isso. Seria Itunes HD novamente? Kk

WILLIAM: Olha, só tinha eu e mais 2 colaboradores. 1 desses colaboradores ajudou a reconstruir depois do hackeamento e ficou meses conosco.

LUCAS: Espelhos da Alma foi a sua primeira obra dramatúrgica, confere? Me lembro que na época foi lançada como minissérie, mas devido ao sucesso para os padrões da emissora na época, ela foi esticada virando quase uma web novela. Mas você mesmo disse que não soube conduzir direito a história nessa segunda fase. O que houve para você se perder? Seria a inexperiência nesse ramo?

WILLIAM: Espelhos da Alma tinha história para ser um miniconto, esticada ela se esvaziou. E eu além do mais era um novato no ramo.

LUCAS: “Sua Vida é Minha” foi a sua mais recente aparição como autor e sofreu com algumas críticas apesar do sucesso em termos de audiência. Como você lida com as críticas? Gosta ou não delas? Ou é aquele autor que só gosta de elogios como uns por aí?

WILLIAM: Não concordo com nenhuma delas, acho ela pior do que pintam! (RISOS) SVEM não desenvolveu bem sua história. A vilã era maniqueísta, o alívio cômico da pensão era de dar dó. Valeu só pela Analu e pela fase a partir do capítulo 40 da Eleonora.

LUCAS: Finalizando. Calma, já vou te liberar, sei que você é uma pessoa muito atarefada, tem muitos monólogos pra recitar em frente ao espelho enquanto conversa sozinho kk. O que você, como autor, trará de novidades esse ano? Queremos saber tudinho! Ouvi boatos que uma história sua abordará a religião Wicca e terá também muitas mortes, rituais macabros, sanguinolência, até o Satan confirmou presença, é isso mesmo?

WILLIAM: Então, Linha da Vida vem aí com muita sutileza e poesia, depois ainda rolará Matriarquia, Transversal de Família, abordando a diferença e a diversidade entre famílias e essa sobre o Wicca ficou pro ano que vem, mas esclarecendo o que você falou, e eu não gostei porque pareceu ligar o wicca com o evil, wicca é uma comunhão com a alma do mundo. Na novela será desenhada a diferença entre ela e a magia negra que muita gente mistura. E tem Céu da Boca também, mas essas duas últimas só virão ano que vem!

LUCAS: Interessante. Vamos agora ao nosso bate bola.

WILLIAM: Ok!

LUCAS: Emissora de TV

WILLIAM: Nenhuma, prefiro a Netflix

LUCAS: Autor(a)

WILLIAM: Maneco (Manuel Carlos)

LUCAS: Ator/Atriz

WILLIAM: Regina Duarte

LUCAS: Decepção

WILLIAM: Walcyrco Carrasco, quero dizer, Walcyr Carrasco (RISOS)

LUCAS: Te incomoda

WILLIAM: Texto ruim é o que mais me incomoda

LUCAS: Gênero favorito

WILLIAM: Meu gênero favorito é um bom drama, chique e glamoroso! (RISOS)

LUCAS: Maior sonho

WILLIAM: É ser escritor, seguir esse rumo e sair desse país! (RISOS) Realmente, o Brasil não está fácil!

LUCAS: Foi um prazer te entrevistar William. Sucesso a todos nós. Apesar de não sermos tão próximos um do outro, percebo que entre a gente há um respeito mútuo, que bom. Pra quem não sabe, atualmente, os mais antigos a ainda fazer parte da Web Mundi somos eu e William. Já me autoproclamo vice-presidente kk

WILLIAM: Muito obrigado pelo convite, adorei a entrevista nesse programa que eu acompanho sempre, boa noite pro público que acompanha o programa e deem uma visitinha no Web Mundi, tchau! (RISOS)

LUCAS: Brincadeiras à parte, te agradeço por ter aceitado dar essa entrevista. Um ótimo dia pra você e a todos de casa. O Diário do Autor fica por aqui. O Boletim Virtual volta dia 22 de abril com a estreia da temporada 2018. Tchau gente!

 
     

 

     

editor-chefe
Gabo

jornalismo
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2018 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução
.aaa.
.aaa.

Compartilhar:

 
Copyright © WebTV | Design by OddThemes