Misturama - 7x01 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Misturama - 7x01

Apresentação: Gabo Olsen
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui

https://4.bp.blogspot.com/-vBpUGE6hbgg/Wtn4kt-fgPI/AAAAAAAACWk/ALLDXQSBHMoRHgYoaO0EnM9QDV-F5IEuwCLcBGAs/s1600/Misturama%2B2018.jpg
 

MISTURAMA, 28 de julho de 2019
 
 

NO PROGRAMA DE HOJE:

     
 


ÉDY DUTRA:
 Quem nunca né? Novela que não tem um título muito atraente, ou uma logo bacana às vezes a gente resiste em ler...

ÉDY: Tanto é que já fiz capítulos inteiros no serviço. Meu chefe que não leia isso hahahah

ÉDY: Minha reputação tá indo embora neste jogo...

ÉDY: Minha mãe não vai ler isso...

ÉDY: E a experiência faz diferença viu? Oooh

ÉDY: Hoje em dia eu acho meio sem graça.

 
     

E AINDA:

     
  HENZO VITURINO: Creio que a minha convivência com todos sempre foi a melhor. Inimigo não, mas tem aquelas pessoas que a gente prefere não cruzar o caminho, né?

HENZO: Eu comecei a me interessar pela escrita aos 10 anos, pouco tempo atrás.
 
 

 

     
 

GABO: Fala galera, Boa noite, Misturama na área. No programa de hoje tem estreia! O famoso "Eu Nunca" que faz sucesso no YouTube agora na versão virtual e o primeiro convidado será o Édy Dutra, autor da novela Talismã. Está imperdível. E ainda, o autor Henzo Viturino vai falar tudo sobre a sua chegada no MV. É daqui a pouco. Não percam.

Falando em novidade, a WebTV está de cara nova. Prestes a completar 15 anos de história no MV, a emissora mais antiga renovou o layout da homepage do site. Confira a nota divulgada pela emissora:

 


 

A nova WebTV chegou! 🤩      

De cara nova, a WebTV traz mais autonomia para os administradores, com páginas que dispensam atualizações quinzenais, mais espaço para divulgação na homepage e tudo mais fácil de encontrar. A nova WebTV continua responsiva, ou seja, você pode acessar em seu smartphone, pois o site se adapta ao seu dispositivo.

Além disso, os capítulos de suas tramas preferidas estão em um formato mais agradável de se ler, tanto na desktop como no celular.

Venha conhecer a nova WebTV! Mais autonomia para nós e a mesma qualidade para vocês.

GABO: Foram dois meses de trabalho na implantação do novo site. Cristina Ravela, foi responsável por todo esse trabalho. Parabéns, Zih, ficou incrível. A página principal reúne os últimos conteúdos postados.
 


GABO:
Ficou sensacional, não é mesmo? As novidades não param por aí. Está chegando a WebTV Play, nossa plataforma de streaming. Em Breve. Começa agora a 7ª Temporada do Misturama. Chegar no MV é uma sensação incrível. Cada autor tem uma reação. Vamos descobrir tudo sobre a chegada do Henzo Viturino, o autor autor de 14 anos que conquistou o seu espaço aqui. Está no ar: Como eu cheguei aqui.

 
     

COMO EU CHEGUEI AQUI: HENZO VITURINO CONTA TUDO!

     

HENZO VITURINO: Olá, tudo bem? Sou Henzo Viturino, tenho 14 anos. No mundo virtual, escrevo novelas e ajudo na administração da web emissora DNA. Fora do MV, sou estudante e faço o 9º ano. Moro em Araguaína – TO, com minha mãe e minha irmã.

COMO EU CHEGUEI AQUI

Eu sempre gostei muito dessa coisa de novela, televisão. E eu vivia procurando aberturas alternativas de novelas que iriam estrear no YouTube, até que um dia encontrei a abertura da web novela REIS DA ARENA, do Megapro. Conheci o site, e, não sei como, conheci também a Cyber TV (na época Cyber Séries). Resolvi que iria tentar a sorte comecei a desenvolver uma novela (Triângulo Amoroso) própria para o site. E a partir daí fui seguindo e agora estou onde estou.
 

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Ah, eu achei mágico o Mundo Virtual quando o vi pela primeira vez. Eu me lembro que estava realmente admirado pelo site da Cyber, não queria mais sair de lá (risos). Toda hora entrava para ver a fila das próximas estreias e quando vi aprovada, foram pulos de alegria.
 

O CONTATO COM A ESCRITA

Eu comecei a me interessar pela escrita aos 10 anos, pouco tempo atrás. Comecei a desenvolver mini sinopses e mini novelas, que nunca tiveram continuação. No ano passado, 2018, comecei a escrever novelas do começo ao fim, já foram três. Com certeza eu tenho muito o que aprender ainda e para minhas próximas histórias pretendo estudar mais sobre o que vou falar e fazer algo realmente legal, que me dê prazer em escrever.
 

A PRIMEIRA VEZ

Foi muito legal! Recebi alguns comentários de pessoas que gostaram da história e isso realmente me fez muito bem. As críticas construtivas também sempre foram bem-vindas.
 

CONVIVÊNCIA

Creio que a minha convivência com todos sempre foi a melhor. Inimigo não, mas tem aquelas pessoas que a gente prefere não cruzar o caminho, né?
 

MUNDO VIRTUAL EM UMA PALAVRA

Responsabilidade. Creio que o Mundo Virtual é uma oportunidade que nós, autores, recebemos para poder mostrar o nosso trabalho. E acho que tudo isso tem que ser administrado com muita responsabilidade para que tudo dê certo.

GABO: Obrigado, Henzo pela participação aqui no Misturama. Abraços. Hoje tem a grande final de Talismã. Veja só o que vem por aí:
 

 
     

ÉDY DUTRA FALA SOBRE A RETA FINAL DE TALISMÃ

     
 
GABO: Ele coleciona diversos sucessos publicados no MV. O reconhecimento foi através dos prêmios conquistados. Estou falando dele, Éddddy Dutraaaaa.

ÉDY:
Oiiii meu povo!! Oi Gabo!! Obrigado pelo convite!!

GABO:
Édy, conquistar um prêmio é uma resposta gratificante do público. Dos troféus conquistados, teve algum que te emocionou?

ÉDY:
Eu fico muito feliz quando vejo meu trabalho reconhecido com um prêmio, uma crítica, um comentário. Sinal que estou no caminho certo daquilo que me proponho a fazer. Todos os prêmios foram importantes. E me orgulho muito de cada um deles.

GABO:
O antagonista é um dos personagens favoritos dos autores. Eu sou suspeito a falar da bitch da inesquecível Rosana de Passos da Paixão, teve também a Lenara de Terra da Garoa, a Marilu de Talismã, entre outras. Qual a foi a sua melhor vilã até o momento?

ÉDY:
Rosana era uma vaca!! Sorry, não me contive hahah Eu amei escrevê-la, imaginar cada passo dela. Mas para mim, Marilu foi além. Malvada ao extremo, sem medo de nada, colecionando mortes, golpes, mentiras. Capaz de qualquer coisa MESMO. Se eu encontrasse com Marilu na rua, eu fugiria. Haha

GABO:
Além das vilãs, os vilões também tiveram destaques em suas histórias. Como não lembrar do invejoso Humberto de Terra da Garoa, e o Felipe, um gay enrustido de Mar da Vida que causou grandes atritos, bem antes do Félix de Amor à Vida. A pergunta que não quer calar, qual foi o seu preferido?

ÉDY:
Meus vilões homens! Eles roubam a cena também, numa hora outra haha o Felipe foi uma experiência ímpar porque só se sabe que ele é gay quase na metade da novela. E nisso ele já causava o inferno na vida do pai, roubava a família que lhe dava abrigo, acobertava as maldades da tia, Tânia, a vilã da novela... Humberto invejoso doentio pelo irmão, Henrique... Matou o pai e ainda sapateou em cima do túmulo... Eu fico com o Felipe. Lá em 2009 ele me deu uma alegria e tanto e um carinho que dura até hoje.

GABO:
A gente ama odiar os vilões kkkkkk.

ÉDY:
Meus mocinhos sofrem hahaha mas detalhe: meus vilões nunca vencem.

ÉDY: O mal sempre vai perder.

GABO: Em Talismã, a Onira deu o que falar. Ela não aprova o romance do filho Marcos com Adriana, pelo fato dela ser negra. Ela já discutiu, e recentemente ela foi capaz de incendiar a casa de Adriana, tudo por causa do preconceito. Como foi trabalhar esse núcleo? Que mensagem você procurou passar para o público?

ÉDY:
Eu, como autor negro, não poderia deixar de tocar neste assunto que, infelizmente, está enraizado na nossa sociedade. A Onira teve atitudes tão cruéis que é impossível mensurar. Eu quis mostrar que o racismo está acima de qualquer outro preconceito que exista. Adriana era médica cardiologista, bem sucedida, boa família, com grana, e sofria o preconceito por ser negra. O racismo não vê cor de dinheiro. Você pode ser presidente dos EUA. A cor da sua pele vai chegar para os outros antes do seu caráter, infelizmente.

GABO:
Estamos no século XXI, mas ainda existem pessoas que cometem essa atrocidade por acharem que são superiores aos outros. Esses dias eu assisti um vídeo que mostra profissionais do RH cometendo racismo. Um absurdo:


ÉDY: O principal desafio é descolonizar o pensamento das pessoas e mostrar que o racismo não é um problema dos negros. É de toda a sociedade. Ele é político, econômico, cultural. É preciso repensar que mundo queremos daqui pra frente. A caminhada é difícil. Ainda mais com um governo que legitima em suas falas e entrelinhas todos os tipos de preconceitos e impropérios sociais. Mas não podemos desistir. Seguiremos firmes e fortes. Sempre.

GABO:
Analisando a tv aberta no Brasil, não encontramos tantos atores negros em papéis principais. Entre 96 e 97, a atriz Tais Araújo protagonizou a novela Xica da Silva na extinta TV Manchete. Já entre 2009 e 2010 ela viveu Helena em Viver a Vida, na Rede Globo, sendo a 1ª protagonista negra em uma novela das oito. Édy, você acredita que a falta do apoio da tv nos papéis importantes para os atores negros ajuda no racismo, tendo em vista que eles geralmente são escalados em papéis de pouca importância e na maioria das vezes aparecem na ficção como empregados?

ÉDY:
O discurso da representatividade é importante. A TV poderia ajudar e muito a diversificar isso. Num país onde 54% da população se declara negra, é estranho que esse percentual não seja representado na Tv de forma correta, além do histórico servil... E é válido destacar a importância dos papéis de Taís Araújo, Camila Pitanga, Lázaro Ramos, que são atores que tomaram o protagonismo nos últimos anos. Mas veja bem. Três atores apenas para uma gama de possibilidades que poderia incluir muitos outros. Existem negros ricos, negros líderes de grandes empresas, médicos, psicólogos, arquitetos, empresários, executivos, enfim. Não dão os papéis para a gente porque não querem.

ÉDY: Eu mesmo, enquanto autor virtual, tive 1 protagonista negra. Foi pouco, confesso. Mas nem por isso deixei de dar destaque aos negros nas tramas que fiz. Com status tal qual os de protagonistas. Marilu tá aí pra não deixar mentir... Lisa e Alex (Escolhas da Vida), Marília, Tereza, Bruno (Passos da Paixão), Raquel, Tarsila, Bárbara, Daniel (Terra da Garoa), Guto, Cláudia, Charles (Mar da Vida), e tantos outros.

GABO: Outro núcleo que deu o que falar foi o lance da prostituição, com personagens como a Carla, a Sarah e principalmente a bicth Marilu e a nossa protagonista Lívia. Muito atrito em um assunto que também causa polêmica quando é retratado. O que podemos destacar dessas personagens e o que o público pode tirar de lição do plot trabalhado?

ÉDY: A prostituição sempre foi um tema abordado em minhas histórias. Acho que é um tabu ainda falar sobre isso pois há preconceito, há desinformação... Eu retratei perfis de mulheres diferentes e possíveis. A Lívia, aquela que está na vida mas não deseja isso; a Carla, que embora queira sair, não se esforça para tal; Sarah, que está só por tentar pegar algum cara rico e curtir a vida, então a prostituição pra ela é uma forma mais fácil de atrair essa presa. E a Marilu, que embora ardilosa, gosta do que faz. Lógico que ela quer ter uma vida melhor, mas ela conquistou muita coisa com a prostituição, vendendo o corpo. Ela usa o corpo para conseguir o que deseja. Então eu quis mostrar que ali, neste mundo, temos uma gama de seres humanos com perfis diversos como em qualquer outro lugar. Cada um com sua história de vida, com seus desafios. Mas o que vale é o caráter de cada um.

GABO:
Lívia e Alexandre são dois personagens que movimentaram a história. Um segredo do passado os uniu e agora será um ponto importante no último capítulo. O que você pode nos adiantar?

ÉDY:
Posso adiantar que nessa relação abusiva, tóxica, há um amor. Louco né? Mas tem kkkkk Agora é aguardar o final que se aproxima, cheio de emoções!!!

GABO:
Falta pouco para descobrirmos o que vem por aí... O que será que o Édy reservou pra gente?

GABO:
Enquanto a curiosidade toma conta, e o Édy vai deixar a gente ansioso, ele vai ser o alvo do novo quadro do Misturama: "EU NUNCA". No início do ano, durante as minhas férias eu assisti diversos vídeos sobre o jogo no YouTube e pensei, vou levar esse formato pro Misturama. O “Eu nunca” é um divertido jogo perfeito para conhecer melhor os jogadores e descobrir segredos jamais revelados. Curiosidades e perguntas polêmicas. Como será que o Édy vai se sair? Preparado?

ÉDY: PRE-PA-RA-DO eu não estou. Mas vamos lá! Hahahaha

GABO: Édy, pra começar o jogo, qual música será o tema do Eu nunca de hoje?

ÉDY:
Sorri, Sou Rei - Natiruts. Tema do Breno, personagem do Júlio Rocha, em Talismã.

 

GABO: Galera aumenta o som, vamos curtir a música indica pela Édy e bora começar esse jogo que eu to curioso pelas respostas do Édy kkkkkk. O jogo é composto por três etapas. Na primeira vamos falar sobre o Mundo Virtual, a segunda algumas curiosidades sobre a sua vida e a última é a famosa +18, conhecida também como "pesadãooooo".... É hoje que o parquinho pega fogoooooo.

ÉDY:
Eitchaaaa Brasil!!!!

GABO:
Roda a vinheta, produção!!!
 
     

ÉDY DUTRA PARTICIPA DO "EU NUNCA", O NOVO QUADRO DO MISTURAMA

     
 

 

PERGUNTAS SOBRE O MV:


GABO: E lá vai a primeira pergunta:

Eu nunca julguei uma história pela capa.

ÉDY: Eu já...

GABO:
 E como foi a experiência? Conta tudo kkkkkk

ÉDY: Quem nunca né? Novela que não tem um título muito atraente, ou uma logo bacana às vezes a gente resiste em ler... Mas depois que lê, gosta. O contrário também vale né? Olhar uma produção visual legal e curtir a trama. Porque também tem muita produção visual nota mil e a história não é TÃO assim...hehe

GABO:
 Olha ele, Ana Paula, falando tudooooo.

 

 

 

 
ÉDY: hahaaaha

GABO: 
Eu nunca menti que li um capítulo.

ÉDY: Nunca...

ÉDY: Quando eu digo que leio, foi porque eu li mesmo.

GABO:

 

 

ÉDY: Hahaha é verdade

GABO: hehehe. Próxima: 
Eu nunca li o resumo antes do capítulo.
 
ÉDY: Eu já...
 
ÉDY: Mas isso não é requisito e nem me impede de ler o capítulo mesmo assim.

GABO: Eu nunca olhei quantas páginas tinha o capítulo antes de ler.
 
ÉDY: Já... Já sim! Haha

 

 

 
 

 
ÉDY: Dependendo da vontade do momento, a gente deixa pra ler outra hora se for um capítulo muito extenso hahaha quem nunca né, Brasil??

GABO: kkkkkkkkk ou ler por etapa....

Próxima:
 
Eu nunca matei um personagem e me arrependi.
 
ÉDY: Nunca.
 

 
 

 

 
ÉDY: Quando eu mato, mato bem consciente. Hahaha meio psicopata isso, mas é verdade hahahah não tenho pena de matar personagem.

GABO: Édy sem remorso kkkkkkk... Tudo por um motivo kkkkk
 
Eu nunca me emocionei escrevendo uma cena.

ÉDY: Já... Bah! E não foram poucas vezes hahahah

GABO: Tem alguma cena que vem a sua mente? A que mais te emocionou?
 
ÉDY: Não sei se foi a que MAIS me emocionou mas está entre elas... O reencontro do Júlio e da Silvinha, quando ele sai da prisão. Foi lindo escrever a sequência e foi uma parte fundamental na história... Outra cena também foi a morte do Diogo e o nascimento do filho da Paula e da Nanda, em Escolhas da Vida. O Diogo indo embora no mesmo momento em que o filho nasce, foi algo meio que místico. E me emocionou também.
 
ÉDY: Aliás, Escolhas da Vida foi uma das novelas que, para mim, teve as mais belas cenas de todo um conjunto. Eu gostei tanto!... A cena que a Paula descobre o caso da Nanda e do Diogo, com o beijo dos dois no meio da rua... A sequência foi épica. E linda e triste ao mesmo tempo.
 
GABO: Quando a cena emocionante é bem trabalhada, mexe com o leitor e pode até cair um cisco no olho dele.

 

 

GABO: Próxima pergunta: 
Eu nunca escrevi um capítulo sem escaleta.

ÉDY: Nunca.

ÉDY: Tudo que escrevo já está previamente elaborado, encaminhado. Não sei fazer nada do zero. O norte do capítulo já precisa estar estabelecido, eu tenho que ter noção pra onde vou e até aonde devo parar.

GABO: Autor consciente é assim. Tudo no planejamentooo...

Eu nunca esqueci de um personagem na história.

ÉDY: Não lembro de ter esquecido haha então voto no Nunca! Haha. Mesmo o personagem sendo pequeno, eu lembro dele. Ele pode ter poucas participações mas não que seja esquecido na história.

GABO: Eu nunca deixei de sair para escrever um capítulo.
 
ÉDY: Eu nunca.

ÉDY:
 Eu adapto a rotina de escrita para o meu dia a dia e não o contrário...

 

 
ÉDY: Então se eu precisar sair, eu vou sair. Escrevo em outro momento, onde der pra escrever... Não mudo minha rotina não. Tanto é que já fiz capítulos inteiros no serviço. Meu chefe que não leia isso hahahah

 

 
GABO: Printando agora kkkkkkkkkkkkkkkk

 

 
ÉDY: Paaaara menino.
 
GABO: Parei kkkkkk.  Sem prints kkkkk. Vamos seguindo: Eu nunca quis alterar uma cena após a publicação.
 
ÉDY: Já!!!! Poucas vezes. Mas já aconteceu.

ÉDY:
 Achar a reação de um personagem exagerada ou que falta algo a mais...
 
GABO: Chegamos ao fim da primeira fase. Na segunda etapa vamos descobrir curiosidades sobre a vida do Édy. Segura o forninhoooo Geovanna.
 
ÉDY: Oh God!!!
 
GABO: Alguma música que representa esse momento?

ÉDY: 

 

 

 
ÉDY: Esse Brilho é Meu - Iza. Tema da Sarah, personagem da Janaína Lince. 
 

 

 

 
ÉDY: Já que é pra agitar... Bora lá com um batidão.

 

CURIOSIDADES SOBRE ÉDY DUTRA:


 
GABO: Vamos agitarrrrr:   Eu nunca voltei pra casa de manhã.
 
ÉDY: Jáááááá!!!!!

ÉDY: No carnaval então nem se fala. Hahahah.

 
GABO:

 

 

 

 
GABO: Eu nunca fiquei bêbado.

ÉDY: Já sim. Pouquíssimas vezes. Mas marcantes hahaah

GABO: A próxima pergunta vem dando sequência no assunto kkkk: 
Eu nunca dei PT.

 

 
 

 
ÉDY: Minha reputação tá indo embora neste jogo...  

GABO:

 

 
ÉDY: Sim, já dei pt. Ptzaço. Ptzão!

 

 

 
GABO: Pode compartilhar algo sobre o ptzãoooo, ou o horário não permite? kkkkkkkk
 
ÉDY: Sobre o ptzão, farei a Copélia: prefiro não comentar.
 
GABO: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
ÉDY:

 

 
GABO: Essa eu quero ver kkkk: Eu nunca comi algo escondido para não dividir.
 
ÉDY: Sobre a pergunta, sim, já comi escondido pra não dividir hahahah que pecado, meu Deus. Mas foi mais forte que eu.
 
GABO: Eu nunca tive uma crise de riso em um momento sério.
 
ÉDY: Nunca.

ÉDY: Já tive muita vontade de rir. Até ri depois. Mas na hora do bicho pegando, eu me controlo legal.

GABO: Sei como é isso kkkkkkkk: 
Eu nunca chorei por amor.

 
ÉDY: Já chorei sim. Embora eu seja uma pessoa romântica, chorei poucas vezes. Mas quando chorei, foram rios kkkk
 
ÉDY: Mas não sou de ficar chorando por muito tempo, não. Choro 1 dia e pronto. No outro, vida que segue. Ficar se lamentando não é pra mim.

GABO:  Eu nunca cumprimentei alguém fingindo que sabia quem era...

ÉDY: Nunca... Já cumprimentei sabendo que era mesmo nem querendo cumprimentar kkkk

GABO: A pergunta que não quer calar kkkkk: 
Eu nunca menti a idade.

 
ÉDY: Nunca. Nunca tive vergonha da minha idade, de ser mais velho ou mais novo. Gosto da idade que tenho. Aliás, estou chegando no meu melhor estágio até então hahah

GABO: Eu já fui comprar chopp no Bobs e tive que apresentar a identidade. Foi tenso kkkkk. 

 

 

 

 
ÉDY: hahahahahaahahahha

ÉDY: Aliás, temos a mesma idade, garoto. Relaxa.

ÉDY: Estamos batendo um bolão.

 

 

 
 
GABO: Isso aí kkkkkk. Vamos a penúltima pergunta: Eu nunca curti minha própria foto ou post.
 
ÉDY: Nunca. Hehehe E acho estranho quem se curte na rede social.

GABO: E pra fechar a segunda etapa: Eu nunca usei um perfil fake nas redes sociais.

ÉDY: Já. Mas não tive paciência. Hahahaha

ÉDY: Era só pra dar uma stalkeada. Consegui o que queria, depois excluí.

GABO: Olhaa ele, o stalker do MV kkkkkk. Chegamos na última etapa. Agora é +18. Bora?

ÉDY: Creendeuspai bora!!


GABO:
 Vai começar o último bloco do Eu nunca, qual música embala o pesadãoooo +18?

ÉDY: Fogo em Mim - Rico Dalassan


 


 


EU NUNCA +18
:
 

GABO: E a etapa já começa picante!!! Eu nunca mandei nudes.
 
ÉDY: Minha mãe não vai ler isso...
 
ÉDY: Já mandei.

 

 

 

 
GABO: kkkkkkkkkkkkkk
 
GABO: Olhaaa ele, Ana  Paulaaa. Próxima: Eu nunca fiquei com mais de duas pessoas na mesma noite.
 
ÉDY: Nunca. Passar o rodo não é comigo. Quando fico não são nem 2, é 1 só e pronto kkkkk
 
GABO: Édy Dutra é seletivo, meu povooooo.
 
ÉDY: Essa ryca boca não é para qualquer pessoa, meu bem.

 

 

 

 
GABO: O parquinho vai pegando fogoooo! Eu nunca marquei encontro pelo aplicativo de pegação.
 
ÉDY: Nunca. Não uso app de pegação. Não gosto, não tenho paciência pra app.
 
GABO: Sem Tinder na vida do Édy, Brasil.
 
ÉDY: Sem nada! Hahahahha quer me encontrar, me chama no Face, Insta, Twitter...
 
GABO: Eu nunca fiquei com alguém 10 anos a mais do que eu.
 
ÉDY: Já... E super de boa.
 
ÉDY: E a experiência faz diferença viu? Oooh
 
Hahahhahha

 
 
GABO: Tem uma música: Não interessa se ela é coroa... Panela velha é que faz comida boa.
 
ÉDY: hahahahahahaha
 
GABO: Eu nunca fui em sex shop.

ÉDY: Já fui

ÉDY: Mas é engraçado porque eu fui uma única vez e foi por acaso. Eu e minha prima. Estávamos atrás de algum presente para o meu primo que estava comemorando 3 anos de namoro.

ÉDY: E aí passamos em frente a uma sex shop e decidimos entrar para comprar algo. Hahaha conhecemos vários produtos, experimentamos alguns inclusive. Foi bem divertido.

ÉDY: Eu e minha fizemos um kit e esse foi nosso presente para o outro primo. Ele e a namorada adoraram kkkkkk

GABO:
 Presentão apimentado hahahahahaa.... e já que estamos falando de paquera, vem aí a próxima:

Eu nunca chamei a paquera por outro nome.

ÉDY: Nunca chamei hahahah

ÉDY: Libriano que se preze sabe beeem quem é quem no contatinho. Nada de confusão. Hahahahh

GABO: Eu, tu e Zih somos librianos kkkkkk

ÉDY: Você já confundiu, Gabo?

GABO: Nuncaaaa. Ainda bem kkkkkkkkkkkkkk

ÉDY: hahahaha ainda bem!!

GABO: Sim hehehehe.

A próxima pergunta vai invadir sua intimidade: Eu nunca fiz sexo em lugar público.

ÉDY: As outras não invadiram? Hahhhahaa

GABO: Essa foi mais kkkkkkkkkkk

ÉDY: Nunca fiz. Sou meio conservador com isso.

GABO: Eu nunca fiz sexo no 1° encontro.

ÉDY: Já sim. Sem problemas.

ÉDY: Se rola a vontade, tudo bem.

GABO: Édy, você declarou que já mandou nudes. Se liga na próxima pergunta: Eu nunca me filmei.

ÉDY: Me filmei nu??

GABO: Sim.

ÉDY: Nunca.

ÉDY: Nudes foram só fotos.

GABO: A penúltima pergunta envolve o MV: Eu nunca paquerei ninguém do MV.

ÉDY: Nunca.

ÉDY: Tenho amigos incríveis e gatíssimos. Mas nunca senti atração não.

GABO: Para encerramos: Eu nunca fiz sexo virtual.

ÉDY: Já! Hahha na época do MSN kkkk

ÉDY: Hoje em dia eu acho meio sem graça.

GABO: Olhaaaaaaaaaaaa eleeeee. Dale MSN kkkk

ÉDY: Voltei alguns anos hein kkk MSN marcou época!!

GABO: Sim, foi no MSN que eu conheci a Zih (L)

ÉDY: Que lindos!

GABO: Hoje foi um dia que conhecemos um pouco mais do Édy Dutra, um grande autor do MV.

ÉDY: Ufa! Acho que estou vivo ainda!! Hahaha Obrigado Gabo! Foi ótimo!!

GABO: Foram curiosidades sobre o MV, vida particular e muita intimidadeeee.

ÉDY: Foi muito bacana partilhar um pouquinho da minha vida com os leitores. Acho que passei bem, uma pessoa normal haha

GABO: Sim sim kkkkk. Obrigado, Édy Dutra. Não percam os acontecimentos finais de Talismã, aqui na tela da WebTV.

ÉDY: Valeeeuuu!!!
 
 

 

     
  GABO: O Misturama fica por aqui. Uma ótima semana pra você. Nos vemos no próximo programa. Abração, galera.  
     
     
https://1.bp.blogspot.com/-9RRN36J3v-k/Wtn59Sp17MI/AAAAAAAACW4/Y2YTzwynqBgLkQh7fFY3-e9Mvv1hlANdwCLcBGAs/s1600/credito_misturama.jpg
apresentação
Gabo

convidados
Édy Dytra
Henzo Viturino

repórter
Ritinha

entretenimento
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2019 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Edições do Misturama

Entretenimento

Misturama

No Ar

Programa

Comentários:

0 comentários: