Misturama - 6x08


https://4.bp.blogspot.com/-vBpUGE6hbgg/Wtn4kt-fgPI/AAAAAAAACWk/ALLDXQSBHMoRHgYoaO0EnM9QDV-F5IEuwCLcBGAs/s1600/Misturama%2B2018.jpg
 

MISTURAMA, 02 de dezembro de 2018
 
 
   
 

GABO: Fala galera, boa noite. Misturamaaaa na área. Os autores Débora Costa e Eduardo Moretti aceitaram o desafio de alterar o rumo de uma história no quadro "O que você faria?". No programa de hoje vamos acompanhar essa experiência que eles encararam. Além disso tem o quadro "Como que cheguei aqui" Miguel Rodrigues vai falar tudo sobre o início no MV. Luiz Gustavo, autor da novela Perfume - A Tristeza de Verão vai encarar o curte ou deleta e falará sobre fakes, cancelamentos o formato literário.

 
 

DÉBORA COSTA MUDA O RUMO DA NOVELA "TRIÂNGULO AMOROSO" NO QUADRO O QUE VOCÊ FARIA?

     

GABO: Ela já publicou diversas produções no MV e hoje vai encarar um desafio inédito na sua carreira virtual. Recebo aqui no palco no Misturama Débora Costaaaaa.

DÉBORA COSTA: Oi gente! Tudo bem? Obrigada pelo convite!

GABO: Débora dos trabalhos já publicados no MV, teve alguma cena que após ir ao ar você teve vontade de alterá-la?

DÉBORA: Essa pergunta é interessante porque eu não costumo fazer revisão de um capítulo exatamente porque mudaria as cenas, então a minha colaboradora Tainá Andaluz me avisa quando tem algum erro.

GABO: Com o feedback que você tem dos leitores e conversas durante o planejamento da trama, você chegou a pensar em um rumo diferente para algum personagem após a conclusão de uma trama?

DÉBORA: Já sim, por exemplo em Insensatez eu iria deixar Fernanda com Dimitri. Mas no decorrer o amor da personagem pelo Marcos cresceu, então deixei Fernanda com Marcos e a minha colaboradora sugeriu que ele ficasse com a Sofia, eu iria colocar ele com a Celine, mas a dica dela foi melhor. E eu mudaria a morte do Sérgio, daria outro final a ele.

GABO: Revelações aqui no Misturama kkkkkk. Eu e o público ficamos curiosos, qual seria o final alternativo do Sérgio?

DÉBORA: Na verdade ele não morreria, ele iria se apaixonar pela Sofia. O que deixaria a Giane querendo matar a Sofia kkkk

GABO: kkkkk Após essa descoberta, sobre um novo rumo de uma história, o que você acha da proposta do quadro "O que você faria?", onde o autor escolhe uma obra que ele gosta para mudar todo o rumo da trama?

DÉBORA: Eu acho uma ótima ideia porque da a oportunidade de mostrar a mesma história numa visão diferente.

GABO: Sim, é um novo olhar diante de uma história que fez com que o leitor se identificasse com os personagens e poder mudar o rumo desperta curiosidades. Agora a pergunta que não quer calar, qual será a trama que você vai mudar o rumo dos personagens?

DÉBORA: Vou mudar uma cena de uma novela que tem duas vilãs fortes, uma é capaz de qualquer coisa para que a mocinha pobre não fique com seu filho, e a outra é determinada a ficar com o mocinho, eu vou mudar o rumo de Triângulo Amoroso.

GABO:
A novela Triângulo Amoroso é assinada por Henzo Viturino e nós vamos acompanhar agora a cena original:
 

NOVELA TRIÂNGULO AMOROSO - CYBER TV (2018):

CENA 02. CASA ISABELLA. SALA. INT. NOITE.

Isabella está deitada no sofá, a fumaça começa a entrar na casa, ela se levanta, olha para a janela e se desespera.

ISABELLA: Meu Deus… É fogo. Como eu vou escapar?

O fogo começa a entrar na casa, Isabella se desespera.

ISABELLA: Ai meu Deus… Espera: tem uma saída de emergência, é por lá que eu vou.

Isabella pega seu celular e vai até a saída de emergência, a CAM segue ela. Isabella abre a porta, consegue sair.

CENA 03. FRENTE CASA ISABELLA. EXT. NOITE.

Isabella sai da casa desesperada, ela vê Sophia e Alice, se esconde.

SOPHIA:
Vamos Alice, uma hora dessa ela já deve está morta. Vamos pro aeroporto, Europa nos aguarda.

Sophia e Alice entram no carro rindo, saem. Isabella vai pra frente de sua casa chorando, liga para Miguel.

ISABELLA:
Miguel, vai pro aeroporto rápido, sua mãe colocou fogo aqui na minha casa e eu ouvi elas falando que iriam fugir. Vai rápido que eu vou ligar pro bombeiro.

Isabella desliga o telefone, liga pro bombeiro.


DÉBORA:
Na cena as vilãs colocam fogo na casa de Isabela e ficam vendo para ter certeza que ela vai morrer.

GABO:
Vamos acompanhar agora a cena escrita pela Débora Costa:

CENA DA NOVELA TRIÂNGULO AMOROSO

CAPÍTULO 19 – CENAS 2 E 3


CENA 02. CASA ISABELLA. SALA. INT. NOITE.

Isabella está deitada no sofá descansando e não percebe que o lado de fora da casa está pegando fogo, Alice entra devagar sem que Isabella perceba, Alice sorri ao ver Isabella deitada no sofá, se curva um pouco para chegar perto da cabeça de Isabella e diz no ouvido dela.

ALICE: Oi.

Isabella se assusta e se levanta rapidamente.

ISABELLA: Alice! O que você está fazendo aqui?

ALICE: Eu vim ver sua morte de camarote!

Alice da risada, Isabella vê o fogo invadindo a casa, fica assustada, tenta correr, Alice a segura.

ALICE: Você não vai sair daqui!

ISABELLA: Você ficou louca Alice? Você também vai morrer se ficar!

ALICE: E quem disse que eu vou ficar só vim ter certeza que você estava aqui.

ISABELLA: Me solta!

Isabella tosse por causa da fumaça, Alice dá risada, tosse, sorri.

ALICE: É melhor eu sair, adeus Isabella.

Isabella tenta sair pelos fundos, Alice pega um objeto que estava no móvel, bate na cabeça de Isabella que cai desacordada no chão, Alice dá risada.

ALICE: Bons sonhos sua insuportável.

Alice sai pelos fundos da casa.

CENA 03. FRENTE CASA ISABELLA. EXT. NOITE.

Sophia aflita olhando a casa pegar fogo, Alice se aproxima correndo.

SOPHIA: Até que enfim Alice! Onde você se meteu?

ALICE: Eu quis ter certeza que dessa a Isabella não iria escapar.

SOPHIA: E você deixou ela te ver?

ALICE: Claro que deixei Sophia, não esquece que mortos não falam.

SOPHIA: Vamos embora!

ALICE: Ainda não! Eu quero ver o fogo consumir a casa e essa maldita da Isabella!

Cena 4.Casa Isabella.Sala.Int.Noite.

A sala está tomada pelo fogo, Isabella começa a recuperar os sentidos, começa a tossir, tenta se levantar, olha em volta e só enxerga as chamas se aproximando, Isabella se levanta, está fraca, tenta ir o mais rápido possível para a saída dos fundos.

Cena 5.FRENTE CASA ISABELLA. EXT. NOITE.

Alice e Sophia observam friamente a casa se consumir nas chamas, Isabella ainda tentando recuperar o fôlego vê Alice e Sophia ao sair da casa e se esconde.

SOPHIA: Vamos agora Alice! Ela já deve estar morta! Nós temos que ir para o aeroporto!

ALICE: Pena que não vi Isabella queimar...

SOPHIA: Vem logo!

Sophia puxa Alice pela mão e a leva até o carro, elas entram no carro e seguem para o aeroporto, Isabella pega o celular, tosse se recuperando.

ISABELLA: Dessa vez vocês não escapam!

GABO: Débora, o que você achou do resultado final?

DÉBORA: Eu achei que ficou coerente, gostei bastante, a vilã Alice tem características parecidas com minhas vilãs, então ver ela sendo fria a ponto de entrar na casa e falar para Isabela que ela iria morrer foi mara! Kkkkk

GABO:
Você acha que o Henzo aprovaria a cena?

DÉBORA: Não sei kkkk é fico com receio de falar que sim porque eu coloquei a colher na cena dele kkkk eu espero que sim

GABO: A produção enviou a cena que você escreveu e ele vai falar o que achou. Será que ele aprovou?

DÉBORA: Sério?! Agora fiquei curiosa! Kkkk quero saber

GABO: Produção, solta o VT.

HENZO VITURINO: Adorei a forma com a que a Débora mudou a cena, realmente ficou bem melhor do que a original, eu adorei. Deu um suspense, a gente ficou se perguntando se a Isa conseguiria sair ou se a Alice morreria com ela, e mais uma vez a Débora surpreendeu, ficou maravilhosa a nova cena. Simplesmente adorei, arrasou Débora!

DÉBORA: Nossa! Que lindo! Obrigada! O Henzo é um ótimo autor. E fico feliz por ele ter gostado da mudança!

GABO: Texto aprovado, todo mundo feliz kkkk. Débora, como você avalia essa experiência após o feedback do Henzo?

DÉBORA: Mara! Adorei participar e ter a aprovação do autor foi muito bom!

GABO: Débora, obrigado por ter aceito o desafio do quadro e sucesso nos novos projetos.

DÉBORA: Eu que agradeço, adorei de verdade! Beijinhos.

GABO: O início no MV é incrível. Chegamos em um local onde tudo é novidade. Com o tempo vem as experiências e são elas que marcam nossa trajetória aqui. Acompanhe agora o início da carreira do Miguel Rodrigues no quadro "Como eu cheguei aqui".

 
     

COMO EU CHEGUEI AQUI: MIGUEL RODRIGUES CONTA TUDO!

     

MIGUEL RODRIGUES: Boa noite, me chamo Miguel Rodrigues, tenho 35 anos (vou completar 36 amanhã) sou animador de festas infantis, faço faculdade de Audiovisual e Novas Mídias (Cinema e TV), roteirista, já escrevi roteiros de curtas metragens (3 já foram filmados) e tenho um projeto de uma sitcom e uma novela para a internet para ser filmada.

COMO EU CHEGUEI AQUI

Meu primeiro contato com o Mundo Virtual em se deu em 2006, quando participei de um concurso para novos roteiristas da TV Record, hoje Record TV e o qual infelizmente não fui selecionado (quem ganhou foi a Gisele Joras). Desde então entrei em contato com várias pessoas do ramo que com mesmo intuito que eu, tem o sonho de um dia escrever para a TV. Eis que surge a TV Destino, uma comunidade do Orkut que tinha o intuito de lançar talentos pela web através de suas escritas, cheguei a fazer parte e a preparar uma sinopse pra lá, mas não consegui dar continuidade.
 

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Para mim, eu achei algo muito incerto, pois tive medo de escrever a toa, de ninguém acompanhar ou até mesmo de levar críticas negativas, mas sei que faz parte. Hoje em dia tá mais tranquilo.
 

O CONTATO COM A ESCRITA

É maravilhoso para mim, amo escrever, amo criar e mexer com vidas, mesmo que estas vidas sejam fictícias.
 


Selvagem foi a primeira obra escrita por Miguel Rodrigues


A PRIMEIRA VEZ

Foi em 2014, não foi como eu queria pois publiquei apenas resumos dos capítulos de uma trama que criei, queria ter feito roteiros deles e agora terei a oportunidade de roteirizá-la.
 

CONVIVÊNCIA

Devido ao contato com o Mundo Virtual, conheci e fiz amizade com muita gente bacana, dentre elas cito o Marcus Vinícius Santos (com quem escrevi e publiquei COM AMOR para o meu grupo do Facebook, o #DNA, além da novela que escrevemos só os resumos), a Débora Costa, o Weslley Fuchs, o Nathan Freitas e muitos outros. Se tive inimigos, sim, mas não os considero inimigos, para mim são apenas pessoas que quiseram me colocar para trás e das quais decidi me afastar.
 

MUNDO VIRTUAL EM UMA PALAVRA

Mágico. Porque assim como a TV, falando em questão de dramaturgia, mexe com vidas, mesmo que fictícias.

MIGUEL RODRIGUES: Para o público eu desejo que continuem apreciando as maravilhas do Mundo Virtual, valorizando o trabalho do seu semelhante e se fizerem críticas, que estas sejam construtivas, algo que nos faça melhorar mais e mais o nosso trabalho e aos colegas de MV, desejo muita sorte e muito sucesso nessa jornada.

GABO: Miguel, obrigado por compartilhar sua história aqui no Misturama. E vamos seguindo com o programa. Ele tem mais 15 anos de experiência na escrita. Foram vários trabalhos desenvolvidos. Eduardo Moretti aceitou o desafio do Misturama e vai mudar o rumo de uma história no quadro "O que você faria?". Olhaaaa ele aí, galera, Eduardo Moretti.

 
     

EDUARDO MORTETTI MUDA O RUMO DA NOVELA "ESTAÇÕES DA VIDA" NO QUADRO O QUE VOCÊ FARIA?

     
 

EDUARDO MORETTI: Boa noite, galera. É um prazer estar aqui com vocês, com o Gabo... Só não nos prendamos a detalhes cronológicos kkkkkk, nem faz tanto tempo assim que escrevo, rsrsrs... Vamos deletar esse detalhe. Kkkkk

GABO: kkkkkkkkkkk eu li a ficha que a produção me entregou. A Ritinha sempre me colocando em enrascada kkkkkkkkkkkk. Eduardo, das histórias que você já escreveu teve alguma cena que você se arrependeu?

EDUARDO MORETTI: Olha pensando assim de bate pronto não. Pelo menos que eu me lembre, Gabo. Mas vendo a experiência que tenho hoje em dia comparada no início da carreira quando escrevi Corações Partidos por exemplo, eu estava cru ainda. Não tinha as manhas, não conhecia as técnicas, enfim... E eu tenho comigo até hoje uma insatisfação com a obra no geral que se eu pudesse a escreveria de novo, do zero e com a experiência de hoje. Quem sabe um dia né? Tudo é possível, se as outras sinopses me derem uma trégua e deixarem, farei sim.

GABO: A experiência permite um novo olhar ao autor. Essa insatisfação que você citou, é referente ao pouco conhecimento que você tinha? E além disso, qual outro fator você destaca nessa insatisfação?

EDUARDO MORETTI: Sim, afinal eu estava começando com 15 anos de idade, não tinha acesso a internet, tinha muito feeling, isso já tinha, mas não conhecimento por exemplo de como se escrevia um roteiro, então ela foi mais pro estilo literário, depois quando cheguei no MV que fiz alguns ajustes, etc. Não sabia também dos famosos ganchos, que são usados pra prender o leitor, telespectador, para o próximo capítulo. Essa falta do gancho sem dúvida é outro fator que me deixou insatisfeito, até porque hoje em dia, já tendo esse conhecimento, chego a usar 2, 3 ganchos no final de cada capítulo. Os ganchos de Garota eram maravilhosos.

Tinha leitores que vinham me especular o que ia acontecer no próximo capítulo e isso é muito gratificante. Outro fator foi a continuidade no início dos capítulos, que não tinha também na época, outro fato mais ligado ao literário.

Que não tinha conhecimento no início.

GABO: Como você teve esse conhecimento com o roteiro? Você pesquisou ou teve algum auxílio?

EDUARDO MORETTI: Foi muito estudo e pesquisas mesmo, fui atrás. Eu me descobri fazendo o que amava e eu tinha que melhorar, me aprimorar mais, era o mínimo que eu poderia fazer pra me destacar mais, escrevendo boas tramas.

GABO: Todo conhecimento vem a somar. E a prática faz com que a melhora e o sucesso seja alcançado

EDUARDO: Sim com certeza. É como dizem, a prática leva a perfeição.

GABO: Hoje você aceitou o desafio do Misturama e vai mudar o rumo de uma história. Antes de revelarmos qual será a cena e história quero saber qual é a sua opinião sobre a proposta de mudar uma cena que já foi publicada?

EDUARDO: Olha sem dúvida é um desafio e tanto. Mexer, alterar a cena de uma trama que não é sua, chega a ser empolgante e desafiador eu diria. Vamos ver se ficou a altura da trama, to nervoso!!! Rsrsrsrs

GABO: Um dos autores da novela está no palco. Eduardo Moretti vai mudar o rumo de uma cena da novela Estações da Vida. Conte um pouco pra gente sobre a cena.

EDUARDO: A cena da novela que escolhi, esta redondinha, super bem escrita, núcleo jovem em cena, que eu adoro, e o curioso que assim que li a cena, ela me remeteu a uma outra possibilidade, que no caso foi sobre o que resolvi escrever.

GABO: Vamos acompanhar a cena original da novela Estações da Vida.

EDUARDO: Bora...

 
     

NOVELA ESTAÇÕES DA VIDA - WEBTV (2018):

CAPÍTULO 07 - CENA 02. MANSÃO PATO. QUARTO LUA. INT. NOITE.

Lua encara o celular.

LUA: Não, Iago, não é para digitar, é pra gravar áudio.

Lua envia uma mensagem. Em seguida o celular emite um som.

LUA (lendo): Infelizmente eu não vou poder gravar áudio. Estou na sala e meus pais estão por perto. Eles ficam fazendo perguntas e quero ficar de boa, sem interrupções. Você entende?

Lua revira os olhos.

LUA: Fazer o que né?

Ela digita a resposta rapidamente e envia. Recebe uma chamada, no visor do aparelho a foto de Larissa. Lua atende. A cena se divide ao meio, mostrando o quarto de cada uma.

LUA: Oi, Lari.

LARISSA: To tão triste, amiga.

LUA: O que foi?

LARISSA: Lembra do teste que eu fiz?

LUA: Sim, o teste pra modelo na R3. O resultado já saiu?

LARISSA: Sim, eles me ligaram.

LUA: E aí?

LARISSA: Não passei.

Larissa chora.

LUA: Lari, sinto muito. O que eles falaram?

LARISSA: Eu não consegui atingir as expectativas. To gorda.

LUA: Como assim? Eles disseram isso pra você?

LARISSA: Nem precisou né.

LUA: Você é tão magrinha.

LARISSA: Parece que não o suficiente. Fiquei a semana toda comendo frutas, saladas e tomando água. Agora recebo essa notícia. Estou abalada.

LUA: Calma, amiga. Será que eles não podem rever o teste?

LARISSA: Não. Se eu quiser vou ter que me inscrever de novo e passar por todo o processo seletivo.

LUA: Lari, fica tranquila, você tem talento, é a menina mais bonita que conheço. Sua hora vai chegar.

LARISSA: Obrigada. Não me leve a mal, mas agora eu preciso desligar. Vou tomar banho e tentar dormir.

LUA: Tudo bem. Se cuida.

Lua desliga.

CORTA PARA

CENA 03. CASA LARISSA. QUARTO. INT. NOITE.

Larissa joga o celular na cama se levanta, indo em direção ao frigobar. Tira vários doces, volta pra cama, abre vários de uma vez e come compulsivamente por um tempo.

LARISSA: Gorda! Gorda! Gorda!

Ela joga os doces pra longe. Vai até o espelho, observa o corpo, levanta a blusa, toca a barriga.

EDUARDO: Eu adoro cena de jovens, principalmente as que falem de algo real, um drama real. No caso o que me chamou atenção nessa cena foi a neura da personagem com o próprio corpo. A ponto de se auto condenar por uma coisa que só ela vê, que só existe na cabeça dela e que consequentemente a deixa frustrada.

GABO:
Realmente essa situação acontece frequentemente. Agora vamos acompanhar a cena escrita pelo Eduardo Moretti:

CENA DA NOVELA ESTAÇÕES DA VIDA

CAPÍTULO 07 – CENAS 2 E 3


CENA 02. MANSÃO PATO. QUARTO LUA. INT. NOITE.

Lua inquieta mexe no celular digitando uma mensagem.

LUA: Não, Iago. Não é para gravar áudio, é para digitar.

Lua então envia a mensagem e logo em seguida o celular emite um som.

LUA (Lendo): Poxa. Você sabe que eu detesto ficar escrevendo mensagens, o que eu gosto mesmo é de gravar áudio. É mais íntimo e pessoal. Mensagem é fria.

Lua novamente começou a digitar:

LUA (Impaciente): Mas eu já disse que agora eu não posso mandar áudio. A minha vó está aqui no quarto vendo a novela, e nós não teríamos privacidade. Dá pra entender isso ou ta difícil?

IAGO (Escrevendo): A sua vó esta vendo TV no seu quarto? Fala sério... Fala pra ela ir ver TV na sala, que você tem que estudar, inventa uma desculpa...

LUA: Como? Se a televisão da sala queimou. O que eu posso fazer? Ela não perde essa novela por nada.

IAGO (Inconformado): Fazer o que né?

Lua nesse momento recebe uma chamada e a foto de Larissa aparece no visor. Ela então se despede rapidamente do namorado com uma mensagem, enquanto a avó se levanta, saindo do quarto e atende a ligação, aproveitando que está sozinha agora.

LUA: Oi amiga, tudo bem?

LARISSA (Empolgada): Ta tudo ótimo, amiga melhor impossível.

LUA: Nossa que entusiasmo, Lari. O que foi que aconteceu pra você ficar tão feliz assim, amiga?

LARISSA: Você se lembra do teste pra modelo que eu te falei? Foi hoje! Eu fui lá na agência fazer.

LUA: Claro, eu me lembro agora. Mas e ai? Como foi o teste? Eles já te deram uma posição?

LARISSA: Sim, o próprio dona da agência, o senhor Alberto me deu a resposta, ele gostou muito de mim. Disse que eu era linda e que desfilava muito bem, que eu nasci para ser modelo. Ele elogiou muito o meu corpo também, precisava ver... Eu fiquei muito feliz. E tenho quase certeza de que eu serei uma das mais novas contratadas da agência Top Models.

LUA (Alegre): Mas isso é muito bom, amiga. Sinal de que ele gostou mesmo de você.

LARISSA: E Não é só isso. Ele me convidou para jantar com ele amanhã à noite no flat onde ele esta morando.

LUA (Estranha): Só vocês dois? Não vai mais ninguém?

LARISSA: Não. Só eu e ele. Pensando é até melhor sabe, assim eu não preciso dividir a atenção dele com mais ninguém.

LUA (Preocupada): Amiga olha só, você não pode ir jantar com esse homem sozinha no flat dele. É roubada, sai dessa.

LARISSA (Ri): Roubada porque Lua? Do que você esta falando?

LUA (Nervosa): O que está na cara. Que esse homem deve ser um pervertido, tarado, que só esta querendo se aproveitar de você, da sua ingenuidade. Sai fora dessa amiga. Dono de uma agência séria de modelo não iria fazer esse tipo de convite pra você. Ele só pode estar com segundas intenções, é óbvio.

LARISSA (Ri): Eu não to acreditando nisso cara... É sério isso, Lua? Bem que a Sandrinha me avisou que você morria de inveja de mim, mas eu nunca acreditei. Agora sugerir que o dono da agência esta querendo se aproveitar de mim? Não. Eu não pensei que você chegaria a tanto, sinceramente.

LUA: Lari não é nada disso. Eu nunca tive inveja de você, muito menos de ninguém. Eu só estou preocupada contigo porque a atitude desse cara esta muito suspeita.

LARISSA: Porque é comigo? É isso? Se fosse com você, tudo seria perfeito, eles te escolheriam logo de cara para estampar a revista do mês deles, depois você começaria desfilando nas passarelas de Milão, Paris, Nova York... E se tornaria uma modela de carreira internacional, não é mesmo? Mas quando é comigo, não pode ser, tem alguma coisa de errado, de suspeito, o dono da agência, por exemplo, não pode ter enxergado em mim um rosto e um corpo bonito para uma nova campanha, o que ele quer mesmo é me levar pra cama como uma prostituta barata. (P) - Olha só quer saber, Lua? Eu cansei de você e da sua inveja. Esquece que eu existo ta bom? E não me procura nunca mais, porque eu vou sim atrás dos meus sonhos e vou ser feliz. E de preferência bem longe de você e do seu recalque. Adeus.

Antes que Lari desligasse o telefone, Lua ainda tentou alertá-la:

LUA: Espera Lari, você entendeu tudo errado... Se cuida... Droga! Ela desligou o telefone. Eu tenho que fazer alguma coisa. Tomara que eu esteja errada sobre tudo isso, mas eu não estou com um bom pressentimento a respeito desse agenciador. Não estou mesmo.

Lua então jogou o celular em cima da cama e em seguida se deitou, ficando pensativa. Sua vó que havia saído voltou para o quarto trazendo um copo de leite e sentou-se na poltrona, voltando a ver sua novela preferida.

GABO: Uau. Que enrascada que a Larissa vai entrar. Eduardo, o que você achou do resultado final?

EDUARDO:
Eu achei que ficou bem interessante. Aproveitei o mesmo universo pra falar de uma outra temática que acontece e muito na vida real, que é o abuso de homens mais velhos por garotas e até mesmo garotos, usando o sonho deles, prometendo mundos e fundos, pra tirarem proveito deles, do corpo deles, no caso a exploração sexual, assédio, que são crimes muito graves e devem ser sempre denunciados.

GABO: Fiquei curioso para saber o desfecho. Cadê Eduardo? kkkkkkkkkkkkkk

EDUARDO: Me contrate pra escrever Estações da Vida. Kkkkkkkkkkkk

GABO:
Ta vendo Kax? kkkkkkkkkk Eduardo, você acha que os autores da trama aprovariam a cena que você alterou?

EDUARDO: Olha confesso que eu fico na dúvida, pode ser que sim, pode ser que não. Mas arrisco dizer que sim, levando em conta que aproveitei o mesmo universo, criando uma polêmica em discussão que é muito interessante e super atual também.

GABO: Produção solta o VT e vamos acompanhar a opinião do Kax sobre a cena:

KAX: Deu pra ver que você inverteu as histórias kk. Essa parte que a Lua disse pro Iago que não podia mandar áudio porque a vó estava perto ficou meio rápido, até porque logo que ela termina de falar com o Iago, Larissa liga pra ela, a vó sai e ela conversa em áudio com a Larissa. Por outro lado eu gostei muito do desenvolvimento da história a partir desse ponto. Esse negócio de falso agenciador de modelos e a Larissa brigando com a amiga por causa disso pensando que a Lua estava com inveja dela, eu achei sensacional. Acho que vou copiar isso para Estações da Vida, em! Kkkk

EDUARDO: Que bom que gostou Kax, fico feliz. E a saída da avó foi estratégica, já que a conversa a seguir seria interessante que fosse por áudio mesmo e não mensagem, por isso a inversão.

GABO: Agora é a minha vez de opinar sobre a cena kkkk Vamos lá...

EDUARDO: Aiaiai... Vambora rsrs

GABO: O universo que os jovens estão presentes possui diversos riscos. Sobre a cena que você desenvolveu eu curti a proposta. A Lua tentou alertar a Larissa, mas ela não quis dar ouvidos e consequentemente ela vai se arrepender dessa decisão. Confesso que eu fiquei curioso para o desfecho desse plot e a proposta do quadro é essa, mostrar um outro norte da história. Na parte da avó, poderia ter tido uma inversão e o Iago usar como justificativa para não ligar a câmera, já que na cena da Lua a presença da avó não teve muita importância já que o foco foi os jovens. Eduardo, parabéns pela criatividade e ousadia em mudar os acontecimentos.

 

EDUARDO: Sim verdade, ficaria interessante também. Muito obrigado Gabo, de coração. Pra mim foi um prazer participar e você sabe né? Sempre que precisar pode contar comigo. Quero parabenizar vocês também pelo belíssimo trabalho com Estações da Vida e confessar que me senti parte dela. Deu vontade escrever a trama também! Ousado... 🙈🙈🙈

GABO: O resultado final do quadro realmente é bacana, interessante. Diante d feedback que você recebeu dos autores, como você avalia essa experiência vivida hoje no Misturama?
 

EDUARDO: Sensacional e muito positiva. Adorei o quadro, achei bastante diferente e inovador. E me permitiu sair da minha zona de conforto pra vivenciar e escrever outra trama, mudando seu rumo, que não é a minha. Foi muito gratificante ver o resultado final e adorei ter participado dessa experiência.

GABO: Eduardo, eu quero agradecer a participação no quadro "O que você faria?". Obrigado e sucesso nos novos projetos.


EDUARDO:
Eu que agradeço Gabo, foi um prazer. Sempre que precisar já sabe, só chamar. Muito obrigado, sucesso pra todos nós. Beijo no coração de todos e até a próxima. 😉

 
 

LUIZ GUSTAVO PARTICIPA DO CURTE OU DELETA

     
 

GABO: Desde quando Luiz Gustavo chegou no mundo virtual, ele se identificou com o formato literário e apostou em diversos títulos. Já participou do E-novelas, que hoje é conhecido por Fanfics Brasil, Clube dos Originais e a Tv Virtual. Luiz Gustavo, corre aqui!

LUIZ GUSTAVO: Boa noite pessoas, muito obrigado pelo convite, estou me sentindo em casa.

GABO:
Aceita café, refrigerante, breja ou destilado?

LUIZ GUSTAVO:
Rapaz, quero uma skol beats bem gelada viu.

GABO:
O bem gelada eu apoio. Esse final de semana sai com uns primos e a bebida parecia que estava fora do freezer.

LUIZ GUSTAVO:
Ninguém merece, por isso é bom sair sempre com um isopor, com dez quilos de gelo.

GABO:
Exatamente, mas aqui no Misturama você pode ficar tranquilo que a bebida estará trincando de gelada e ainda vem o petisco de acompanhamento.

LUIZ GUSTAVO:
Cadê o salaminho com limão? E a Ritinha anda por aonde?

GABO:
Ritinha ta cuidando do petisco e pegando sua bebida, daqui a pouco chega aqui kkk. Pra iniciarmos nosso bate-papo conte um pouco sobre a sua vida virtual.

LUIZ GUSTAVO: Andei hibernando um pouquinho rs Pra quem não me conhece, escrevo desde os quinze anos de idade, já fui dono de alguns sites, o Clube dos Originais e o TV Virtual e as minhas histórias mais conhecidas são, Testemunha de um Crime e Perfume. Parei de escrever durante um certo tempo, precisava desse momento, para estudar e evoluir conforme o amadurecimento.

GABO:
Quando você anunciou o seu desligamento, na época da Tv Virtual, eu achei por um momento que você não retornaria pois eu percebi que você tinha perdido o interesse pelo mundo da escrita. O que você percebeu que mudou no mundo virtual nesse tempo em que ficou ausente?

LUIZ GUSTAVO:
O que eu observava desde o TV Virtual, existe menos leitores a cada dia, as pessoas acham que escrever é apenas publicar, não se interessa em apostar em novas ideias ou amadurecer, chega um momento que você deve mostrar a que veio. Eu não acredito que isso seja um retorno, vou continuar postando as minhas obras no wattpad, já finalizei Doce Inocência por lá, mas no mundo virtual, não tenho mais tanto interesse, tudo se tornou muito cômodo.

GABO:
E qual a sua opinião sobre os leitores? Eles são fiéis ou sazonais?

LUIZ GUSTAVO: Muitos leitores antigos e amigos meus, comentaram todas às vezes que publiquei as minhas histórias nesta plataforma, acredito que eu tenho alguns leitores fiéis, podem ser poucos, mas eu tenho e sempre existem os sazonais, os que aparecem de vez em quando, é normal.

GABO:
Luiz, a Ritinha acabou de deixar na mesa de centro a sua cerveja e petisco. Fique a vontade, porque o púbico quer saber tudo. Vai começar o Curte ou Deleta. Preparado?

LUIZ GUSTAVO:
Estou pronto.

 
 

CURTE OU DELETA: LUIZ GUSTAVO FALA SOBRE BARRACO, CANCELAMENTO, FAKE, ROTEIRO E MUITO MAIS!

     

 

     
 

GABO: O fim da Tv Virtual deixou todos os integrantes do mundo virtual órfãos. Obras não foram concluídas e um retorno não aconteceu. Na época, você, ao lado do Félix, eram os donos da TVV. O que motivou o fim da emissora?

LUIZ GUSTAVO:
Bruno, eu sai do mundo virtual um pouco antes do final da emissora, eu fiquei surpreso quando alguns autores me falaram, mas eu já sabia, ele estava com milhões de problemas e ainda tinha a faculdade dele, todo mundo da equipe aceitou de boa, sem problemas, éramos amigos.

GABO:
A Tv Virtual conseguiu deixar uma marca no mundo virtual. Uma das propostas da emissora era investir no formato literário. Hoje, o formato roteiro voltou a liderar os rankings de produções. Qual a sua opinião sobre esse fato?

LUIZ GUSTAVO:
Acredito que não existe mais autores literários no mundo virtual, pois eles simplesmente imigraram para as outras redes sociais, o Wattpad está aí de provas, o Nyah e o Fanfics. Os sites pararam de investir nas obras do gênero literário, isso é triste, tem espaço para todos.

GABO:
A Tv Virtual deixou um marco. Fez um importante papel, investiu no jornalismo, obras e reality show. Luiz Gustavo, você curte ou deleta a Tv Virtual?

 TV VIRTUAL | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Curto, por ter me recebido de uma forma tão agradável e me fez crescer, como um escritor e diretor do site.

GABO:
Falamos a pouco sobre o formato literário, onde ele teve um grande destaque perante o púbico, mas hoje está bem restrito. Qual a sua opinião sobre o formato e você o curte ou deleta?

 FORMATO LITERÁRIO | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Sim, eu curto, eu nasci e cresci no literário, apesar de saber algumas coisas do roteiro, mas a minha paixão sempre vai ser escrever neste formato, é aonde consigo libertar as minhas ideias.

GABO: Durante sua passagem pela Tv Virtual, você dividiu o trabalho com Félix Crítica, o criador da emissora. Como foi essa parceria?

LUIZ GUSTAVO:
Ele era um grande amigo e um excelente crítico, conseguíamos conversar sobre qualquer coisas, o Félix entendia as minhas ideias, junto elaborávamos tudo, os quadros, os realitys, as obras.

GABO:
O diferencial da emissora foi o investimento no entretenimento. O que você achou da experiência no entretenimento e qual a sua opinião sobre as emissoras investirem pouco nesse segmento?

LUIZ GUSTAVO:
Eu tive muitas ideias durante o Clube dos Originais e o Jovens Escritores, e os leitores curtiam as revistas eletrônicas e quando o Félix me chamou para direção, eu pensei com ele, que devíamos fazer algo completamente diferente, começamos com o Eduardo Amaral, um personagem que até vendeu CD's, colocava muitas coisas na brincadeira, para chamar atenção dos leitores para o entretenimento e para as nossas histórias, sempre homenageando um escritor da casa e de outras emissoras. E a respeito das emissoras que não investem, cada uma tem sua forma de lidar com a direção, mas é bom o leitor entrar em uma outra página e ler sobre outras coisas.

GABO:
E diante do que falamos, o público quer saber, você curte ou deleta o entretenimento no mundo virtual?

 ENTRETENIMENTO | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Eu curto, para um leitor é sempre bom ver coisas novas.

GABO:
Falando ainda sobre a Tv Virtual, ao lado de Gabriel, vocês criaram o fake Eduardo Amaral. O mundo virtual em diversos momentos tiveram a presença dos fakes. Alguns mostram a identidade um dia, outros somem sem deixar rastros. Qual a sua opinião sobre os fakes?

LUIZ GUSTAVO:
Sempre vai existir fakes, mas a partir do momento que ele usa a mentira, para causar coisas ruins, essa pessoa está agindo de má fé e os donos de grupos, por exemplo, devem tomar providências.

GABO:
Gustavo, você curte ou deleta os fakes?

 FAKES | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Eu deleto, apesar do Eduardo, não acho legal sair criando fakes, a maioria é só pra atacar os outros.

GABO:
No tempo em que você esteve presente, havia o Belas Histórias, outro site que apostava forte no segmento das obras literárias. Você curte ou deleta o Belas Histórias?

 BELAS HISTÓRIAS | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Eu curto, postei apenas uma história lá, Testemunha de um Crime, adorava Bárbara Furtado e o Victor Marçal, excelentes pessoas, que me deixaram ótimas lembranças.

GABO:
O mundo virtual é instável. São integrantes chegando, outros saindo. Muitas vezes nessas saídas o leitor é prejudicado com os cancelamentos. Luiz, você curte ou deleta o cancelamento?

 CANCELAMENTO | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Deleto, deixei o mundo virtual, mas as minhas histórias estavam prontas, NUNCA, cancelei obra nenhuma, por ser uma pessoa profissional e que leva as coisas a sério, por isso ainda tem leitores antigos que acompanham o meu universo.

GABO:
Sua preferência é pelo formato literário. Você já pensou em arriscar e encarar o desafio de escrever roteiro?

LUIZ GUSTAVO:
Já escrevi uma vez uma série, recheada de críticas negativas pro TV Virtual, sobre o Eduardo Amaral, acredito que as pessoas não compraram a ideia, mas posso ver para um futuro próximo, quem sabe? Escrevi junto com o Gabriel.

GABO:
A primeira experiência gerou algumas percepções sobre o formato. Gustavo, você curte ou deleta o formato roteiro?

 FORMATO ROTEIRO | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Curto o roteiro e deleto você me chamando de Gustavo kkkk

GABO: kkkkkkkkkk Culpa da Ritinha, mas vamos seguindo Gustavo kkkkk. O mundo virtual é composto por altos e baixos. O barraco sempre esteve presente. Alguns rendem diversos episódios, outros são mais curtos. Qual é a sua opinião sobre os barracos?

LUIZ GUSTAVO:
Bruno, você sabe muito bem que meu gênio é forte, sou barraqueiro mesmo... Zoando, já tive meus momentos de estresses por aqui, mas hoje levo tudo na brincadeira, as pessoas que falarem comigo hoje, não vão me reconhecer mais como aquele garoto de antes.

GABO: Você curte ou deleta os barracos do mundo virtual?

 BARRACOS | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Deleto né gente, vamos ter um pouco de classe.

GABO: Voltando a falar de fake, junto com o Gabriel, vocês desenvolveram o Eduardo Amaral, um fake que causou alvoroço. Foi lançado CD, um quadro de entrevistas e grandes risadas foram destaques. Você curte ou deleta o personagem Eduardo Amaral?

 EDUARDO AMARAL | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Curto, conseguimos brincar bastante com o fake e saímos da nossa zona de conforto, lançando uma série em roteiro.

GABO: Félix Crítica, era uma fake. Ele foi o responsável pela criação da Tv Virtual e desenvolveu um excelente trabalho. Realizou críticas, eventos e implantou uma rede que hoje deixa saudades. Você curte ou deleta o Félix Crítica?

 FÉLIX CRÍTICA | CURTE OU DELETA?.

LUIZ GUSTAVO: Curto, sempre será um grande amigo, nunca mais consegui conversar com ele, mas amizade de verdade é eterna.

GABO: Falando em amizade, você acredita na amizade virtual?

LUIZ GUSTAVO:
Claro que acredito, ainda tenho muitos amigos virtual, o Gabriel, a Juliana, o William, o Thiago, você, são pessoas que ainda converso, apesar da distância, continuamos amigos.

GABO: Luiz Gustavo, você curte ou deleta a amizade virtual?

LUIZ GUSTAVO:
Eu curto, as pessoas acham que não é sincera, mas você acaba se apegando com as pessoas.

GABO: Luiz Gustavo, o Curte ou Deleta chegou ao fim. Quero agradecer a sua participação aqui no Misturama.

LUIZ GUSTAVO:
Muito obrigado, Bruno, quero agradecer pelo carinho de toda a equipe, que a cada minuto, trocava a minha cervejinha e os espetinhos, fui muito bem recebido aqui na casa, já estou pensando nos contratos kkk

GABO: Vamos a sala de reuniões kkkkk. Valeu Luiz e sucesso nos novos projetos.

LUIZ GUSTAVO:
Obrigado Bruno, até a próxima.

 
     

 

     
 

GABO: O Misturama fica por aqui. Volto na próxima edição. Uma ótima semana a todos e até lá.

 
     
     
https://1.bp.blogspot.com/-9RRN36J3v-k/Wtn59Sp17MI/AAAAAAAACW4/Y2YTzwynqBgLkQh7fFY3-e9Mvv1hlANdwCLcBGAs/s1600/credito_misturama.jpg
apresentação
Gabo

convidados
Débora Costa
Eduardo Moretti
Luiz Gustavo

Miguel Rodrigues

repórter
Ritinha

entretenimento
contatoredewtv@gmail.com


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2018 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.

Compartilhar:

Postar um comentário

 
Copyright © WebTV | Design by OddThemes