Motivos para Continuar Vivendo - Capítulo 04 (Penúltimo Capítulo) - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Motivos para Continuar Vivendo - Capítulo 04 (Penúltimo Capítulo)

Minissérie de Everton Brito
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui


     
MOTIVOS PARA CONTINUAR VIVENDO
     
 



 

FADE IN.

 

01 EXT. CACHOEIRA — DIA.

 

ABRE A CENA. Felipe e Ruan estão nadando na cachoeira. Os dois riem e se divertem. O Sol forte destaca as águas cristalinas.

 

= = CORTE DESCONTÍNUO = =

 

Os dois, molhados, estão sentados nas pedras, calados, fitando o horizonte. Felipe espia o corpo de Ruan, admirado. Ele morde o lábio e sorri. Ruan olha para ele e também sorri.

 

RUAN

O que é que foi?

 

FELIPE

Nada. Eu só estava pensando numa coisa.

 

RUAN

Sobre?

 

FELIPE

Não sei se eu devia falar.

 

RUAN

Por qu? É segredo?

 

FELIPE

Pode se tornar um.

 

RUAN

Para com isso!

 

FELIPE

É que o que eu quero fazer pode não ser o certo.

Talvez eu tenha entendido errado.

 

RUAN

Se tem vontade, faz ué.

 

Felipe sorri um pouco e depois volta a olhar para Ruan.

 

 

FELIPE

Tá bom. Fecha os olhos.

 

RUAN

Por que?

 

FELIPE

Fecha!

 

Ruan sorri e fecha os olhos logo em seguida. Felipe, hesitante, se aproxima do rosto de Ruan. Engole em seco e então o beija, mas logo se afasta dele. Ruan abre os olhos.

 

FELIPE

Não se assusta! Foi só um beijo,

mas não precisa significar nada. Eu só/

 

Nesse momento, Felipe é interrompido por Ruan, que o puxa para um beijo mais quente.

 

RUAN

Por que não significar alguma coisa?

 

Felipe deixa escapar um sorriso e os dois voltam a se beijar.

 

CORTE IMEDIATO DE CENA.

 
     
     
     
     

CAPÍTULO 04 - PILARES DE SAL E DESPEDIDAS (PENÚLTIMO CAPÍTULO)
 
     
 

02 INT. QUARTO DE FELIPE – DIA.

 

Felipe desperta, saltando da cama, respirando ofegante com o que tinha acabado de sonhar. Ele passa as mãos pelos cabelos, confuso.

 

FELIPE

(V.O)

E de repente eu me vejo diante de um dilema.

É possível confundir amizade com paixão?

Porque acho que estou apaixonado por Ruan.

 

SONOPLASTIA: Moral Of The Story – Ashe.

 

03 INT. COLÉGIO, CORREDORES – DIA.

 

Felipe observa um cartaz colado na parede, no qual informa a festa de fim do ano letivo, perdido em seus pensamentos. Ele pensa no sonho que teve essa manhã.

 

 

RUAN

Pensando tanto em quê?

 

Ruan surge do lado de Felipe, que se assusta com a presença repentina dele.

 

FELIPE

Ah, nada!

 

Os dois passam a andar. CAM os acompanha.

 

RUAN

E aí? Como está se saindo no emprego novo?

 

FELIPE

Ah, tá legal! É até melhor, porque eu fico o mais longe de casa possível.

Quando chego meus pais já estão dormindo.

 

RUAN

A situação na sua casa não melhorou, né?

 

FELIPE

Bom, levando em consideração que eu mal falo com eles e idem, posso dizer que, pelo menos, alguma coisa mudou. Tem alguma coisa pra fazer hoje?

 

RUAN

Na verdade, tenho. Fiquei de passar num lugar.

 

FELIPE

Ah, tudo bem. A gente se vê amanhã.

 

RUAN

Notou o informe da festa? Nem acredito que mais um ano está se passando.

 

FELIPE

Pois é, mas um ano olhando para as mesmas caras de bunda e pensando que alguém tinha que passar papel higiênico em todas elas.

 

Os dois começam a rir. Ruan, de repente, cambaleia para trás e tosse freneticamente.

 

FELIPE

Ruan? Você está bem? Encosta aqui.

 

Ruan se encosta na parede e nota que a mão que usou para tapar a boca está com respingos de sangue. Ele a esconde rapidamente, se recuperando.

 

 

RUAN

Eu estou. Eu estou bem!

 

Ruan força um sorriso.

RUAN

A gente se vê amanhã!

 

Ruan se vai andando. Felipe pensa um pouco e logo em seguida caminha em direção ao banheiro masculino do Colégio.

 

04 INT. BANHEIRO MASCULINO — DIA.

 

Jota encontra-se frente ao espelho do banheiro. Seu olho está roxo e seus lábios machucados. Ele aperta com força a lombada da pia. Nesse momento, Felipe abre a porta e entra, dando de cara com Jota, que por sua vez, caminha em direção a ele.

 

JOTA

Tá olhando o quê?

 

E passa direto por ele. Felipe arregala os olhos, surpreso com a situação. Ele caminha até a pia e liga a torneira.

 

CORTA PARA.

 

05 EXT. ACADEMIA — DIA.

 

Toppy e Felipe acabam de sair do carro e bater as portas. Eles seguem o caminho até a academia, rindo.

 

06 INT. ACADEMIA — DIA

 

TOPPY

(Rindo)

Eu não acredito que você fez isso!

 

FELIPE

Não, você não tá entendendo, o cliente era maluco!

 

Ao cruzarem a porta, Toppy e Felipe flagram Ruan e Mariane se beijando.

 

TOPPY

(Chocada)

Ou, ou. O que é que está acontecendo aqui?

 

Os dois, surpresos, se entreolham. Felipe, por sua vez, sai andando para fora do lugar.

 

TOPPY

Ué, gente, alguém me encontra que eu tô perdida.

 

Toppy sorri, confusa.

 

MARIANE

Acho que você tem que falar com ele.

 

Ruan olha para Toppy e em seguida sai atrás de Felipe.

 

TOPPY

Pera aí, você sabia?

 

MARIANE

Você sabia?

 

TOPPY

Claro!

 

MARIANE

Ai, que bom.

 

TOPPY

Pera aí, do que é que a gente está falando?

 

MARIANE

Ué, que o Felipe gosta do Ruan.

 

TOPPY

(Surpresa)

O quê?

 

MARIANE

O quê? O que você sabia?

 

TOPPY

Eu estava falando do Ruan gostar de você.

 

Mariane bufa e revira os olhos.

 

07 EXT. ACADEMIA — DIA.

 

Felipe se encontra encostado no carro, com os braços cruzados, pensativo. Ele nota Ruan vindo em sua direção e se postando ao seu lado.

 

 

RUAN

Eu sei que eu devia ter te contado antes. Eu devia ter contado pra todo mundo.

 

FELIPE

Desde quando?

 

RUAN

Não! Foi a primeira vez. Eu gosto dela faz um tempo, mas só resolvi contar hoje.

 

FELIPE

Por quê?

 

RUAN

Eu tenho meus motivos.

 

Ruan sorri rapidamente, mas seu semblante torna a ficar sério.

 

RUAN

Preciso que seja verdadeiro comigo no que eu vou te perguntar.

 

Felipe apenas ouve o que Ruan diz.

 

RUAN

Você gosta de mim? Mais do que como amigo?

 

Felipe olha para Ruan, surpreso.

 

FELIPE

(V.O)

Eu poderia falar a verdade...

 

Felipe engole em seco e depois olha para o chão.

 

FELIPE

Não... Eu gosto de você... Mas não do jeito que está pensando.

 

RUAN

Você tem certeza?

 

Felipe pensa um pouco.

 

FELIPE

Tenho. Você e Mariane formam um bonito casal.

 

Ruan sorri e chega mais perto de Felipe, encostando seu braço no dele.

 

FELIPE

(V.O)

Mas às vezes uma boa mentira pode te livrar de algumas dores e arrependimentos.

 

SONOPLASTIA: Adeus – ANA.

 

CAM AÉREA filma os dois de cima e se afasta lentamente da cena.

 

CORTA PARA.

 

08 INT. QUARTO DE FELIPE — NOITE.

 

A MÚSICA CONTINUA.

Felipe encontra-se sentado na cama, mexendo no celular. Na tela, sobem as mensagens que ele troca com alguém num aplicativo de encontros.

 

@desconhecido: Topa me encontrar?

 

@felipe: onde?

 

@desconhecido: minha casa.

 

@felipe: hj?

 

@desconhecido: ela tá vazia, pow.

 

Felipe para de digitar e pensa.

 

FELIPE

(V.O)

A gente tenta encontrar alguma forma de superar a dor e acha que vai resolver colando um band-aid no corte.

 

@felipe: fechado.

 

@desconhecido: me encontra às nove.

 

Felipe respira, preocupado. Ele apaga a tela do celular e a cena escurece.

 

09 EXT. CASA, DESCONHECIDO — NOITE.

 

ABRE A CENA.

 

Felipe espera frente à porta da casa.

Finalmente é aberta e um homem que aparenta ter por volta dos quarenta anos recebe Felipe.

 

DESCONHECIDO

Entra.

 

Felipe entra na casa, que não é muito espaçosa.

 

 

DESCONHECIDO

Quer beber alguma coisa?

 

Ele termina de fumar o cigarro e apaga o resto no cinzeiro. Felipe nega com a cabeça.

 

FELIPE

Você parece ser bem mais velho do que nas fotos que me mostrou.

 

Desconhecido sorri, coçando a barba grande e grisalha.

 

DESCONHECIDO

E quem não parece mais novo nas fotos?

 

Felipe se sente incomodado com os olhares do sujeito.

 

 

DESCONHECIDO

O que é que foi? Vai desistir?

 

FELIPE

Não... Eu quero.

 

DESCONHECIDO

Então, vamos lá! Pode tirar a roupa.

 

Felipe vira-se e começa a tirar suas roupas até ficar completamente nu. Ele caminha até a cama e se deita nela, hesitante. O Desconhecido segue e sobe na cama.

 

DESCONHECIDO

Isso, deita na caminha.

 

Ele se masturba rapidamente e logo põe a camisinha. Felipe espera e sente um tapa em sua bunda. O Desconhecido começa a apalpá-la.

 

DESCONHECIDO

Isso.

 

Felipe vira a cabeça para o outro lado e demora um pouco até ele perceber um retrato um pouco distante em que Jota e uma mulher, que aparentemente seria a mãe dele estão fotografados. Ele se assusta.

 

FELIPE

Não.. Não!

 

Felipe tenta se levantar e impedir que o ato sexual aconteça, mas o Desconhecido segura seus braços e então o penetra. Felipe urra de dor e aperta os lençóis da cama.

 

Assustado, ele não se move e deixa que tudo aconteça. Os movimentos fortes com o que o Desconhecido realiza, faz com que a cama se move para frente e para trás.

 

CLOSE no rosto de Felipe, seu semblante é inexpressivo, mas seus olhos estão marejados.

 

CORTE IMEDIATO PARA.

 

10 EXT. RUA — NOITE.

 

Caminhando pela rua deserta, Felipe apenas olha para o nada.

 

SONOPLASTIA: Top To Toe – Fenne Lily

 

FELIPE

(V.O)

E aí você percebe que sem tratamento o seu corte pode infeccionar e se tornar num problema bem maior do que realmente era. Você age como se estivesse bem só para não ter que ir ao hospital, quando na verdade só precisava que ela sarasse. Mas você sabia das consequências das suas escolhas. Você sabia disso. No fundo você só estava esperando algo acontecer, no fundo você só queria que alguém percebesse. Você queria que sangrasse, porque estava torcendo para todo mundo prestar atenção em você, porque você queria isso; ser amado, você queria que alguém prestasse atenção, que alguém o curasse. Você sabia que podia doer, mas preferiu esperar que, de repente, algum milagre acontecesse e você teria tudo o que sempre quis. Você construiu o seu castelo de sal enquanto estava sol. Então, quando choveu, você não soube o que fazer.

 

Felipe, não podendo mais se segurar, chora compulsivamente.

 

11 INT. QUARTO DE FELIPE — NOITE.

 

A MÚSICA CONTINUA.

Felipe se encontra chorando em cima da cama por um tempo, encolhido. De repente ele nota que a porta do seu quarto é aberta. Revela sua mãe, parada no pé da porta, o observando, séria. Felipe a olha, ainda muito desestabilizado.

 

Ela, por sua vez, fecha a porta atrás de si e caminha a passos largos até onde Felipe está, sentando na cama e afagando a cabeça dele em seu seio. Ele a abraça e ela faz carinho em sua cabeça. Percebemos que ela carrega consigo um semblante neutro, hesitando algo ou alguma coisa.

 

Uma clarão toma conta da cena.

 

12 EXT. CAMPO — DIA.

 

Depois de passada a clarão, revela o rosto de Felipe. Ele sorri enquanto enrola no dedo uma grama.

 

RUAN

Felipe!

 

Ruan acena para Felipe. Num plano, mostra que todos estão presentes no local; Toppy, Mariane e André. André se encontra junto de Felipe, enquanto Toppy, Mariane e Ruan correm uns atrás dos outros.

 

ANDRÉ

(Carrancudo)

Ah, odeio essa vivacidade deles.

Até parece que eles têm idade pra fazer essas coisas.

 

FELIPE

(Sorri)

Dizem que quem é feliz vive mais.

 

ANDRÉ

Quem lê vive mais, e eles não estão felizes, só estão tendo um lapso de nostalgia de quando eram crianças.

 

FELIPE

E nostalgia não nos deixa felizes?

 

ANDRÉ

Não, é pura ilusão.

 

FELIPE

Você tem que parar de ser tão metódico.

 

ANDRÉ

Agora eu sou o vilão da história?

 

FELIPE

Seria o vilão mais inteligente que eu já houve nos Quadrinhos.

 

ANDRÉ

(Revira os olhos)

Não existe vilão cadeirante.

 

 

FELIPE

Você nunca assistiu aos Ex-Man?

 

ANDRÉ

Xavier não era um vilão.

 

FELIPE

Mas era inteligente.

 

ANDRÉ

É, mas ele morreu.

 

FELIPE

Nossa, é difícil falar com você, heim?

 

 

André suspira e volta para o livro que estava lendo. Ruan corre até Felipe e toca-lhe o braço.

 

RUAN

Tá com você!

 

E sai correndo.

 

FELIPE

Você não desiste, né!

 

Felipe passa a correr atrás de Toppy, Mariane e Ruan, se divertindo como todo mundo. A Câmera fica lenta, Felipe nota Ruan pegar um dente de leão, olhar para ele e assoprar. Os fragmentos da flor tomam conta da Câmera, dando margem para um.

 

CORTE DE CENA.

 

13 INT. COLÉGIO, GINÁSIO – NOITE.

 

Acontece no local a festa do fim do ano letivo. Muitos jovens transitam de um lado para o outro. Luzes de todas as cores enfeitam o local. CAM um pouco embaçada, foca no rosto de Felipe, sentado nas arquibancadas, sorrindo. Ele observa Ruan dançar intensamente no meio do Ginásio.

 

 

FELIPE

A vida é um sopro. Foi o que ele me disse quando assoprou aquele dente de leão. Eu nunca questionei o porquê de ultimamente ele ter vivido tão intensamente; revelando sentimentos, questionando eles. Talvez por que eu estava ocupado demais olhando para o mundo que eu construí, enquanto o mundo a minha volta acontecia sem parar.

 

Ruan vem correndo em direção à Felipe.

 

RUAN

Vem dançar!

 

FELIPE

Eu sou mais de ficar olhando.

 

RUAN

Qual é, por favor!

 

De repente.

SONOPLASTIA: Você É a Mais Sincera – Zimbra.

 

RUAN

Oh, é a minha música preferida! Por favor!

 

FELIPE

(Sorri)

É a minha também!

 

Felipe desce as arquibancadas e Ruan o guia para o meio do Ginásio. Os dois começam a dançar, enquanto a câmera alterna em seus rostos. Embora apenas haja alguns gatos pingados dançando no ginásio, eles agiam como se tivesse muita gente em volta, compartilhando a mesma intensidade, a mesma energia.

 

Felipe se afasta um pouco e observa apenas Ruan dançar, sorrindo. Ruan dança mais lentamente e pesadamente enquanto os segundos se passam. Ele cambaleia para trás, olha para Felipe, que desfaz o sorriso aos poucos, sorri e despenca no chão.

 

FELIPE

(Off)

Ruan!

 

Ele corre até Ruan e se abaixa, desesperado, tentando fazê-lo acordar. Aos poucos todos vão se juntando ao redor deles.

 

 

 

 

 

 

FELIPE

(V.O)

A vida é um sopro. Foi o que ele me disse.

E eu finalmente entendi o porquê dele viver tão intensamente, não só quando eu percebi, mas desde quando eu o conheci.

 

A CAM foca em Felipe com o rosto vermelho, desesperado, enquanto um dos professores pede espaço, que os alunos se afastem do corpo de Ruan.

 

FADE TO BLACK.
 
     

 

     


 

minissérie de
Everton Brito
 

elenco
Fhelipe Gomes como Felipe
Gabriel Contente como Ruan
Guilhermina Libanio como Toppy
Linn da Quebrada como Mariane
Maicon Rodrigues como André
Rodrigo Dorado como Jota

 

trilha sonora
Estrada - Nina Fernandes (abertura)
Moral Of The Story – Ashe
Adeus – Ana
Top To Toe – Fenne Lily
Você É a Mais Sincera – Zimbra

produção
Bruno Olsen
Cristina Ravela
 

Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO



Copyright
© 2020 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

12 anos

Capítulos de Motivos para Continuar Vivendo

Drama

Minissérie

Motivos para Continuar Vivendo

No Ar

Romance

Comentários:

0 comentários: