A Prometida: Capítulo 10 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

A Prometida: Capítulo 10

Novela de Fran Vicentini
Compartilhe:







A PROMETIDA - CAPÍTULO 10
 

CENAS DO CAPÍTULO ANTERIOR:


Pérola surge por ali e os vê, decepcionada.

Pérola: O que é isso? Você está com outra mulher!

Julio: Pérola! Eu não pedi que me esperasse com o Luis?

Pérola (chorando): Você pediu pra eu ficar com ele, só pra você ficar com essa daí! E você sua perdida? Ele é casado comigo, ta ouvindo?

Alicia: Você vai permitir que ela me trate desse jeito?

Pérola furiosa avança em Alicia e a joga no chão. 


       

CENA 01 – MANSÃO AFONSO / SALÃO DE FESTAS / EXT. / NOITE.

Continuação do capítulo anterior. Pérola e Alicia rolam pelo chão sob os olhares assustados dos convidados que saíram por conta da gritaria. Julio puxa Pérola.

Julio: Você não pode fazer esse escândalo.

Pérola: Me solta! Me solta seu monstro! Eu te odeio!

Roberta: Parem já com isso! Não vão estragar a minha festa! Tirem essa selvagem daqui!

Paulo: Mamãe, deixa ela aqui, agora sim essa festa vai ficar divertida!

Pérola: Isso não vai ficar assim Julio! Não vai!

Pérola dá uma mordida no braço de Julio que a solta. Luis Carlos sai dali discretamente.

Pérola: Eu não quero te ver nunca mais.

Julio: Como pode agir dessa maneira Pérola? Não tem vergonha do escândalo que está fazendo?

Pérola sai correndo e Luis Carlos vai atrás dela.

Julio: Me perdoe, senhora.

Roberta: Isso é um cumulo! Saiam já da minha casa.

Julio sai nervoso atrás de Alicia.

CENA 02 – MANSÃO AFONSO / JARDIM / EXT. / NOITE.

Em outro ponto da mansão.

Luis Carlos: Você tem que ficar calma!

Pérola: Bem que todos me disseram. A tia Alma, o maldito do Sérgio, todos me disseram que o Julio não valia nada, que era um mulherengo e só queria brincar comigo.

Luis Carlos: Eu não posso te dizer que ele é um santo, mas pense bem, se não gostasse de você, não teria se casado.

Pérola: Você acha?

Luis Carlos: Sim. Ele me disse coisas tão bonitas de você. Venha entre na casa comigo, você está muito nervosa.

Pérola: Mas ele estava com outra.

Luis Carlos: Você está vendo coisas que não existem. Deixa eu te dá uma bebida pra você se acalmar.

Os dois saem rumo a casa.

CENA 03 – PERIFERIA DO MÉXICO / RUA / INT. / NOITE.

Vitória anda pela calçada sem destino, de repente vê algo que a deixa arrasada.

Vitória: Aquele homem que está sentado num dos bancos da praça... Meu Deus! Aquele homem parece ser meu marido! Alberto! Mas ele estava preso!

Vitória sai correndo dali.

CENA 04 – MANSÃO AFONSO / SALA DE ESTAR / INT. / NOITE.

Luis Carlos enche duas taças com tequila.

Pérola: Eu o amo tanto. Ele faz isso comigo.

Luis Carlos: Você também hein, tinha que agir daquela maneira? Nem deixou o coitado se explicar.

Pérola pega o copo que ele oferece e bebe de uma vez.

Pérola: Ele está nervoso comigo. Ele quer um filho. Ele quer um filho, mas eu não sei como engravidar assim tão rápido.

Luis Carlos se lembra do que o amigo disse sobre o testamento.

CENA 05 – PERIFERIA DO MÉXICO / PONTO DE ÔNIBUS / EXT. / NOITE.

O ônibus coletivo para no ponto e um carro estaciona na calçada, atrás do ônibus. Alicia desce e começa a andar apressada. Julio sai do carro.

Julio: Alicia! Alicia me escute!

Alicia: Me deixa em paz, Julio.

Ele a segura.

Julio: Quero te pedir desculpas pelo o que a Pérola fez. Eu gosto de você e não quero que você pare de falar comigo por causa da infantilidade dela.

Alicia: Ela tinha razão. Tem que defender o que é dela.

Julio: Ela ainda não aprendeu os bons modos, era uma cigana/

Alicia (cortante): Você devia estar com sua esposa agora e não correndo atrás de mim. Sabe, eu tenho pena dela por ter tido a infelicidade de se casar com um mulherengo como você.

Julio: Sim, você tem razão. Eu vou buscá-la na casa do Luis. Eu só queria que você não ficasse chateada comigo nem com ela.

Vitória surge por ali, ainda assustada. 

Alicia: Mãe?

Vitória: Filha, você já voltou da festa?

Ao ver Julio, Vitória sente uma coisa estranha no seu peito.

Vitória: Quem é você?

Julio: Me chamo Julio. Sua filha trabalha no mesmo hospital que eu.

Lágrimas enche os olhos de Vitória.

Julio (estranha): A senhora está bem?

Vitória: Sim, tudo bem. Só fiquei emocionada. Eu tinha um filho que se chamava Julio. Se estivesse com ele talvez teria a sua idade.

Julio (sorri): Eu preciso ir, tenho que ver como a Pérola está, muito prazer em conhecer a senhora e lamento pelo seu filho. Mais uma vez me desculpe, Alicia.

Alicia: Tudo bem.

CENA 06 – MANSÃO AFONSO / SALA DE ESTAR / INT. / NOITE.

Pérola bebe o resto de bebida que tem no litro. Ela, como nunca tinha bebido antes ficou completamente bêbada e Luis Carlos que já havia bebido antes na festa também estava bêbado.

Luis Carlos: O Julio me contou como você é carinhosa e dedicada com ele, muito fogosa e que vocês passaram uma lua de mel perfeita.

Pérola está chorando, bêbada, nem presta atenção em Luis.

Pérola (lamenta): Eu achei que ele gostava de mim. Fiz de tudo pra agradá-lo. Ele me prometeu, prometeu me amar pra sempre.

Luis Carlos: Com uma mulher bonita assim como você, até eu me casaria. Você é uma mulher perfeita e encanta qualquer um com esse seu rostinho inocente e seu corpo feito pro pecado.

Ele se aproxima dela e cochicha em seu ouvido.

Luis Carlos: Maravilhosa!

Pérola (empurra): Sai pra lá!

Luis Carlos cai de tão bêbado que está, sorrindo a toa.

Pérola: Se o Julio se separar de mim eu acho que morro. E onde ele estará agora? Onde está o meu Julio? Atrás da amante. Ele foi atrás dela!

Pérola vai em direção a porta. Luis Carlos se levanta e a segura pela cintura.

Luis Carlos: O Julio sempre dividiu as mulheres dele comigo. Com você não seria diferente, meu quarto fica ali do lado.

Pérola: Deixa de ser estúpido! Me solta!

Nesse momento entram Julio e Afonso.

Julio: O que é isso? O que você está fazendo seu imbecil?! Solte ela, não está ouvindo o que ela pediu?

Pérola: Ele não quer me soltar.

Afonso puxa Luis e Julio segura Pérola.

Julio (assustado): Você está bêbada?!

Pérola: Me solta você também. Nunca gostou de mim. Sempre me enganou.

Luis Carlos: Divide essa daí comigo também, Julio!

Afonso: O que é isso? Você está bêbado também. Você embebedou a moça, Luis Carlos?

Luis Carlos: Ela é linda demais, não é Afonso?

Julio (avança): Você quer que eu acabe com a sua vida, seu imbecil?

Afonso: Releve, Julio. Ele nem sabe o que está dizendo.

Julio se acalma. Afonso sai levando Luis. Julio ajuda Pérola a se sentar. Ela chora sem parar.

Julio: Você não tem vergonha de ficar bebendo sozinha aqui com um homem? Isso é atitude de mulher que não presta!

Pérola: E você? Você não tem vergonha de ficar me traindo aí com qualquer uma?

CENA 07 – PERIFERIA DO MÉXICO / CASA VITÓRIA / SALA / INT. / NOITE.

A porta se abre e Alicia entra com a mãe.

Vitória: O que aconteceu na festa filha?

Alicia: Aquele homem que é o doutor de quem eu lhe falei. O doutor por quem eu estava loucamente apaixonada, mamãe. Eu o amo, mas ele se casou.

Vitória: Fica calma. Você ainda vai conhecer alguém sincero que mereça o seu amor.

CENA 08 – MANSÃO AFONSO / SALA DE ESTAR / INT. / NOITE.

Julio: Eu não estava te traindo com ninguém. Eu juro.

Pérola: Pois eu não acredito, porque eu vi com os meus próprios olhos. Eu a ouvi dizendo que te amava. Mas você é meu, se casou comigo e por isso é meu.

Julio (ri): É claro que sou seu! Você não está em condições de conversar!

Pérola: Você está querendo esconder a situação!

Julio (com raiva): E se eu ficar com ela o problema é meu! Pelo menos ela não fica aí bebendo como se fosse uma perdida. Estou completamente decepcionado com você, Pérola!

Afonso entra na sala.

Afonso: Não brigue com ela, Julio. Você bem conhece o Luis Carlos. Ele é o culpado de tudo.

Julio: Parece que não o conheço muito bem. Assediar assim minha mulher sendo meu amigo? To decepcionado. Vamos, Pérola.

Pérola: Eu não vou a lugar nenhum com você.

Julio: Deixa de fazer gracinhas! Deixa de infantilidades, porque você deixou de ser criança há muito tempo! Você já é uma mulher! Aja como tal.

Pérola empurra ele brava.

Pérola: Você mesmo disse que está com a outra que não gosta de mim. Você foi atrás dela e me deixou sozinha!

Julio puxa Pérola com violência.

Julio: Vamos embora daqui.

Afonso segura no braço de Julio.

Afonso (autoritário): Eu não vou permitir que você aja assim com ela na minha frente.

novela de
Francyslaine Vicentini

elenco
 Thalia como Pérola
 Jorge Salinas como Julio
 Victoria Ruffo como Cristine
 Alberto Estrella como Zamack
 Sabine Moussier como Esmeralda
 Margarita Rosa de Francisco como Turquesa
 Rosa Maria Bianchi como Niurka
 Jaime Camil como Sergei
 Belinda como Dalila
 Fabián Robles como Escobar
 Eduardo Verástegui como Tito
 Danna Paola como Luana
 Alejandro Ávila como Sérgio
 Yadhira Carrillo como Camila
 Carlos Ponce como Luis Carlos
 César Evora como Afonso
 Eugenia Cauduro como Roberta
 Christopher Uckermann como Paulo
 Jesús Zavala como Felipe
 Jacqueline Andere como Vitória
 Jacqueline García como Alicia
 Manuel Ojeda como Alberto
 Kika Edgar como Milena
 Magda Guzmán como Tia Alma
 
 primeira fase
 Aracely Arámbula como Cristine
 Enrique Rocha como Franco
 Valentino Lanús como Christian
 Chantal Andere como Vitória
 Julio Bracho como Alberto
 David Ostrosky como Jourdan
 
 trilha sonora
 Regresa a mi – Thalia (abertura)

produção
 Bruno Olsen
 Diogo de Castro
 Renata Lopes


Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.



REALIZAÇÃO



Copyright 
© 2007 - WebTV
www.redewtv.com

Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

Compartilhe:

10 anos

A Prometida

Capítulos de A Prometida

Drama

No Ar

Romance

Comentários:

0 comentários: