Perfume - Capítulo 52 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Perfume - Capítulo 52

Novela de Luiz Gustavo
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui


 

     
     
     

CAPÍTULO 52 - NOVOS TEMPOS
 
     
   
  A mulher usando os óculos de sol Ray Ban, entra na igreja de Nossa Senhora D’ Ajuda, fazendo uma rápida sequência com as mãos, tocando na testa, posteriormente no peito, no ombro esquerdo e no direito, caminhando em direção do altar, aonde se ajoelha adiante da imagem da virgem santíssima. Barbara Novak nunca foi uma pessoa religiosa, mas depois das promessas entregues ao todo poderoso, sendo atendidas naquele hospital, resolveu por ceder o seu espírito para uma libertação, Levi havia finalmente retornado para casa, tinha segurado David nos braços e aqueles dias se tornaram únicos, incomparáveis, ele não se lembrava dela perfeitamente, de todo o passado, mas ainda a amava, os seus gestos mostravam os desejos de um laço incondicional, nas próximas semanas irá batizar o filho na igreja, Claudia Alencar e Tony Federline, serão os padrinhos, certamente os mais atenciosos que puderam escolher. Ela se despediu da igreja, fazendo novamente o sinal da cruz. Logo a seguir, ela segue em direção do automóvel parado no estacionamento da basílica, ligando o motor antes de continuar a sua rota, era quase oito horas da manhã e certamente ninguém da família deve ter acordado, apenas os empregados, Barbara então se encarregou prontamente de fazer o café da manhã, comprando parte dos mantimentos no supermercado, como pães, frios, bolos e frutas. 

Barbara regressa ao palacete quarenta minutos depois, deixando as sacolas na mesa de mármore na cozinha, subindo as escadarias, chegando ao quarto onde, David e Levi estavam dormindo, um ao lado do outro, o pequenino está usando um pijama branco e o pai trajando uma camisa azul, aquela imagem encheu os olhos da cronista de lagrimas. A manhã passou repentinamente, mas o calor permanece a incomodar a todos, o café da manhã havia agradado a cada um dos membros da família Monteiro, Barbara sentiu orgulho de si mesma, estava inspirada demais e desejava colocar as ideias no computador, mas nada saía da sua cabeça fazia semanas, estava num estágio terrível de um bloqueio de escritor. Após largar a máquina de entretenimento, pode completar o marido assistindo um programa qualquer na televisão da sala de estar, ela acomodou-se ao lado dele. 

- Você está bem? – Ela pergunta. 
- Sim. 
- Você nunca foi de ver TV.
- Sério? 
- É, os achavam bobos e com a intenção de alienar os indivíduos. 
- Mas as pessoas devem questionar o que assistem. 
- Infelizmente a maioria dos habitantes de nosso país não tem este pensamento em mente quando seguram um controle, nem tudo pode ser absorvido e ao menos modelado. 
- Eles vivem em uma bolha. 

Antes de sair da sala, Levi sentiu o sabor dos lábios de Barbara, ele não se rememorava de quase nenhum momento do passado, mas aquele sabor revirava o seu mundo, o entorpecia completamente, um desejo único e especial, ao lado um do outro podem construir uma vida. A vontade era de permanecer naquele ambiente por toda à tarde, mas precisa conversar com Tony Federline a respeito de muitas coisas e principalmente sobre os negócios. Eles dois se entreolharam, ela estava sentada no estofado e ele em pé perto da porta, os dois deram um sorriso. Ele andou em direção da garagem, onde o amigo o aguardava no carro prontamente, o percurso durou menos de quinze minutos, chegaram à praia de Pitinga, seguindo a um restaurante, a lugar estava agradável naquele final de tarde, depois dos dias longos de carnavais, a festa que movimentava a costa litorânea de todo o Brasil. Os dois se acomodaram em uma mesa a frente do mar, Tony estava contente de estar ao lado do melhor amigo, como nos velhos tempos. 

- Se acostumando com tudo isto ainda? – Tony questiona. 
- É como se fosse um novo mundo. 
- Eu imagino. O que você acha que mudou? 
- Tudo, inclusive eu. 
- Não se lembra de nada? 
- Poucas coisas apenas, como se fosse vestígios de pólvora na minha cabeça. 

As bebidas haviam chegado, o garçom amigável e atencioso coloca primeiro dois copos na mesa, servindo a cerveja gelada para Tony e o suco de goiaba para Levi. 

- Nós víamos neste mesmo restaurante, antes de tudo começar a desmoronar. 
- Começou com a morte da Pamela?
- Sim. 
- Mas agora estamos longe do perigo? 
- Estamos a salvo do Miguel Xavier, mas algo me indica que isto não acabou, temos um empreendimento de risco. 
- É difícil entender tudo isso, sou uma pessoa má?
- Você é uma das melhores pessoas que conheço. 
- Mas por que fazemos isso? – Ele observa ao redor para se prontificar que ninguém pudessem os escutar: Somos criminosos, inimigos número um da arte do entretenimento. 
- Apenas faturamos acima deste governo capitalista e burguês. 
- A mãe da Barbara fica falando um monte de asneira. 
- Se a Barbara ligasse não estaria até hoje contigo, vocês dois tem um filho juntos e vão se casar. 
- Casamento... 
- Ainda tem dúvidas a respeito disso? 
- Nenhuma, ela realmente é a mulher da minha vida. 

O celular de Levi vibra algumas vezes, trata-se de Tomaz Brayton o lembrando do seu aniversário que sucederá no próximo final de semana, certamente o evento será um dos mais requisitados em torno do distrito. Ele deu apenas um sorriso, voltando a encarar o amigo que fitava a praia, observando aquela paisagem, não o mar, mas as mulheres, Tony era um lobo solitário e isso o preocupava. 

- Mulher é uma coisa complicada Levi, teve sorte com a Barbara, mas eu nunca consigo dar certo em quase nenhum relacionamento, sabes disso perfeitamente. 
- Não me recordo, assim como a casa nova. 
- Isto foi uma ideia sua, por questão de proteção. 
- Isto é serio? 
- Ela é cercada de saídas de segurança. 
- Eu queria que tudo voltasse daquele ponto que terminou. 
- Mas este blackout irá terminar, acredite nisto, um dia, saberemos quem tentou destruir com a sua vida. 
- Você não tem nenhuma ideia, Tony? 
- Eu tive algumas vezes, mas essa pessoa é acima de qualquer suspeita, foi apenas uma intuição, falha, obviamente. 
- E quem seria?
- A sua mais nova irmã, a Claudia.
 
     

 

     

Inspirada na música Perfume de Britney Spears

autor:
Luiz Gustavo

personagens:
Levi Monteiro
Pamela Monteiro

Barbara Novak
Tomaz Brayton

Tony Federline
Amália Monteiro

Jonathan Sampaio
Miguel Xavier
Alice Jones

Olga Novak
Neide Alencar
Marcos Ribeiro

Evelyn
Hugo Rafael
Fagner Lima

Valentim

participações especiais:
Jake Fremont
Tyler
Claúdia Alencar

as crianças:
David Novak
Kevin Jones
Douglas

trilha sonora:
Summertime Sadness - Lana Del Rey (abertura)

colaboração:
Thiago Machado
Márcio Gabriel

agradecimentos:
Juliana Cordeiro
Victor Marçal
William Araújo
Rodrigo Ferreira

produção
Bruno Olsen
Cristin Ravela

Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2019 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.
Compartilhe:

Capítulos de Perfume

Drama

Literaria

Novela

Perfume

Romance

Comentários:

0 comentários: