Você e Eu: Capítulo 18 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Você e Eu: Capítulo 18

Novela de Fran Vicentini
Compartilhe:








VOCÊ E EU - CAPÍTULO 18
 


CENAS DO CAPÍTULO ANTERIOR:

Graziela morde a mão de Miguel, que a solta. Ela se desequilibra e cai. Ele se abaixa junto dela pra ver se está bem.
Susana (no chão): Essa garota é uma selvagem, papai.
Natália: Que absurdo é esse?
Graziela reconhece a voz da mãe e pensa.
Graziela: Não pode ser.
Natália: Como pode aceitar selvagens como essa garota pra ser seus empregados Manuel? Olha o que ela fez com a sua filha!
Graziela (pensando): Não pode ser... O que minha mãe estaria fazendo aqui?
Manuel ajuda Susana a se levantar.
Manuel: Por que você fez isso, Marisol? Eu exijo explicações.

Graziela se vira. Natália arregala os olhos ao reconhecê-la.



Cena 1 – Fazenda Reys / Estábulo / Ext. / Dia 
Continuação do capítulo anterior. Natália está em choque ao reconhecer a filha.
Natália: Graziela?
Miguel, Manuel e Susana ficam confusos.
Graziela (pensando): Meu Deus! É minha mãe!
Graziela sai correndo deixando Natália sem entender. Miguel vai atrás dela. Silas se aproxima.
Silas: Que gritaria foi essa?
Susana: Pai, aquela maldita quase me matou. Você tem que demiti-la.
Manuel: Calma Susana. Calma, minha filha. Vou te levar pra casa.
Natália (atordoada): Não acredito, Graziela... Graziela...!
Manuel acompanha Susana. Silas ouve e se aproxima da tia.
Silas: A senhora disse Graziela?
Natália olha pálida pra ele.
Natália: Aquela moça... Ela é idêntica a minha filha morta.
Silas: A senhora é mãe de Graziela Drumon?
Natália: Sou. Você a conhece?
Silas: Claro! Sou o fã numero 1 do trabalho dela. Sempre reparei a semelhança que Marisol tem com Graziela. Inclusive canta tão bem quanto ela. Espera aí, quer dizer que sou primo da Graziela?!
Natália: Marisol... Quem é essa moça?
Silas: Vou te contar tudo, tia.
Áudio off. Silas conversa enquanto os dois caminham rumo a casa. Natalia está desconfiada.
Cena 2 – Fazenda Reys / Quarto Susana / Int.
Susana se olha no espelho.
Susana: Olha o que ela fez com o meu rosto, pai!
Manuel: O que você fez com ela?
Susana: Eu não fiz nada. Ela que veio pra cima de mim, só porque convidei o Miguel pra minha festa. Aliás, falando em festa, cancele tudo. Eu não vou aparecer assim toda machucada na frente dos convidados.
Manuel: Até amanhã essa marcas sairão do seu rosto.
Susana (histérica): Já disse pra cancelar tudo! Eu estou mandando. E faça-me o favor de conversar com aquela imbecil e a demita o quanto antes. Expulse-a de nossa fazenda! Da região! Da nossa vida!
Manuel sai.
Cena 3 – Fazenda Reys / Ext.
Em um lugar afastado, Graziela está sentada debaixo de uma árvore. Ela chora, angustiada.
Graziela: Minha mãe. O que ela está fazendo aqui? Com o senhor Reys... Eu estou perdida. Todos vão me descobrir.
Manuel chega a cavalo.
Manuel: Falando sozinha pequena brigona?
Ela enxuga as lágrimas.
Graziela: Senhor?
Ele desce do cavalo.
Manuel (paterno): Preciso conversar com você. O que você fez com a minha filha, Marisol? Percebi que desde que se conheceram, não se deram muito bem. Mas não precisava chegar aquele extremo.
Graziela: Me perdoe, senhor. Sei que vai me despedir, vai me dar uma bronca. O senhor está no seu direito.
Manuel se senta ao lado dela.
Manuel: Eu não vou brigar com você, porque conheço bem a minha filha. O que ela te disse que te ofendeu tanto a ponto de...?
Ela começa a chorar novamente.
Manuel: Olhe pra mim.
Manuel segura o rosto dela, que se sente protegida.
Cena 4 – Fazenda Reys / Sala de Estar / Int.
Natália está impaciente com o falatório de Silas. O celular dele toca.
Silas: Um momento, tia.
Ele vai para um canto.
Natália: Graças a Deus. Garoto chato.
Ela levanta-se do sofá, e sai discretamente. Ele atende.
Silas: Alô.
Lupita (off): Meu amor, eu preciso te ver.
Silas: Aconteceu alguma coisa?
Lupita (off): Aconteceu. De novo Silas. Eu estou grávida... De novo!
Silas empalidece.
Cena 5 – Fazenda Reys / Ext.
Graziela está mais calma.
Manuel: Sabe... Eu conheci uma mulher que se parecia muito com você. E eu a amei demais.
Graziela: É mesmo?
Manuel: Sim. E com ela tive uma filha. Fico imaginando. Se ela estivesse viva, poderia ser assim, muito parecida com você.
Graziela: Ela está morta, então?
Manuel: Infelizmente. E eu nem cheguei a conhecê-la.
Silêncio.
Manuel: Agora me diga. O que a Susana falou a você? O que está afligindo esse coraçãozinho?
Graziela: A sua filha me disse barbaridades, e eu não aguentei.
Manuel: É por causa do Miguel, não é?
Graziela (irritada): Não vou mentir. É sim. Eles se beijaram. Depois que ele saiu, ela veio com aquela cara de cínica dizendo que o Miguel gosta dela e que quanto a mim, que ele só me usa. Ela me chamou de prostituta de quinta.
Manuel (rindo): Toda essa confusão por conta de um beijo? Esqueça, não chore mais.
Manuel abraça Graziela. CAM em Miguel, observando de longe. Ele tira o chapéu, sai decepcionado.
Manuel: Aprendi a gostar de você, Marisol. Como se fosse uma filha. Não vou permitir que ninguém te faça mal. Muito menos a mimada da Susana.
Graziela: Obrigada. Eu também gosto muito do senhor.
Manuel: Vou te deixar sozinha pra pensar, e da próxima vez que a Susana te ofender, não bata nela. Venha falar comigo primeiro viu?
Cena 6 – Fazenda Reys / Sala de Estar / Int.
Cena intercalada. Silas e Lupita ao telefone.
Silas: Você está maluca Guadalupe?
Lupita: Eu não devia ter cedido. Eu devia ter obedecido as freiras. Só pode ser um castigo divino, me perdoa meu Deus.
Silas: Droga! Deus não existe, garota. Escuta, vou dar um jeito de arrumar mais dinheiro pra você tirar esse bebê.
Lupita: Não, Silas. Eu não vou fazer isso de novo. Essa criança só pode ter sido enviada. É nossa forma de se redimir pelo que fizemos da outra vez. Não vou tirá-la.
Silas: Você está certa disso?
Lupita: Sim.
Silas: Então não conte com o meu apoio.
Silas desliga o telefone na cara de Lupita.
Silas: Droga!
Cena 7 – Fazenda Reys / Ext.
Céu nublado. Começa a chuviscar. Miguel vai depressa para sua casa, passa pela árvore. Graziela ainda está lá.
Miguel: O que você está fazendo aqui sua maluca?
Graziela: Me deixa em paz.
Miguel: Está esperando o patrão pra mais um encontro amoroso?
Graziela (levanta-se): O que você disse?
Começa a chover um pouco mais forte.
Miguel (bravo): Você pensa que eu não vi vocês dois se abraçando? Você é uma descarada mesmo!
Graziela (grita): Eu ia te dar a resposta que você merece, seu estúpido. Mas, não estou a fim de brigar. Sai daqui. Me deixa sozinha.
Miguel sai nervoso e Graziela fica chorando na chuva. Ele para no meio do caminho, volta. Se aproxima dela e a puxa pelo braço.
Miguel: Vamos embora antes que caia essa tempestade que está armando.
Graziela (chorando): Eu não vou com você a lugar nenhum.
Miguel: Olha aqui, eu também não estou nem um pouco a fim de brigar. Você está insuportável.
Graziela: Vai procurar a Susana, então. Tenho certeza que ela não é tão insuportável como eu.
Chove muito forte.
Miguel: Você está com ciúmes de mim?
Graziela: Eu? Ciúmes de você? Por mim pode ficar com quem quiser, ouviu?!
Miguel: Você vai adoecer se ficar nessa chuva. Vamos pra casa.
Graziela: Se eu ficar doente, o problema é unicamente meu.
Miguel: É claro, porque depois é só pedir um médico pro patrão e ele vai te encher de mimos, não é?!
Graziela (grita): Eu te odeio.
Miguel pega Graziela no colo e a leva a força.
Cena 8 – Fazenda Reys / Casa Miguel / Sala / Int.
Miguel acende uma vela. Graziela treme de frio.
Miguel (irritado): Droga de chuva. Só serve pra acabar com a energia.
Ele se aproxima dela e toca seu braço.
Graziela (grossa): Tira a mão de mim.
Miguel: Você está gelada. Vou pegar um cobertor. Tire essa roupa.
Graziela: Não quero nada que venha de você. Assim que essa chuva parar volto pra fazenda.
Graziela senta na cama e cobre o rosto com as mãos.
Miguel: Eu que não vou ficar doente por sua culpa.
Miguel tira a camisa. Ela fica muito constrangida.
Graziela: Pare já com isso. Você não tem respeito por mim? Seu estúpido.
Miguel percebe as lágrimas dela. Aproxima-se, penalizado. Senta ao seu lado, na cama. Ele acaricia o rosto dela e seca suas lágrimas.
Miguel: Você está chorando por mim, não é? Marisol, por que aquele escândalo?
Graziela: Você não vai entender nunca o que eu senti quando te vi com aquela mulherzinha.
Miguel (levanta-se/bravo): Que inferno. Você está certa. Eu sou um estúpido! Sou um imbecil que não consegue dizer que...
Graziela (apreensiva): Dizer o quê?
Miguel (Aproxima-se): Eu te amo! Eu te amo, Marisol. Como nunca amei mulher nenhuma nesse mundo. Te amo desde que te livrei das garras daquele bandido. Eu demorei muito a descobrir, depois quando você sofreu aquele acidente eu tive tanto medo de te perder. Quando te vejo com o senhor Manuel...
Graziela: Eu não tenho nada com ele. Ele me trata como uma filha.
Miguel: Eu sei disso. Mas o ciúme me deixa louco.
Graziela: Miguel. Isso era tudo o que eu queria ouvir a tanto tempo... Meu amor. Se fiz aquela loucura é porque queria chamar atenção. Queria que você notasse que eu estou apaixonada por você.
Eles sorriem.
Fade in: Cuando me enamoro - Enrique Iglesias feat Juan Luis Guerra
Câmera lenta. Miguel segura a nuca de Graziela e a beija com paixão. Ela corresponde fazendo o mesmo. Ele a deita na cama.



novela de
Francyslaine Vicentini

elenco
Thalia como Graziela Drumon / Marisol Gomes
Juan Pablo Gamboa como Miguel Gomes
Ludwika Paleta como Susana
Gabriel Soto como Silas
Enrique Lizalde como Manoel
Daniela Romo como Natália
Eduardo Santamarina como Luís Felipe
Arleth Terán como Paola
Miguel de León como Raúl
Karyme Lozano como Mariana
Isaura Espinoza como Flora

Lisette Morelos como Lupita
Arath de la Torre como Marcelo
Luis Roberto Gusmán como Jorge
Natasha Dupeyrón como Gabriela
Ramiro Torres como Rodrigo

participações especias
Joaquín Cordero como Otávio
Sebastian Rulli como Marcio

segunda fase
Jan como Mariano Del Río
Anahí como Gabriela Reys
Eduardo Verastegui como Rodrigo Gomes
Natalia Juárez como Joana Reys Gomes
Daniela Aedo como Adriana/Adriano

Martín Ricca como Enrique
Raquel Olmedo como Mercedes
César Évora como Ângelo


trilha sonora
Tú y yo - Thalia
Cuando me enamoro - Enrique Iglesias feat Juan Luis Guerra

produção
Bruno Olsen
Diogo de Castro
Israel Lima



Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.




REALIZAÇÃO



Copyright 
© 2005 - WebTV
www.redewtv.com

Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

Compartilhe:

10 anos

Capítulos de Você e Eu

Drama

No Ar

Romance

Você e Eu

Comentários:

0 comentários: