Crônicas do Despertar - Pesadelo Raro: 1x14 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Crônicas do Despertar - Pesadelo Raro: 1x14

Série de Jonnathan Freitas
Compartilhe:

  



CRÔNICAS DO DESPERTAR - PESADELO RARO



 


1x14 - Uma Arena Infernal
 


O apresentador demoníaco, no centro da arena do coliseu, usa um terno brega com desenhos de caveiras e estrelas brilhantes e um topete enorme entre os chifres vermelhos. E em sua apresentação cênica, lembrando Bruce Buffer ele grita ao microfone:

- IT’S TIMEEEEEEEE!!!!!!

 

De um corredor escuro que dá para a arena sai um demônio com aparência humana. Ele traz tatuagens de símbolos místicos nos braços e pintura preta e aterrorizante em seu rosto.

Jack se posiciona na base clássica dos praticantes de Wing Chun com seu braço direito meio estendido a frente e com o esquerdo quase cruzado sobre ele, ambos de palmas abertas. É hora de lutar por sua vida novamente.

 

Longe dali, William Carter, Domenico Lorenzo e Arslam Koto Nogawa se dirigem para uma ala do castelo de Lúcifer acompanhando o seu anfitrião angelical.

- Temos muitos aqui, Lúcifer. Você disse que precisava de apenas um peão para seu tabuleiro político. Então um de nós deve ver como Jack se encontra. – Fala Lorenzo.

- Muito bem, mago. Qual de vocês pretende acompanhar o sofri... quero dizer, a situação de Jack Bolton?

Lorenzo cerra suas feições controlando sua raiva e então se dirige ao amigo cientista, falando:

- Carter, cuide de Jack até a gente terminar. E tome cuidado com magias por aqui.

- Pode deixar, Dom. Vamos sair dessa também.

Arslam se dirige ao primeiro anjo caído e pede polidamente:

- Será que, por gentileza, Vossa Excelência, poderia ceder um transporte e guia para nosso amigo encontrar Jack Harper no Coliseum?

Lúcifer estala os dedos e Ophiet se aproxima se abaixando em reverência. Depois o mestre diz ao criado:

- Leve o humano para o Coliseum em uma das carruagens, para que ele assista de perto como o inferno trata os caçadores de demônios.

Ophiet responde:

- Sim, Milorde.

Carter acompanha o demônio com aspecto bestial. Logo estará numa carruagem lilás alada sendo puxada por cavalos de fogo que o levará até o coliseu infernal.

Lorenzo e Nogawa são encaminhados para um salão com uma grande mesa retangular comprida. Lúcifer aponta para os assentos que os dois magos devem sentar. Em seguida ele aponta para um servo demônio de pele vermelha e olhos amarelos, vestido como mordomo, para que abra a outra porta do salão.

Pela porta começam a entrar outros demônios vestidos com terno e gravata. O principal dentre o grupo possui a cabeça de uma mosca e se aproxima com autoridade.

- Bzzzz.... Pensei que só seríamos nós nesta reunião, Lúcifer.

- Tomei a liberdade de acrescentar mais um convidado que falará por mim, Bel. Ele não é qualquer um. Conhece política e é um mago embaixador de Morpheus.

- Hummm... Já o odeio... bzzzzz.... Qual deles vai falar?

Lúcifer se volta para Koto Nogawa e diz:

- Senhor Arslam Koto Nogawa, este é o Mestre da podridão e Pai das moscas. Quero lhe apresentar Belzebub, o presidente do Congresso Infernal.

Arslam Koto Nogawa pega na pata de mosca que lhe é apresentada como aperto de mãos.

- É um prazer conhece-lo, Excelentíssimo Belzebub.

Os dois se cumprimentam com a cabeça e então se sentam em cadeiras opostas um de frente para o outro.

Enquanto isso políticos infernais se cumprimentam na porta da sala, falam alguma piadinha um para o outro e em seguida sentam.

Assim que o último político senta, Lúcifer deseja um boa noite e diz que na reunião de hoje seu assessor de assuntos internos irá mostrar seu ponto de vista sobre o projeto de “Lei da Coleira”. Então Lúcifer se afasta um pouco e senta um pouco longe da mesa, analisando o Mago que deve dissuadir os políticos sobre a continuidade do projeto de lei.

 

Na arena, Jack enfrenta Belial que o ataca com risos e piadas.

- Ora, ora, o que temos aqui? Hahahaha. O nosso amigo Jack Bolton. O fanfarrão que se diz caçador de demônios.

- E aí, Bel? Ah quanto tempo, hein? Que tal voltar pelo corredor antes que eu tire esse sorriso escroto da sua cara feia? – Ironiza Jack.

- Continua fazendo piadas sem graça, Jack? Não pense que vou esquecer do nosso último encontro em Nova Orleans.

- Nova Orleans... Ah, Bebida boa, comida boa e dançarinas lindas. Mas cheia de vampiros pé no saco. E ainda teve você dando trabalho. Como um homem pode esquecer Nova Orleans desse jeito?

- Vou fazer você pagar por cada piadinha dessas, Jack. – Belial cerra sua face com fúria e abre os braços, para no instante seguinte, de suas costas, sair uma cópia perfeita dele. Assim o faz novamente. Logo estão lado a lado três demônios idênticos, três Belial, partindo para atacar Jack com fúria.

Harper não espera o pior e se prepara com a mente focada nos inimigos que se aproximam. Projeta o primeiro o lançando para o lado que tomba vergonhosamente, recebe o segundo com uma sequência de socos no nariz e tórax, e antecipa o ataque do terceiro com um chute lateral no pescoço.

Os três inimigos param por um instante, sem acreditar na habilidade do humano, e se enchendo com mais ódio. Enquanto a torcida começa a vaiar e xingar o mago.

- Seu maldito, você só teve sorteeee!!!

- É hoje que você tomba, humano imundo!

- Arranca a pele desse desgraçado. Quero comer a alma dele!

Neste momento, William Carter chega ao coliseu e decide ficar num local da arquibancada um pouco afastado dos demônios. Logo ele reconhece Jack na arena e puxa um smartphone adaptado pelo cientista, que passa a ler os níveis de poder de cada demônio.

- Ainda bem que Jack pode dar conta desse aí.

 

Belial reinicia o ataque e Harper logo percebe a fraqueza dele, pois quando acerta uma das cópias de Belial, todas as outras sentem a dor. Além disso, quando Belial se divide seu poder diminui dividindo com sua nova cópia.

Jack Harper lembra de seu treinamento e, com certo esforço, ainda transpirando, vence. Sendo o único que está de pé num círculo de sete cópias de Belial caídas ao seu redor.

Após vencer Belial, a multidão mais exaltada chama o nome do próximo oponente. A torcida de demônios grita o nome: Akuma Sagar... Akuma Sagar... Akuma Sagar...

O apresentador pega o microfone e adentra a arena discursando:

- Isso foi incrível, diableries e demônios. O nosso amaldiçoado convidado acabou vencendo o demônio conhecido por “legião”. Vamos dar uma tenebrosa vaia para Jack Bolton.

Toda a audiência macabra do estádio começa a vaiar e a gritar xingamentos.

- Mas calma que o show da noite está apenas começando. Pois, lá vem ele. Dizem que ele aprendeu diretamente com o avatar Bhodidharma, o fundador das artes marciais humanas, e foi seu feroz perseguidor tentando levá-lo para as trevas. Ele que é profundo conhecedor da cultura oriental dos mortais humanos e aprendeu cerca de vinte artes marciais deles. O mestre da espada da perdição e arauto da desonra e crueldade na guerra... AKKUUUMMMMAAAAA.... SAGGGAAAAARRRRR.....!!!!!

Mais uma vez os demônios vão ao delírio em entusiasmo e euforia. Gritam o nome de Akuma Sagar com mais fulgor e vontade. O coliseu parece estremecer de tanta animação.

E de um portão com grades pesadas sai um enorme samurai deformado de quase dois metros.

O smartphone de Carter muda o gráfico e ele comenta baixinho:

- Pelos bigodes de Einstein, agora o Jack se encrencou.

autor
Jonnathan Freitas

elenco
Tom Hardy como Domenico Lorenzo
Rodrigo Santoro como Jack Harper
Lucas Till como William Carter
Hidetoshi Nishijima como Arslam Koto Nogawa
Seu Jorge como Akidaban
Gary Oldman como Morpheus
Aishwarya Rai como Deusa Maya
Thaís Araújo como Calíope
Jeffrey Dean Morgan como Calisto

trilha sonora
The Vikings - Alexander Nakarada

produção
Bruno Olsen
Cristina Ravela


 

Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO




Copyright © 2022 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução


Compartilhe:

Crônicas do Despertar - Pesadelo Raro

Episódios de Crônicas do Despertar - Pesadelo Raro

No Ar

Série

Comentários:

0 comentários: