O Dom - Vidas do Árido: 1x10 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

O Dom - Vidas do Árido: 1x10

Série de Vitor Zucolotti
Compartilhe:

 





O DOM - VIDAS DO ÁRIDO



NO NONO EPISÓDIO


EMERENCIANO (TOMA A FRENTE DOS BEATOS E MORADORES. COM UMA ARMA NA MÃO E UM FACÃO NA OUTRA)

Vamos extirpar o mal daqui! Agora!

 

***

 

TONHO SEGURA O BRAÇO DE ALICE.

 

ALICE

O que é isso?

 

TONHO

Eu preciso que venha. Agora!

 

ALICE (TENTANDO SE SOLTAR)

Me solte! Eu não vou agora! O que é isso? O que você está fazendo?

 

TONHO PUXA ALICE PARA SI, A ABRAÇA E TIRA UMA FACA, APONTANDO PARA A BARRIGA DELA

 

TONHO (NO OUVIDO DE ALICE)

Ou você vem agora, ou eu meto essa faca no teu ventre e mato o teu filho! Vem logo, sua vagabunda!



1x10

 

CENA 1 / BAR DO DORIANO / EXT. TARDE

DORIANO ESTÁ NA BAR. ELE VÊ TONHO E ALICE DE LONGE E PERCEBE ALGO ERRADO.

 

DORIANO

Meu Deus do céu! O que diabos tá acontecendo?

 

DIANTE DA SITUAÇÃO. DORIANO VAI ATÉ A RUA, E VÊ A MOVIMENTAÇÃO DOS MORADORES.

 

DORIANO

O padre tá doido? E o Tonho, que diabos ele estava fazendo com a dona Alice?

 

DORIANO VAI PARA O BAR, E AVISA PARA TODOS QUE O LOCAL FECHOU, EM MEIO A PROTESTOS.

 

DORIANO (QUASE ENXOTANDO OS CLIENTES E FECHANDO AS PORTAS DO BAR)

Acabou por hoje! Tem coisa ruim para acontecer nesse lugar. Vocês vão tudo para casa de vocês e amanhã pagam. Nada de saideira, não! Todos para fora!

CORTA PARA

 

CENA 2 / POSTO DE SAÚDE – SALA DE ESPERA / INT. TARDE

INOCÊNCIA VÊ A MOVIMENTAÇÃO PELA JANELA. DANIEL APARECE.

 

DANIEL

Que fuzuê todo é esse?

 

INOCÊNCIA

Não faço ideia! As pessoas estão seguindo em comitiva... Parece que para casa onde o Domênico cura...

 

DANIEL

Onde Domênico cura? O charlatão?

 

INOCÊNCIA

Meu Deus! Doutor, isso não vai prestar, não!

 

DORIANO ENTRA CORRENDO.

 

DORIANO

Doutor que bom que lhe encontrei aqui...

 

DANIEL (SEM ENTENDER)

Você quem é?

 

INOCÊNCIA

É o Doriano, do bar.

 

DORIANO

Doutor, eu vi uma coisa que o senhor precisa saber... A esposa do senhor, a tal da dona Alice.

 

INOCÊNCIA

O que houve com a Alice? Mas também o que está acontecendo nesse lugar, gente?

 

DANIEL

Fala logo, o que houve com a Alice, por favor!

 

DORIANO

O Tonho! O Tonho puxou a mulher do senhor. Levou ela para algum lugar...

 

DANIEL FAZ UMA CARA DE QUEM NÃO PARECE ENTENDER.

 

INOCÊNCIA

O Tonho é um dos caras que trabalham com Domênico. Pessoa do bem...

 

DORIANO

Ele tava com uma faca.

 

DANIEL

Uma faca?!

 

DORIANO

Doutor, Inocência... O Tonho, pelo que eu vi, a forma como ele puxava o braço dela e apontava a faca para a barriga... Ele raptou a esposa do senhor, Doutor.

 

DANIEL

Aonde ele foi? Pra onde? A Alice tá grávida! Inocência, eu não posso deixar nada acontecer com meu filho! Nada! Onde esse homem mora?

 

INOCÊNCIA

Calma, doutor! Doriano, olha para mim: pra onde eles foram, você sabe?

 

DORIANO

Para casa deles, lá perto da antiga casa do Ribeiro.

 

INOCÊNCIA

Vamos doutor Daniel. Doriano, vem com a gente!

CORTA PARA

 

CENA 3 / CASA DE TONHO / INT. TARDE

ALICE ESTÁ SENTADA NUMA CADEIRA, NUM QUARTINHO DA CASA DE TONHO E RITINHA. TONHO ACABA DE AMARRÁ-LA COM UM PANO, NA CADEIRA. RITINHA ESTÁ COM UMA FACA, OBSERVANDO TUDO.

 

ALICE

Por que vocês estão fazendo isso?

 

RITINHA

Você tem cara de santa, jeito de santa, mas não me engana. Eu sei muito bem o que você fez para conseguir essa barriga aí!

 

ALICE

Do que você está falando?

 

TONHO (ABRAÇA A ESPOSA. SEU TOM DESTOA DE TODA A SITUAÇÃO)

Não se ‘aperreie’ muito, não! Pode ser ruim pro nosso filho.

 

RITINHA

Eu sei que na realidade, esse filho aí na tua barriga é do Domênico!

 

ALICE

Não é nada disso! Ele me curou! Por isso eu to grávida... A gente não podia ter filho...

 

RITINHA VAI ATÉ ALICE, PUXA SEU CABELO PRA TRÁS, E ENCOSTA A FACA EM SUA GARGANTA.

 

RITINHA

Cala a tua boca! Eu não quero ouvir nenhum pio! Talvez, eu não consiga evitar o seu grito na hora que eu fincar essa faca na sua barriga e você gritar.

CORTA PARA

 

CENA 4 / CASA DE TONHO – QUINTAL / EXT. TARDE

DANIEL CHEGA COM O CARRO. INOCÊNCIA SALTA JUNTO COM DORIANO. DANIEL VEM EM SEGUIDA, JÁ INDO EM DIREÇÃO A CASA.

 

INOCÊNCIA

Não faz isso, doutor! Eu tenho uma ideia! Vem com a gente, mas fica afastado. A gente vai tentar salvar a Alice.

 

DANIEL CONCORDA COM A CABEÇA. INOCÊNCIA E DANIEL SEGUEM PARA O BARRACO DE TONHO E RITINHA.

CORTA PARA

 

CENA 5 / CASA DE TONHO / INT. TARDE

TONHO E RITINHA ESTÃO NA CASA. OS DOIS SE ASSUSTAM QUANDO ALGUÉM CHAMA.

 

INOCÊNCIA (EM OFF)

Tonho! Tonho! Cadê tu homem! Aparece.

 

RITINHA (COM OS OLHOS ARREGALADOS)

Cala a boca (para Alice) Agora você não dá um pio, ou eu te sangro aqui agora! (Ritinha coloca uma mordaça na boca de Alice)

 

TONHO

O que a Inocência tá fazendo aqui?

 

RITINHA

Vá lá, meu amor! Vá lá ver o que é... Eu fico quieta aqui com quarto com essa vaca!

 

TONHO

Tá bom!

 

A CAM, NO PLANO SEQUÊNCIA, ACOMPANHA TONHO SAINDO DO QUARTO E INDO EM DIREÇÃO A COZINHA, ONDE HÁ A PORTA DE ENTRADA DA CASA.

 

TONHO (ABRINDO A PORTA)

O que houve?

 

DORIANO E INOCÊNCIA BASICAMENTE INVANDEM A CASA. DORIANO OBSERVA AO REDOR, TENTANDO DISFARÇAR.

 

INOCÊNCIA

Homem de Deus! Cê nunca fecha essa porta, o que houve?

 

TONHO (SEM TER TEMPO DE FALAR)

Eu...

 

INOCÊNCIA

Tem alguma coisa pra acontecer e de ruim, lá na casa dos milagres! O padre e um bando de doido tá indo num mutirão para lá. A gente precisa ir! Você não pode deixar o Domênico assim...

 

DORIANO

Tá um rebuliço dos Diabos, Tonho! Vão com a gente!

 

TONHO

Eu preciso avisar Ritinha. Ela tá no quarto, passando um pouco mal por conta da barriga...

 

TONHO VOLTA AO QUARTO. ABRE A PORTA, ENTRA E TRANCA.

 

RITINHA (SUSSURRANDO)

Eu ouvi! Vá logo, meu amor! Vá salvar nosso homem! Esse povo vai fazer alguma coisa com ele...

 

TONHO

E ela?

 

RITINHA

Deixa comigo. Agora vá!

 

TONHO SAÍ.

CORTA PARA

 

CENA 6 / SEQUÊNCIA – CASA DE TONHO / EXT.INT. TARDE

DANIEL OBSERVA O CARRO DE TONHO SAINDO COM DORIANO E INOCÊNCIA. AO PERCEBER QUE PODE SE APROXIMAR, ELE OBSERVA PELAS JANELAS DA CASA. A PRINCÍPIO VÊ A COZINHA VAZIA. EM SEGUIDA, POR UMA FRESTA CONSEGUE AVISTAR RITINHA RODEANDO E AMEAÇANDO ALICE. DANIEL OBSERVA AO SEU REDOR E VÊ UMA LATA. PEGA O OBJETO E O JOGA NO CHÃO. NO MESMO MOMENTO RITINHA ESCUTA E SAÍ DA CASA. ELE JÁ DEU A VOLTA NO CASEBRE E CONSEGUE ENTRAR, INDO DIRETO PARA O QUARTO.

 

ALICE (EM SÚPLICA)

Daniel! Meu amor! Me salva!

 

DANIEL CORRE EM DIREÇÃO A ESPOSA. TENTA DESAMARRÁ-LA.

 

DANIEL

Eu vou te tirar daqui! Não fala muito alto... A mulher pode voltar.

 

ENQUANTO DANIEL ESTÁ QUASE DESSAMARRANDO ALICE. RITINHA VOLTA. ALICE VÊ A JOVEM. RITINHA ESTÁ ENFURECIDA. COM A FACA NA MÃO, ELA VAI ATÉ DANIEL.

 

ALICE

Cuidado! Ela voltou!

 

DANIEL ANTES DE SE LEVANTAR AINDA É ATINGIDO PELA FACA DE RASPÃO PELO GOLPE QUE RITINHA LHE DÁ. O MÉDICO SE VIRA, SEGURANDO A MÃO COM A FACA. MAIS FORTE QUE A JOVEM, CONSEGUE TIRAR O OBJETO E CRAVA NA BARRIGA DE RITINHA. RITINHA CAÍ.

 

RITINHA

Meu filho... Meu filho! Você matou meu filho! Você enfiou a faca em mim! Você matou meu filho.

 

RITINHA CONTINUA A FALAR QUE O MÉDICO MATOU O FILHO, ENQUANTO OBSERVA AS MÃOS CHEIAS DE SANGUE E TENTA ESTANCAR A FERIDA. DANIEL TERMINA DE DESAMARRAR A ESPOSA. E A BEIJA.

 

DANIEL

Vamos embora daqui!

 

ALICE

Não! A gente tem que levar ela.

 

DANIEL OLHA PARA A ESPOSA INCRÉDULO.

 

ALICE

Eu não vou deixar uma mulher grávida sangrando até a morte. Vamos levá-la para o posto. A gente vai salvar ela.

CORTA PARA

 

CENA 7 / CASA DOS MILAGRES – QUINTAL / EXT. TARDE

EMERENCIANO E OS DEMAIS SE POSICIONAM EM FRENTE A CASA DOS MILAGRES. ALGUNS FIÉIS DE DOMÊNICO ESTÃO NO LOCAL, DO LADO DE FORA. OBSERVAM O PAREDÃO DE MORADORES ARMADOS COM FACÕES, PEDAÇOS DE PAU.

 

EMERENCIANO

É a última chance, se juntem a nós! Vamos extirpar o mal desse lugar!

 

OS MORADORES CONCORDAM COM UM GRITO. ALGUNS FIÉIS CONTINUAM PARADOS, IMÓVEIS. OUTRAS PESSOAS APARECEM VINDAS DE TRÁS DA CASA DOS MILAGRES. EMERENCIANO ARREGALA OS OLHOS, NÃO ESPERAVA POR MAIS PESSOAS QUE, TAMBÉM, ESTÃO ARMADAS. RAIMUNDA SAI, OBSERVA TODOS. ALMEIDA TAMBÉM VAI ATÉ A PORTA. SAI E OBSERVA A TODOS. DOMÊNICO FINALMENTE SAI. OBSERVA TODOS E SORRI.

 

DOMÊNICO

Vieram buscar ajuda? Qual o seu problema, Emerenciano?

 

EMERENCIANO

Padre Emerenciano! Eu não sou nada teu para que use essas intimidades.

 

DOMÊNICO

E você veio para quê?

 

EMERENCIANO

Eu vim para lhe convidar, amigavelmente, a se retirar de Riqueza. Saia desse lugar. Vá procurar outras cercanias, Deus queira que não, para que você faça seus feitiços tão perversos.

 

DOMÊNICO CAMINHA UM POUCO MAIS A FRENTE. FICA A TRÊS PALMOS DE EMERENCIANO. SORRI. EM SEGUIDA GARGALHA.

 

DOMÊNICO

Pelo seu mando, eu nunca saio daqui! Pelo seu mando, jamais!

 

DOMÊNICO COSPE NO CHÃO. O ESCARRO ATINGE O SAPATO DO PADRE. DOMÊNICO VOLTA PARA O SEUS. EMERENCIANO OBSERVA COM IRA A CUSPARADA NO CALÇADO. OLHA COM ÓDIO MORTAL PARA DOMÊNICO. ERGUE A CABEÇA, ALTIVO.

 

EMERENCIANO

Vamos arrancar esse filho do capeta daqui agora!

 

OS MORADORES, BEATOS E BEATAS COMEÇAM A SE ENGALFIAR COM OS FIÉIS. PESSOAS SE SOCAM. PESSOAS SE ENFRENTAM A FACA. ALMEIDA PEGA DOIS MORADORES E OS SOCA AS CABEÇAS. RAIMUNDA OBSERVA ASSUSTADA TUDO. MARINALVA TENTA ESTAPEÁ-LA. RAIMUNDA LHE SEGURA A MÃO E QUASE QUEBRA SEU PULSO. DORINHA TAMBÉM FICA TENTANDO SE ESQUIVAR DAS PESSOAS. DOMÊNICO, COM UM BASTÃO, LUTA. ELE DEMONSTRA MAESTRIA EM SE ESQUIVAR DE GOLPES, MAS ACABA SENDO ATINGIDO DE RASPÃO POR UM FACÃO. NESSE MOMENTO ELE ACERTA O BASTÃO DE MADEIRA, NA CABEÇA DO HOMEM QUE LHE FERIU. UM HOMEM COM UMA FACA SE APROXIMA DE RAIMUNDA E ACERTA SEU PEITO.

CAM FECHA NO ROSTO DE RAIMUNDA, OLHOS INJETADOS. RAIMUNDA CAÍ NO CHÃO.

CORTA PARA

 

CENA 8 / POSTO DE SAÚDE / EXT. TARDE

DANIEL E ALICE CHEGAM AO POSTO. AS RUAS ESTÃO DESERTAS. ALICE DESCE DO CARRO. DANIEL SAI E VAI ATÉ O BANCO TRASEIRO, PARA TIRAR RITINHA. O MÉDICOA LEVA A JOVEM NOS BRAÇOS PARA DENTRO DO POSTO.

CORTA PARA

 

CENA 9 / POSTO DE SAÚDE – SALA DE ATENDIMENTO / INT. TARDE

DANIEL COLOCA RITINHA EM UMA MACA. A JOVEM JÁ ESTÁ COM O OLHAR FIXO PARA O TETO. DANIEL TENTA VERIFICAR SUA PULSAÇÃO. ALICE OBSERVA.

 

ALICE

O que aconteceu?

 

DANIEL ACENA A CABEÇA NEGATIVAMENTE.

 

ALICE

Não! Ela tá grávida...

 

DANIEL (ABRAÇANDO A ESPOSA)

Ela estava grávida! Ela não está mais. Tá morta. E antes ela do que você, meu amor! Essa vagabunda mereceu.

 

DANIEL BEIJA A ESPOSA.

 

DANIEL

Nós vamos embora daqui. Nós vamos embora agora!

CORTA PARA

 

CENA 10 / CASA DOS MILAGRES – QUINTAL / EXT. TARDE

MÚSICA ON: BORANDA – MARIA BETHÂNIA

DOMÊNICO ESTÁ COM RAIMUNDA NOS BRAÇOS, EM MEIO AO CAOS E AS PESSOAS QUE SE MATAM EM FRENTE A CASA DOS MILAGRES.

 

DOMÊNICO (AOS PRANTOS)

Você não vai, não! Eu vou te curar! Eu vou!

 

RAIMUNDA (OFEGANTE)

Desse mal você não pode me salvar! Do mal do homem. Da selvageria das pessoas. Desse mal, não...

 

DOMÊNICO CHORA, ABRAÇANDO RAIMUNDA. EMERENCIANO OBSERVA A CENA DE LONGE.

 

RAIMUNDA

Eu preciso te contar uma coisa...

 

DOMÊNICO

Não fale! Não se canse... (gritando) Almeida! Me ajude! Almeida!

 

RAIMUNDA (SEGURA FIRME AS MÃOS DE DOMÊNICO)

Eu sou a sua mãe. Eu sou a sua mãe de verdade. Me perdoa filho...

 

DOMÊNICO PARA DE CHORAR. FICA SEM REAÇÃO. RAIMUNDA LEVA A MÃO AO SEU PEITO, DEPOIS AO PEITO DE DOMÊNICO. A FIEL ESCUDEIRA DE DOMÊNICO FECHA OS OLHOS MORTA.

MÚSICA OFF: BORANDA – MARIA BETHANIA

 



autor
VITOR ZUCOLOTTI

elenco
DOMÊNICO (LÁZARO RAMOS)
DORIANO (CLAUDIO JABORANDY)
DANIEL (EMILIANO D´ÁVILA) 
INOCÊNCIA (LUCY RAMOS)
TONHO (TOMÁS AQUINO)
RITINHA (JENNIFER NASCIMENTO)
ALICE (ALICE BORGES) 
PADRE EMERENCIANO (JÃO MIGUEL) 
RAIMUNDA (ZEZÉ MOTTA) 
ALMEIDA (DAVID JUNIOR) 
MARINALVA (CLAUDIA MISSURA)
DORINHA (BÁRBARA REIS)

trilha sonora
PROCISSÃO - GILBERTO GIL (ABERTURA)
BORANDA – MARIA BETHÂNIA

produção
BRUNO OLSEN
CRISTINA RAVELA


 

Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO




Copyright © 2021 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução


Compartilhe:

18 anos

Episódios de O Dom - Vidas do Árido

No Ar

O Dom - Vidas do Árido

Série

Comentários:

0 comentários: