Estações da Vida - Capítulo 1x34 (Season Finale) - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Estações da Vida - Capítulo 1x34 (Season Finale)

Novela de Gabo Olsen e Diogo de Castro
Compartilhe:




NO CAPÍTULO ANTERIOR DE "ESTAÇÕES DA VIDA":

PATO: Vamos Nanda, atende.

Amanda entra no carro. Pato cancela a ligação e guarda o celular no bolso.

AMANDA: Estava ligando pra quem, meu amor?

PATO: Pro Diego.

AMANDA: E cancelou a ligação só porque eu cheguei?

PATO: É um lance nosso.

AMANDA: Não temos segredo. O que tá rolando?

PATO: Não é nada, Amanda.

...

PAULINHA: Amiga, eu to passada. Não acredito que rolou entre você e o Ismael.

NANDA: Fala baixo, menina.

PAULINHA: E eu pensava que sua primeira vez seria com o Patinho.

NANDA: Eu também, mas quer saber? Acho que eu e Pato já era. Aliás, nunca foi né, miga. Agora então que aquela nojenta tá grávida, acabou.

...

GREGO (mensagem): O que tá fazendo?

CAIO (digitando): Deitado.

GREGO (mensagem): Meus pais foram pro sitio. To sozinho. Cola aqui 🙈🙈

CAIO (digitando): Huuum 🤭🤭

GREGO (mensagem): poderíamos terminar oq começamos no colégio 🙃

CAIO (digitando): Demorou 😊

GREGO (mensagem): Vou ficar te esperando 😘

Caio levanta da cama, pega uma toalha e vai para o banho.

...

LULU: Amiga, não mente pra mim. Isso aí é marca de agressão.

MIRTES: Podemos conversar sobre isso em outro momento. Você tem que voltar ao trabalho e eu também.

LULU: Eu sei que isso é um assunto muito pessoal, mas não posso ver as coisas acontecendo e ficar calada. Mirtes, se você não tomar uma atitude, eu vou ter que fazer isso. Pro seu próprio bem.

Lulu se retira da sala. Mirtes fica preocupada.

...

AMANDA: Eu vou te matar, seu desgraçado! Vou te matar!

RUBENS: Resiste mais, cachorra. Quanto mais você tenta fugir, mais louco de tesão eu fico.

Rubens pega uma corda que estava no chão e amarra os pés de Amanda. Ela se debate tentando se soltar. Ele arranca a roupa debaixo dela e começa a abrir a braguilha da calça.

RUBENS: Agora você vai ser minha.

...


PATO: Você usou aquelas porcarias outra vez?

DIEGO: Eu sou um merda, cara! Não consigo sair dessa sozinho, velho... (Ele começa a se agredir) eu me odeio! eu me odeio! eu me odeio!

Pato tenta contê-lo na crise.

PATO: Fica calma, Diego! Fica calmo! Eu vou te ajudar.

Diego se afasta.

DIEGO: Eu não mereço tua ajuda, Pato. Eu não mereço a ajuda de ninguém. Só ‘fodi’ com a vida de todo mundo… Eu fui um merda com você, cara.

PATO: Do que tá falando, Diego?

DIEGO: Eu transei com a Amanda, Pato. EU TRANSEI COM A AMANDA!

Em Pato, surpreso com a revelação.




CAPÍTULO 1x34 

(SEASON FINALE)


   

CENA 01. BECO ABANDONADO. EXT. NOITE.

Continuação imediata do capítulo anterior. Pato encara Diego.

PATO (rindo): Como é que é? (T) Tu só pode tá delirando. Bora? Tu dorme lá em casa, como nos velhos tempos.

DIEGO (grita): PATO, DÁ PRA ME OUVIR? EU NÃO TÔ BRINCANDO, ME ESCUTA. EU TRANSEI COM A AMANDA E NÃO FOI SÓ UMA VEZ.

Pato puxa Diego pela camisa.

PATO: Tu tá falando sério?

DIEGO: Tô cara, foi um vacilo. Estávamos chapados, foi um lance de momento. Agora que ela falou que tá grávida, eu precisava te contar. (encara Pato) Esse filho pode ser meu.

Enfurecido Pato empurra Diego e dá um soco nele. Diego se desequilibra e cai.

PATO: Cara, eu não posso acreditar! É por isso que todo mundo se afasta, é por isso que sua mãe sumiu. Você vai acabar ficando sozinho, porque você só PENSA EM VOCÊ. Eu sempre te considerei como um irmão, sempre fui o único que tava do teu lado quando todo mundo te dava as costas e pra que? Pra tu me trair dessa forma.

DIEGO (se levanta): Não fala isso, Pato. Me desculpa, cara. Eu faço qualquer coisa.

PATO: Não vai rolar Diego. Dessa vez, não. Você tá morto pra mim.

Diego o segura.

DIEGO: Por favor, me perdoa.

PATO (grita e empurra Diego): Se afasta de mim, seu merda! Espero que esse vício maldito acabe de uma vez por todas contigo.

Pato chuta Diego, que geme de dor. Pato sai, enfurecido. Diego chora desconsolado.

CENA 02. APARTAMENTO AMANDA. INT. NOITE.

Amanda está deitada no sofá, ainda amarrada. Rubens termina de vestir as calças. Ele pega a carteira e joga notas de cem em cima dela. Amanda ri.

RUBENS: Tá rindo do que, vadia?

AMANDA: Você é patético, sabia?

Rubens se aproxima com raiva. Puxa o cabelo dela.

RUBENS: Não me provoca, garota. Você não sabe do que sou capaz.

AMANDA: Você é o tipo de homem que só consegue as coisas na força bruta, né? Incapaz de convencer alguém a fazer o que quer pelos argumentos. E você pode fazer o que quiser comigo. Me pegar à força, me ofender, bater... Pra mim você nunca vai deixar de ser um zero à esquerda que deu errado na vida e não chega aos pés do Leonardo.

Ela cospe nele, mas não atinge. Rubens veste a camisa, pega o terno e se encaminha para a saída.

AMANDA: Aonde você vai? Me desamarra, porra! Não me deixa aqui seu, canalha!

RUBENS: Já tive o que queria.

AMANDA: Não me deixa aqui!

RUBENS (debocha): Boa noite.

Rubens sai. Amanda começa a se debater, com ódio.

CENA 03. CASA GREGO. SALA. INT. NOITE.

Caio sentado bebendo. Grego chega com uma tábua de frios.

GREGO: Ei, falei pra me esperar.

CAIO: Relaxa, foi o primeiro gole.

Grego coloca a tábua na mesa de centro, pega o copo e senta.

GREGO: Já escolheu algo na webtvplay?

CAIO: Sim, você já assistiu “As Aventuras de Benjamin Luanson”?

GREGO: Ainda não.

CAIO: Eu vi o trailer e curti. São três episódios e podemos maratonar.

GREGO: Demorou.

Grego aponta o copo e fazem um brinde.

CORTA PARA

Caio deitado nas pernas de Grego, enquanto ele faz um cafuné.

GREGO: Caio, tá acordado?

CAIO: Aham. Tá tão bom aqui.

GREGO: Acho que eu mereço um beijo.

CAIO (levantando): Sei onde você tá querendo chegar.

Grego ri. Caio o beija. O casal vai se deixando levar. Grego acaricia as costas de Caio e retira a camiseta dele.

CAIO: Grego?

GREGO: Oi?

CAIO: Eu tenho vergonha.

GREGO: Relaxa, leke. Curte o momento. Eu também posso tirar a minha.

Grego tirar a própria camisa. Caio observa Grego, desvia o olhar.

GREGO: Hoje no vestiário ce não parecia envergonhado.

CAIO: Ah, é que tu me deixou sem alternativa.

GREGO: Acha que estamos indo rápido demais?

CAIO: Eu nunca fiz isso antes.

GREGO: Eu também não.

Eles riem.

GREGO: Mas não deve ser muito diferente dos filmes né.

CAIO: É. Pode ser.

GREGO: Mas me fala, você tá se sentindo pressionado?

CAIO: Eu to muito a fim.

GREGO: Então?

CAIO: Tenho medo de como vai ser depois.

GREGO: Por que a gente não deixa o depois pra depois e pensa no agora? Quero muito ficar com você, Caio.

Caio sorri.

CAIO: Tem razão.

MUSIC ON: (FLASHLIGHT - JESSIE J)

Caio aproxima seu rosto do de Grego e o beija. Grego deita Caio no sofá e vai beijando o seu corpo. Caio se deixa levar pelo momento, delira de prazer. Grego desabotoa o short de Caio deixando-o apenas de cueca. Grego volta a beijá-lo e vai tirando a cueca de Caio. Eles ficam nus.

MUSIC OFF.

CENA 04. GOUMERT CARIOCA. INT. NOITE.

Juliana mexe no celular. Ela abre a blusa, ajeita o decote e aperta a opção de vídeo chamada. A ligação é atendida.

JULIANA (surpresa): Ramiro?

RAMIRO: Diretora? Você é a “Felina Sedutora”?

JULIANA (fechando o decote): Minha nossa senhora das tragédias.

Juliana desliga o celular, se levanta e vai para o banheiro.

RAMIRO: Espera, diretora.

Ramiro vai atrás, mas não a alcança.

CORTA PARA

Juliana sentada no vaso.

JULIANA (digitando): Sim, querido. Estarei te esperando às nove. Estou usando um vestido vermelho e tô curiosíssima para te conhecer. Beijão da titia.

Juliana guarda o celular na bolsa.

JULIANA: Senhor, já faz mais de 30 minutos que eu to aqui. Ainda bem que o Ramiro parou de mandar mensagem. Será que ele foi embora?

Juliana sai do box. Ao sair do banheiro é abordada por Ramiro.

RAMIRO: Está tudo bem, diretora?

JULIANA (susto): Ai Ramiro, quer me matar do coração, homem.

RAMIRO: Desculpa.

Silêncio.

RAMIRO: Será que po-po-po-demos conversar?

CORTA PARA

Juliana vira a bebida.

JULIANA: Tem certeza que não quer experimentar o drink?

RAMIRO: Melhor não. Da última vez que bebi eu paguei um mico.

JULIANA: Ok. Ramiro, espero que não fique um climão entre a gente depois do que aconteceu hoje.

RAMIRO: Tudo bem, diretora. Achei que dessa vez eu iria desencalhar, só que pelo visto eu tô enganado. É uma pena que já nos conhecemos.

JULIANA: Uma pena?

RAMIRO: Sim, com todo respeito, diretora, você está linda. Estamos acostumados com a rotina do colégio e te encontrar sem o uniforme, com esse vestido vermelho, o cabelo amarrado. Sabe, o cara que tiver um encontro contigo será muito sortudo.

JULIANA (feliz): Obrigada pelas palavras, Ramiro.

O celular de Juliana apita.

JULIANA (lendo a mensagem): Oi querida, tô chegando no Goumert.

JULIANA: Agora lascou.

RAMIRO: Falou algo diretora?

JULIANA (nervosa): Nossa, Ramiro. Já são quase 9 horas. Acho melhor irmos. Amanhã trabalhamos.

RAMIRO: Diretora, não acho uma boa você dirigir. Posso te deixar em casa, depois pego um uber.

JULIANA: Que nada, Ramiro. Estou sóbria.

RAMIRO: Fico preocupado, se você cair em uma blitz, não quero nem imaginar.

JULIANA: Ah, vira essa boca pra lá, homem.

O celular de Juliana apita.

JULIANA (lendo a mensagem): Cheguei.

Juliana olha para os lados assustada.

RAMIRO: Diretora? Procura por alguém?

JULIANA: O garçom.

Ramiro acena para o garçom que se aproxima.

RAMIRO: A conta, por favor.

JULIANA: Ah, Ramiro, não to passando bem.

Ramiro pega o cardápio e abana.

RAMIRO: Eu vou buscar uma água.

Ramiro sai. Juliana abaixa a cabeça. De longe Arnaldo vê Juliana cabisbaixa usando o vestido vermelho. Ele se aproxima, digita e vê que o celular dela apita.

ARNALDO: Boa noite.

Ao ouvir a voz, Juliana permanece cabisbaixa. O garçom chega.

GARÇOM: Senhora, a conta.

Ramiro volta com um copo.

ARNALDO: Ramiro?

RAMIRO: Oi professor, Arnaldo. Que bom encontrá-lo por aqui.

Juliana coloca a mão no rosto, se levanta e sai correndo sentido ao banheiro.

ARNALDO: Não pode ser. É a diretora.

CENA 05. MANSÃO LAMBERTINI. SALA DE ESTAR. INT. NOITE.

Pato entra e bate a porta com força. Leonardo e Kátia sentados no sofá.

KÁTIA (irônica): Nossa, mas cê tá bravo, querido?

PATO (nervoso): Não começa Kátia que eu to sem paciência.

LEONARDO: O que aconteceu Patrício?

PATO: Aconteceu que o Diego é um traidor. Aquele vacilão transou com a Amanda.

KÁTIA (se levanta): Não acredito, menino. (encara Leonardo) Como ele foi capaz?

LEONARDO (desconfiado): Quem te contou isso, Patrício?

PATO: O próprio. Mas ele teve o que merece.

LEONARDO (nervoso): Posso saber o que você fez?

PATO: Soco, chute, mas isso não foi o pior, ele disse que o filho da vadia da Amanda pode ser DELE. Aquele traste tá morto pra mim, se ele aparecer por aqui, já sabem.

Pato esmurra o sofá e sai. Kátia se aproxima de Leonardo, ajeita a gravata dele.

KÁTIA: E que comece a queda da vadia da Amanda.

LEONARDO: E se ela abrir a boca?

KÁTIA: Se ela fizer isso, quem perde é ela.

Em Leonardo. CAM busca por Lua que escuta a conversa da escada.

CENA 06. MANSÃO LAMBERTINI. QUARTO PATO. INT. NOITE.

Pato entra ainda enfurecido no quarto. Ele vai até a mesa do notebook e pega a foto com a Amanda e a rasga. Lua chega.

LUA: Pato, sem querer eu ouvi a conversa.

Lua abraça o irmão.

PATO: Minha vida é uma merda baixinha.

LUA: Não fala assim. Eu tô aqui contigo. Lembra quando você me ajudou no lance do Iago? Agora é o momento de retribuir.

PATO: Essa traição tá doendo tanto. Eu considerava aquele demente como um irmão. Poderia esperar isso de todo mundo, menos dele!

LUA: Eu sinto muito, Pato. E a Amanda, você confirmou com ela essa história?

PATO: Nem precisa, eu conheço o Diego. Ele falou a verdade. Quanto a Amanda, nem sei do que sou capaz quando encontrar aquela... (hesita)

LUA: Para de falar desse jeito, Pato. Você não é esse cara violento que demonstra pra todo mundo.

PATO: Eu sou um grande idiota, isso sim!

LUA: Você é o melhor irmão do mundo.

PATO: Você é a única pessoa que importa pra mim.

LUA: Mesmo?

PATO: É.

LUA: E a Nanda?

PATO: Meu lance com a Nanda acabou antes mesmo de começar.

LUA: Mas, Pato, agora é a sua chance de ficar com ela. Não percebe?

PATO: Não tinha pensado por esse lado.

LUA: Eu acho que vocês super combinam.

PATO: Minha cabeça tá explodindo. (T) Por hoje chega, foi demais.

Pato deita no colo de Lua que acaricia os cabelos do irmão.

CENA 07. SEVEN NIGHT. INT. NOITE.

Celo fecha o caixa. Estela por ali arrumando a gaveta.

CELO: O veia, o faturamento foi ótimo.

ESTELA (séria): Ei, do que você me chamou?

CELO: Minha veia linda.

ESTELA (repreende): Pode parar com isso, ouviu? (dá uma volta) Eu sou mais jovem que os colegas da nossa filha. Não me chame mais de veia.

Celo se aproxima. Dá um selinho.

CELO: Você fica tão linda quando fica brava.

ESTELA (dá um tapa de leve no ombro dele): Seu bobo.

O casal se beija.

Nanda, Ismael e Paulinha entram. Nanda pigarreia.

ESTELA: Minha nossa senhora. (se assusta) Filha?

CELO: Estávamos conferindo o caixa.

NANDA: Nós vimos.

Todos dão risada.

CELO: E como foi no parque?

NANDA: Foi divertido. Formamos um bom trio.

CELO: Filha, e esse rapaz, é seu novo namoradinho? Ainda não fomos oficialmente apresentados.

Nanda olha para Ismael e encara os pais.

NANDA: Aham.

CELO: Ué? Você não tá mais com o pavão?

NANDA (sem entender): Pavão?

ESTELA (rindo): Que pavão o que, Celo!

PAULINHA: Vocês tão falando do Pato?

CELO: Isso, ele mesmo.

PAULINHA: Ele já foi cancelado. É passado. Foco no presente. O Ismael é um cara legal e tenho certeza que fará a Nanda muito feliz.

ESTELA: Ai, filha, você parecia tão apaixonadinha por ele...

CELO (repreende): Estela! Isso é coisa que se diga?!

ISMAEL: Tá tudo bem.

ESTELA: Ai, gente, desculpa. Esqueci que pra essa geração tudo muda o tempo todo.

CELO: Mas ‘nera’ você que estava antenada com a galera?

ESTELA: Não começa, marido! Vamos comemorar então o novo namorico da Nanda?!

CELO: Uma rodada de sorvete por conta da casa.

NANDA: Pai?

CELO: Estamos felizes filha. Sua mãe e eu, queremos comemorar com você.

NANDA (olha para Ismael): Demorou.

CORTA PARA

Clima de confraternização. Eles brindam com o sorvete.

CENA 08. GOUMERT CARIOCA. BANHEIRO. INT. NOITE.

Juliana dentro do box abre a janela. Batidas na porta.

ARNALDO (off): Juliana, não adianta se esconder no banheiro. Estamos te esperando.

RAMIRO (off): Venha diretora já faz 40 minutos que você tá aí dentro.

JULIANA (nervosa): E agora, o que eu faço? Onde será que essa janela vai dar?

CORTA PARA

Juliana sentada na cadeira. Ramiro e Arnaldo em sua frente.

ARNALDO: E então, Juliana? Pode nos explicar o que está havendo?

JULIANA: Acredito que não preciso me explicar. Está tudo claro, não?

RAMIRO: Você marcou um encontro duplo no tinder?

ARNALDO: Sim, Ramiro, foi isso que aconteceu. Encontro duplo com horários diferentes.

RAMIRO: Gente, parece coisa de novela.

JULIANA: Acho que já deu por hoje. Vamos embora?

ARNALDO: Calma, diretora. Pra que a pressa? Você ainda não explicou pra gente.

Juliana se levanta.

JULIANA: E nem vou. Passar bem.

ARNALDO: Juliana, faz tempo que você marca encontros pelo tinder?

JULIANA: Arnaldo, menos, por favor. Me respeite. Eu nunca fiz isso. Instalei o aplicativo, estou solteira, assim como vocês. É melhor encerrarmos essa história por aqui.

Juliana retira o dinheiro da carteira e deixa na mesa. Em seguida sai.

RAMIRO: Que noite, professor.

ARNALDO: Nem me fale. E pensar que a minha “Felina Sedutora” é a diretora. Quem diria.

Em Ramiro.

CENA 09. RIO DE JANEIRO. EXT. NOITE.

MUSIC ON: (WINGS - BIRDY)

CAM mostra o trânsito, carros, motos, ônibus. Pessoas na orla.

CORTA PARA

CENA 10. CASA DE NANDA. EXT. NOITE.

Nanda deitada na grama.

NANDA: Que ano insano. Eu sei que eu deveria tá mais feliz, afinal, o Ismael tá me fazendo bem, mas eu ainda não esqueci o Pato.

Nanda fecha os olhos.

FLASHBACK CAPÍTULO 1x16,

NANDA: Não fique assim.

PATO: Obrigado por ter me ajudado hoje.

NANDA: Imagina. Amigos são para todos os momentos. (T) Felizes e tristes.

PATO: Você é incrível.

Nanda sorri. Pato acaricia o rosto de Nanda. Eles ficam próximos. Pato beija Nanda.

FIM DO FLASHBACK,

NANDA: Foi aqui nesse lugar que rolou nosso primeiro beijo. (T) (respira fundo) Esquece Nanda. Ele é passado. Bola pra frente.

CORTA PARA

Sequência de cenas:

1. Caio e Grego deitados no sofá abraçados.

2. Pato dorme no colo de Lua que demonstra preocupação.

3. Juliana chega em casa e encontra Naná no sofá.

JULIANA: Naná?

NANÁ: Amiga, o Diego não chegou, não atende o celular. Eu to muito preocupada.

JULIANA (abre a bolsa): Vou ligar para todos os amigos dele. Vamos encontrá-lo.

Em Juliana.

4. Emílio deixa Lúcia em casa.

EMÍLIO: A noite foi muito agradável ao seu lado.

LÚCIA: Que bom.

EMÍLIO: Acho melhor eu ir, né?

Ele se prepara para sair.

LÚCIA: Por que não me faz companhia hoje?

Emílio sorri e a beija. Ela retribui.

5. Ismael entra no quarto cantando.

DJ (mexendo no celular): Ei, que felicidade é essa rapaz?

ISMAEL: Eu e a Nanda estamos namorando.

DJ: Sério, mano?

ISMAEL: Aham. Agora só falta tu e a Lua.

Em DJ.

6. No escritório, Leonardo retira uma arma da gaveta e fica pensativo. Ele abre o cofre e esboça reação.

LEONARDO: Não pode ser. Está faltando dinheiro.

7. Amanda amarrada no sofá. Uma mulher a desamarra.

MULHER: Mas quem fez isso contigo, minha filha?

AMANDA: Sem perguntas. Só me ajude.

MULHER: É melhor ligar pra polícia.

AMANDA: Não me diga o que eu tenho que fazer!

A mulher estranha, mas ajuda a outra a se desamarrar.

8. No quarto, Rubens admira sua arma, sob o olhar assustado de Mirtes, que finge dormir.

MUSIC OFF.

CENA 11. APARTAMENTO DE JULIANA. SALA. INT. NOITE.

Juliana está ao telefone. Naná anda de um lado para outro.

JULIANA: O Pato não atende. Podem estar juntos.

NANÁ: Será, Juliana? Estou com mau pressentimento.

JULIANA: Vou ligar pra polícia.

Diego ENTRA, ainda sob efeito da droga. Naná corre para abraçá-lo.

NANÁ: Graças a Deus, meu filho!

DIEGO (empurra): Me deixa em paz.

JULIANA: Onde você estava, Diego?

DIEGO: Você... Não consegue... Advinhar?! (reclama) que dor de cabeça, caramba.

Juliana e Naná se entreolham, enquanto Diego vai pro quarto.

CENA 12. COSMÉTICOS LAMBERTINI. RECEPÇÃO DA DIREÇÃO. INT. DIA.

Amanda fazendo anotações na agenda. Rubens entra.

RUBENS: Que vadia pontual.

AMANDA: Não se esqueça que o prédio tem câmera. E eu posso muito bem entregar uma cópia pra sua esposa onde mostra você entrando e saindo do meu apartamento.

RUBENS: Nem pense nisso. Eu acabo com você.

AMANDA: Não tenho medo de ameaças, querido.

Leonardo entra.

LEONARDO: Amanda, na minha sala agora.

AMANDA: Aconteceu algo, chefe?

Leonardo abre a porta e aponta.

LEONARDO: Agora.

CORTA PARA

CENA 13. COSMÉTICOS LAMBERTINI. RECEPÇÃO DA DIREÇÃO. INT. DIA.

Pato entra.

PATO (sério): Cadê a Amanda?

SECRETÁRIA: Bom dia, senhor Patrício. A Amanda está na sala conversando com o senhor Leonardo.

Pato vai em direção a porta.

SECRETÁRIA: Senhor Patrício, eu preciso anunciá-lo antes.

Pato abre a porta e flagra Amanda e Leonardo aos beijos.

PATO (sério): Mas que diabos está acontecendo aqui?

Em Leonardo surpreso. Amanda se vira e sua blusa está aberta.

AMANDA (nervosa): Pato?

PATO: Eu não acredito nisso.

LEONARDO (sério): Patrício, eu posso explicar.

PATO (bate a porta com força): Explicar o que? Acha que eu sou retardo? Não basta ter traído a minha mãe e agora isso?

AMANDA (cínica): Leonardo, acho melhor falarmos a verdade.

LEONARDO: Amanda, saia daqui.

PATO: Ela FICA, eu quero ouvir. Desembucha.

AMANDA (finge choro): Pato, eu queria ter te contado antes...

PATO: Já sei que você pegou o Diego, meu pai. Quem mais? Conta? Pelo visto eu não sou o pai do seu filho. O que aliás me deixa até aliviado! É capaz de nem você saber quem é o pai desse pivete.

AMANDA: Claro que eu sei, Pato. O pai tá nessa sala. (aponta) É o Leonardo.

LEONARDO: Isso é mentira, Patrício.

AMANDA: Duvida? Um exame de DNA pode comprovar o que eu to falando. E outra, vai negar que transamos? Inclusive nessa sala?

PATO: Há quanto tempo você tá pegando essa vadia?

AMANDA (debocha): Vadia? Isso pra mim é um elogio, querido, principalmente na cama e você sabe muito bem disso.

PATO: Eu vou acabar com você.

Pato vai pra cima de Amanda. Leonardo o segura.

LEONARDO: Patrício, se acalme.

PATO: Tá defendendo ela? Você sempre faz isso, trai e sai em defesa da amante. VOCÊS DOIS SE MERECEM.

AMANDA: Pensa bem, Pato. Agora quem é a traída é a Kátia. No fim, eu fiz um favor pra você. Ela recebeu na mesma moeda. Até porque eu vou ser a sua nova madrasta.

PATO: O que? Você tá louca, garota?

AMANDA: Tô mentindo Leonardo?

LEONARDO: Você acha que eu vou me casar com você? Se toca menina.

Amanda acerta um tapa no rosto de Leonardo.

AMANDA: Você me paga.

PATO: Então esse era o seu plano, não? Me seduzir pra chegar no meu pai.

AMANDA (bate palma): Até que você é inteligente garoto. Mas cansei de bancar a professora contigo. Agora eu quero os coroas e seu papi caiu como luva. Até me engravidou.

Na fúria Leonardo segura o pescoço de Amanda com força. Ela tosse. Pato empurra Leonardo, Amanda cai no chão. Kátia entra.

KÁTIA: Que circo é esse?

AMANDA (enfrenta): Oi, bitch. Chegou quem estava faltando.

PATO: E a história volta a se repetir, Kátia. Meu pai tá pegando a Amanda, assim como ele fez contigo quando era casado.

KÁTIA: Qual a novidade, meu querido? Eu inclusive já superei isso.

PATO (surpreso): Você já sabia?

AMANDA: Claro que sabia, Pato, ela é uma corna conformada. Pode trair que ela não larga o osso.

KÁTIA: Agora que o Pato já sabe, que comece a sua queda vagabunda.

PATO: Vocês são três lixos. Eu quero distância de vocês. É, é isso que vou fazer. Vou pedir minha emancipação.

Pato ameaça sair.

LEONARDO: Patrício, espera.

PATO: Já não acha que eu ouvi o suficiente por hoje?

AMANDA: Pato, você não esqueceu de nada?

PATO: Não.

AMANDA: Já que o dia é de revelações, você não tem nada pra dizer pro seu pai?

PATO: Falei até demais.

AMANDA: Certeza?

PATO: Onde você tá querendo chegar?

AMANDA: Já contou sobre o cofre?

LEONARDO: Cofre?

PATO: Cala a boca, Amanda.

AMANDA: Você não sentiu falta de nada, meu amor?

LEONARDO: O que você fez, Patrício?

AMANDA: Ele te roubou, querido.

Em Leonardo surpreso.

PATO: Aham, peguei, peguei 10 mil pra ajudar o cretino do Diego, e o que eu ganhei em troca? Mais uma traição. Esse sou eu.

Pato olha para os três, balança a cabeça desapontado e sai.

KÁTIA: E essa blusa pra fora?

AMANDA (mexe no decote): Tava beijando meu boy.

KÁTIA: De novo Leonardo? Já chega. A farsa dessa vagabunda acabou. Agora ela vai ter o que merece.

Kátia ri.

KÁTIA: Pegou o filho, o pai, o amigo e agora não tem ninguém. Amandinha, como você é idiota. Sabe pra onde você vai? Pro inferno. Volta pra sua vida de prostituta que aqui você não é nada.

Kátia vai até Amanda que está caída no chão e bate duas vezes no rosto dela. Amanda levanta.

AMANDA (com raiva): Eu vou acabar com você.

KÁTIA (enfrenta): Vai? Então venha.

Leonardo segura Amanda.

KÁTIA: Deixa ela vir, Leonardo.

LEONARDO: Já chega. (a Amanda) Eu quero você fora dessa empresa AGORA.

AMANDA: Mas e o seu filho?

KÁTIA (grita): Você não ouviu? FORA.

Kátia puxa Amanda pelo cabelo e a empurra para fora da sala. Ela cai no chão. Kátia sorri satisfeita e bate a porta.

AMANDA: Você me paga, Kátia.

Em Amanda.

CENA 14. COLÉGIO FRAN VICENTINI. EXT. DIA.

MUSIC ON: (CÉU AZUL - ANA GABRIELA)

CAM  mostra alunos entrando e saindo, alternando entre o dia e noite.

LEGENDA: Dias Depois.

CORTA PARA

Sequência de cenas.

1. Ramiro no corredor limpando a janela. Juliana o vê e vira no corredor. Ao perceber a presença de Arnaldo ela volta.

2. Na sala dos professores, Lúcia e Emílio dentro da sala da fotocopiadora aos beijos.

LÚCIA: Precisamos ter cuidado.

Emílio dá um selinho em Lúcia. Eles saem. Vanice os encara.

VANICE: Que cópia demorada em.

LÚCIA: Pior, Vanice e pra piorar deu erro.

VANICE: Engraçado (mostra um papel) antes de entrarem eu tirei essa cópia.

Alfredo intervém.

ALFREDO: Vanice me alcança um copo.

VANICE: Vou ganhar uma massagem?!

Milena entra.

MILENA: Infelizmente não vai, Vanice. Cheguei na frente.

Em Vanice insatisfeita.

3. Diego entra na sala, senta ao lado de Pato, que se levanta.

DIEGO: Pato, vai ficar me evitando, agora?

PATO: Velho, vai se ferrar.

DIEGO: Pato, por favor, me perdoa. Eu tava chapado.

PATO: Quando você não tá, seu cheirador de pó.

DIEGO: Ei, pega leve.

PATO: Quer um conselho?

DIEGO: Manda.

PATO: Some da minha vida. Aliás, some das nossas vidas. Tu nunca percebeu que aqui não é o teu lugar?! Olha pra essa escola, Diego. Tu ainda só tá aqui pela caridade da diretora. Pra completar ninguém gosta de você na turma. Sai fora daqui, moleque! Não vai fazer falta nenhuma. Aproveita e procura a Amanda. Ela tá livre. Não se esqueça que ela também pegou o meu pai.

Pato sai. Em Diego, deprimido.

4. Caio e Grego sentados debaixo da árvore.

GREGO: Tô tão feliz.

CAIO: Você foi o melhor presente desse ano.

GREGO: Quero te beijar.

CAIO: Aqui não pode.

GREGO (aponta): Ali pode.

CAIO: Nem sonhando. Da última vez o professor pegou a gente.

GREGO: É só um beijo.

CAIO: Você não desiste mesmo em? (T) Vai na frente.

Grego sai feliz.

5. Lua, Andréa e Larissa.

LARISSA: Como está sua expectativa pra festa, Lua?.

LUA: Eu to animada. Falta pouco.

ANDRÉIA: Acho que to mais ansiosa que você.

LARISSA: Não exagera amiga.

ANDRÉIA: To falando a verdade. Ao contrário de você que fica brava com o Beto. Aposto que tá morrendo de ciúmes da menina que vai com ele.

LARISSA: Me erra, menina. Me erra.

Lua e Andréia dão risadas.

6. Pato vê Nanda no corredor.

PATO: Ei, podemos conversar.

NANDA: Sim, pode falar.

PATO: Pode ser em outro lugar?

NANDA: A conversa vai ser rápida, não? Melhor falar logo, daqui a pouco vamos ter prova.

PATO: Eu terminei com a Amanda.

NANDA: Como assim? E o bebê?

PATO: Eu nem sei mais quem é o pai. Cê acredita que ela pegou o Diego, meu pai, e nem sei mais quem. (brinca) Você?

Nanda dá risada.

PATO: Que bom que eu te fiz rir. Você tá muito linda.

Pato passa a mão no rosto de Nanda. Ela se afasta.

NANDA: Pato, não podemos. Eu to com o Ismael.

PATO: Me dá uma chance, Nanda.

Nanda encara Pato. Paulinha chega.

PAULINHA: Oi, gente. Tudo bem?

Nanda olha para Paulinha e a abraça.

7. Selma limpando o quarto de Caio. Ela passa pano na mesa do notebook, encosta a mão no mouse que acende o monitor. Olha para os lados e senta na cadeira.

SELMA: Nova mensagem?

Ela clica.

SELMA: Esse não é o nome do rapaz daquele dia?

A mensagem é aberta. É uma foto de Caio e Grego abraçados.

Em Selma.

8. Lulu limpa o balcão enquanto Mirtes confere o dinheiro.

LULU: Amiga, não acredito que ele tava com uma arma. É perigoso, Mirtes. Ele já te bateu, imagina se... (T) Ah, não quero nem pensar.

Em Mirtes pensativa.

9. Ismael entrega a borracha a Nanda.

ISMAEL: Nanda, tá tudo bem? Tô te achando tão estranha hoje.

NANDA: Tá tudo bem sim.

Discretamente Nanda olha para Pato.

10. Kátia dá instruções a cerimonialista.

11. Alunos entram e saem do colégio. Mostra eles fazendo prova. Professores corrigindo. Alunos comemoram o fim do semestre letivo.

12. Diego chega em casa drogado.

DIEGO: Cadê todo mundo?

NANÁ: Meu filho, de novo?

DIEGO: De novo o que? Não começa. To sem paciência. Preciso de grana. Tenho que pagar ou vão me matar. Não quero ir pro inferno agora.

JULIANA: Amiga, não temos mais o que fazer. Precisamos interná-lo.

Naná balança a cabeça concordando.

12. Flashes da cidade do Rio de Janeiro intercalando entre o dia e noite.

Legenda: Semanas Depois.

13. Diego deitado em uma cama. A enfermeira entrega dois comprimidos e um copo de água. Ele bebe.

14. A enfermeira sai e Naná a espera.

ENFERMEIRA: Ele está reagindo bem ao tratamento. Será questão de tempo.

Em Naná confiante.

CENA 15. SALÃO DE FESTAS. ENTRADA. EXT. NOITE.

A decoração do local é dourado e rosa. A entrada é através de um enorme pergolado com flores. Na entrada há uma foto enorme da Lua.

FUSÃO PARA

CENA 16. SALÃO DE FESTAS. INT. NOITE.

Convidados dançam. Lulu conversa com a cerimonialista. Kátia e Leonardo estão no centro.

KÁTIA: E o Pato e você continuam sem se falar?

LEONARDO: Ele não quer nem papo. Continua com a história da emancipação.

KÁTIA: E o que você fará?

LEONARDO: Farei ele desistir.

KÁTIA: Querido, esqueça. Ele nunca vai te perdoar.

Mirtes e Rubens chegam.

KÁTIA: Oi, Mirtes. Que bom que vocês chegaram.

MIRTES: A decoração está um sonho. Parabéns.

RUBENS: Leonardo.

LEONARDO (estende a mão e o cumprimenta): Vamos pegar um drink?

Eles saem.

MIRTES: Mais uma vez, obrigada por ter contratado o buffet do restaurante.

KÁTIA: Por nada, querida. Hoje vamos arrasar.

MIRTES (sorri): Com licença. Vou ali falar com a Lulu.

CORTA PARA

LULU: To passada, não acredito que o seu marido veio.

MIRTES: Nos últimos dias ele tem se comportado.

LULU: Amiga, desculpa te falar, mas você precisa abrir esses olhos. Ele não te ama.

Em Mirtes sem graça.

CORTA PARA

MUSIC ON: (DON'T CRY FOR ME - ALOK, MARTIN JENSEN, JASON DERULO)

Pato e Lua dançam no centro do salão de festas.

LUA: Pato, obrigada por ter vindo. Eu sei que você e o pai tão brigados.

PATO: Relaxa baixinha, por você eu enfrento qualquer barreira.

LUA: Eu sinto tanto sua falta em casa. Onde você tá ficando?

PATO: Tô por aí, baixinha. Fica tranquila. Vai ficar tudo bem.

LUA: Eu fico preocupada, sabe?

Larissa, Andréia e Ricardo se aproximam.

LARISSA: Lua, que festa é essa? Tá tudo muito lindo.

LUA: Uau, eu to passada com vocês. Pisam menos, viu?

Eles dão risada. DJ e Beto entram ambos acompanhados por duas meninas.

ANDRÉIA: Olha só, quem chegou e ACOMPANHADO, ouviu Lari?

Larissa revira os olhos. Eles se aproximam.

LUA: Olá, meninos.

DJ: Oi, Lua. Você está linda.

LUA (sem graça): Obrigada. Olá, meninas. Sejam bem-vindas à minha festa de debutante.

MENINA 1: Obrigada.

A menina 2 sorri para Lua.

Beto sorri para Larissa que vira a cara.

LARISSA: Não acredito que ele veio com essa menina feia.

ANDRÉIA: Feia? Ela é linda. O Beto tem sorte isso sim. Você não dá valor, vai acabar sozinha.

Em Larissa inconformada.

CORTA PARA

Ramiro, Arnaldo, Vanice, Milena, Alfredo, Lúcia e Emílio sentados.

RAMIRO: Será que ela vem?

ARNALDO: Tô achando que não. Ela tem me evitado.

RAMIRO: Ela mal fala comigo.

ARNALDO: Deve tá com vergonha.

Eles dão risada.

VANICE: Vejo que um novo casal se formou.

Ela morde um petisco.

MILENA: Vejo que tem gente morrendo de inveja.

Vanice se engasga. Milena ri e aperta a mão de Alfredo.

LÚCIA: Sim, Vanice. Eu e o Emílio estamos nos conhecendo melhor.

EMÍLIO: Está sendo incrível.

Eles dão um selinho. Vanice pisca para Arnaldo que vira a cara.

VANICE: Credo.

Juliana vê os professores e dá meia volta.

RAMIRO: Ei, Juliana. Senta aqui com a gente.

Juliana sem graça se aproxima.

JULIANA: Boa noite.

VANICE: Fica aqui com a gente, Juliana. Aqui desse lado são os encalhados.

Vanice olha para Milena que faz careta.

ARNALDO (fala no ouvido dela): Juliana, será que podemos conversar?

JULIANA: Melhor não, professor.

ARNALDO (fala baixo): Não quero que fique um clima ruim entre a gente. Como diria os jovens, por mim tá de boa. E outra, eu vou pedir demissão do colégio.

JULIANA: Não, professor. Não é para tanto.

ARNALDO: Eu recebi uma proposta para trabalhar em São Paulo. Vou ser revisor de texto em uma agência de publicidade e propaganda. Preciso de um novo desafio em minha vida. Não tem a ver com o que aconteceu entre a gente.

JULIANA: Até porque não aconteceu nada entre a gente, não é professor?

Arnaldo concorda.

JULIANA: Desejo sucesso à você.

ARNALDO: Obrigado.

Arnaldo sorri. Em Juliana sem graça.

CORTA PARA

Paulinha, Nanda e Ismael entrando no salão de festas.

ISMAEL: Vou pegar uma bebida. Aceitam?

NANDA: Daqui a pouco eu vou.

Ismael sai. Pato se aproxima.

PATO: Paulinha, Nanda, que bom que vieram.

PAULINHA: Pato, você tem notícias do Diego?

PATO: Não quero saber daquele traidor.

PAULINHA: Desculpe, não queria ser inconveniente. A Nanda me contou o que rolou.

NANDA (sem graça): Vamos deixar esse assunto pra depois.

PAULINHA: Sim. Vou falar com a Lua. Já volto.

NANDA: Amiga, me espera.

PATO: Ei, Nanda, espera.

NANDA: Pato, eu/

PATO: Queria te dizer que você está linda. E agora que eu to solteiro, eu não vou desistir de você.

Ismael se aproxima.

ISMAEL: Mas ela não tá solteira. (abraçando Nanda) Estamos muito bem juntos.

Ismael beija, Nanda. Pato fecha a cara.

CORTA PARA

MUSIC OFF.

CENA 17. SALÃO DE FESTAS. ESTACIONAMENTO. EXT. NOITE.

Um carro é estacionado. Amanda sai.

AMANDA: Vocês pensaram que eu não ia abalar essa festinha, hoje?! A estrela da festa chegou. A noite será histórica.

Em Amanda sorrindo.

CENA 18. SALÃO DE FESTAS. SALA PRINCIPAL. INT. NOITE.

Leonardo dança com Lua. Os convidados assistem o momento. Pato se aproxima de DJ.

PATO: Cara, eu sei que eu e o seu irmão não nos damos bem, mas o lance é o seguinte, você é da turma da Lua e eu já percebi como tu olha pra ela. Porque na próxima música você não a chama para dançar? Hoje é um dia especial pra ela e tenho certeza que ela vai curtir.

Em DJ.

CORTA PARA

DJ se aproxima do centro. A dança entre Leonardo e Lua chega ao fim.

DJ: Lua, podemos dançar a próxima música?

Em Lua envergonhada.

LEONARDO: Claro, rapaz. Venha.

Leonardo sai. DJ se aproxima de Lua. Eles dançam.

MUSIC ON: (I WON’T GIVE UP - JASON MRAZ)

LUA: Sua namorada namorada não vai achar ruim?

DJ: Quem?

LUA: A garota que veio com você.

DJ: Ah, sim. Quer dizer, não. Tá de boa.

LUA: Eu to tão nervosa.

DJ: E eu então? Tá todo mundo olhando pra gente.

LUA: Sim.

DJ: Mas, acho que podemos dançar, não?

Lua confirma com a cabeça.

CAM mostra os convidados assistindo. Lua e DJ no centro dançando. No final da música Lua e DJ se encaram. Ele dá um selinho nela.

Os convidados fazem muito barulho nessa hora, comemorando.

KÁTIA: Mas o que esse moleque está fazendo?

LEONARDO: Deixa eles.

KÁTIA: Leonardo!

LEONARDO: Não vá armar um escândalo. Foi só um beijo. Nada mais.

CORTA PARA

Andréia cutuca Larissa.

ANDRÉIA: Miga, e esse prato cheio de comida?

LARISSA: Já comi demais, querida.

ANDRÉIA: Lari, não vai me dizer que você voltou com a dieta maluca?

LARISSA: Aham.

ANDRÉIA: Eu vou dar na sua cara.

LARISSA: Menos, miga. Por favor.

Andréia olha para os lados e vê Beto e a menina rindo.

ANDRÉIA: Não queria falar nada não, mas você será a única encalhada do grupo.

LARISSA: Cê acha que eu ligo pra isso?

ANDRÉIA: Olha lá o Beto rindo, se divertindo. Aquela garota poderia ser você.

LARISSA: Hello, amiga, eu tenho um monte de contatinho. Só não namoro porque eu não quero, ok?

ANDRÉIA: Sei. Me engana que eu gosto.

Ricardo, junto delas, apenas observa a conversa.

CORTA PARA

O barman entrega uma bebida a Beto. Larissa se aproxima.

LARISSA: Podemos conversar?

BETO: Claro.

LARISSA: Aqui não. Melhor lá fora.

BETO: Eu não posso. To acompanhado e/

Larissa não deixa Beto terminar a frase e o beija. De longe Andréia vê tudo e fica surpresa.

ANDRÉIA (aponta): Amor, tô passada. Olha lá.

Andréia e Ricardo observando a cena.

BETO: O que foi isso?

LARISSA: Não pergunta nada. Só me beija.

Beto deixa e bebida no balcão e beija Larissa.

MUSIC OFF.

CORTA PARA

Caio e Grego pegando bebida. Paulinha se aproxima.

PAULINHA: Até que enfim chegaram, meninos.

CAIO: O trânsito estava tenso.

PAULINHA: Sei.

GREGO: É sério.

PAULINHA: Quem se explica demais, se complica. Cuidado em.

Eles dão risada.

CORTA PARA

Lua na frente do bolo e os convidados ao lado. É a hora do parabéns. Lua se diverte.

CORTA PARA

Leonardo se aproxima de Pato.

LEONARDO: Filho podemos conversar?

PATO: Sabe o que eu acho engraçado PAI? Que você só me chama de FILHO quando você pisa na bola.

LEONARDO: Desculpe, meu filho. (T) Onde você tá ficando? Porque não volta pra casa?

PATO: Não interessa onde eu tô ficando. Eu só to aqui pela Lua. Acabou essa festa eu vou entrar com o pedido de emancipação. Quero você e aquela vagabunda da Amanda fora da minha vida. Por um lado será bom, não verei mais a cara da Kátia, outra vadia que eu não suporto.

Pato sai de perto do pai. Kátia chega.

KÁTIA: Levou outro fora do filhinho?

Leonardo deixa Kátia falando sozinha e sai. Kátia sorri satisfeita.

CENA 19. SALÃO DE FESTAS. ENTRADA. EXT. NOITE.

Amanda chega, olha para o segurança e sorri.

AMANDA: Olá, moço. Boa noite.

SEGURANÇA: Boa noite. Tem convite?

Amanda balança a cabeça fazendo que não.

SEGURANÇA: Seu nome, por favor?

AMANDA: Amanda Dutra.

O segurança confere o nome da lista.

SEGURANÇA: Esse nome não está na lista.

AMANDA: Ah é?

Amanda desabotoa a blusa e se aproxima do segurança.

AMANDA: Tem certeza? Eu tô doida pra entrar nessa festa. Prometo não causar problemas. Ninguém nem vai perceber que eu vim.

SEGURANÇA: Desculpe, só nome na lista.

AMANDA: Entendi.

Amanda deixa a bolsa cair. Ergue o vestido e se abaixa para pegar. Sua calcinha fica à mostra.

AMANDA: Eu acho que eu vi alguma coisa ali. (aponta) Vem cá, vem.

Amanda puxa o segurança.

CORTA PARA

Amanda na entrada da festa. Ela ajeita a roupa, limpa a boca.

AMANDA: Foi mais fácil do que eu imaginava.

O segurança volta sorrindo.

CORTA PARA

CENA 20. SALÃO DE FESTAS. SALA PRINCIPAL. INT. NOITE.

Os convidados estão sentados comendo bolo e doces. Em um canto Lua e DJ.

DJ: Lua, foi muito especial pra mim ter dançado contigo.

LUA: Eu também gostei, mas a sua namorada não vai ficar com ciúmes?

DJ: Ela não é minha namorada. É só uma amiga.

LUA: Então você está solteiro?

DJ: Sim, assim como você.

Lua sorri.

CORTA PARA

Kátia conversa com alguns convidados. Amanda entra.

KÁTIA: Mas o que essa vadia faz aqui?

Amanda se aproxima de Kátia e dá um tapa na cara dela.

AMANDA: Estava te devendo essa tapa. É do nosso último encontro.

KÁTIA (brava): Você me paga.

Kátia avança em Amanda. Leonardo se aproxima.

LEONARDO: Seguranças tirem essa mulher daqui.

Amanda vê uma garrafa na mesa, bate com força. A garrafa quebra e ela mostra o lado quebrado, ameaçando.

AMANDA: Não se atreva encostar em mim. Não se esqueça que eu tô grávida e você é o pai. Ou vai negar?

Os convidados ficam chocados com a revelação. Amanda olha para todos.

AMANDA: Se alguém se aproximar de mim essa garrafa vai fazer história. Eu não to brincando. Não tenho nada a perder. (T) Oi, Pato. Saudades querido. (T) Tá olhando o que Fernanda?

Amanda olha ao seu redor.

AMANDA: Olha o Rubens alí gente. Acreditam que ele abusou de mim? É... Me pegou à força! Fica bancando o homem bem-sucedido e de família, mas é um agressor de mulheres!

Mirtes olha espantada para Rubens.

RUBENS: Ela está mentindo.

MIRTES (se afasta): Eu tô com nojo de você.

KÁTIA: Leonardo, faz alguma coisa. Tire essa garota de programa daqui. É verdade gente, essa vadia além de tudo é garota de programa.

O segurança se aproxima.

AMANDA: Não chegue perto de mim.

Amanda vai se afastando e corre. CAM procura por Leonardo, Rubens e Kátia ambos olhando Amanda correr.

CORTA PARA

Amanda entra no banheiro e se tranca no box.

CORTA PARA

Música alta.

DJ (microfone): Está tudo sob controle gente. Tem segurança em todas as entradas e saídas. Vocês estão seguros. A festa continua.

CORTA PARA

CENA 21. SALÃO DE FESTAS. BANHEIRO. INT. NOITE.

Amanda sai do box. CAM mostra que Nanda está dentro do outro box.

AMANDA (séria): O que você tá fazendo aqui?

A pessoa que está na frente da Amanda não é mostrada. Nanda abre o box e espia.

AMANDA (off): Me larga. (T) O que você vai fazer?

Nanda escuta um barulho e fica surpresa com o que vê.

AMANDA (off): Você me acertou. Você me paga.

CORTA PARA

CENA 22. SALÃO DE FESTAS. SALA PRINCIPAL. INT. NOITE.

Festa rolando. Amanda aparece no topo da escada, perde o equilíbrio e cai. Os convidados se assustam.

Em Amanda desacordada e com um corte na barriga. Sua blusa está com sangue. Pato se aproxima de Amanda.

PATO (nervoso): Amanda, fale comigo.

Pato olha em volta.

PATO: Cadê meu pai?

CAIO: Não sei Pato. Sua madrasta também sumiu.

Pato estranha. CAM aproxima de Mirtes. Ela olha para o lado a procura de alguém.

MIRTES: Paulinha, e seu pai?

Paulinha dá de ombros.

PAULINHA: Depois do que a Amanda falou, quero distância dele.

Em Mirtes.

CORTA PARA

CENA 23. SALÃO DE FESTAS. BANHEIRO. INT. NOITE.

Nanda sai do box e vê alguém.

NANDA (com medo): O que você vai fazer?

CORTA PARA


CENA 24. ESTRADA. CARRO. EXT. NOITE.

Dentro do carro Nanda está amarrada. Ao seu lado a garrafa com sangue de Amanda. Ela acorda.

NANDA (atônita): Pra onde estamos indo? Me tira daqui!!! Me deixa ir embora! (grita) Socorro!!! Socorro!!!

A pessoa que está dirigindo não é mostrada. O som do carro é aumentado. CAM se aproxima do rosto de Nanda que está apreensiva. A tela escurece e os créditos sobem.


NÃO PERCA EM BREVE A ESTREIA DA SEGUNDA TEMPORADA DA NOVELA "ESTAÇÕES DA VIDA", AQUI NA WEBTV.




autores

GABO OLSEN
DIOGO DE CASTRO


colaboração
IGOR FEIJÃO

agradecimentos
CRISTINA RAVELA
DIOGO DE CASTRO
IGOR FEIJÃO
KAX SILVA

elenco
NICOLAS PRATTES como PATO
ALICE WEGMANN como NANDA
JOSÉ VICTOR PIRES como DIEGO
LETÍCIA NAVAS como PAULINHA
JOÃO VITHOR OLIVEIRA como CAIO
LARISSA MANOELA como LUA
ERIBERTO LEÃO como LEONARDO
TALITA CASTRO como KÁTIA
JUAN ALBA como HEITOR
CAROLINA FERRAZ como SELMA
ÂNGELA LEAL como NANÁ
JANDIR FERRARI como MARCELO
ÂNGELA DIP como ESTELA
DALTON VIGH como RUBENS
LUCIANA VENDRAMINI como MIRTES
FILIPE BRAGANÇA como GREGO
LUCAS COTRIM como DJ
RAISSA CHADDAD como LARISSA

HALL MENDES como BETO 
NICHOLAS TORRES como RICARDO
HESLAINE VIEIRA como ANDRÉIA
GABRIEL SANTANA como ISMAEL
CARLA FIORONI como JULIANA
MARCELLO AIROLDI como ARNALDO
VERA ZIMMERMANN como LÚCIA
SANDRA PÊRA como VANICE
WAGNER SANTISTEBAN como ALFREDO
MARISOL RIBEIRO como MILENA
JIDDÚ PINHEIRO como RAMIRO
FERNANDO PAVÃO como EMÍLIO
MARIANNA ARMELLINI como LULU


participação especial
PAULO GORGULHO como IAGO

trilha sonora da temporada (em ordem alfabética)
ANIMALS - MARRON FIVE
AMORES IMPERFEITOS - ANAVITORIA
BALA DE PRATA – FERNANDO E SOROCABA
BIRDY - WINGS
BOMBA RELÓGIO - LUISA SONZA FEAT VITÃO
CÉU AZUL - ANA GABRIELA
DEPOIS DA MEIA-NOITE - CAPITAL INICIAL
DIFERENTÃO – KELL SMITH
DON'T CRY FOR ME - ALOK, MARTIN JENSEN, JASON DERULO
FLASHLIGHT - JESSIE J
FIQUE NA MINHA VIDA - ROBERTA CAMPOS FEAT. VITOR KLEY
I WON’T GIVE UP - JASON MRAZ
JULIANA – RAÇA PURA
LINHA DE FRENTE - CPM 22
MEU ABRIGO – MELIM
MELHOR DO QUE ONTEM - CAPITAL INICIAL
NAKED - JAMES ARTHUR
NEVER LET ME GO - ALOK, BRUNO MARTINI, ZEEBA
NOT DAY - IMAGINE DRAGONS
OPEN BAR - PABLO VITTAR
QUE SEJA PRA FICAR – MARIANA NOLASCO
SOMETHING JUST LIKE THIS - THE CHAINSMOKERS & COLDPLAY
SIPPIN' ON SUNSHINE - AVRIL LAVIGNE

produção

BRUNO OLSEN
CRISTINA RAVELA


Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.



REALIZAÇÃO



Copyright
© 2020 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução



Compartilhe:
Next
This is the most recent post.
Previous
Postagem mais antiga

Capítulos de Estações da Vida

Drama

Estações da Vida

No Ar

Novela

Teen

Comentários:

0 comentários: