Misturama - 7x08: Everton Brito é o convidado do "Eu nunca" - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Misturama - 7x08: Everton Brito é o convidado do "Eu nunca"

Misturama - 7x08
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui

 

MISTURAMA, 10 de abril de 2020
 
 

NO PROGRAMA DE HOJE:

     
 


 
GABO: Do bate-papo para as perguntas do "Eu nunca". Boraaa começar. Você está pronto?
 
EVERTON: Vamos lá, vamos lá.  Vamos ver o que sai disso. Estou com um pouco de medo
 
GABO: Fica tranquilo kkkk as primeiras perguntas são ligths, nada que não piora depois.
 

...

GABO: Eu nunca fiquei bravo com uma crítica.

EVERTON:
Eu já, com certeza kkkkkkkkk


GABO: kkkkkkkkkkkk deu treta? Você tirou satisfação?

...
 

GABO: Eu nunca quis sair do MV.

EVERTON: Já sim em muitas das ocasiões, mas não fiz, porque gosto de incomodar as inimigas.

...
 

Eu nunca fiquei com alguém 10 anos a mais do que eu.

EVERTON: Ah, quase.
 
     

E AINDA:

     
 

GABO: Pra você, qual a importância em adotar um animal?

 

ANDRÉA: É você se responsabilizar por um ser inocente que merece ser amado e protegido e que vai lhe amar incondicionalmente em troca.

...

GABO: Seu pai não curtiu inicialmente a presença da Biju, mas ela conseguiu conquistar o coração dele. Inclusive ele teve uma atitude normal de quem tem um pet, mudar a voz para falar com eles kkkkkkkkk. Andréa, como você reagiu a essa situação?

 

ANDRÉA: Fiquei pasma à principio, mas preferi não comentar. Morria de rir, disfarçadamente, olhando os dois.

...

ANDRÉA:
Ah, sim! Fora as poltronas, que serviram de arranhador, a Bijou  derrubou uma pequena maquete de um templo japonês em cortiça várias vezes até quebrar e o Blue, fez uma enciclopédia de arranhador também.

 
 

 

     
 

 

Cities are vacant like they've never been (As cidades estão vazias como nunca estiveram)
Everyone's scared of what blows in the wind (Todo mundo tem medo do que sopra ao vento)
The plans we all had (Os planos que todos nós tínhamos)
Have all gone down the drain (Todos foram pelo ralo)
Our lives were postponed (Nossas vidas foram adiadas)
But I know in the end we'll be alright (Mas eu sei que no final ficaremos bem)
We stand together as one (Estamos juntos como um)

música: Andrà Tutto Bene (Everything Will Be Alright) | intérprete: Cristóvam
 

GABO: Fala, galera... Misturama na área. Começo o programa de hoje com essa música maravilhosa que representa o mundo no momento. Precisamos ser confiantes, solidários e acreditar que vai ficar tudo bem.

Essa semana foi agitada na WebTV. Na quarta, dia 8, o domínio (endereço eletrônico: redewtv.com) ficou um pouco diferente.
 

 


 

 

O que aconteceu? O contrato de renovação do domínio expirou e a Ritinha esqueceu de pagar o boleto kkkkkk. A emissora ficou um dia fora do ar e na manhã de quinta, tudo se normalizou. Que susto a Ritinha causou no público kkkkkk.

 



No dia 29 de março foi ao ar o prêmio Destaques Backstage. O evento foi organizado por Marcelo Delpkin e exibido no programa Cyber Backstage. Quer conferir o programa na integra? Basta clicar
aqui. A premiação contou com 705 votos. A premiação contou com 7 jurados.

 

 

Agradeço ao público e jurados que votaram no Pato da novela Estações da Vida. Ele foi eleito o melhor protagonista. No voto popular teve 23,4% dos votos.

No entretenimento eu fui eleito o melhor apresentador e o quadro "Eu nunca" do Misturama ganhou na votação dos jurados.

Valeu pessoal pela confiança e reconhecimento. Parabenizo os participantes e vencedores e ao Marcelo Delpkin pela organização e execução do evento.

E falando em evento, vem aí o Troféu Imprensa Virtual 2020. As votações estão em andamento e o público pode votar quantas vezes quiser até às 23h59 do dia 8 de maio. E aí, já votaram muito hoje?

 

 

No programa de hoje eu recebo o Everton Brito, autor da minissérie "Motivos para Continuar Vivendo" no divertido e polêmico "Eu nunca", mas antes vamos conhecer a Bijou e o Blue, os amigos pet da autora Andréa Bertoldo. Já adianto que eles são lindoooos.
 

 
     

MEU AMIGO PET: CONHEÇA A BIJOU E O BLUE LION OS AMIGOS PETS DE ANDRÉA BERTOLDO

     
     
 


Bijou no veterinário
 




ANDRÉA BERTOLDO: Essa é a Bijou, uma linda sialata que eu trouxe de São Gonçalo em 2011. Antes eu sempre tive passarinhos por causa da minha mãe que sempre gostou, mas depois que eles morreram, eu consegui convencê-la de que não era legal ter pássaros presos e gatos como são mais independentes seria mais fácil e também uma ótima companhia, por serem muito carinhosos.

Falei com uma amiga minha, que havia me dito que no condomínio dela apareciam muitos e não demorou muito ela arrumou essa coisinha linda pra mim. Dei o nome de Bijou por causa da personagem de um livro que lia na época, não lembro o nome mas era da Anais Nin.

Enfim, levamos ela no veterinário pra castrar e depois que ela se recuperou a levei pra casa de táxi. Foi a primeira travessura: em plena ponte Rio-Niterói, ela arrebentou as grades da gaiola (era uma gaiola de tecido com grades de nylon) e ficou solta. Tive que pegar ela no colo e ficar assim até chegar em casa. Ainda bem que ela ficou quieta. kkk

Inicialmente, meu pai não gostou muito da ideia de ter um gato, mas em muito pouco tempo Bijou o conquistou. Quando me dei conta, meu pai estava falando com a gatinha com voz de bebê.








 

Minha mãe já estava com Alzheimer um tanto avançado na ocasião, então não interagia muito com a Bijou, que acabou se apegando a mim e meu pai e foi um bálsamo pra nós com sua doçura e brincadeiras. Logo se tornou a rainha da casa.
 

 





Ela adora ficar na minha cama o dia todo e dorme comigo à noite aos meus pés. É muito educada e sempre pede permissão pra ir comer (ela se esfrega nos meus pés e fica sentada esperando até eu levantar e levar ela até a tigela. Kkk). Sua brincadeira favorita é brincar com linhas, elásticos ou qualquer tipo de fio. Acreditem: ela sabe brincar de cabo de guerra, segurando com as duas patas da frente, me imitando! Mas também tem aquelas brincadeiras de morder e arranhar e as vezes ela se empolga, por isso vivo arranhada, mas ela logo entende e fica me olhando com cara de arrependida.
 

 



Blue Lion (Blue)


 

No final de 2017, uma amiga minha de São Paulo abriu um gatil (um criadouro de gatos pra vender) de Maine Coons, uma raça norte-americana de gatos gigantes. Um dia vi uma foto linda dum filhote cinza azulado no Facebook dela e me encantei com ele. Ela acabou me convencendo de ficar com ele. Ela havia dado o nome de Blue, por causa do nome catalogado da cor Blue tabby, ou algo assim, então como ele parecia um leãozinho chamei de Blue Lion, mas só chamo de Blue mesmo.

No início fiquei um pouco receosa: Bijou poderia ficar com ciúmes e maltratar o gatinho, meu apartamento é pequeno, despesas iam ser dobradas, sem contar o fato que ia ter que ser transportado de Piracicaba pro Rio de Janeiro de avião, etc, mas ela acabou me convencendo e em janeiro de 2018, quando ele já estava com quase 6 meses, fui buscá-lo no terminal de carga da LATAM, no Galeão.


 





Até que não tive que separá-los muito tempo... Bijou ficou um pouco assustada com outro gato na casa, ainda mais um tão grande (com 6 meses, ele já era o dobro do tamanho da irmã mais velha), mas só ficava olhando ele de longe, não ficava sibilando, nem tentou atacá-lo...Bom, só quando ele tentava se aproximar muito. Aliás, até hoje eles procuram respeitar o espaço do outro. Não são os melhores amigos, mas se respeitam. Claro, ela que manda! Kkkkk Ele é muito medrosinho apesar do tamanho e morre de medo dela, se afastando quando ela quer passar e ai dele se ele estiver na minha cama quando ela quiser deitar e estiver de mau humor (acontece muito de manhã. Rsrs).
 







 

Mas mesmo assim adoram ficar se perseguindo de brincadeira e já cansei de ser quase atropelada nessas carreiras. E também sempre se unem na hora de pedir sachet (à noite, na hora de dormir e antes do sol nascer. Blue agora é o encarregado de me acordar, derrubando as coisas dos móveis. Antes a Bijou fazia isso. Aí quando levanto, o Blue me leva até a cozinha onde Bijou já está me esperando na mesa e ele sobe na pia.

O Blue é bem levado apesar de já estar com quase 3 anos. Adora correr pela casa inteira perseguindo tudo que se move. De vez em quando se atira nas grades das janelas nessas perseguições, me deixando de coração na mão, rezando pra que ela não arrebente! É meu chicletinho também, me seguindo pra tudo quanto é canto, principalmente a cozinha. “Vai que sai alguma coisa pra mim”, ele deve pensar.

Enfim, tem muitos episódios engraçados pra contar...Só a maneira como a Bijou olha pra ele quando ele está fazendo qualquer coisa com aqueles olhos azuis expressivos dela; “O que esse moleque vai aprontar dessa vez?” Seja como for, estão sendo uma excelente companhia nesse distanciamento social que vivemos.
 

 



Um dos raros momentos dos dois juntinhos, alguns minutos antes dela expulsar o Blue da cama.rsrs


 

GABO: Andréa Bertoldo, bem-vinda ao quadro "Meu Amigo Pet" aqui no Misturama. Quando você descobriu a paixão pelos animais?

 

ANDRÉA: Olá,Gabo. Feliz por participar. Acho que desde pequena. Minha família sempre gostou de animais em geral.

 

GABO: Você teve uma linda atitude em 2011 ao adotar a Bijou. Pra você, qual a importância em adotar um animal?

 

ANDRÉA: É você se responsabilizar por um ser inocente que merece ser amado e protegido e que vai lhe amar incondicionalmente em troca.

 

GABO: Sem falar, que eles serão eternamente gratos pela adoção. Você vê no olhar deles. É tão gratificante essa recompensa.


GABO: Seu pai não curtiu inicialmente a presença da Biju, mas ela conseguiu conquistar o coração dele. Inclusive ele teve uma atitude normal de quem tem um pet, mudar a voz para falar com eles kkkkkkkkk. Andréa, como você reagiu a essa situação?

 

ANDRÉA: Fiquei pasma à principio, mas preferi não comentar. Morria de rir, disfarçadamente, olhando os dois.

 

GABO: Você mora em um apartamento e tem dois pets. Qual recomendação você falaria quem também mora em um apê e tem o desejo de ter um pet?

 

ANDRÉA: Bom,  eu moro num condomínio de apartamentos e muita gente lá tem pets, inclusive cães grandes. É tudo questão de se adaptar. Eu preferi ter gatos porque passo muito tempo fora, em situações normais, e eles ficam bem sozinhos.

 

GABO: A Bijou é a dona do pedaço. A chegada do Blue causou um certo ciúme? Como foi a adaptação dele?

 

ANDRÉA: Ela ficou um pouco desconfiada a princípio, mas se acostumou aos poucos. Mas sempre fica olhando e ntão procuro nunca fazer carinho num só. Ele se acostumou bem rápido. Quando tirei da caixa de transporte, assim como a Bijou quando chegou, ficou umas horas entocado debaixo dum móvel, mas depois saiu explorando o quarto onde deixei. Depois logo a casa toda, quando senti que não ia ter briga.

 

GABO: Realmente eles ficam debaixo de um local, receosos, mas logo se acostumam. Ter dois animais em casa é uma boa solução, um faz companhia para o outro quando ficam sozinhos em casa.

 

GABO: Seus pets são lindos. Os olhos azuis da Bijou chamam a atenção e o Blue parece um urso de pelúcia kkkkkk

 

ANDRÉA: Sim, sou louca por eles.kkk

 

GABO: Imagino hehehe. Eles são muito especiais. Nos ensinam muito. Entre os dois, qual é o mais bagunceiro?

 

ANDRÉA: Comparando, acho que o Blue mesmo, a Bijou, acho que por ser mais velha, anda mais calma, gosta de brincar mais à noite e de manhã cedo. O Blue, ainda parece um filhotinho, as vezes e não para quieto, só pra dormir.kkk

 

GABO: O Blue é ligado no 220 kkkk. Andréa, eles já estragaram algum calçado ou objeto?


ANDRÉA: Ah, sim! Fora as poltronas, que serviram de arranhador, a Bijou  derrubou uma pequena maquete de um templo japonês em cortiça várias vezes até quebrar e o Blue, fez uma enciclopédia de arranhador também.

 

GABO: Deixando suas marcas registradas pela casa kkkkkk

 

GABO: Andréa se fosse para definir a Bijou em uma palavra qual seria? E o Blue?

 

ANDRÉA: Bijou: Lady  e Blue: tímido

 

GABO: O que você aprendeu com eles?

 

ANDRÉA: Que quem tem um animalzinho por perto nunca se sente sozinho.

 

GABO: Andréa, muito obrigado por apresentar o Blue e a Bijou para a galera do Mundo Virtual. E como dizem: lambeijo para eles.

 

ANDRÉA: Eu que agradeço, Gabo. Espero que tenha animado mais pessoas a adotarem um bichinho também.

 

GABO: Isso aí, que outras pessoas também possam adotar \o/. Galera, amanhã começa a nova temporada do Web Show com o Marcos Vinicius. Veja só o que vem por aí:

 


 
     

EVERTON BRITO FALA SOBRE OS TRABALHOS NO MUNDO VIRTUAL

     
 
GABO: Ele já administrou um blog de notícias, apresentou um programa e escreveu novelas e minisséries. Ele está chegandoooo Evertooon Britooo.

EVERTON: Oi, Oi! Boa noite!

GABO: Everton, você já passou por diversos segmentos no MV, incluindo jornalismo, entretenimento e dramaturgia. Com qual deles você mais se identificou?

EVERTON: Ah, com certeza dramaturgia. É um segmento com o qual eu tenho muita afinidade. Criar histórias é muito bom.

GABO: Qual gênero você mais gosta de trabalhar na dramaturgia?

EVERTON: Comédia Romântica  é o meu preferido. Romance também, mas eu prefiro coisas mais leves, mais descontraídas. Drama já é uma coisa que eu faço muito pouco. Gosto de histórias jovens e conteúdo LGBT, mas sempre no  Romance ou Comédia Romântica.

GABO: Cada tema tem uma importância. A abordagem do conteúdo LGBT às vezes gera polêmica por uma parcela de pessoas. Você acredita que a inserção do tema pode ajudar na diminuição do preconceito?

EVERTON: Nossa, claro, sempre. A normalização já era pra ter acontecido faz tempo e eu sentia que precisava de conteúdo LGBT no MV. No mundo em geral na verdade kkkkkk Não posso dizer que não tinha. Tinha. Mas era muito escasso.

GABO: Nas produções do exterior nós percebemos que o tema é abordado e não causa tanta repercussão negativa. Você acredita que o Brasil está muito distante desta realidade?

EVERTON: Ainda há um certo zelo quanto a isso. Por exemplo um beijo gay só acontece no último capítulo da novela, quando acontece, mas eu gosto de acreditar que a sociedade está caminhando e haverá um dia que isso não seja tido como escandaloso e sim normal, natural.

GABO: Everton, você está de volta na dramaturgia. Vem aí a minissérie "Motivos para continuar vivendo". A trama conta a história do Felipe, um rapaz que enfrenta a rejeição dos pais em virtude da sua orientação sexual, além disso, ele sofre bullying no colégio. Diante dos problemas ele decide se suicidar, mas por um acidente o seu diário cai nas mãos de Ruan, que o salva e.... agora....? Conta pra gente.

EVERTON: Eu acho que pelas muitas coisas que eu passei na vida, que eu já vivi e que me fizeram cair e desacreditar de mim mesmo. Claro que eu nunca tentei suicídio, mas o meu personagem tem uma profundidade maior, ele busca uma saída para que tudo acabe porque já não encontra mais sentindo em tudo que ele faz.

GABO: O que o público pode esperar da minissérie, além de muita emoção?

EVERTON: Sensibilidade nos assuntos abordados, uma obra muito sensível.

GABO: Não percam a estreia da minissérie "Motivos para continuar vivendo" de Everton Brito aqui na tela da WebTV. Brito, fica o espaço para você convidar a galera \o/

EVERTON: Venham conferir a estreia, hoje, garanto que vocês não vão se arrepender, porque a obra vale seu crédito!

GABO: Não percam galera, hoje, aqui na WebTV. Brito, além do Felipe e Ruan, qual personagem você se destaca e porque?

EVERTON: Acho que a Mariane, porque ela é uma personagem trans, forte, tem sua personalidade, mas também é muito sensível.
 
GABO: Qual será a ligação entre ela e o protagonista?

EVERTON: Eles vão se conhecer num momento muito especial através do Ruan, em um momento que Felipe realmente decide sobre sua vida. Não posso contar mais que isso, senão seria spoiler kkkkkkkk

GABO: Então sem spoiler kkkkkkkk. Voltando ao passado, você trabalhou no blog Marca Virtual. O que você aprendeu nessa fase?

