Retrospectiva Mundo Virtual 2018 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Retrospectiva Mundo Virtual 2018

Retrospectiva Mundo Virtual 2018
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui

 

Sexta, 28 de dezembro de 2018
 
 
   

RETROSPECTIVA MUNDO VIRTUAL: RELEMBRE OS FATOS QUE MARCARAM O ANO DE 2018

 

 
 

GABO OLSEN: Boa noite, Mundo Virtual. O ano de 2018 reservou grandes movimentos no MV, tivemos estreias, cancelamentos, gente nova no pedaço.
 

KAX SILVA: Isso mesmo Gabo. Boa noite. Entre produções do entretenimento/jornalismo a dramaturgia, podemos dizer que 2018 foi um ano de grande geração de conteúdo.

GABO: A OnTV, Cyber TV, Megapro, WebTV e Web Mundi contribuíram com grandes atrações no MV. As emissoras através de um representante vão contar tudo o que rolou em 2018.

KAX: Exatamente. Eles escreveram para o Retrospectiva do MV aquilo que embalou a emissora tanto no positivo quanto no negativo.

GABO: Além disso, os artistas do MV vão falar o que o ano de 2018 representou para eles e tem ainda o Giro Virtual Especial com os fatos que foram destaque. O ano de 2018 foi movimentado ou não foi, Kax?

KAX: Foi muito movimentado, com certeza. Mas o destaque ou a surpresa, dependendo do ponto de vista, foram os web programas que ganharam um grande boom. Praticamente todas as emissoras resolveram apostar forte neste segmento, que ajudou a gerar engajamento e a popularizar ainda mais a dramaturgia com o apoio que se fez a ela.

GABO: Bora começar o Retrospectiva Mundo Virtual. Vem aí o Giro nas emissoras virtuais. Veja só o que rolou: 

Todo material divulgado no programa pertence às emissoras virtuais e aos seus idealizadores.

 
     

RETRÔ: GIRO NAS EMISSORAS VIRTUAIS

     
 

 

 

ISA MIRANDA: E o ano começou bombando na ainda Cyber Séries, com a nossa rede de entretenimento realizando todo ano o Cyber Awards e premiando os melhores do ano 2017, sendo essa premiação feita por votação do público que assiste e prestigia nossos autores e suas obras maravilhosas, mas que infelizmente teve um momento desagradável no resultado final. O autor de Coração Sertanejo, Cléber Medeiros, não concordou com a votação e gerou diversas saias justas em vários locais das redes sociais. Lamentável para alguém tão talentoso que não compreendeu que o resultado é dado pelo público. Torcemos que tenha superado e mostrado seu trabalho com devido valor e respeito.

O grande vencedor desse primeiro Cyber Awards foi o autor e dramaturgo Eduardo Moretti com o novelão Garota de Ipanema, sucesso de audiência e votação.

Em janeiro marca com a estreia de Recomeçar da autora e dramaturga Lyvia Peroba. Outra que conquistou público com audiência em alta e também estreou a segunda temporada de Anjos de Metal de Apollo Souza. Chegou ao fim a exibição da novela Dois Destinos de Marcelo Maia.

Fevereiro

E com muito confete e serpentina estreou autores com suas obras:  Por Amor do Marcelo Maia e Falsas Juras do Wagner Nascimento.

Março

E com as águas de março que encerram o verão terminou Hierarquia da autora e dramaturga Débora Costa. Abrindo alas, Jardim do Éden do Nathan Costa.

No entanto março, foi polêmico, devido a uma linguagem não apropriada e de baixo escalão, o conto com nome de Carla Andrada levou o dono da emissora retirar do ar. Polêmicas podem ser bastante consideradas no mundo virtual, mas apelação para esse lado foge a regras e desrespeita aos leitores.

Abril

O que não é mentira foi a estreia de Doces Mentiras do Alberto Sant'Anna e O Leão de Marcelo Delpkin ambas arrasaram esse ano com picos de audiência maravilhosos.

Maio

Ahhh esse mês marcou e muito já que foi a estreia de um dos campeões de audiência ficando em primeiro lugar por 5 semanas consecutivas a série Eu, Kadu do Francisco Siqueira. Arrasando com seu texto e personagens carismáticos.

Junho

O retorno da segunda temporada de A Dama Negra a série que em 2017 marcou a minha estreia no MV e como autora. Estreou a minissérie fanfiction baseada no universo de Star Wars Relatos de Ying Solo de Andrea Bertoldo e o polêmico Incognoscível de Hugo Martins, ambas minisséries sucesso de audiência.

Julho

O mês é o marco para nossa emissora, o nome Cyber Séries deu lugar ao Cyber TV, tornando um divisor para a emissora e ganhando ares ainda mais elevados no MV.

Estreou outra novelão Insensatez da Débora Costa, marcando assim uma alavancada na audiência ficando em primeiro lugar por várias semanas. Lyvia Peroba estreou a novela Senhora do Sertão.

Agosto

Não tem desgosto (trocadilho a parte) marcou a estrela de Triângulo Amoroso de Henzo Viturino esse jovem autor estreante com apenas 13 anos mostrou que veio para ficar e entende de fazer novelas. Estreia da minissérie Gato Preto de Cristina Ravela (Tarantino do MV esse apelido eu coloquei kkkk) e dona do blog da Zih.  Estreou também No Rumo da Vida do Anderson Silva.

Setembro

Estrearam Coroa de Diamantes do Wagner Jales, O dia de Faxina de Geraldo Medeiros Júnior e o programa Cyber Show que logo na estreia abocanhou audiência em primeiro lugar.

Outubro

Estreou o Cyber Backstage.

Mês conturbado para o Cyber TV, a emissora ficou fora do ar na segunda quinzena devido a invasão de hackers, foi trabalhoso, mas resolvido o problema.

Novembro

O mês marcado por um projeto audacioso que reuniu 14 autores de diversos gêneros para arriscar e sair da sua zona de conforto, a estreia a série 00:00h uma minissérie de contos de terror onde o marco é a zero horas. Líder de audiência no horário e ainda em andamento, já está tão aclamada que terá uma segunda temporada em 2019.

Estreou também o Observatório da Escrita, programa onde podemos ver tudo sobre a escrita e resenha de algumas obras do Cyber TV. Henzo Viturino lançou Ser Feliz sua segunda novela no MV.

Nesse mês ocorreu uma grande polêmica devido a nova regra da emissora em não permitir vincular a sua programação banners com celebridades. A polêmica foi tamanha que alguns autores resolveram sair da emissora.

A decisão de Wellyngton Vianna, o CEO da emissora, foi tomada devido a possíveis processos pelo uso de imagem não autorizada a fim de meios lucrativos e divulgação da mesma. Visto que pagar direitos aos fotógrafos e celebridades para usar a imagem é inviável, a decisão não foi bem aceita por diversos autores da casa.

Para que você entenda, existem leis que protegem pessoas públicas e que se violadas pode acarretar multa e, se o caso for muito escandaloso até levar à prisão. O assunto é polêmico, pois alguns autores alegaram que as imagens vinculadas a suas obras eram uma forma de homenagear aquela celebridade em questão.

Usar a imagem para fins lucrativos, entende-se que usar a imagem de uma celebridade para promover sua obra é considerada como fins lucrativo da mesma forma e portanto viola os direitos de uso de imagem, maiores detalhes acesse o link: https://por-leitores.jusbrasil.com.br/noticias/2995368/o-direito-de-imagem-e-suas-limitacoes

Dezembro

Estreou a Web série Belo Litoral. E surge um novo quadro no Observatório da escrita, Mundo editorial onde eu, Isa Miranda, farei diversos episódios para esclarecer sobre o caminho das pedras para um autor(a) adentrarem nesse meio e conquistar uma publicação de sua obra em formato físico.

O ano está findando daqui alguns dias e nesse mês para virada de ano novo irá ao ar no projeto Autoria Coletiva a qual sou a organizadora das Séries Antológicas, um anúncio que de antemão vai mudar a visão e elevar ainda mais o patamar do Cyber TV.

Aventurando-se no meio editorial, o Cyber TV irá se lançar no mundo literário onde o projeto de minissérie antológica ganhará versão E-book para se adquirida na Amazon.

Esse passo é para iniciar 2019, com mais um diferencial para os autores da casa e aqueles que ainda vão se juntar a nós. O futuro é trabalhoso, mas está a frente esperando por nós.

E assim que concluo essa retrospectiva 2018. Até !!!

 
 
 

VITOR ABOU: Boa noite a todos e a todas. É um prazer estar aqui na Retrô 2018, ainda mais representando o Megapro. Não sei se todos sabem, mas neste mês de dezembro fui promovido a Diretor Geral da emissora, ganhando ainda mais responsabilidade e comprovando a confiança. Por isso, agradeço demais à equipe do Megapro. Todos são muito especiais pra mim. Mas não tô aqui pra isso. Tô aqui pra relembrar tudo o que rolou durante o ano de 2018. Para isso, preferi dividir por tipo de produção. 

Vamos começar relembrando as séries e minisséries do ano de 2018. Durante o ano, apenas uma série foi exibida pelo Megapro, Maniac, de JP. A trama teve uma mega divulgação, contando com um Maniac especial, consistindo de coletiva imprensa, cenas exclusivas liberadas antes do lançamento, sinopse e personagens, além de uma live no Facebook. A trama possuía diversas referências ao universo pop antigo e atual, aliando humor e terror. Foram cinco episódios de tirar o fôlego e de abrilhantar a grade da emissora, com um roteiro muito bem desenvolvido e escrito. Porém, ao final da série, JP rompeu com a emissora.

No ramo das minisséries, tivemos duas que marcaram o ano: Tribunal de Rua e Perfil Fake. A primeira foi escrita por João Carvalho e tinha como destaque o universo das comunidades, no período da ditadura militar. E o autor acertou em cheio ao entregar às comunidades a visão dos fatos, evidenciando uma luta armada no centro da cidade, enquanto a favela está em guerra civil. O autor utilizou muito bem os elementos históricos, como a Comissão da Verdade, que mostrou que os confrontos durante o período militar foram devastadores para aquela população.

A segunda minissérie, Perfil Fake, foi escrita por Rynaldo Nascimento e já causou demais antes de estrear. Isso porque as equipes de marketing e jornalismo do Megapro noticiaram diversas fake news, como a saída de Rynaldo e até o fim da emissora. Após isso, tudo foi resolvido e foi anunciada a trama, que tratou de assuntos como as próprias fake news e, sobretudo, a pedofilia e o abuso sexual. O autor fez muito sucesso e trouxe à tona esses temas tão relevantes como uma história forte, prendendo seu público até o final com a história de Mário, Alessa e Yasmin. Aclamada por todos, a obra terminou em setembro, com ótima repercussão.

Ainda no ramo da Dramaturgia, tivemos, durante esse ano, três reprises: Cidadãos da Pátria, de Rodrigo Ferreira; Estrela Cadente, de Lucas Oliveira, e Meia Estrela, minha. As três embalaram o público, relembrando esses grandes sucessos, sendo os dois últimos do extinto TVN.

Dentre as novelas inéditas, vou dividir entre as que foram exibidas sobretudo no primeiro semestre e as do segundo. Tivemos este ano o fim da novela literária Meias Verdades, de Tiago Machado. Outra novela que terminou esse ano foi o sucesso estrondoso, Cálice de Sangue, de Carlos Lira e João Sane Malagutti, ocupando o horário nobre, com uma trama forte e instigante. Infidelidade, de Fernando Ricoboni, também marcou o primeiro semestre, com 25 capítulos, como a morte de Gutiérrez. No horário das seis, Mano a Mano trouxe uma história inspirada na mitologia romana, dos gêmeos Rômulo e Remo, mas nos dias atuais, no Rio de Janeiro. Pouco tempo depois, o universo rural invadiu as telinhas com Reis da Arena, de Lucas Oliveira, um grande sucesso tanto em audiência quanto em repercussão.

O Entretenimento também foi muito bem representado e desenvolvido durante o ano. No começo do ano, houve a mudança na direção, saindo de Pedro Gaze e indo para as minhas mãos. Antes disso, houve a estreia do primeiro programa do ano, Lady Hannah, apresentado por Hannah Sunamita, que recebia convidados de um jeito único, muito divertido, além de comentar as notícias da semana e escolher toda semana a esperada poc da semana, ou seja, uma pessoa do MV que se destacou durante os últimos dias. O segundo programa foi mais do que um programa, foi um acontecimento: Programa do Zoh. A atração teve a direção inicial de Pedro Gaze e contou com uma grande produção, por meio do jogo The Sims, através de clipes, como de paródias e promocionais extremamente convidativos. A repercussão, então, não poderia ser melhor, devido a toda a inovação. Entretanto, devido a problemas interno, Pedro deixou o programa. Em seguida, veio a competição Game Over, com apresentação e formato de Vinicius Guimarães, propondo a criação de textos, podendo ser em roteiro ou literário, a partir de entrevistas com convidados especiais, como Rennan Lopes e João Carvalho.

Outro programa que marcou o ano foi Miau, apresentado pela icônica Mulher Gato, com quadros pra lá de divertidos, como o ‘‘Ei, mãe!’’ e o ‘‘#Filmaê’’, que recebia vídeos de espectadores contando sobre seu cotidiano, como Everton Brandão e Pedro Gaze. O sucesso foi tanto que, para 2019, já está garantida a segunda temporada. Em seguida, Luiiz Sherazade apresentou Diário de Bordo, um programa que reunia os principais acontecimentos e curiosidades do MV, contando com invasões aos bastidores e especiais de lançamentos de novelas. O programa seguinte inovou completamente. Foi o primeiro reality show do Megapro, o polêmico Raça, de Everton Brandão, que tinha o objetivo de lançar a nova estrela do MV, que acabou sendo Daniel Augusto. Mas o que mais teve foi confusão, já que alguns participantes acabaram destratando Failon Teixeira, que se sentiu extremamente mal depois disso, mobilizando várias pessoas a seu favor. 

Para comemorar todos esses seis programas, entre novembro e dezembro, foi realizado o Festival Especiais 2018, com uma edição de cada especial, exceto Diário de Bordo e Raça, devido a problemas internos. Todos os demais tiveram uma edição especial, com novidades, como o amigo oculto promovido pela turma do Zoh.

Um setor muito importante para a emissora foi o Jornalismo, cuidando de toda a parte de divulgação e produção de notícias. O crescimento do setor começou ainda no primeiro semestre, com o aumento da quantidade de notícias. Também foi lançado o jornalístico Hello!. Sua primeira temporada, apresentada por mim e por João Carvalho, contou com poucas edições, retornando meses depois para sua segunda temporada, com Rennan Lopes no lugar de João, na apresentação. O jornalístico foi e ainda é um grande sucesso, informando ao público do Mundo Virtual sobre tudo, não apenas sobre a rede de Lucas Luciano, sendo reconhecido e elogiado externamente e já tendo sua temporada 2019 confirmada.

Voltando às novelas, agosto começou muito bem com a estreia de Juízo Final, a novela prometida de Weslley Vitoritti, envolvendo uma história muito bem desenvolvida e instigante para o público, com a rivalidade de Marcos e Betina, levando à reflexão sobre a diferença entre justiça e vingança. Outros personagens também caíram nas graças do público, como o mocinho Weslei, e outros provocaram ódio no público, como Marina, Irina e Mateus. A novela segue em 2019, prometendo grandes emoções, reviravoltas e mortes. Poucas semanas depois, estreou a minha novela, Dias Melhores, abordando o plágio e o universo da escrita, tão intrínsecos ao nosso meio. Alguns personagens se destacaram para o público, como a mocinha Isadora, a taxista da terceira idade Teca, a secretária destrambelhada Meire e a vilã Vivian. A trama já terminou e sua reta final foi repleta de acontecimentos. Ela também está disponível no site para a leitura. A terceira novela a estrear no segundo semestre foi Antes que o dia amanheça, do querido João Carvalho, que trouxe às telinhas a transexualidade de uma maneira diferente. A maior surpresa da trama foi a personagem Léia, assumindo-se uma vilã das grandes e revelando ser mãe da protagonista Malu. A última novela a estrear no ano foi Roleta Russa, trama literária de Peterson Rangel, abordando o universo dos jogos e a vingança da jovem Marcela. A cada capítulo é uma surpresa.

Para fechar o ano da Dramaturgia, rolou a semana de Fim de Ano, com cinco especiais. Lucas Oliveira nos trouxe Íntimo Desejo, uma trama de época; Eduardo Moretti, um conto natalino emocionante; Gabriel Fonsêca, uma obra natalina comovente; e Débora Costa, a adaptação de uma novela global cheia de amor. Mas um dos grandes destaques foi o especial Sítio do Picapau Amarelo, de João Carvalho e Rennan Lopes, transportando os leitores para o universo educativo e mágico do Sítio, voltando à infância. A última produção do ano foi Os magos do deserto, de João Sane Malagutti, um conto temático relacionado aos refugiados.

E para terminar, vamos falar mais um pouco do Jornalismo, que levou ao ar só este ano mais de 140 notícias no site do Megapro. Além delas e do Hello!, outra grande destaque do setor foi a revista /Atenta, que trouxe na primeira capa Lucas Luciano, desvendando a personalidade do grande criador do Megapro, além de colunas e reportagens especiais. Na segunda edição, eu tive a honra de ser a capa, contando tudo sobre minha carreira virtual e outras curiosidades de minha trajetória. Para 2019, a revista voltará com várias novidades.

Enfim, 2018 foi um ano muito marcante para o Megapro, pois tivemos a oportunidade de mostrar a capacidade da emissora, crescendo cada vez mais e contando com uma equipe muito talentosa e dedicada, não só de diretores, mas também de autores e colaboradores. Em 2019, pretendemos melhorar ainda mais, reparando os possíveis erros, com a atualização do nosso site, investindo em muita tecnologia e interação. Ótimas festas e que venha 2019!

 
 
 

AGATHA NARVAZ: 2018, um ano de grandes acontecimentos que certamente entrarão para a história. Neste ano que chega ao fim, o Web Mundi, assim como o mundo foi marcado por grandes acontecimentos, conquistas e muita, muita novidade. Bora lembrar um pouquinho do que andou rolando na web emissora esse ano?

Logo em Janeiro, tivemos a estreia de Rivais. Novela de Sara Daiane, que cumpriu muito bem a missão de abrir o ano para as novelas inéditas no blog.

Ainda em Janeiro, tivemos as reprises de: Uma estrela caiu do céu, Em nome do amor, e Águas de março. Web novelas de grande sucesso no ano anterior, e que voltaram para a alegria do público.

O blog também contou com um especial que reuniu os seus melhores autores, o especial Mulher de Verdade. Aos autores foi dada a missão de elaborarem, cada um, o seu episódio, e que ele retratasse a força da mulher na nossa sociedade. Resultado, foi um sucesso de crítica e de audiência.

As novelas, Surreal, Histeria e Bonequinha de Luxo bombaram em repercussão no Twitter. Todas elas escritas por Brian, um dos autores que mais escreveu para o blog este ano.

Também tivemos a volta de Ágatha as novelas contemporâneas, com Castelo de Areia, outro grande sucesso do blog.

De William, tivemos a web mais divulgada nos últimos anos, Linha da Vida. A intensa divulgação valeu a pena, fomos recompensados com uma trama envolvente e bem densa. No fim do ano William também nos presenteou com seu primeiro web filme: A Hora da Estrela. Inspirado na obra de Clarice Lispector e feito especialmente para comemorar o aniversário do blog.

Luciane Leitão fez sua estreia na emissora com Destino. A novata chegou chegando, e nos trouxe uma das histórias mais apaixonantes e densa da história da Web Mundi. 

Corações Partidos, de Eduardo Moretti, acabou de terminar. A trama apaixonante caiu no gosto popular, e vale a pena dar aquela conferida.

Tivemos também este ano as novelas: Como Curar Seu Coração, de Rick. Anjo Bom, do badalado autor do Mundo Virtual Everton Brito. Pura Emoção, de Anthonny. Apaixonado Coração, de Sara Daiane. Doce Veneno, de Ivette. E Falso Reflexo de Ryan Cezare.

As Webséries também tiveram seu espaço no Web Mundi. Sabrina, de Failon Teixeira consagrou o autor na escrita de seriado. Gente Perigosa, de Sara Daiane, não ficou pra trás. 

Agora, o que foi um diferencial desse ano em relação ao anterior foi o grande número de Web Programas. Tivemos o Mundo Web, de Failon Teixeira, que sempre nos atualizava de tudo. O Mundi Authors, de Juan, que trazia entrevistas com os autores da casa. Além do Analisando a Concorrência, de Lucas, que trazia uma análise divertida e irreverente da concorrência. 

Lucas também nos contou um pouco das curiosidades e até mesmo "maluquices" da emissora com o Web Curioso Mundi. E encarnou o personagem Pai Sagrado, na nossa sátira do Show da Fé. Zilda fez a holística com seu Astrolozilda. A danada ajudou o blog todo a entender os mistérios dos signos e a entender porque nossas vidas não querem deslanchar (Isso é no meu caso, risos).

No mês de Novembro, o blog completou 3 anos. Então tivemos nossas comemorações, como a criação da Muriel, nossa secretária eletrônica, que teve seu nome escolhido por votação. 

O reforço da plataforma Web Mundi GO, que ganhou novas histórias e também a opção de ouvir as mesmas. 

Enfim, esse ano foi muito produtivo para nós. Agradecemos a todos que nos visitam diariamente e prometemos que ano que vem será ainda melhor!

 
 
 

JAIME LUCAS: Estreamos o ano com o piloto do podcast insONia, no dia 12/01, apresentado por João Paulo Ritter e convidados, que se mostrou um grande sucesso.

Em 15/01 voltou a ser publicada X-23, do João Paulo Ritter.

Em 17/01 voltou a ser publicada a segunda temporada de Caminho Único, o maior êxito da OnTV.

Shades of Heaven voltou a ser publicada em 19/01, mantendo o êxito da primeira parte da série.

Em 20/01 voltou a nossa parceria com Deborah Zaniolli, com a publicação de seus contos.

FEVEREIRO

No dia 05/02 encerrou a série X-23, com alta média de audiência.

Nos dias 12 e 14/02 estrearam, respectivamente, The Heirs e Bingley’s, a partir de um projeto da OnTV que visava reprisar séries antigas, para atingir novos públicos.

MARÇO

No dia 06/03 foram lançados mais três episódios da série Vindicta. O primeiro episódio havia sido publicado em novembro de 2017, rapidamente se tornando a maior estreia da OnTV.

Em 08/03, especialmente no Dia Internacional da Mulher, foi publicado o último episódio de Vindicta.

Estreou, em 14/03, o episódio-piloto do spin-off de Caminho Único, Gerações, ambientado nos anos 60.

Terminou, em 30/03, a série Shades of Heaven, afirmando seu grande sucesso.

ABRIL

No dia 04/04 estreou a reprise de Alto Agito, série de Everton Brito. 

MAIO

Foi divulgada, em 06/05, a lista de vencedores da Infinity Awards, primeira edição da premiação da OnTV, que tinha como indicados vários autores, apresentadores e obras dos sites participantes, que foram, além da própria OnTV, a WebTV, a Cyber e a Web Mundi.

Em 18/05 se encerrou a primeira temporada de Alto Agito

JUNHO

Com o sucesso da primeira, a segunda temporada de Alto Agito estreou na OnTV em 12/06 

JULHO

Finaliza, em 11/07, a segunda temporada de Caminho Único. Neste mesmo dia, a OnTV entra em recesso. 

SETEMBRO

Depois de dois meses, a OnTV volta com a estreia de Minha Terra, Minha Herança, série do estreante Ramon Silva, em 24/09.

Em 28/09 estreou Party Dress!, de Amélia Bennett. 

NOVEMBRO

Em 09/11 terminou a primeira temporada de Party Dress!.

Estreou, em 21/11, a terceira temporada do grande êxito Caminho Único, de João Paulo Ritter.

Esses foram o destaque da OnTV em 2018.

 
     
 
 

HUGO MARTINS: Esse foi um ano memorável para a WebTV. Através de suas atrações, seus colaboradores e de uma administração consistente, a emissora de Gabo Olsen mostrou mais uma vez por que é uma das mais respeitadas no Mundo Virtual, e termina o ano com um saldo mais que positivo.

O ano letivo da WebTV começou no dia 12 de janeiro com a exibição de novos capítulos da minissérie Garotas do Rio de Wesley Alcântara.

No mesmo período a série Anti-Herói (1ª Temporada) de Cristina Ravela –  dividiu opiniões e estremeceu a crítica. Cristina Ravela mais uma vez causava com sua história.

Da mesma forma New Stages (Última Temporada) de André Esteves; também veio à roda mostrando as intrigantes histórias, as novelas Escolhas da Vida de Édy Dutra e colaboração de Diogo de Castro e Estações da Vida de Gabo Olsen e Diogo de Castro.

No primeiro trimestre o Misturama foi apresentado por Ritinha, Diogo de Castro, Wesley Alcântara e Débora Costa. O Gabo estava se dedicando a novela Estações da Vida. No Boletim Virtual, Édy Dutra e Wesley Acantâra apresentaram o Diário do Autor. O retorno de Gabo aconteceu em abril na estreia da nova temporada do Misturama e Boletim Virtual.

O Feriadão WebTV relembrou momentos do polêmico Gossip Boy, colunista crítico do Boletim Virtual. A Balada Virtual mostrou os bastidores da festa do Troféu Imprensa Blog da Zih. O Casos de Família, apresentado pela Raquel da novela A Impostora trouxe no palco do programa a Raíza, da série escrita por Cristina Ravela. Foi hilário. O programa ainda contou com o quadro Gabo visita e os alvos foram Cristina Ravela e Édy Dutra. Teve até homenagem.

Em março, a WebTV relançou o 3º horário de novelas com a volta da primeira novela exibida na emissora: Sedutora Melodia, de Fran Vicentini.

A novela Escolhas da Vida chegou ao fim em abril. A trama havia estreado em novembro de 2016. O início de 2017 culminou no hiatus da WebTV até meados de abril, devido a implantação do novo site da emissora, quando a trama retornou com a atualização. A substituta foi Talismã de Édy Dutra.

L.F D'Oliveira
retornou ao MV com o lançamento da série The Devil's Band em maio. Na ocasião foi apresentado o preview.

O Troféu Mundo Virtual foi apresentado entre os dias 30 de junho e 1 de julho. As categorias dramaturgia, entretenimento, revelação e jornalismo agitaram o evento.

Everton Brito estreou na dramaturgia no dia 13 de julho com a estreia da minissérie As Mulheres da Minha Vida. A série Seas de Rafael Oliveira apresentou a 1ª Temporada.

Em agosto, a WebTV voltou com o Avant Premiere, que foi apresentado pela 1ª vez em 2007 sob o comando de Ramon Fernandes. Na ocasião foram apresentadas as novas atrações da programação da emissora na época. Na volta do programa, um novo formato foi apresentado e o Gabo transferiu o quadro de visita na cidade cenográfica do Misturama para o programa. Hugo Martins e Melqui Rodrigues se revezavam na apresentação. Com entrevistas e visitas o programa teve uma grande repercussão.

O Papo com o Autor lançou a 2ª temporada do programa apresentado por Carlos Lira.

A fall season foi em setembro com o lançamento da 1ª temporada de Urban Legend de Jota Pê. A Comic Con Virtual foi um sucesso. Durante 4 noites música, dramaturgia, entretenimento e jornalismo agitaram o evento. No último dia de evento a WebTV anuncia o investimento em tramas literárias e lança Perfume - A Tristeza de Verão substituindo a reapresentação de Sedutora Melodia.

Em outubro estreou a 2ª temporada do Web Show, agora com novo apresentador, Kax Silva.

O Game Show, quadro de sucesso do Misturama virou programa solo e garantiu muita diversão entre a galera do MV.

A série Vale Dicere que foi exibida internacionalmente no Portal Glook marcou a estreia de Melqui Rodrigues na dramaturgia do MV. A série tem conquistado o público brasileiro.

Um novo investimento no jornalismo da emissora foi marcado com o lançamento do Jornal Online com apresentação de Gabo e Kax Silva no dia do aniversário da WebTV. O diferencial do jornal é a aproximação do jornalismo televisivo algo inovador no ramo das emissoras virtuais.

No penúltimo mês do ano estreou a série The Devil's Band.

Em dezembro para fechar o ano a emissora apresenta o tradicional Retrospectiva Mundo Virtual e Show da Virada, encerrando o ano letivo.


Ufa! Muitas idas e vindas e estamos nós aqui, inteiros. Mais um ano incrível na WebTV e aguardamos um 2019 mais incrível ainda. Desejo a todos boas festas e renovação para o ano porvir. Fiquem na Paz!

 
     

GIRO VIRTUAL ESPECIAL: CONFIRA O QUE FOI DESTAQUE EM 2018 NO MV

     
 

GABO: 2018 teve muito movimento nas emissoras virtuais, mas ainda não acabou. O MV como sempre nos surpreende. 

KAX: Tá na hora de sabermos alguns dos outros destaques deste ano no Giro Virtual ESPECIAL! 

 
     
 

 

 

 
 

CALOUROS NO MV

No dia 6 de agosto, no ar pela Cyber TV, Henzo Viturino fez a sua estreia no MV, aos 13 anos com a novela Triângulo Amoroso. Em seguida, ele lançou a segunda novela Ser Feliz. Ele prepara novos projetos para 2019 e pretende seguir no MV. 

Estudante de teatro, cantor e com um livro publicado, Melqui Rodrigues conheceu o MV brasileiro e trouxe a sua série internacional, Vale Dicere, para o Brasil através da WebTV. Revezando com Hugo Martins apresentou o Avant Premiere. Mas se engana quem pensa que o autor permanecerá parado por muito tempo. Ele prepara produções tanto solo como coletiva para ano que vem.   

Através da publicação do piloto da novela Estações da Vida no Recanto das Letras trouxe Hugo Martins ao MV. Ele ficou encantado com o que viu e logo foi contratado pela WebTV e Cyber TV. Apresentou o Reportagem da Semana no Boletim Virtual e o Avant Premiere revezando na apresentação com Melqui Rodrigues. Publicou a 1ª temporada da série literária Incognoscível e impressionou o público com a qualidade da trama. 

Marcelo Delpkin entrou em nosso mundo no dia 30 de abril (conforme informou o autor). Na mesma época ele começou a publicar na Cyber TV a sua novela O Leão. Empolgado com a descobertas das emissoras virtuais, ele logo estreou novo projetos de web programas na mesa casa, como: Observatório da Escrita, Cyber Show e Cyber Backstage.  


QUEM DEIXOU O MV EM 2018?

Em outubro, Diogo de Castro, que participa do MV desde 2007 anunciou o afastamento. Diogo escreveu as novelas Por Você, Laços de Amizade, foi colaborador na novela Escolhas da Vida e escreveu em parceria com Gabo Olsen a 1ª temporada de Estações da Vida até o capítulo 15. O autor precisou sair do MV para se dedicar a família. Atualmente ele é pai da Melissa e do Théo. 

Ele já participou de polêmicas e é conhecido por escrever uma trama atrás da outra. Em 2018 Everton Brito trabalhou na Web Mundi, WebTV e quase pegou carona na prematura Web Produtora, projeto que não vingou. Escreveu novelas e minisséries como Anjo Bom, As Mulheres da Minha Vida e a mais recente, e cancelada, Dom de Amar. A alegação do autor foi a exaustão, já que tinha emendado alguns trabalhos seguidos. 


INFINITY AWARDS

O Infinity Awards, organizado pela OnTV teve o apoio da Cyber Séries (atual Cyber TV), Web Mundi e WebTV. Foram 30 inscritos e mais de 180 votos. Foram duas vertentes de votos: uma pública e outra pelo júri interno. No júri interno teve a participação de Cristina Ravela, Débora Costa, Eduardo Moretti, Lukaz e Lyvia Peroba. O evento premiou a dramaturgia, entretenimento e site de emissora virtual. A série Anti-Herói, a Cyber Séries, a novela Garota de Ipanema, Hierarquia, a minissérie Garotas do Rio foram algumas das vencedoras.

 

TROFÉU MUNDO VIRTUAL CONSAGRA AUTORES LITERÁRIOS

A mais tradicional premiação do MV se reinventou e passou a premiar também autores do segmento literário. Essa tática foi necessária visto a demanda de histórias não roteirizadas que cresce a cada dia no MV. Autores como Andréa Bertoldo, Isa Miranda e Francisco Siqueira foram alguns que levaram a estatueta.  


COMIC CON VIRTUAL

A UP cedeu os direitos de exibição da Comic Con Virtual para a WebTV e a emissora levou ao ar o evento com 4 noites de festas. Com apresentação de Cristina Ravela, Gabo, Andréa Bertoldo, Failon Teixeira e Henzo Viturino foram apresentados as novidades para o segundo semestre do ano englobando dramaturgia, entretenimento e jornalismo. A convenção contou com a presença estrelar de Madonna na abertura e na sequência teve Ariana Grande, Pitty, Projota, Jota Quest, Harry Styles, Skillet e o encerramento foi com a cantora Iza. Durante a exibição foram apresentadas entrevistas com os responsáveis pelos projetos e Débora Costa, Cristina, Gabo e Failon foram os intermediadores. Na dramaturgia foram apresentados as séries The Devil’s Band, a terceira temporada de Caminho Único, a série literária Vale Dicere e a série Antológica 00h00. As novelas foram Sangue & Esplendor e Perfume - A Tristeza de Verão. O entretenimento destacou os programas Cyber Show, Web Show, Game Show (todos foram um show kkkkkkk) e a segunda temporada do Papo com o Autor. No jornalismo o público conheceu o Jornal Online.

 

INTERNACIONAL

Vale Dicere fez grande sucesso no fórum latino “Portal Glook”. Com mais de 300 usuários cadastrados, o fórum apresenta web novelas e séries em espanhol. Vendo uma publicação sobre a WebTV, Melqui Rodrigues conheceu a emissora e trouxe Vale Dicere para o público brasileiro. Os autores do MV curtiram a proposta do fórum e alguns títulos como “O Leão” e “Um Homem Singular”, tramas exibidas na Cyber TV vão ganhar exibição a partir de janeiro no fórum Portal Glook. 



LITERÁRIO NO MV 

Como já dito aqui antes, o aumento da demanda por textos literários fez que com que duas grandes emissoras, a WebTV e Megapro, investissem no segmento. A primeira veio com Vale Dicere e Perfume - A Tristeza do Verão,  a segunda apostou em Roleta Russa, mesmo já tendo exibido Meias Verdades no ano passado. A OnTV e Cyber TV seguem exibindo no catálogo tramas literárias. 




 

VÉU FOI CANCELADA POR AUTOR FAKE

Uma das promessas da Web Mundi para o segundo semestre foi Véu de Noiva. Se tratava de um remake da novela original de Janete Clair e teve todo o visual gráfico desenvolvido, o primeiro capítulo estava pronto e as chamadas já tinham ido ao ar. Porém, devido o sumiço repentino do autor denominado Diego Mendes, a novela foi cancelada pela emissora.
 

NOVA REVISTA É LANÇADA 

As revistas no MV já fizeram grande sucesso. Em 2010 foram lançadas a CTV e Beta Séries Virtuais. Neste ano, o Megapro criou a /Atenta, e publicou duas edições abordando  assuntos ligados ao MV com entrevistas e diversas colunas. A capa da 1ª edição foi Lucas Luciano e da 2ª o veterano Vitor Abou. 


MINISSÉRIE É ACUSADA DE PLÁGIO

Exibida entre 2016 e 2017 pela Unbroken Productions (UP), a minissérie Gato Preto voltou ao ar em agosto pela Cyber TV. Reza a lenda que a minissérie, além de possuir o gato preto, tem o número 13 na quantidade de capítulos. Logo após a exibição na UP, um tempo depois a emissora anunciou o fim das atividades. O mistério voltou logo após a conclusão na Cyber TV. A fan page do ator Lucci Ferreira, através da administradora da página, divulgou uma nota falando sobre um suposto plágio da novela das nove. Cristina Ravela, autora da obra, entrou em contato com a fan page e explicou que a minissérie não tem relação com a novela “O Sétimo Guardião” da Rede Globo. A coincidência se deve ao fato do uso da imagem do animal “gato preto”. É sempre bom destacar que a minissérie, bem como todas as obras do MV não têm fins lucrativos. A administradora da fan page entendeu o fato e o caso foi encerrado.
 

 

SEM ARTISTAS

A polêmica de Gato Preto deu o que falar nos bastidores da Cyber TV e o presidente, Well Viana, decidiu cancelar o uso de imagem de artistas nas produções evitando novos episódios como foi o da minissérie Gato Preto. Outro ponto que pesou na decisão foi o receio de algum artista processar o site por uso de imagem dos atores. Colocando todas as hipóteses na mesa o uso de imagem de artistas é assunto proibido na Cyber TV.


WEB MUNDI GO É RELANÇADA

De olho nas novas tendências que surgem com o passar do tempo, a Web Mundi decidiu lançar em 12 de abril de 2016 a sua plataforma de streaming: o Web Mundo GO!. Porém foi neste ano que houve seu relançamento com novo pacote gráfico, modernização e atualização do site, lançamento de novos conteúdos e ferramentas como o Ouça, o Dicionário, um temporizador para saber o tempo aproximado de leitura e uma serviço de notificações por navegador de computador e celular. Sem dúvidas uma das maiores apostas da história da Web Mundi. 


DNA ANUNCIA CANCELAMENTO, MAS DIRETOR VOLTA ATRÁS E RETORNA COM O SITE

O DNA foi e voltou neste ano. Iniciou o ano parada, anunciou retorno para agosto, depois saiu do ar por falta de administração, logo arrumaram um diretor para gerir o canal, o mesmo pediu pra sair e por fim voltou de novo. Autores foram escalados, pessoas estão sendo sondadas e obras sendo feitas para o prometido retorno em janeiro. Será que agora vai? 

 

FORA DO AR

Cyber TV esteve fora do ar algumas vezes em 2018 e as suspeitas é de que hackers invadiram o sistema, que atrapalhou no andamento das obras e culminou até no adiamento da grande série antológica 00:00. Outra que quase sofreu com o ataque de forças da deep web foi o Megapro. Porém Lucas Luciano foi rápido e detectou as ameaças a tempo evitando que o pior acontecesse. 
 


9 ANOS

O blog mais antigo do MV completou 9 anos. Criado em fevereiro de 2009, o Blog da Zih já conquistou diversos prêmios e a forma irreverente como as notícias são abordadas conquistaram a galera. As análises sobre as atrações fazem grande sucesso. A tradição do blog o tornou como referência quando o assunto é informação. 


TROCA TROCA DE EMISSORAS

Os bastidores das emissoras foram movimentados. A troca das cadeiras deram o que falar.

Kax Silva: Além de trabalhar em vários setores na Web Mundi, ele foi visto na WebTV apresentando os quadros Giro Virtual e Visão Crítica no Boletim Virtual. Assumiu a segunda temporada do programa Web Show, apresenta junto com Gabo o Jornal Online e depois da saída de Diogo de Castro da novela Estações da Vida passou a escrever a trama em parceria com Gabo.

Débora Costa: Houve troca troca também após a polêmica envolvendo o uso de direitos de imagens dos atores reais. Não satisfeita com a nova política interna da Cyber TV em não usar fotos de personalidades famosas, ela optou em deixar a emissora e ingressou no Megapro. Mas faz questão de deixar claro seu bom relacionamento com a antiga casa e seus autores.

Eduardo Moretti: Insatisfeito com a Cyber TV, ele migrou para o Web Mundi. Lá postou Corações Partidos e Terror Story, esta última cancelada. Não contente, ele assinou contrato com a Megapro para exibir sua novela em produção A Outra Metade e para dar continuidade a sua série Terror Story.

Jota Pê: Autor da série Maniac, decidiu sair do Megapro após uma divergência interna no grupo. Depois do rompimento de contrato ele voltou a WebTV.

Henzo Viturino: O novato da Cyber deixa a emissora depois de duas novelas publicadas como Triângulo Amoroso e Ser Feliz. Ele foi chamado pra ser Diretor Geral do DNA e pretende publicar Quem Vem de Longe no Megapro após a saída da emissora de Well Viana.

Andréa Bertoldo: A nossa autora revelação de 2017, famosa por suas fanfics, agora está de casa nova. Mais de 1 ano da CyberTV, ela saiu da emissora pra firmar um contrato com a Web Mundi e posteriormente com o Megapro, para ser responsável pelo setor de fanfics.


 
 
     
 

GABO: 2018 proporcionou diversas emoções na galera. Foi um ano de bastante trabalho no MV. 

KAX: Põe trabalho nisso! Muita gente trabalhou à beça para manter o MV do jeito que o povo gosta, com muitas histórias pra gente apreciar. A produção da WebTV foi às ruas perguntar o que este ano representou na vida de cada um. Confira agora a resposta que nos deram.

 
     
 

RETRÔ: O QUE 2018 REPRESENTOU?

 

 
 

ZIH:  2018 foi um ano de mudanças significativas, tanto no pessoal quanto no profissional (by Faustão). Depois de Anti-Herói eu não queria escrever mais nada. Pensei comigo: vou reprisar Gato Preto, mas essa tá pronta, não vai me dar dor de cabeça. Pra quê? Tumultuou mais do que devia. Prometo engavetá-la. Se alguém tentar reprisar, fujam kkkkkkkkkkk. Bem, depois veio o convite para a antologia Zero Hora, da Cyber TV. Fiquei afastada do Blog da Zih por motivos de estresse mental, ainda mais depois da Comic. E foi ótimo, porque este ano também me ajudou a refletir sobre o porquê d’eu ainda estar aqui. Acho que é por que tem sempre um escolhendo o meu nome como pauta do dia em algum grupo oculto do WhatsApp. Sinal de que to fazendo o certo. Ano que vem, espero que me deem motivo para eu voltar a ser assunto  kkkkkkkkkkk. 

KAX SILVA: 2018 foi um dos melhores anos da minha vida. Consegui realizar muito dos meus projetos, escrevi, dirigi, produzi. Sem dúvidas foi a minha melhor época dentro do mundo virtual desde quando eu entrei aqui em 2016. Este ano me marcou porque foi a primeira vez na história que eu "saí" da Web Mundi para trabalhar também em outra emissora que foi a WebTV conduzindo projetos como Web Show, Jornal Online e a co-autoria de Estações da Vida. Foquei também na reestruturação do Web Mundi GO! que estava decaído e ajudei a reerguer a DNA. Pra ano que vem não sei o que me espera, mas só Deus sabe kkk

FAILON TEIXEIRA: O MV, em 2018, foi um ano de muitas conquistas e realizações. Eu obtive várias realizações como minha série Sabrina, apresentei a Comic Con Virtual, me tornei apresentador do Replay, quadro do Boletim Virtual, WebTV. Integrei o jornalismo no Megapro e apresentei o programa conta + na Cyber TV. Entre algumas participações em debates, entrevistas e depoimentos. Um marco na minha carreira certamente. Quero saudar todas as emissoras virtuais, que desempenham um papel fundamental para o nosso mundo virtual.  Que 2019 venham com muitas conquistas para todos. Um feliz ano novo e um forte abraço!!! Amo vocês!!!

MELQUI RODRIGUES: Cheguei no MV brasileiro neste ano de 2018 depois de ficar muitos anos no MV latino e foi uma experiência maravilhosa! Conheci muitas pessoas legais, e tá sendo uma honra fazer parte dessa família.

HUGO MARTINS: Entrei no MV em maio e sei que vou passar um bom tempo por aqui. Gosto das pessoas, o clima das emissoras, as obras, os autores, a animosidade e toda essa comunidade formada. O Mundo Virtual é lugar de compartilhar, e muitas vezes desabafamos. Nosso textos também são assim, neles compartilhamos aventuras, frustrações e medos. Mas, isso é bom. Saímos da bolha do escritor solitário e vivemos em grupo. É disso que gosto no MV é isso que eu pretendo preservar. Feliz 2019!

JOTA PÊ: Eu não estive tão ativo no mundo virtual em 2018 quanto gostaria. Lancei apenas a série "Maniac" bem no início do ano, além da reprise de "Urban Legend", mas não fiquei tão presente nos posts e tal... Então meu saldo foi médio. Para 2019 temos uma mudança de emissora e novos projetos vindo, vou tentar estar mais presente.

CARLOS LIRA: Esse foi um ano bastante conturbado virtualmente. Como estava em final de curso, precisei me afastar completamente do MV. Fiquei uma temporada distante de tudo, até que resolvi aparecer e dar uma olhadinha como andava por aqui. Todos os elogios e prêmios recebidos pela 1ª temporada do Papo com o Autor funcionou como um combustível pra que decidisse por uma segunda temporada. Foi difícil, mas funcionou. Foram 5 programas com ótimos entrevistados, apesar das dificuldades e das incertezas se daria pra continuar com a temporada que já estava no ar, acabou que tudo foi superado e conseguimos fechar uma temporada tão brilhantemente. E tudo isso graças ao conjunto: apresentador, entrevistados, equipe, emissora e vocês leitores. No mais, obrigado e forte abraço!

MARCELO DELPKIN: 2018 representou minha chegada ao Mundo Virtual como escritor, após anos somente como leitor. O Leão foi um marco na minha história. E que venham outros muitos anos de histórias no Mundo Virtual. Aqui pude e posso compartilhar histórias e experiências com quem tem os mesmos objetivos de se expressar através das palavras.

JAIME LUCAS: O MV para mim esse ano representou muita paz. Acho que as "guerras" que haviam antes se acabaram, e criamos um clima de paz. Também pude ver algumas parcerias muito legais, que mostram que a união é um ótimo passo a seguir para o futuro do MV.

DÉBORA COSTA: Aqui no MV 2018 foi bem agitado pra mim! Estava na Cyber TV com Insensatez que graças a Deus foi um sucesso, o que me surpreendeu muito, eu achava que as pessoas não iriam curtir como curtiram Hierarquia, Insensatez superou Hierarquia. Teve o Cyber Show, o Well abraçou essa ideia e foram edições de sucesso, pude entrevistar Dedé Santana! Foi incrível e emocionante! E também a cover Oficial da Sandy que é a Natiare Azevedo um amor de pessoa, e o Cosplayer mexicano do Tony Stark, Bráulio Ledezma. Apresentei o Nostalgia a minha maneira, tudo o que teve são coisas que eu gosto. E teve a saída da Cyber TV devido a nova regra de não poder usar imagens de atores, o que sinceramente acho uma grande bobagem, sou grata ao Cyber por tudo, eu realmente amava estar ali. Agora estou no Megapro, estou gostando, que venha 2019! Desejo a todos um ótimo e abençoado 2019, fiquem com Deus, beijinhos.

JOÃO CARVALHO: 2018 no MV foi um ano de muitos problemas, lutas e reconciliações. Mas sobrevivemos como em todos os anos. É sempre assim. Eu agradeço a Deus por esse ano e espero que 2019 seja ainda mais produtivo pra nosso Mundo Virtual, ao qual amamos, senão não estaríamos aqui.

VITOR ABOU: 2018 foi um ano muito especial para mim no MV. Completei 6 anos aqui e tive a oportunidade de ser diretor de Entretenimento e Jornalismo do Megapro e agora Diretor Geral. Foi um ano de trabalho muito pesado, tentando corrigir o que não estava legal. Foi um ano de novela, pois lancei, na pressa, devido a um cancelamento, a trama Dias Melhores, que me marcou demais, já que foi um sucesso e pude passar uma mensagem boa, com leveza. 2018 no MV foi de superação, a superação do Megapro e a minha superação enquanto novelista.

ANDRÉA BERTOLDO: O que o MV representou em 2018 pra mim: Desafios, como a série Zero Hora, alegrias, como os prêmios do The Golden Awards, concurso do Wattpad (segundo lugar na categoria Fanfiction com Gêmeos - A Face Oculta e terceiro lugar na categoria Contos com Felicity (ambos serão exibidos em breve na Web Mundi GO) e também grandes decepções, mas estas eu prefiro deixar pra lá e superar assim como os desafios.

FRANCISCO SIQUEIRA: O MV em 2018, para mim, representou, ou me ofereceu, uma baita surpresa graças a aceitação da série “Eu, Kadu”. Em julho de 2017 e janeiro de 2018, escrevi duas outras séries, postadas na Cyber TV, respectivamente “Inimigos” (vencedora do TMV 2018 na categoria Melhor Antagonista Masculino) e “Um Homem Singular”, esta última chegou a chamar um pouco de atenção, porém nenhuma das duas alçou o patamar das narrativas do “menino que conquistou o MV”, palavras do nosso amigo Kax ❤❤. 

Fiquei e permaneço muito feliz com o resultado deste trabalho onde busquei ser o quão cauteloso poderia, temendo parecer superficial ao dar voz a um adolescente de 17 anos, com os dramas que essa fase da vida sempre traz, além de suas próprias batalhas pessoais. Enfim, só posso agradecer muito por esta recepção e retorno, onde também tive a oportunidade de interagir com demais colegas desse nosso Mundo Virtual, aliás uma das melhores partes no tabuleiro do “jogo” da vida. 

E que venha 2019. 🥂

HENZO VITURINO: 2018 foi um ano de muitas realizações para mim. Eu fiquei muito feliz com o êxito das minhas duas primeiras novelas e dos projetos nos quais participe. Esse ano foi mágico, embora tenha enfrentado algumas dificuldades, a maiorias foram alegrias.

GABO: 2018 foi desafiador. No trabalho interno foram grandes conquistas e aprendizados. No externo eu tive uma nova experiência ao encarar o Jornal Online. No entretenimento além do Misturama eu ganhei um novo programa, o Game Show que é um projeto que eu me divirto durante a apresentação. O programa proporciona aos convidados um momento de distração e interação entre os convidados. O Boletim Virtual trouxe mais uma temporada instigante e tenho aproveitado cada momento na escrita da novela Estações da Vida. Em 2019 vem novos desafios e conquistas. 

 
     

FELIZ 2019, MUNDO VIRTUAL

     
 

KAX: Mas já acabou produção? Estava tão bom a retrô. Foram tantas coisas boas este ano, espero que tenhamos falado de tudo. Uma boa noite pra você, mas ainda a WebTV ainda não vai entrar de férias não. Pra fechar com estilo tem o Show da Virada, né Gabo?

GABO:
Isso mesmo, Kax. Neste domingo os artistas do Mundo Virtual vão mostrar ao público a trilha sonora de suas trajetórias durante o ano de 2018. Eu quero agradecer a participação das emissoras que enviaram seus representantes e ao público que participou dos depoimentos que acabamos de acompanhar.

KAX: Boa noite e feliz ano novo, galera!

GABO: O Retrospectiva Mundo Virtual fica por aqui. Feliz Ano Novo e que em 2019 possamos compartilhar novas aventuras, afinal, o MV é um ótimo lugar para contar histórias. Boa noite.


 
     

Apresentação:
Gabo Olsen
Kax Silva

Revisão:
Cristina Ravela

Agradecimentos:
Agatha Narvaz
Andréa Bertoldo
Carlos Lira
Cristina Ravela
Débora Costa
Failon Teixeira
Francisco Siqueira
Hugo Martins
Isa Miranda
Jaime Lucas
João Carvalho
Jota Pê
Marcelo Delpkin
Melqui Rodrigues
Henzo Viturino
Vitor Abou

Emissoras:
Cyber TV (Isa Miranda - representante)
Megapro (Vitor Abou
- representante)
OnTV (Jaime Lucas
- representante)
Web Mundi (Agatha Narvaz - representante)
WebTV (Hugo Martins - representante)


Todo material divulgado no programa pertence às emissoras virtuais e aos seus idealizadores.


Esta é uma produção de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. 


Contato:
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2018 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução
.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Comentários:

0 comentários: