Papo com o Autor - 1x04


https://1.bp.blogspot.com/-x7NYRpeecgE/WV0w8bH67dI/AAAAAAAAA9M/Crfh3C_ivEIlu340-7nlsGgxsG98rb0wwCLcBGAs/s1600/Papo-com-o-autor.jpg
 

PAPO COM O AUTOR - 1x04
 
 

NO PROGRAMA DE HOJE:

     
 

“Já tive tretas no mundo virtual, mas pra mim ficaram no passado.” WALTER HUGO solta o verbo no quarto programa do “Papo com o Autor”

 
     

 

     
 



“Você já tá querendo e eu também
Mas é cheio de história e de porém
Virou covarde, tô com vontade
Mas você tá demorando uma eternidade

Se você não vem, eu vou botar pressão
Não vou te esperar, tô cheia de opção
Eu não sou mulher de aturar sermão
Me encara, se prepara
Que eu vou jogar bem na sua cara...”


SE JOGA NESSE SOFÁ E VEM!

CARLOS LIRA: Eu vou jogar mais um programa maravilhoso bem na sua cara meu amor.... kkkk Boa noite meu povo e minha pova... Já viram que o programa de hoje tá daquele jeito, em?! [...] Semana passada pegamos fogo com uma entrevista maravilhosa do Wesley Alcântara, que se você não viu, corre que tá B-A-B-A-D-O! Sempre é bom t repassando o recadinho, né?! [..] Então, preste atenção: NÃO DEIXEM DE COMENTAR AS ENTREVISTAS, PRECISAMOS DA OPINIÃO DE TODOS VOCÊS! E tenho dito! Kkkk Vamos deixar de lero-lero e seguir logo esse fluxo que hoje a noite promete, com nada mais, nada menos, que ele, Walter Hugo!! Aplausos meu povo! Chegue chegando Hugo....

WALTER HUGO: Oh Carlos, o prazer é todo meu. Obrigado pelo convite, tudo bem com você?

CARLOS: Comigo tudo ótimo, e espero que melhore ainda mais nessa noite que promete hehehe

HUGO: Muito bem, manda as facada

CARLOS: Adoro! Kkk Então se liga na primeira facada: vamos relembrar um pouco sobre sua carreira. Todo mundo tem um início aqui no mundo virtual. Onde deu o início da carreira aqui no mundo virtual de Walter Hugo?

HUGO: Olha, início, início mesmo foi num site que eu tinha chamado EWN, mas ele não fazia parte desse nosso mundo virtual atual, pois quando entrei pra cá, o fechei. Entrei em 2013, meses depois de fechar o site. Enviei minha primeira obra séria (Reaper) para o Félix Crítica (e recebi uma crítica bem positiva, no final da entrevista me peça o link senão esqueço kkkkkk) e também enviei minha fanfic de Harper' Island para Zih, onde conversamos por meses por email antes de nos adicionarmos no face. OBS: Ela me odeia até hoje pela morte de um certo personagem.

CARLOS: Altas revelações já de início kkk adoro!! Bom, já passou por que sites aqui no MV?

HUGO: DreamTV, NTV, TVV, TVN e UP.

CARLOS: Agora nos conte como conheceu esse espaço das web novelas?

HUGO: Moço eu não lembro nem onde tá meu chinelo... Faz pergunta difícil não. Acho que pela Zih ou Gustavo

CARLOS: kkkkk Vou anotar aqui, seguindo. Por todos esses sites passados, como está seu acervo de obras? Quantas tramas já exibidas e quais?

HUGO: BrookHaven já foi criticada pela Zih, exibida por um blog do Lucas que agora no momento não me recordo qual, e na NTV, que até tinha renovado ela, mas fechou as portas antes mesmo de eu dizer coisinha peraí. Lucas também já postou HI, onde o final alternativo que encerrava a história foi postado. Já Reaper rodou o MV mais que catraca de ônibus até parar no TVV, que curtiu tanto que me encomendou uma comédia, Friendzone. Com o fim do site, ambas permaneceram de maneira independente (porém FZ manteve a co-produção com a Moonlight e foi renovada tempos depois pela UP, onde terminou com sucesso.)

CARLOS: Vamos seguir... Então pessoas, conhecido o nosso autor de hoje, um pouco de sua caminhada, já vimos que muito temos o que falar, né non?! [...] E então vamos caminhar pelo "pograma" com nossos quadros... (risos) Bora de “Revela aê!” ...

HUGO: Cuidado que tenho problema do coração.

 
     

 

     
   

 

     
 

CARLOS: Hugo, o nosso primeiro quadro é o "REVELA AÊ!". Vamos tirar algumas curiosidades sobre o seu processo de criação... E é sobre esse processo, onde sabemos que pra se ter uma novela, precisamos de história, e pra chegarmos a história, sempre há algum percurso, alguma loucura (bem minha cara essa parte louca). Revela pra gente Hugo, como você chega a história de sua trama?

HUGO: Menino nem sei. Outro dia eu vi dois gatos brigando e eu pensei em fazer um conto chamado "As Desventuras de Gah e Toh". A ideia simplesmente flui.

CARLOS: kkkkk Somos bem loucos mesmos. Montado o enredo principal, como surge os núcleos da trama, como você interliga a história central?

HUGO: Normalmente eu penso numa grande jornada para os principais, de várias temporadas. Depois, eu vejo como o restante dos personagens e vilões se encaixam nesse plano.

CARLOS: Depois que a trama está toda armada, partimos então para o título que resume toda a história. Como você chega ao título das suas tramas?

HUGO: Acho que baseado no enredo mesmo. Reaper, pensei de início pois queria fazer uma série sobre um ceifeiro, então coloquei esse nome. Já Friendzone ficou sem nome por uma temporada inteira até eu decidir apostar por esse nome. Claro que a temporada só foi ao ar depois de inteiramente pronta.

CARLOS: Vejo que opta sempre por títulos em outra língua. Acha que isso prejudica, ajuda? E porquê dessa opção?

HUGO: Não é inteiramente verdade. As que exibi nesse MV, sem exceção, são todas ambientadas fora do Brasil. Títulos em inglês pareciam mais adequados. Mas no EWN, eu não tinha nenhuma série com título em inglês. E não, não acho que prejudique, afinal, é só o título. O que importa é o conteúdo.

CARLOS: Sempre o que importa é o conteúdo, bom... Seguindo, o que vemos em muitas obras é uma espécie de escalação fictícia de elencos, você também é a favor dessas escalações?

HUGO: Eu acho bastante viável. Principalmente para divulgação da obra e para explorar traços únicos dos atores. Sempre utilizo desse recurso, exceto para personagens de menor importância, que não aparecerão em mais que dois episódios. Se checar os episódios de Friendzone, os atores são sempre creditados ao final do episódio.

CARLOS: Também tenho esse mesmo pensamento a respeito das escalações. É uma forma de apresentar melhor o que pensamos e escrevemos. Você comentou antes que suas últimas tramas são ambientadas fora do Brasil. Porque você optou ambienta-las em outros países, e não no brasil? E Caso ambientasse no brasil, que cidade você acharia que dava pra encaixar o enredo?

HUGO: Reaper, por ser uma sci-fi, não tem uma cidade chave, mas se passa nos Estados Unidos. Precisava de um ambiente que tivesse neve, desastres naturais (furacão e afins), pois pretendia usar desses artifícios na obra. Acabou que nem precisei usar. Friendzone poderia ser ambientada em qualquer lugar, mas eu queria uma série que existisse num universo diferente de Friends/How I Met Your Mother/Seinfeld/Happy Endings, mas que pudesse fazer Crossover com outras séries. Há episódios com 2 Broke Girls e Girl Meets World, por exemplo.

CARLOS: Amo 2 Broke Girls kkk Depois da sinopse finalizada, e durante o decorrer dos capítulos, você chega a MUDAR alguma coisa que NÃO estava prevista antes? como exemplo, matar algum personagem? era um personagem do bem, passou a ser do mal....

HUGO: Nossa sim, o tempo inteiro. Em Friendzone eu precisei fazer toda uma expectativa sobre a morte de um dos principais (morreram 3) para poder enviar eles à novos caminhos. No final, tudo foi um sonho da personagem Natalie, que inspirou-a escrever um piloto para Netflix, e pouco depois descobrimos que Tori estava grávida.

CARLOS: Bom, então é isso meu povo, algumas das revelações iniciais do HUGO Alcântara nós obtivemos nesse quadro... Vamos seguir que ainda vem muito por aí... Segue o fluxo que logo a frente vem o quadro da comparação do autor...

 
     

 

     
   

 

     
 

CARLOS: HUGO, saímos do Revela, onde conhecemos um pouco do seu processo de criação e afins. E chegamos então ao nosso segundo quadro da noite, o "Me Identifico?!" nesse quadro a pergunta é única e o espaço é todo livre pra você, nesse quadro você tem o espaço pra fazer uma comparação sua, com algum autor de telenovela ou série de TV. Fica a seu critério. Aqui você vai comparar, e claro nos falar um pouco dessa sua comparação. E como a gente é curioso... Lógico que vamos querer saber qual trama e qual personagem do autor você mais gosta. Então meu amigo, o espaço é todo seu, nos apresente seus “mestres” ...

HUGO: Uma mistura de Jason Rotenberg (The 100), Russel T Davies (Doctor Who), Aaron Korsh (Suits) e Josh Schwartz/Stephanie Savage (The OC/Gossip Girl). Misturo esses cinco pois eu tenho elementos de cada. Sou sanguinário como o Jason, no tenho dó, mas adoro fazer menções e homenagens como o Russel, faço uma trama diferente por temporada mas mantenho uma ponta fixa ao longo da série Como o Aaron e na hora dos barracos ou das patadas ou romance Josh e Stephanie são meus guias.

CARLOS: Acompanho The 100 e já assisti Gossip Girl amo ambas a series. Ótimas referencias. Bora remexer, bora sacudir e abalar, porque vamos embarcar no quadro que de início todos esperam muita poeira, muita teia de aranha, muito bafafá, mas não, ele é diferente... Roda aí!

 
     

 

     
   

 

     
 

CARLOS: E é por isso que embarcamos no “Revirando o Baú”. HUGO... Vamos revirar tudo viu!!! No revirando o baú a revirada é diferente... Vamos revirar o baú da sua primeira trama, conhecer um pouco dos personagens, do que teve de babado, lógico! [...] Então segue o fluxo... E HUGO, nos conte qual era o título de sua primeira trama.

HUGO: Reaper.

CARLOS: Assim como o Pablo Vittar, chegamos e estamos preparados para atacar. Ou melhor, revirar! Vamos revirar o baú de “Reaper” ...


Logo de “REAPER: 1 temporada”: Arquivo Pessoal do autor

CARLOS: Eu sou apaixonado por vilões... E já vou logo querendo saber quem foi que aprontou em “Reaper”?

HUGO: Temos! Não só um, como vários. Jade, Morte, Lúcifer, Lilith, Katherine. E mais alguns menores

CARLOS: Gente, uma série tomada de vilões?! ADORO!! KKK Esse povo todo aprontava muito?

HUGO: Menino. Lúcifer destruiu Chicago inteira com fogo, deixando em chamas. E Morte tá tentando quebrar o equilíbrio espiritual do universo

CARLOS: Gente, que já vimos q eles não são de brincadeira, em?! Dentre esses aí, quem você considera o "PAI" da facção?!

HUGO: Morte.

CARLOS: E quem assume o papel de herói, contra toda essa liga da injustiça?

HUGO: Chase e Luna, os personagens principais.

CARLOS: Como eles se cruzam na história? Já se conhecem desde o início da trama? Ou algo os une?

HUGO: Ela sequestra a crush dele e ameaça a vida dela, pois ela (Luna) quer vingança sobre morte por ter matado toda sua família e seu namorado. E eles se unem quando Chase acorda e percebe toda. A destruição que morte está causando, e então juntos (e mais uns outros) eles decidiram impedir Morte de uma vez por todas, mas claro que não seria tão fácil assim

CARLOS: Qual o personagem secundário que você acredita no seu potencial, e tem um carinho extra?

HUGO: Todos os secundários tem sua parte especial. E os amo igualmente. Mas eu diria Chloe (a crush), pois ela é humana e embora não seja fixa, o sobrenatural não a assusta e ela consegue até montar um exército de arqueiros para ajudar na luta contra a ascensão dos cavaleiros do apocalipse. Ela definitivamente merece um bom reconhecimento, pois sequer tem poderes.

CARLOS: Você chegaria a mudar algo do que já foi apresentado em Reaper?

HUGO: Pretendo, se for publicar a história.

CARLOS: Poderia dizer o que, ou algo que mudaria?

HUGO: Menos personagens, pois apareceram muitos que eu não tinha como desenvolver tanto. E logo foram executados. O enredo seria o mesmo, só mais enxuto e coerente.

CARLOS: E a cena a qual você nunca esquece em ter escrito de Reaper?

HUGO: Wow. Tem tantas. Tem a primeira luta real de Chase e Morte no episódio 14 da segunda temporada (intitulado "Pelo Triunfo do Mal"). Tem a ascensão de Luna, na quarta temporada, como Nêmesis, onde ela está contra todos por conta do nível alto que seus poderes tomaram. Tem o penúltimo da terceira temporada, que Lúcifer liberta os cavaleiros e a besta do apocalipse e a batalha pra salvar a Terra realmente começa

CARLOS: Então, se o autor nos fala que foi uma cena inesquecível, lógico que queremos rever... Então como a gente tenta fazer um “programa de rexpeito”, conseguimos essa exclusiva pra vocês, Segue a cena Brasil:

 

~Espaço cena especial~

Primeira luta real de Chase e Morte no episódio 14 da segunda temporada (intitulado "Pelo Triunfo do Mal”)

O dragão de Morte voa em direção ao portal do Olimpo.

— Luna, uns cento e cinquenta metros à esquerda foi onde Íris e Silas entraram. Preciso que você vá para lá e leve-os para algum lugar seguro.

— Pode deixar.: Ela me responde.

Nossos pégasus voam em direções opostas e não demora muito até que eu acompanhe Morte. Ponho meu pégasus em frente ao dragão e ele cospe fogo em nós. Fecho meus olhos com o ataque, mas algo me protege. Um campo de força verde.

Olho para trás.

Jared Winchester.

— Achei que precisaria disso.: Ele diz e me joga uma espada e vai embora.

— Quer combater um dragão com uma espada?: Morte comenta.: Isso é patético.

— Não, Morte. Quero lutar de homem para homem com você. Claro, se você tiver coragem.: Digo.

Morte range os dentes.

Depois que Jared some do meu ângulo de visão, imagino se Luna entendeu a pista. Aproveitei-me do fato de Morte estar indo em direção ao portal errado para enviá-los ao portal certo, para que eles fiquem seguros e recuperem suas energias.

Penso em como Chloe deve estar lidando com tudo isso. Digo, à um tempo atrás, ela era só uma garota popular no colegial. Hoje, ela está presa comigo e um monte de criaturas sobrenaturais no inferno. Ela deve estar em colapso.

Uma esfera azul paira sobre a mão esquerda de Morte e ele a atira contra mim. A esfera me acerta em cheio e me faz cair do pégasus, que voa para outro lugar. Não caio no chão. Fico pairando no ar.

— Quer lutar de homem para homem? Ótimo!: Ele grita.

Morte desce de seu dragão e sinaliza para ele voar para longe dali. Morte também paira no ar, mas tem um domínio muito maior que o meu. Ele voa em minha direção, com a espada em mãos, e ataca.

Eu bloqueio o primeiro golpe, e o meu corpo rodopia no ar, jogando-me para o lado. Morte lança um golpe e me atinge no braço, deixando um corte pequeno, mas ardente.

Morte me ataca movimentando a espada para baixo com muita força e eu a bloqueio, mas sou arremessado mais para baixo, porém, consigo controlar meu corpo. Aproveito o impulso e vôo em direção à Morte, movimentando a espada de baixo para cima, na esperança de desarmá-lo, mas Morte bloqueia meu golpe e me dá uma cabeçada, o que me deixa tonto e derrubo a espada.

Ele me segura pela camisa, sua espada na mão direita, preparada para perfurar o meu peito e me destruir, mas é aí que algo esbarra em Morte e arremessa-nos para lados diferentes.

Com o impulso e minha tontura, caio no chão e lá permaneço por alguns segundos. Meu pégasus atacou Morte, que agora decepou a cabeça do bicho, fazendo-o cair dando voltas, até finalmente desaparecer no meio do labirinto em chamas.

Levanto-me do chão e vejo Luna e Chloe presas numa espécie de precipício. Corro o mais rápido que posso até a beirada do precipício e as duas olham para mim com medo. Sinto que elas estão apavoradas.

AS DEMAIS CENAS VOCÊS PODEM ACOMPANHAR NO SITE DA TRAMA:

http://reaper-webserie.blogspot.com.br/

Tem a ascensão de Luna, na quarta temporada, como Nêmesis, onde ela está contra todos por conta do nível alto que seus poderes tomaram EP:4.01
Tem o penúltimo da terceira temporada, que Lúcifer liberta os cavaleiros e a besta do apocalipse e a batalha pra salvar a Terra realmente começa EP: 3.17


CCARLOS: Ótimas cenas, ótimas histórias sobre Reaper. Mas precisamos seguir, e é por isso que ele está chegando; Segue o mais amado e mais odiado quadro desse bafafá aqui... O abençoado: “Não sou obrigado a nada!” a gente vai tentar arrancar uma faísca pra pegar fogo nesse programa... (Risos) Nem tanto, vai...

HUGO:
Fogo só tenho na cama.

CARLOS:
Kkkkkkk adoro

 
     

 

     
 

 
 
     
 

CARLOS: HUGO meu querido, esse quadro é só confusão viu... É aqui que sabemos, que haverá muito moído nesse mundo virtual (risos) Aqui o espaço é livre pra você falar mal de uma pessoa, uma obra, uma emissora... O espaço é todo seu... Queremos confusão e gritaria mesmo, que é pra ter audiência... Queremos ver as páginas do face bombardeadas de comentários... Me ajude nesse fuzuê, Hugo, conte tudo não esconda nada, N-A-D-A!!!

HUGO:
Ai gente não. Tenho paciência pra treta, mas vamos. Lá né. O cache é bom! om, Isa TPM era realmente uma porcaria e não faço a menor ideia de como fez sucesso no meu site (ME PEDIRAM SEGUNDA TEMPORADA, GENTE, AQUILO ERA HORRÍVEL). Já tive tretas no MV, mas pra mim ficaram no passado. Não adianta dizer novamente e francamente, nem quero. Afinal, sai do MV com o fim do volume IV de Reaper, pois pretendo manter o último em. Sigilo, caso venha a publicar.

CARLOS:
Curto e grosso! Segue o fluxo e vamos para a parte fofura do programa. Vamos nessa que tá chegando o Essa é Pra Você!

 
     

 

     
   

 

     
 

CARLOS: E na pegada da fofura, no sentimento de acalmar os ânimos após o fogo todo do “Não sou obrigado” que criamos o “ESSA É PRA VOCÊ!”. HUGO, nesse quadro, você também terá o espaço livre pra homenagear uma trama, um colega... O Espaço é todo seu. Temos momento de bafafá, mas claro de amorzinho também... Então você que será homenageado pelo HUGO, e você que está lendo, prepare os lencinhos e segure essa declaração...

HUGO:
CRISTINA RAVELA MEU AMOR
, Fooley Boys, Raiza, Realeza Juvenil...

CARLOS:
O Hugo é bem curto, né?! Mas tá valendo, bem pratico deu pra ver que ele ama a Cris... E precisamos seguir, e vamos seguir pro fim.

 
     

 

     
   

 

     
 

CARLOS: Estamos chegando ao fim do nosso programa, mas antes de despedir, a gente precisa acrescentar mais ao programa, não é “meixmo” ?! Bom, queremos exclusiva! O que Walter Hugo está nos preparando de novidade?

HUGO:
Queria poder dizer que tô trabalhando em algo novo mas Infelizmente terei que decepciona-los. Só estou encerando Reaper mesmo

CARLOS:
Uma pena. Tá lendo alguma obra virtual atualmente?

HUGO:
Pior que não. No momento só tô lendo um livro chamado "Claros Sinais de Loucura." Eu estou bem no início dele. A personagem principal tem 12 anos e a sua mãe tentou matá-la ainda bebê. Foi um reboliço enorme e agora a menina vai mudar de série, tá bem receosa de alguém descobrir isso sobre ela.

CARLOS:
Você comentou sobre a Cristina, acompanhou alguma trama dela? Qual? E o que mais lhe chamou atenção na trama?

HUGO:
Eu li alguns episódios de Raiza e adorei, mas ainda não tive a oportunidade de ler inteira.

CARLOS:
Como leitor, o que você acha das emissoras virtuais de hoje? Qual a sua opinião sobre o atual momento do mundo virtual?

HUGO:
Bom, eu não tenho acompanhado o mundo virtual nos últimos tempos, então não sou capaz de opinar muito bem. Eu acho que as emissoras estão crescendo, a UP por exemplo, começou nos perrengues e hoje tá linda livre leve e solta hehe.

CARLOS:
O que Walter Hugo fala pra quem tá pensando em escrever, pra quem quer começar a postar nesse mundo virtual?

HUGO:
É um lugar crítico, você tem que conquistar seu espaço, mas não pode se entregar, de forma alguma. Continue aperfeiçoando, seguindo em frente
.

CARLOS:
Sobre os críticos virtuais, qual sua opinião?

HUGO:
Não tenho uma opinião formada, mas são necessários.

CARLOS:
Acha importante essas premiações q acontecem no MV?

HUGO:
Importante talvez não seja a palavra, mas é um meio de reconhecermos os talentos nas obras e autores, então, talvez usasse gratificante ao invés de importante, pra descrever.

CARLOS:
Foi um prazer contar com você no nosso programa.

HUGO:
Obrigado, o prazer foi meu

CARLOS:
O prazer foi todo nosso Walter Hugo. Chegamos ao fim de mais um “Papo com o Autor”, um papo ótimo, uma entrevista maravilhosa. Espero que tenham curtido, e como sempre será rotina pra finalizar, deixo sempre esse recadinho: Curtam, comentem, metam crítica, mas pelo amor de deus falem do programa... (Risos) Valeu... E Até a próxima entrevista!

 
     

 

     

apresentação
Carlos Lira

convidado
Walter Hugo

música
Sua Cara (feat. Anitta & Pabllo Vittar)

produção
Bruno Olsen
Cristina Ravela

entretenimento

contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2017 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução
.aaa.
.aaa.

Compartilhar:

 
Copyright © WebTV | Design by OddThemes