EVERTON: Foi. Aprendi que é muito legal fazer fofocas kkkkkkkkk o impacto que algumas notícias que eu soltava causava, era algo com que eu me divertia muito. Bons tempos, bons tempos. Tinha gente que amava, outros que odiavam, mas vai de cada um. Foi um sucesso, as pessoas vinham me pedir notícias pra postar, sobre eles, sobre blogs, sobre web novelas, sobre polêmicas, enfim, eu amava.
 
GABO: O que motivou o fim do blog? Você sente falta da rotina jornalística?

EVERTON: As polêmicas mesmo, as conversas paralelas sobre mim, acarretou no fim. O mesmo desinteresse mesmo por isso levou que o blog acabasse, foi um frisson de verão. Eu não sinto falta dessa rotina. Era mais uma passatempo mesmo.
 
GABO: De todas as fases e etapas já vividas no MV, qual foi a melhor pra você?

EVERTON: Ai, que difícil. Eu acho que quando eu estava começando. Não sei, acho que pela nostalgia mesmo, tinha uma certa "magia" quando eu escrevia. Nessa fase minha imaginação estava muito fértil.

GABO: hehehe, o tão sonhado início dos trabalhos 👏👏🏻👏. Do bate-papo para as perguntas do "Eu nunca". Boraaa começar. Você está pronto?

EVERTON: Vamos lá, vamos lá.  Vamos ver o que sai disso. Estou com um pouco de medo

GABO: Fica tranquilo kkkk as primeiras perguntas são ligths, nada que não piora depois.



 
EVERTON: Muito reconfortante kkkkkk

GABO: kkkkkkkkkkkkkkkkkk né?
 
     

EVERTON BRITO PARTICIPA DO QUADRO "EU NUNCA" E FALA SOBRE MV, CURIOSIDADES E ASSUNTOS + 18

     
     
 
GABO: Vamos começar com perguntas relacionadas ao MV. Uma música para esse momento. Qual é a sua escolha, Brito?

EVERTON: Pode ser Dia D da Clarice Falcão kkkkkkkkkk



 

PERGUNTAS SOBRE O MV:
 


GABO: Everton, como é a sua relação com a crítica? Você aceita numa boa ou fica bolado?

EVERTON BRITO: Depende da crítica. Construtiva, aceito. Destrutiva, nem levo em consideração.

GABO: Então, conta aeee....

Eu nunca fiquei bravo com uma crítica.


EVERTON: Eu já, com certeza kkkkkkkkk

GABO: kkkkkkkkkkkk deu treta? Você tirou satisfação?

EVERTON: Ah, já fiz barraco nos comentários, já briguei com gente que veio falar mal. Hoje em dia eu sou a própria aceitação.

GABO: Isso se chama amadurecimento kkkkkk. Brito, você geralmente acompanha produções do MV?


EVERTON: Confesso que poucas vezes acompanho. Antigamente eu acompanhava mais.
 

GABO: Eu nunca menti falando que eu li um capítulo.

EVERTON: Eu sempre kkkkkkkkk digo que li pra não passar vergonha, mas acabo passando mesmo assim, porque a pessoa pergunta o que eu achei.




GABO: É aquela parada: mentira tem perna curta kkkkkkkkkkkkkk

GABO: Você é muito esquecido? Ou tem uma memória boa?

EVERTON: Creio que tenho uma boa memória

GABO: Eu nunca esqueci de um personagem na história.

EVERTON: Eu nunca. O que pode acontecer é eu esquecer o nome ou sobrenome dele, aí eu tenho que voltar tudo para lembrar, mas o personagem em si eu nunca esqueci.

GABO: Eu nunca julguei uma história pela capa.

EVERTON: Já. Principalmente com livros.

GABO: Seguindo a etapa de leitura:

Eu nunca parei de ler uma história porque eu não gostei do andamento.

EVERTON: Eu já e morro de medo que isso aconteça com os meus leitores. Por isso sempre tento deixar a história o mais fluível possível.

GABO: Everton, você costuma fazer escaleta antes da escrita do capítulo?

EVERTON: Não, não é um costume meu. Tentaram me impurrar isso goela abaixo, mas eu não engoli kkkkk

GABO: Eu nunca escrevi um capítulo sem escaleta...

EVERTON: Sempre escrevo. Eu costumo deixar minha emoção me guiar. Eu costumo planejar na minha cabeça o que eu vou escrever posteriormente, mas nunca com escaleta.

GABO: Algum personagem seu, tomou algum rumo que te desapontou?

EVERTON: Sim, claro, as vezes acontece.

GABO: Eu nunca me decepcionei com um personagem.

EVERTON: Já, mas pelas coisas  que eu mesmo fiz. Eu levei a isso. Eu guiei o personagem àquilo.

GABO: Falando ainda em decepção, teve algum momento no MV que te deixou assim?

EVERTON: Sim, teve.

GABO: Eu nunca quis sair do MV.

EVERTON: Já sim em muitas das ocasiões, mas não fiz, porque gosto de incomodar as inimigas.

GABO: Foi por esse motivo que você seguiu? Para provocar as inimigas? kkkkkkkkkk

EVERTON: Claro, por que mais seria? Kkkkkkk mentira, eu continuei por que eu gosto do MV em sua totalidade. É interessante a interação que ele nos propõe e a experiência na escrita, bem como a forma de aprimoramento dela.

GABO: Exatamente, no MV a galera pode viver diversas experiências... E falando sobre a escrita: Eu nunca tive um bloqueio criativo.

EVERTON: Eu sempre tenho bloqueio criativo, sempre, sempre. Principalmente depois que eu escrevo algo que, na minha concepção, ficou muito bom. Aí eu tenho essa ressaca

GABO: Bloqueio criativo é tensooo. E a última pergunta desta rodada: Eu nunca deixei de sair para escrever um capítulo.

EVERTON: Na verdade, eu não saio né, amado? Kkkkkkk eu sou mais caseiro mesmo, então pra mim, tanto faz.

GABO: 100% casa kkkkkk.

EVERTON: Eu não sou essas pessoas festeiras e tals. Minha adolescência foi de ficar em casa mesmo, lendo ou fazendo outras coisas. Nunca experimentei esse êxtase de ser um adolescente e agir como tal. Eu sempre fui muito mais maduro

GABO: Também passei por essa fase. Na adolescência minha meta era comprar um lanche, uma coca gelada e ficar em casa vendo série, interagindo no MV, trabalhando no MV kkkk mas a fase da faculdade mudou meus focos kkkkk

Vamos começar a segunda rodada. Agora serão curiosidades sobre o entrevistado. Uma música que representa esse momento...

EVERTON: Work Bitch- Britney Spears.






CURIOSIDADES SOBRE EVERTON BRITO:



GABO: Aumenteeem o som galera... Começamos o segundo bloco:

Eu nunca usei um perfil fake nas redes sociais.

EVERTON: Já usei, ninguém nem desconfia (eu espero) mas já usei sim. Já até curti coisas minhas com o perfil falso kkkkkkkkk porque eu me amo.

GABO: E o perfil fake causou alguma polêmica?

EVERTON: Não, não, nenhuma. Ninguém nunca soube, também  ninguém nunca vai saber. Era um perfil mais pra coisas paralelas, com pouca interação com MV.

GABO: O perfil ficou loooonge das polêmicas. Ele tem chances de voltar, ou ficou no passado?

EVERTON: De vez em quando eu acesso ele, vejo o que tenho pra ver a volto a minha vida normal.

GABO: Como foi sua vida escolar? Boas ou más recordações?

EVERTON: Minha Vida escolar foi boa. Desenvolvi alguns distúrbios, mas foi boa sim. Fiz vários amigos, me diverti bastante, ganhei prêmios. Foi um tempo que eu sinto muitas saudades.

GABO: Voltando ao passado: Eu nunca sofri bullying na escola.

EVERTON: Já sofri e foi um período horrível da minha vida. Eu fui muito humilhado, tanto que eu lembro de algumas situações até hoje. O bullying é algo muito sério que eu sempre abordo nas minhas tramas, porque eu já passei por isso, eu sei como é. Eu não desejo o bullying pra ninguém, que ninguém passe por isso.

GABO: E você chegou a contar para alguém ou não conseguiu devido o medo?

EVERTON: Não era medo, era vergonha mesmo. Eu tinha muita raiva dentro de min, muito receio que isso acontecesse quando minha mãe estivesse por perto. Todo mundo sempre notou que eu era diferente do hétero normativo saído da caixa, mas não fui feito numa caixa, eu fui feito num armário e queria sair de lá.

GABO: E como você conseguiu superar o bullying? O que você diria para quem o enfrenta?

EVERTON: Olha, eu já pratiquei o bullying. Também foi uma coisa forte na minha vida, porque quem sofre bullying geralmente cria um mecanismo de defesa, e eu via que se eu cometesse a mesma coisa que cometiam comigo, talvez eu me sentisse menos mal. Não dá certo. A melhor maneira de você superar a bullying é procurar ajuda, é falar com seus pais, com os responsáveis no seu Colégio, porque é onde geralmente isso é acometido. Se calar não é a melhor opção, embate também não, então a opção mais viável é procurar ajuda, mesmo não sendo fácil.

GABO: Isso aí. Quem sofre bullying deve pedir ajuda sempre, nunca fique em silêncio. Agora mudando o foco da nossa conversa bora descobrir mais curiosidades sobre o Brito...

EVERTON: Medo

GABO: kkkkkkkkkk Medo será no próximo bloco, no temido +18 kkkkkkkkkkkkkk

Eu nunca dei PT.

EVERTON: Nunca.

GABO: Brito, você paquera muitooo?

EVERTON: Não, eu olho, me interesso, mas deixo de lado. Olhei, gostei, fugiu, ok.

GABO: Eu nunca beijei meu / minha melhor amigo (a).

EVERTON: Nunca mexmo kkkkkkkkkk não, não rola.




GABO: Eu nunca passei o número errado para alguém.

EVERTON: Com certeza, principalmente para esses vendedores de cursos, ou faculdades, essas coisas. Vacilei com a Pitágoras e choro até hoje.

GABO: São piores do que as operadoras de celulares? kkkkkkkkk

EVERTON: Nossa, muito piores kkkkkkkkkk pior quando eles ligam eu invento uma super desculpa.

GABO: kkkkkk. Bora pra próxima: Eu nunca mandei mensagem e me arrependi.

EVERTON: Ai, nossa já. Me declarando, todo bobo kkkkkkkkk no dia seguinte a pessoa espalhou os prints da conversa. Todo mundo soube kkkkkkkj nunca mais

GABO: Que tenso emmm kkkk. Você ainda conversa com essa pessoa, ou a deletou da sua vida?

EVERTON: Eu mantenho a classe a compostura kkkkkkk a gente é superior

GABO: Eu nunca fingi estar mexendo no celular só para não cumprimentar uma pessoa.

EVERTON: Sempre faço isso. Mas não é por mal. É que eu nunca sei quando a pessoa vem me cumprimentar, daí eu disfarço, porque tenho vergonha de passar vergonha kkkkkkkk

GABO: kkkkkk 

Eu nunca dormi no ônibus e perdi o meu ponto.

EVERTON: Nunca. Eu já dormi no ônibus, mas perder o ponto nunca aconteceu.

GABO: Além de dormir, comer é um dos momentos que a galera adora. Brito, qual é a sua comida favorita?

EVERTON: Acredito que lasanha

GABO: Eu nunca comi algo escondido para não dividir.

EVERTON: Dos meus irmãos, sempre. Como no meio do caminho, andando bem lentamente, só pra não dividir kkkkkll

GABO: Estratégico hehehehehe.

GABO: Encerrando o segundo bloco, lá vai a última pergunta:

Eu nunca curti minha própria foto ou post.

EVERTON: Ah, já kkkkkk autoestima lá em cima. Eu me amo. Curto mesmo, sem pudor.

GABO: Autoestima sempre kkkkkk. Chegamos no último bloco. Agora são perguntas ++++18. Brito, uma música para essa etapa.

EVERTON BRITO: Get Sexy Sugababes e Bruno Mars





EU NUNCA +18:
 


GABO: Começaaaamos agora o +18. Preparadoo?

EVERTON: Bora lá!

GABO: Eu nunca mandei nudes.

EVERTON: Nunca. Eu já postei nudes. Mandar, nunca.

GABO: Não mandou, mas postou? Explica pra galera, foi em algum site específico?

EVERTON: Ai, gente kkkkkkkk foi no perfil do facebook, mas foi um nu artístico, poético. Eu tava numa fase revoltada na verdade, aí postei sem pensar. Essa imagem virou lenda urbana, nenhum vestígio de que realmente existiu.

GABO: Seguindo com o +18, o clima esquenta com a próxima pergunta:

Eu nunca fiquei com mais de duas pessoas na mesma noite.

EVERTON: Meu bem, já é complicado pra mim ficar com uma só, imagina com duas kkkkkkkkk nunca.

GABO: Saindo da pergunta sobre duas pessoas, vem outra pergunta reservada:

Eu nunca fui a um motel.

EVERTON: Passar por frente, conta? Kkkkkkkkkkk por que, tipo, eu moro do lado de um motel kkkkkkkkk motel é o que não falta nessa cidade.

GABO: Não conta kkkkk tem que ter frequentadoooo kkkkk

EVERTON: Então, nunca kkkkkk

GABO: Podemos dizer que o movimento do lado da sua casa é intenso e diário kkkkkk

EVERTON: É bem isso kkkkkk
GABO: Everton, você é um rapaz muito paquerador?

EVERTON: Não kkkkkkk eu me interesso pelas pessoas, mais pelas erradas kkkkkkkk mas de chegar lá e pá, só se eu tiver MUITO a fim.

GABO: E no MV?

EVERTON: No MV não tem muito o que fazer, né? Kkkkkkkkkk Mas quem sabe aí, um certo dono de emissora, do qual eu esteja interessado kkkkkkkkkkk Brincadeira

GABO: Geeeeeeeeeente kkkkkkkkkkk

Vamos a pergunta: Eu nunca paquerei ninguém do MV.

EVERTON: Eu ia dizer nunca, mas acabei de fazer isso kkkkkkkkkkkkkkkk Então, já sim.

GABO: Olha ele, Anaaaa Paula kkkk




EVERTON: Corre aqui kkkkkkkkkkkk

GABO: As perguntas polêmicas seguem: Eu nunca fiz sexo no 1° encontro.

EVERTON: Meu amor, eu nunca fiz sexo, né? Kkkkkkkk sou da igreja. Puritano.

GABO: 

EVERTON: Estou bem com isso kkkkkkk

GABO: Essa é tensa: Eu nunca chamei a paquera por outro nome.

EVERTON: Nunca. Eu lembro beeeem dos meus paqueras kkkkkk seleciono muito bem pra esquecer.

GABO: Brito, fale a verdade, somente a verdade:

Eu nunca fiquei com alguém 10 anos a mais do que eu.

EVERTON: Ah, quase. Já fiquei com um 09 anos mais velho que eu.

GABO: Eu nunca marquei encontro pelo aplicativo de pegação.

EVERTON: Já kkkkkkkkk foi por ele que fiquei com essa pessoa.

GABO: hehehehehe aplicativos movimentando a vida das pessoas kkkkk

Eu nunca beijei a paquera de uma amigo.

EVERTON: Nunca. Pra mim não tem essa kkkkkkkkkkk é tipo, impossível de acontecer.

GABO: Chegamos a última pergunta do Eu nuncaaaa:

Eu nunca fiz sexo virtual.

EVERTON: O que seria um sexo virtual?

GABO: Bora pegar a tradução do Google:

O sexo virtual é uma atividade sexual, em que duas ou mais pessoas se reúnem através de meios de comunicação, com o objetivo de transmitir mensagens sexualmente explícitas. O termo "Sexo virtual" descreve o fenômeno e não importa quais os equipamentos de comunicação utilizados. 

Complementando o Google: Além de mensagens, podem ser através da chamada de vídeo oooou web cam.

EVERTON: Ah, não, nunca fiz. Sou virgem até virtualmente kkkkkkkkk que coisa.

GABO: kkkkkk. Isso aí, cada um tem seu tempo, sua hora. Cabe ao próximo respeitar. Esse é o Everton Brito e esse foi o Eu nuncaaa.... Brito, conte pra gente, como foi a experiência do Eu nunca?

EVERTON: Foi tranquilo. São coisas que eu não escondo de ninguém, então. Foi uma experiência legal

GABO: Exato hehehe. Cada pessoa tem o seu espaço, o seu tempo e aprendizado. Obrigado, Everton Brito pela participação.

EVERTON: Eu agradeço o convite. Foi muito legal participar da entrevista e leiam "Motivos Para Continuar Vivendo" que estreia hoje aqui na WebTV.
 
 

 

     
 

GABO: Hoje encerramos a 7ª Temporada do Misturama. Agradeço ao público que acompanhou os episódios. Em maio voltamos com a estreia da 8ª Temporada. O Misturama fica por aqui. Desejo aos leitores virtuais uma Feliz Páscoa!!! Que este seja um momento de boas energias e que os sonhos sejam renovados. Boa noite.

 
     
     
https://1.bp.blogspot.com/-9RRN36J3v-k/Wtn59Sp17MI/AAAAAAAACW4/Y2YTzwynqBgLkQh7fFY3-e9Mvv1hlANdwCLcBGAs/s1600/credito_misturama.jpg

apresentação
Gabo

convidados
Andréa Bertoldo
Everton Brito

repórter
Ritinha

entretenimento
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2020 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Edições do Misturama

Entretenimento

Misturama

No Ar

Programa

Comentários:

0 comentários: