Troféu Imprensa 2018 | Parte 2 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Troféu Imprensa 2018 | Parte 2

Troféu Imprensa 2018 | Parte 2
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui

 
 

 

     
 










 
     
ANITTA - PARADINHA
     
 
 
 
 
     
 

GABO: A Paradinhaaaaa, a Paradinhaa aaaa. Anittaaaa aqui no Troféu Imprensa 2018. Quero agradecer ao público pela excelente audiência.

 

Galera, a sensação da estreia no Mundo Virtual é surreal. Causa frio na barriga, ficamos ansiosos, e aguardando a repercussão do nosso projeto. Em 2017, na categoria revelação os três mais votados em ordem alfabética foram:

 

Carlos Lira, que inovou com o divertido Papo com o Autor. O autor Davi Pezolito apresentou a misteriosa série Diários de Katerina Clark e o autor João Paulo Ritter escreveu a série teen Caminho Único com vários temas polêmicas. 

 
     
REVELAÇÃO
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

DIOGO DE CASTRO: Cada um dentro de sua área de domínio mostrou o seu valor ao longo do ano, Davi e João Paulo são ótimos autores desenvolvem um roteiro com bastante disciplina, mas o Carlos Lira demonstrou um amadurecimento ao longo do período que fez com o Papo com o Autor caísse nas graças do público, por isso, para mim, ele é a revelação do ano.

MELQUI RODRIGUES: Primeiramente parabéns a todos, porque chegar até aqui não foi fácil, todos são talentosos, Carlos Lira é sem dúvidas um grande apresentador, mas meu voto será para o João Paulo Ritter, Caminho Único é uma história muito boa, divertida e me atraiu, então meu voto vai pra ele.
 

JAIME LUCAS: A grande revelação do ano foi Davi Pezolito. Carlos e João também fizeram ótimos trabalhos, mas acredito que Davi lançou uma obra muito surpreendente, com coerência e uma dose de suspense na medida perfeita.
 

FRANCISCO SIQUEIRA: Carlos Lira.
 

MARCELO DELPKIN: Temos grandes nomes concorrendo à categoria de revelação. Eles deixaram sua marca logo de cara neste ano de 2017. Mas quem se destacou mais, na minha opinião, foi João Paulo Ritter. Meu voto vai pra ele.

 
     
 
     
 


 

GABO: E o segundo bloco começa com empate. Carlos Lira e João Paulo Ritter conquistam o troféu de revelação de 2017. Um importante prêmio pra quem está começando a trilhar os passos no MV. Agora vamos para a categoria de entretenimento e jornalismo. Em melhor programa disputam: 
 

Boletim Virtual a revista eletrônica que aborda os últimos acontecimentos do MV.
 

Misturama o programa que aposta no jornalismo e entretenimento.
 

e Papo com o Autor um divertido talk show que tem como proposta fazer uma viagem na trajetória do autor.

 
     
MELHOR PROGRAMA
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

MARCELO DELPKIN: O bom e velho Boletim Virtual já é tradição no Mundo Virtual, assim como o Misturama, sem dar aos leitores aquela sensação de cansaço. O Papo com o Autor, com Carlos Lira, estreou neste ano já com a mesma qualidade dos programas veteranos e arrancando as confissões mais profundas dos entrevistados. Voto no Boletim Virtual.

FRANCISCO SIQUEIRA: 
Papo com o Autor. 
 
MELQUI RODRIGUES: Bom, eu havia falado anteriormente sobre o Carlos Lira, apesar de gostar dos formatos do Boletim Virtual e do Misturama, meu voto dessa vez vai para o “Papo com o Autor”.
 
JAIME LUCAS: Eu tenho uma dificuldade em escolher entre Boletim Virtual e Misturama. Os dois, para mim, trazem bastante variedade em suas edições. Vale ressaltar que o Papo é um excelente programa, mas talk show a gente encontra em vários lugares, por isso não voto nele. Apesar de difícil a escolha, meu voto vai para o Misturama, que me agrada demais com quadros como o “Giro na Web” e o “Como cheguei aqui”, esse último que faz a gente conhecer mais a trajetória dos nossos colegas.

DIOGO DE CASTRO:
 WebTV sempre referência em conteúdo de qualidade, sabe como ninguém produzir entretenimento. Tanto o Boletim, como o Misturama e o Papo são ótimos programas, equipe de peso. Pelo conjunto da obra e pela consistência adquirida ao longo do ano, meu voto vai no Boletim Virtual.
 
     
 
     
 


GABO: 
O veterano Boletim Virtual ao lado da grande novidade, o programa Papo com o Autor, conquistam a estatueta de melhor programa de 2017. Dando sequência no entretenimento, chegou a hora de conhecermos o melhor apresentador. Gabo Olsen do Misturama e Carlos Lira do Papo com o Autor. Jurados, podem votar:

 
     
Entretenimento: MELHOR APRESENTADOR
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

DIOGO DE CASTRO: Reiterando minhas palavras na categoria Revelação, o Carlos Lira tem mostrado grande amadurecimento, tem desenvolvido uma carreira muito bem sucedida e portanto, meu voto também vai para ele nesta categoria.

FRANCISCO SIQUEIRA: Carlos Lira.

 

JAIME LUCAS: Adoro o Carlos, mas meu voto vai para o Bruno, pela grande habilidade de se reinventar, de ser versátil, algo bem difícil estando há anos frente a programas. 
 

MARCELO DELPKIN: Escolha difícil. De um lado, o veterano Bruno Olsen; do outro, o tão talentoso Carlos Lira. Vou votar naquele que não deixa a peteca cair, mesmo depois de muitas temporadas de programas: Bruno Olsen. 

 

MELQUI RODRIGUES: Difícil escolher entre os dois, são feras do entretenimento e isso eu tenho certeza, Bruno “Gabo” Olsen tem todo um legado nas costas e administra uma emissora há anos. Mas dessa vez meu voto mais uma vez vai para o Carlos Lira pela forma de abordagem ao entrevistado, desenvoltura em cena, por isso meu voto vai pra ele.

 
     
 
     
 


 

GABO: O Troféu Imprensa de mellhor apresentador de 2017 vai para Carlos Lira no comando do Papo com o Autor. Na última categoria de entretenimento, vamos desvendar qual foi a melhor identidade visual na escolha do melhor banner: Boletim Virtual, Misturama e Papo com o Autor.

 
     
Entretenimento: MELHOR BANNER
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

MARCELO DELPKIN: Voto no banner que mistura a sobriedade do jornalismo e a liberdade de um programa de entretenimento, mesclando os tons de azul de modo certeiro: Boletim Virtual. A logomarca em tons noturnos de Papo com o Autor também me agradou. 
 
JAIME LUCAS: Na minha humilde opinião, banners cheios de elementos não têm um resultado final harmonioso visualmente. Meu voto vai para o Papo Com o Autor, pela habilidade de ser bonito e não cansar visualmente, tendo poucos elementos.
 
MELQUI RODRIGUES: Os três banners são bons, mas o que mais me atraiu foi o “Boletim Virtual”, sem dúvidas.

DIOGO DE CASTRO: O Boletim Virtual segue sendo o melhor programa do mundo virtual, em todos os sentidos, inclusive em sua apresentação visual. 
 
FRANCISCO SIQUEIRA: Papo com o Autor.
 
     
 
     
 


 

GABO: E o Troféu Imprensa vai para o programa Boletim Virtual. No melhor jornalismo, Gabo Olsen do Boletim Virtual, Cristina Ravela do Blog da Zih e Ritinha do Boletim Virtual disputam a vaga de melhor jornalista de 2017. Jurados, quem foi o melhor?

 
 

 

 
MELHOR JORNALISTA
     
 

 
 

 

 
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

JAIME LUCAS: Apesar de Bruno e Ritinha serem ótimos, meu voto vai para Cristina Ravela por conseguir levar a notícia de uma forma leve, divertida e acessível, conversando com todos os públicos. 
 
FRANCISCO SIQUEIRA: Cristina Ravela (Blog da Zih). 
 
MARCELO DELPKIN: Bruno Olsen mantém uma apresentação impecável, Ritinha também foi uma grata surpresa em 2017, mas o jeito dinâmico e levemente, só que não, ácido de Cristina Ravela dar as notícias e criticar as obras de dramaturgia e entretenimento fez a diferença. Meu voto vai pra ela.

DIOGO DE CASTRO:
 Essa é uma categoria que traz gigantes, os três podem ser considerados velha guarda do mundo virtual. O Bruno praticamente fundou isso aqui desde a Rede Informação, a Cristina nem se fala e a Ritinha ao longo dos anos conquistou seu espaço. São 3 jornalistas do alto escalão, Ritinha e Cristina com seu bom humor impagável, Bruno com sua dose de seriedade. Não sei, pelo conjunto da obra e pela dedicação com o BDZ, meu voto vai pra Cristina.

 
MELQUI RODRIGUES: Bom, apesar de sempre considerar o trabalho de todos os jornalistas que não é uma tarefa fácil, o meu voto vai para Cristina Ravela, pela maneira irreverente e eficaz que consegue trazer a notícia ao público e sustentar o Blog da Zih por mais de 10 anos.
 
     
 
     
 


GABO:
com 5 votos Cristina Ravela foi a melhor jornalista de 2017. Daqui a pouco vamos conhecer a melhor novela de 2017. Vem aí Maiaaaara e Maraisa, cantando o hit "Sorte que cê beija bem".

 
     
MAIARA E MARAISA - SORTE QUE CÊ BEIJA BEM
     
 

 

 
     
 
     
  GABO: Que música alto astral, galera... E nesse clima começamos a última parte da categoria voltada ao roteiro. Ao citar o gosto popular do público brasileiro, não podemos deixar de mencionar as novelas. O público é apaixonado por esse segmento. 

Em 2017, duas produções conquistaram o público. Escolhas da Vida e Inimigo Íntimo.


Escrita por Édy Dutra com colaboração de Diogo de Castro, a novela Escolhas da Vida conta a história de amor entre Fernanda e Paula que decidem ser mães. A chegada de Diogo, promete agitar essa relação.

Rynaldo Nascimento é o autor de Inimigo Íntimo. O protagonista da trama é o Gilberto. Ele tem um caso com um homem sem saber que é seu futuro genro.

 

E então, jurados. Qual foi a melhor novela de 2017? 

 
     
MELHOR NOVELA
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

FRANCISCO SIQUEIRA: Inimigo Íntimo. 
 
MELQUI RODRIGUES: As duas novelas são excepcionais, mas o roteiro de Escolhas da Vida me atraiu mais, então meu voto vai pra ela.
 

MARCOS VINICIUS: Ambas as obras estão bem escritas levando em consideração a técnica e a divisão. Mas, meu voto vai para ESCOLHAS DA VIDA, pois se sobressai com uma história marcante e uma divisão de atos mais clara.

 
JAIME LUCAS: Meu voto vai para Escolhas da Vida. A trama traz questões sociais super importantes, como racismo e homofobia, trabalhando temas como a inseminação artificial, e tendo no núcleo protagonista um casal homoafetivo.
 
MARCELO DELPKIN: Inimigo Íntimo se mostrou uma novela forte e cheia de ação, com ganchos que não acabam mais. Um grande acerto do autor Rynaldo Nascimento. Escolhas da Vida, por sua vez, narrou um tema delicado como o da gravidez entre duas moças que se amam, sob a ótica moderna de Édy e Diogo. Senti falta de Garota de Ipanema, outro novelão, pra completar com chave de ouro uma trinca nessa categoria. Entre as duas indicadas, deixo meu voto para as emoções à flor da pele de Escolhas da Vida.
 
     
 
     
 


GABO: Escolhas da Vida foi a melhor novela de 2017 do Mundo Virtual. Dando sequência na categoria de novelas, vamos falar sobre as personagens de grande importância para uma história. A protagonista feminino. Fernanda de Escolhas da Vida e Helô de Garota de Ipanema se enfrentam. Quem vai levar o prêmio?

 
     
Novela: MELHOR PROTAGONISTA FEMININO
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

MARCOS VINICIUS: Meu voto vai para HELÔ (Letícia Spiller), de Garota de Ipanema. Seu protagonismo é essencial para a trama e sua grandeza e desenvolvimento dentro da história se torna marcante demais.
 

MARCELO DELPKIN: Fernanda passou por poucas e boas no decorrer de Escolhas da Vida, como o preconceito do pai e o romance abalado pela presença do homem que a amava. Aliás, senti falta da Paula nesta categoria. Se tivesse votação para casal do ano, meu voto era delas. Helô também deu muito o que falar com sua beleza e com os conflitos que tinha em Garota de Ipanema. Embora goste muito de Helô, meu voto vai pra Fernanda
 

FRANCISCO SIQUEIRA: Fernanda (Rafaela Mandelli – Escolhas da Vida).
 
MELQUI RODRIGUES: Apesar de gostar muito das duas, eu gostei muito da personagem da Helô de Garota de Ipanema, então meu voto vai pra ela.
 
JAIME LUCAS: Apesar de Helô ser uma protagonista forte, meu voto vai para Fernanda, que têm seus dilemas pessoais e traz uma grande representatividade enquanto protagonista.
 
     
 
     
 


GABO:
E o prêmio vai para Fernanda de Escolhas da Vida, a melhor protagonista feminino de novelas em 2017. No protagonista masculino o Diogo de Escolhas da Vida e o  Gilberto disputam a vaga. Jurados, qual foi o melhor?

 
     
Novela: MELHOR PROTAGONISTA MASCULINO  
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

MELQUI RODRIGUES: Sem dúvidas o Gilberto de Inimigo Íntimo. Escolhas da Vida tem bons personagens e bons protagonistas, mas o personagem de Fernando Pavão enriquece a novela.
 
JAIME LUCAS: Meu voto vai em Diogo, pela construção do personagem antes os conflitos pessoais do mesmo.
 
MARCELO DELPKIN: Pelo mesmo motivo da escolha da protagonista feminina, considero a trajetória cheia de ação e de reviravoltas, além das nuances que um mocinho deve ter, para votar em Gilberto. Ele me conquistou logo de cara.
 

MARCOS VINICIUS: Meu voto vai para DIOGO (Henri Castelli), de Escolhas da Vida. Pois uma boa história precisa ser carregada por um bom protagonismo, e Diogo consegue fazer isso. Sua participação na história é regada de bons e difíceis momentos, o essencial para ser considerado um bom protagonista.

 
FRANCISCO SIQUEIRA: Gilberto (Fernando Pavão - Inimigo Íntimo).
 
     
 
     
 


GABO:
Com 3 votos, o Gilberto de Inimigo Íntimo foi o melhor protagonista masculino. No posto de antagonista, um personagem que movimenta e agita a vida dos personagens, temos: Beatriz de Garota de Ipanema, Franco de Hierarquia e Muriel de Inimigo Íntimo.

 
     
Novela: MELHOR ANTAGONISTA  
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

JAIME LUCAS: A personalidade de Franco Bittencourt é muito bem construída, forte, e isso é um marco para a trama. Meu voto é em Franco, de Hierarquia
 
DIOGO DE CASTRO: Malvadeza por malvadeza, meu voto vai para Muriel de Inimigo Íntimo.

FRANCISCO SIQUEIRA:
 Franco (Manuel Landeta – Hierarquia).
 
MARCELO DELPKIN: Hora de votar na maior peste do ano. Beatriz era uma invejosa de marca maior. Com uma irmã dessa, Helô não precisava de desafeto. Muriel era o próprio inimigo íntimo do título: outro bicho podre que tentou destruir Gilberto a todo custo. Mas o carisma que a autora usou para escrever Franco, o vilão-protagonista de Hierarquia, fez a diferença. Meu voto vai para ele.
 
MELQUI RODRIGUES: Sem dúvidas o Franco de Hierarquia, é um dom que a Débora tem de fazer bons vilões em suas novelas. Então meu voto vai pra ele.
 
     
 
     
 


GABO:
Com 4 votos o antagonista de 2017 foi o personagem Franco de Hierarquia. Assim como o protagonista e o antagonista, os personagens coadjuvantes possuem ligações diretas com os personagens principais da trama. Disputando a vaga de melhor atriz coadjuvante em ordem alfabética: Adna de Garota de Ipanema, Eliane de Escolhas da Vida e Quinha de Inimigo Íntimo.

 
     
Novela: MELHOR ATRIZ COADJUVANTE  
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

MARCELO DELPKIN: Adorei a escolha criativa e diferente da Solange Gaga para interpretar uma personagem em Inimigo Íntimo. Mas não tem como não se comover com o drama da violência doméstica vivido pela Eliane em Escolhas da Vida. Édy, em dupla com Diogo de Castro, criou uma de suas melhores personagens em toda a trajetória de escritor.
 
FRANCISCO SIQUEIRA: Eliane (Eliete Cigarini – Escolhas da Vida).
 
JAIME LUCAS: Meu voto vai em Eliane, mas pelo motivo de estar concorrendo com personagens que não são tão bem construídas quanto. Quinha, por exemplo, apesar de ser divertida, traz muito o estereótipo de que a pessoa gaga é o alívio cômico da história.
 
MELQUI RODRIGUES: Dessa vez meu voto vai sem dúvidas para a Adna de Garota de Ipanema, gosto muito da Quinha e hesitei em votar nela, mas dessa vez fico com a Adna.
 

MARCOS VINICIUS: Meu voto vai para ADNA (Regina Duarte), de Garota de Ipanema. Uma personagem marcante e cativante, que demonstra toda sua força no decorrer da trama e merece levar este prêmio, por todo o seu árduo trabalho.

 
     
 
     
 


GABO:
A melhor atriz coadjuvante de 2017 foooi Eliane de Escolhas da Vida. Falando ainda sobre coadjuvante, bora conhecer o melhor ator: Alex de Escolhas da Vida, Anselmo de Garota de Ipanema e Eron de Inimigo Íntimo.

 
     
Novela: MELHOR ATOR CODJUVANTE  
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

FRANCISCO SIQUEIRA: Eron (Eduardo Moscovis – Inimigo Íntimo).
 

MARCOS VINICIUS: Meu voto vai para ANSELMO (Lima Duarte), de Garota de Ipanema, pois é o tipo de personagem que quando aparece se torna o centro das atenções. Tem bons momentos, boas falas e uma evolução grande no decorrer da trama.
 

MELQUI RODRIGUES: Escolha difícil essa, mas vamos lá. Creio que dos três o que mais me chamou a atenção foi o Eron de Inimigo Íntimo, como eu falei anteriormente, essa novela tem muitos personagens fortes.
 
JAIME LUCAS: Meu voto vai em Alex, porque vejo ele tão bom como um personagem secundário que chega a ter cara de protagonista.
 
MARCELO DELPKIN: Anselmo é o pai que toda garota de Ipanema, de São Paulo ou de qualquer lugar do mundo gostaria de ter. Meu voto vai pra ele. Alex e Eron também tiveram ótimas construções, cada um em seu estilo.
 
     
 
     
 


GABO:
Mais empate no Troféu Imprensa. Os melhores atores coadjuvantes foram Anselmo de Garota de Ipanema e Eron de Inimigo Íntimo. Para encerrarmos a categoria de melhor novela, Édy Dutra e Diogo de Castro contra Rynaldo Nascimento. Qual foi o melhor autor de novelas de 2017?

 
     
Novela: MELHOR AUTOR  
     
 

 
     
 
     
 

| VOTO DOS JURADOS:
 

MARCOS VINICIUS: Meu voto vai para ÉDY DUTRA e DIOGO DE CASTRO, por terem criado e escrito uma trama tão envolvente como Escolhas da Vida. Além da boa história, a escrita é muito boa e fácil de se acompanhar.

FRANCISCO SIQUEIRA: 
Rynaldo Nascimento (Inimigo Íntimo).

MARCELO DELPKIN: 
Édy, Diogo e Rynaldo são autores já tradicionais no Mundo Virtual e exemplos a serem seguidos pelos mais novos. Como disse na categoria de novela, a dupla apelou para a emoção e a sensibilidade tão comuns no meio feminino; e Rynaldo seguiu para uma trama cheia de ação e testosterona. Considerando a maneira de conduzir a novela, o estilo, voto na dupla 
Édy e Diogo.
 
JAIME LUCAS: Os três autores têm uma escrita impecável, mas levando em conta os personagens e trama bem construídos, meu voto vai em Édy e Diogo, por Escolhas da Vida.
 
MELQUI RODRIGUES: Então vamos lá! Todos os três são brilhantes! Então quero desde já deixar os meus parabéns no geral. Bom, meu voto vai par ao Édy Dutra e Diogo de Castro pelo excelente trabalho em Escolhas da Vida.
 
     
 
     
 


GABO:
E o Troféu Imprensa de melhor autor de novelas vai para Édy Dutra e Diogo de Castro da novela Escolhas da Vida. Parabéns a todos os vencedores do segundo bloco. O Troféu Imprensa 2018 volta em uma hora com o melhor das tramas literárias. Vem aí: Rihaaaanna e Draaaake.

 
     
RIHANNA FT DRAKE - WORK
     
     
 
     
 








 
.aaa.
.aaa.
 
Compartilhe:

Entretenimento

Episódios do Troféu Imprensa

No Ar

Comentários:

0 comentários: