Boletim Virtual - Edição 87 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Boletim Virtual - Edição 87

Boletim Virtual - Edição 87
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui

https://4.bp.blogspot.com/-zIZgDvTS9xI/Wta7vznNVKI/AAAAAAAACWU/JQr1nt8bxesg3-AigpY1JNSkwcOF-BDnwCLcBGAs/s1600/Boletim%2BVirtual%2B2018.jpg
     
NA EDIÇÃO DE HOJE DO BOLETIM VIRTUAL:
     
- No "Visão Crítica", tudo sobre a nova faceta de Alessandro Fonseca no Cyber Trends
- Independente da forma usada, o essencial é abordar o assunto de forma verossímil, sem ditadismo ou situações absurdas, diz Tales Dias no Diário do Autor
- De olho na Metamorfose Aquariana, Hugo Martins fala sobre o que acho do conto no Reportagem da Semana
- Premiações voltam a agitar o MV: Troféu Imprensa e Destaques Backstage prometem movimentar. Obra é cancelada e novidades estão chegando. Essas e outras notícias no Giro Virtual com Marcos Vinicius.
     

     
 
     

BOLETIM VIRTUAL - EDIÇÃO 87
(SEXTA, 28 DE FEVEREIRO DE 2020)

 
 
     

NO "VISÃO CRÍTICA", TUDO SOBRE A NOVA FACETA DE ALESSANDRO FONSECA NO CYBER TRENDS - por MARCELO DELPKIN

     
 

MARCELO DELKPIN:  Olá, leitores! Delpkin na área, com P mudo e vogal tônica no I! Fevereiro está chegando ao fim, mas não poderia ficar sem a resenha da vez. Após uma invasão cibernética na OnTV em janeiro, desta vez trago as primeiras impressões de um programa de entretenimento. Curiosos?

 

 

Vamos nessa! No último dia 2, aconteceu algumas coisas no admirável Mundo Virtual: o Cyber Backstage voltou, terminaram as inscrições do Infinity Awards e o Cyber Trends enfim foi lançado. 
 

Inicialmente programado para ser apresentado por Melqui Rodrigues, o dono dos cachorrinhos mais “fofinhos” da webdramaturgia mundial — beijos pra você, Gloria Amparo! —, a mais nova atração dominical da Cyber passou para as mãos de Alessandro Fonseca, o dono de um certo hotel de nome Cassindrina (sucesso no Wattpad!!!).

 

 

No programa de estreia, Alessandro fez sua devida apresentação, além de um merchan básico da novela Dias de Dezembro, disponível na própria dinastia — assim ele denominou a Cyber TV. Em seguida, sem mais delongas, anunciou a participação da entrevistada especial: a escritora Josiane Veiga, celebridade no Amazon Kindle e conhecida pelo recorde de vendas e pela personalidade forte e pela falta de papas na língua. 
 

Após uma rápida descrição da trajetória artística, o apresentador chama a convidada para um bate-papo aberto e divertido, mas também muito esclarecedor no que se trata da obra de Josiane. Muito do que é dito serve de ensinamento para os escritores se iniciarem ou aprimorarem no desenvolvimento de histórias. Na segunda parte, comentam-se assuntos da realidade atual, como a abordagem literária sobre o LGBTQ+, o politicamente correto e as tendências políticas bipolarizadas; pra finalizar, a autora dá outras dicas para quem quer ser escritor, como a recomendação de não procrastinar. Tanto o apresentador quanto a escritora se mostraram muito seguros no primeiro Cyber Trends. 

 

 

Mas Alessandro já avisou que não fará uma atração puramente de entrevistas — pra isso existe o Conta +, que retornará em breve com Tales “Divas” Dias no comando. Nas edições 2 e 3, Fonseca fez uma cobertura bastante abrangente sobre as escolas de samba que venceram anualmente nos desfiles de Carnaval, bem como resumos, letras e músicas apresentadas por todas as escolas do Grupo Especial em 2020. Palmas para a excelente e trabalhosa pesquisa. No programa 4, último exibido até o fechamento desta edição do Boletim, o tema foi a literatura LGBT no Kindle e no Wattpad; mais exatamente um ranking com as cinco obras preferidas pelo apresentador em cada plataforma, seguido das descrições básicas e da capa de cada uma — até um livro dele aparece na listinha. 
 

Alessandro demonstra personalidade e domínio na condução do Cyber Trends, que é exibido aos domingos às 21h. A cada semana, um tema novo com um olhar que se mantém longe do “mais do mesmo”. Se você deseja se entreter, divertir e conhecer coisas novas, é uma boa pedida.

 

 

Agora eu parto, mas no fim de março estou de volta com uma resenha novinha em folha. Enquanto isso, continuo batendo ponto na Cyber com o Cyber Backstage, o Observatório da Escrita e a novela Escândalo. Até a próxima! 
 

CURIOSIDADE:
 

O Cyber Trends teve 13 edições apresentadas esporadicamente por Wellyngton Vianna, em 2017. O formato era de resenha de séries e filmes mais comentados na mídia.

 
     

 
     
PREMIAÇÕES VOLTAM A AGITAR O MV: TROFÉU IMPRENSA E DESTAQUES BACKSTAGE PROMETEM MOVIMENTAR. OBRA É CANCELADA E NOVIDADES ESTÃO CHEGANDO - por MARCOS VINICIUS
     

MARCOS VINICIUS: Olá meus queridos leitores. Aqui é o Marcos Vinicius e trago para vocês algumas novidades do MV no nosso Giro Virtual. Vamos lá, que nós temos muita coisa pra contar! Novidades, polêmicas... é tudo com a gente!


 

WebTV lança Antologia Lua Negra


 

A WebTV lança uma Antologia de primeira para quem é fã de terror. Lua Negra promete muitos sustos em histórias de diferentes naipes do terror. A divulgação do concurso de literatura já tem alvoroçado o público e os autores já estão colocando suas ideias pra funcionar e levar uma boa trama para os leitores. Aguardemos todos ansiosos!


 


 

Revelações no Misturama


 

A edição do Misturama, além de ótimas entrevistas com Anderson Silva e Marcos Vinicius em um de seus quadros, trouxe revelações picantes do autor Hugo Martins no quadro "Eu Nunca". Revelações estas, que agitaram os grupos do Mundo Virtual.


 


 

DNA promete voltar com tudo


 

A DNA TV promete vir com tudo à partir do dia 29/02. Repaginada, com uma nova cara e com programas de primeira, a DNA estará de volta para alegria geral de todos. Os envolvidos prometem grande sucesso com suas obras e programas. 


 


 

Destaques Backstage vem aí!


 

E saíram os indicados ao Destaques Backstage! Marcelo Delpkin, em seu programa Cyber Backstage, divulgou os indicados à mais esta premiação do MV e, tão logo saiu a lista, os concorrentes alvoroçados já começaram suas estratégias para conquistarem votos. A votação se estende até o dia 13/03.


 


 

Críticas X Polêmicas


 

Após lançar sua série "Crime no Subúrbio Carioca" na Cyber TV, Marcelo Oliveira sofreu algumas duras críticas sobre a mesma. Autores e leitores criticaram a obra dizendo que a obra não possuía enredo, conflitos e nem um protagonista. Depois disso, Hugo Martins realizou uma entrevista com Marcelo no Blog da Zih, na qual ele evitou o tema polêmica e encarou como críticas construtivas. Resta agora aguardar os próximos capítulos da série e ver o seu desfecho!


 


 

Obra cancelada por causa de denúncias


 

Antes mesmo que se pudesse ver a sequência da obra criticada, a trama (Crime no Subúrbio Carioca) acabou por ser cancelada e o motivo foi que autores denunciaram a produção, por ela possuir personagens com características de figuras conhecidas. Com apenas três capítulos publicados e muita polêmica envolvida, a obra foi cancelada da grade da plataforma. Se confirmado tais motivos, tem mesmo é que cancelar!


 


 

Nova Minissérie do Megapro vem aí


 

Lucas Oliveira assina a nova minissérie da Megapro, intitulada A menor culpa, e promete ser sucesso. A trama gira em torno de Vital, que chega à cidade de Riacho Azul com um ar misterioso. Ninguém sabe ao certo o motivo dele ter ido parar lá. Mas ele vai despertar novas amizades, confusões e paixões, como em Mira, que irá mexer pra valer com o coração do forasteiro. 


 


 

Terror na webtvplay


 

Cristina Ravela e Rafael Oliveira entram para o catálogo da plataforma com o filme A Visitante, já exibido em 2016 e que conta a história de Samanta, uma garota estranha que pede ajuda em uma humilde residência para não querer sair mais de lá...cheiro de sucesso no ar, com certeza!


 


 

O Troféu Imprensa está chegando com tudo


 

Após anos de espera, o tão esperado Troféu Imprensa chega com tudo pra ficar marcado no MV. A edição do TI 2017 premiando os melhores do jornalismo, entretenimento e dramaturgia do ano de 2016 vai ao ar neste dia 28/02 e promete ser um grande evento. Evento este, que conta com a apresentação de Gabo e a participação mais do que especial dos jurados: Cristina Ravela, Diogo de Castro, Édy Dutra, Jaime Lucas, Marcelo Delpkin, Marcos Vinicius e Melqui Rodrigues. Além disso, Justin Bieber, Luan Santana, Ivete Sangalo e Jason Mraz e mais artistas irão abrilhantar ainda mais a noite. TI 2017, agora vaaai!


 


 

Era isso por hoje meus amigos. Espero que todos tenham curtido e tenham ficado à par de algumas novidades do glorioso Mundo Virtual.


Um abraço à todos e aguardo vocês na próxima edição do Jornal Online no dia 13/03.

     
 
     
     
DE OLHO NA METAMORFOSE AQUARIANA, HUGO MARTINS FALA SOBRE O QUE ACHO DO CONTO
     
HUGO MARTINS: Era quinta-feira à noite quando alguém no grupo do Whats, enviou o conto Metamorfose Aquariana de Weslley Vitoritti. O conto escrito no formato roteiro, faz parte da antologia Os Segredos dos Signos, que é exibida pela MegaPro. 


Fiquei sabendo do conto quando o notei concorrendo nos Destaques Backstage, e assim como muitos, desconhecia a origem da história. Confesso que não sabia absolutamente de nada quando comecei a ler, e posso afirmar que me surpreendi, de diversas formas. Quer saber mais? Continua lendo.

 



Não irei discutir as questões técnicas do roteiro, até porque no meu ponto de vista, isso não é tão importante. Mas, para ser bem objetivo, o roteiro de Weslley é limpo e certeiro. Ele não perde tempo em infindáveis descrições e movimentos de câmeras, e isso é ótimo, porque o mais importante fica preservado, que é o conteúdo, a mensagem e as emoções descritas. E põe emoção no roteiro de Metamorfose.

Sem contar muito sobre o enredo, posso afirmar que já na primeira cena, o autor introduz a protagonista de uma maneira muito íntima. Não posso afirmar que a cena é inovadora, mas com certeza chama a atenção do leitor pela forma como tudo é descrito.

Para criar um panorama geral, o conto trata sobre a relação de Bentinho com sua sexualidade, e como essa descoberta impacta a vida de todos ao seu redor, principalmente a dele.

Bentinho descobre-se uma mulher, e após vários momentos que comprovam a sua homossexualidade ele decide revelar seu maior segredo aos pais. Sem antes, passar por várias humilhações de seu pai que já desconfia que o seu filho macho não é tão macho assim.

Weslley cria com maestria todos os conflitos que irão colidir com quem Bentinho é. Seu pai, extremamente másculo e sua mãe extremamente religiosa. Bentinho colide contra a figura masculina defendida por seu pai, e estremece quando colide com a crença da mãe.

Renegado pela família, Bentinho se torna Berta, que desde o começo do conto narra as emoções mais profundas que experimentou. Inclusive, vale salientar que o uso do protagonista narrador auxilia a aprofundar e dar peso a todo o drama vivido por Berta.

O roteiro é eficiente em recortar os vários tormentos que uma travesti pode sofrer em sua caminhada. Amores, decepções, luto, vícios e por aí vai. Berta é uma travesti, mas acima de tudo é ser humano, e como ser humano ela também quer amor e apoio.

Weslley foi feliz em debater emoções humanas, em dialogar com a infância, com a inocência. E em demonstrar que todos são humanos, sensíveis, que podem sorrir e sentir dor.

Fiquei com um gosto meio amargo com o final do conto. Acho que o pai é uma figura bastante importante, e nesse conto especialmente importante. Não sei como o autor quis construir ou desconstruir essa dinâmica entre Berta e o pai, mas para mim ficou faltando um desfecho. (Não posso entrar em detalhes, pois seria spoiler).

Mas, dou nota dez para Metamorfose Aquariana. Não conhecia o trabalho do autor, mas estou surpreso com o que vi. Parabéns Weslley Vitoritti.

     

 
     
INDEPENDENTE DA FORMA USADA, O ESSENCIAL É ABORDAR O ASSUNTO DE FORMA VEROSSÍMIL, SEM DITADISMO OU SITUAÇÕES ABSURDAS, diz TALES DIAS
     
 
Ele mora em Leopoldina em Minas Gerais. Estreou no Mundo Virtual em 2013 com a novela Espírito Vingativo. Participou da administração de alguns sites como o Belas Séries e TVN, além disso fez parte da equipe da extinta Belas Histórias. Em 2015, Tales Dias deixou o MV para cuidar de assuntos pessoais. No ano de 2019, a vontade de criar histórias falou mais alto e Tales retornou ao MV. Ele fez um cadastro no Recanto das Letras e publicou alguns contos. No final do ano conheceu a Cyber TV onde atualmente escreve a novela Divas. Seu próximo passo será estrear no entretenimento. Tales Dias, seja bem-vindo ao Diário do Autor.


TALES DIAS: Obrigado! Fiquei muito feliz com o seu convite!
 
GABO: Tales, antes da sua estreia no Mundo Virtual, você se identificou com a escrita, praticou e prosseguiu nessa jornada. Com que idade você escreveu a primeira história e como você avalia esse momento comparando com a experiência nos dias atuais?

TALES:
Foi com aproximadamente 11, 12 anos. Num caderno, comecei a criar a história de uma novela, bastante clichê, baseada nas que eu assistia. Ali já nasceu o gosto pela escrita e pelo gênero. Com o tempo fui me aperfeiçoando, lendo mais, e criando histórias mais originais, mas com as características tradicionais de um folhetim.

GABO:
Sua estreia no MV foi com a novela "Espírito Vingativo". Como surgiu a história? Houve inspirações?

TALES:
Eu sempre achei muito interessante a religião espírita e o conceito da reencarnação. Juntando isso com algumas referências de "A Viagem" , surgiu "Espírito Vingativo", que contava a história de Gorete, uma mulher que se vinga de seus inimigos após sua morte.

GABO:
Tales, como você descobriu o Mundo Virtual? Qual foi a sua primeira impressão do ambiente que disponibiliza um espaço para os autores publicarem seus textos?

TALES:
Já faz algum tempo e eu não lembro exatamente. Se não me engano, foi através do Yahoo respostas que achei um link de algum site. A partir daí, fui conhecendo outras plataformas e vários autores. Fiquei fascinado com aquilo tudo! Além da possibilidade de publicar minhas histórias; a estrutura dos sites, as artes e a forma de postagem me interessaram demais e acabou ocasionando na minha experiência em administração de alguns sites.

GABO:
Você participou da gerência de alguns sites. Como era a sua rotina? Qual era a sua função?

TALES: Minha principal função pelos sites que passei foi a de criação de logos, chamadas, aberturas... Já fiz algumas entrevistas também.

GABO: O que você aprendeu com essa experiência?

TALES: Aprendi que é uma tarefa bem difícil. Mesmo eu sendo só diretor de arte, percebi a tamanha responsabilidade da tarefa. Imagino como deve ser gerir um site por completo...

GABO:
Tanto a produção de vídeos quanto as artes, requer dedicação e criação. Entre os dois qual a sua preferência e qual foi o trabalho que você mais gostou de desenvolver no ramo?

TALES:
Na época eu era bastante amador. Na verdade, continuo um pouco. Mas houve uma evolução. Tenho menos dificuldade em criar imagens; com os vídeos ainda estou engatinhando kkk.

Meu trabalho com artes mais recente e o que acho o melhor que já fiz, foi o material de divulgação de "Divas".

GABO:
A prática é fundamental para nos desenvolvermos e melhorarmos. Você possui algumas obras inacabadas. O que ocasionou na paralisação das atividades? Você pretende reativar algum projeto?

TALES:
Eu tenho um grande defeito. Tenho boas ideias mas não as desenvolvo completamente e sabemos que com uma novela, você precisa criar um argumento consistente. Eu não costumava fazer uma sinopse completa das minhas obras e me perdia completamente no meio do caminho e acabava desistindo. Hoje em dia tenho ideias mais consistentes que sei que vou conseguir levar até o final, mesmo mudando algumas coisas no decorrer da história.

Tenho uma história inacabada que envolve a corrupção em igrejas. Pretendo retomar esse projeto um dia.

GABO:
Quando você saiu do MV em 2015 e parou de escrever, você chegou a pensar que não retornaria?

TALES:
Eu sempre mantive o gosto pela escrita, mesmo não estando no MV. Tive que me ausentar durante esse tempo, mas sempre pensei em voltar.

GABO:
Tales, como foi a recepção dos contos que você escreveu e divulgou Recanto das Letras? Sentiu alguma diferença da experiência trabalhada nas emissoras virtuais?

TALES:
Foi uma experiência bem diferente e que me incentivou a escrever mais contos. Lá eu recebi um maior feedback dos outros escritores, visto que o conto é um gênero mais lido no site. E alguns dos meus contos publicados lá, serão exibidos dia 21 de março, na Cyber TV. 

GABO:
A inspiração é fundamental para o planejamento de uma história. Quais são as suas inspirações?

TALES:
Tudo! Notícias, histórias de família e amigos, novelas, filmes, livros, músicas... Aliás, a música teve um papel importante na criação de Divas. A novela surgiu da minha paixão pelas cantoras pop e a indústria fonográfica.

Me inspirei também no caso da cantora Kesha, que foi vítima de um abuso sexual do seu empresário.

GABO: Muito interessante. Aproveitando a oportunidade, na sua opinião, qual a importância do aprofundamento e abordagem em temas polêmicos nas histórias?

TALES: Depende. Existem temas polêmicos que são usados em alguma história apenas pra causar e trazer mais emoções. Outras vezes, essas polêmicas são retratadas para alertar e passar alguma mensagem importante. Independente da forma usada, o essencial é abordar o assunto de forma verossímil, sem ditadismo ou situações absurdas.

GABO:
Entre contos e dramaturgia, você se identifica mais com qual segmento?

TALES: Me sinto mais a vontade escrevendo o roteiro de uma novela, justamente por ter mais experiência. Mas amo escrever contos. São gêneros extremamente diferentes...

GABO: Além da dramaturgia você está retornando no entretenimento. O que o público pode esperar?

TALES: Vou assumir o comando do Conta+ na Cyber TV. Serão 6 programas e os convidados serão autores com obras prestes a estrear no site. Além da entrevista tradicional, irei trazer perguntas de outros autores do MV para o convidado de cada programa. Será bem interessante!

GABO: Quem é Tales Dias fora do Mundo Virtual?

TALES:
Um jovem estudante de 21 anos, tímido, amante de música, séries e novelas... E apaixonado por criar histórias.

GABO: Agora chegou o momento do Bate-Bola jogo rápido. Preparado?

TALES:
Preparado!

BATE-BOLA
ESPÍRITO VINGATIVO: Voei na imaginação mais do que Glória Perez em Salve Jorge! Kkk
ROTEIRO: Procurando sempre me aperfeiçoar
CONTOS: Liberdade de escrita
RECANTO DAS LETRAS: Uma experiência enriquecedora
DRAMATURGIA: Gênero que me sinto mais a vontade
ENTRETENIMENTO: Um desafio!
DIVAS: Minha melhor obra!
MUNDO VIRTUAL: Um espaço incrível, repleto de oportunidades
FRASE: "O mundo vai te ver do jeito que você se vê e te tratar do jeito que você se trata"
TALES POR TALES: Instável

TALES: Passou rápido! Kkk

Eu quem agradeço pelo convite. Fui um prazer responder suas perguntas! Quero convidar a todos pra acompanharem a reta final de Divas e a estreia de uma coleção de contos meus, na Cyber TV! Obrigado!

GABO: Sim kkk passou rápido. Tales, Valeu. Sucesso no comando do Conta+ e na dramaturgia. O Boletim Virtual fica por aqui. Voltamos na próxima edição e daqui a pouco às 9:30 da noite não perca o Troféu Imprensa 2017 com os melhores de 2016 da dramaturgia, entretenimento e jornalismo e em breve os melhores de 2018 e 2019 no Troféu Imprensa. Boa noite.
 
     

     


editor-chefe
Gabo

equipe
Gabo
Hugo Martins
Marcelo Delpkin
Marcos Vinicius

jornalismo
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2020 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução
.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Boletim Virtual

Edições do Boletim Virtual

Jornalismo

Livre

No Ar

Comentários:

0 comentários: