Você e Eu: Capítulo 03 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Você e Eu: Capítulo 03

Novela de Fran Vicentini
Compartilhe:
Troque a Fonte Aqui








VOCÊ E EU - CAPÍTULO 03
 



CENAS DO CAPÍTULO ANTERIOR:


Miguel: Vai sair assim?
Graziela senta na cama e começa a chorar.
Graziela: Você é um estúpido! Era preferível que eu ficasse lá junto com o sequestrador.
Miguel: Ah é claro! Ele ia te tratar bem melhor do que eu...
Ele caminha até lá e tira uma calça do pequeno guarda-roupa.
Miguel: Toma. Vista isso. (com ironia) Não é o número do seu manequim, mas pelo menos não vai deixar suas pernas a mostra, mocinha. 
Ele sai para que ela possa se vestir. Graziela olha com raiva. 
Graziela: Será que vale a pena ficar aqui nesse fim de mundo com esse mal-educado? Um mal educado que... Que... Não, Graziela. Você está ficando louca! Bonito? Esse peão imbecil, bonito...! Acho que estou ficando louca de verdade.





Cena 1 – Barzinho / Calçada / Fim de Tarde / Ext.
Raúl e Marcelo continuam brigando em meio às pessoas que passam por ali. Mariana grita.
Mariana: Parem já com isso!
Eles se soltam.
Raúl: Nunca mais se aproxime dela ouviu?
Marcelo: Você não manda nela! É um simples motorista e nem chega aos pés da Mariana.
Marcelo sai dali. Mariana empurra Raúl em direção ao carro.
Mariana: Por que você fez isso?
Raúl: Eu queria te defender, me perdoa...
Mariana: Quantas vezes eu já te disse pra não se meter na minha vida? Eu já sou uma mulher. Posso me defender sozinha.
Raúl: É que eu não quero que ninguém te faça mal, e aquele rapaz estava te forçando.
Mariana: Ele não estava me forçando a nada. Marcelo é um rapaz com que eu venho saindo há um bom tempo. Todos os meus amigos devem estar rindo de mim, da maneira que você tratou as coisas. Você faz tudo errado!
Fade in: Vuelve conmigo – Abraham Mateo
Raúl: Me perdoe, então...
Mariana entra no carro, furiosa. Raúl fica pensando.
Raúl: Eu faço tudo errado... Devo parar de sonhar porque Mariana nunca vai me amar como eu a amo!
Ele entra no carro e dá partida.
Fade out: Vuelve conmigo – Abraham Mateo
Cena 2 – Casa Família Drumon / Escritório / Int.
Otávio está em sua sala lendo uns papéis quando recebe uma ligação. Ele atende. A voz do outro lado da linha é modificada, irreconhecível.
Voz (off): Senhor Drumon?
Otávio: Sim, sou eu. Quem fala?
Voz (off): Alguém que quer lhe alertar. Abra os olhos.
Otávio: Quem está falando? Que estupidez é essa?
Voz (off): Sabe onde sua esposa está nesse momento? Na casa do amante!
Otávio: Escute rapaz eu não estou a fim de brincadeiras.
Otávio desliga o telefone. Olha para a foto no porta retrato em cima da mesa, confuso. Na outra foto, Graziela sorrindo, feliz. O velho homem pega a foto e chora angustiado.
Cena 3 – Casa Jorge / Sala / Int.
Márcio coloca o telefone no gancho, rindo satisfeito.
Márcio: Ele ficou bem nervosinho, Jorge.
Jorge: Desse jeito podemos arrancar dinheiro dele. Você vai fazendo as ligações e com o tempo pede dinheiro em troca de informações.
Márcio olha para a janela.
Márcio: Acho melhor eu ir embora. A dona está chegando com seu carro último modelo.
Jorge: Não! Não vou poder suportá-la hoje. Estou cansado! Estou com muita raiva! Que ódio. A princesinha conseguiu escapar das minhas mãos. Olha que eu procurei aquela imbecil por todo o vilarejo. Mas se eu pego o maldito que a ajudou fugir eu mato! Eu mato!
Márcio: É melhor se acalmar. Essa sua obsessão pela Graziela Drumon vai acabar te destruindo. É melhor eu abrir a porta, e boa noite, amigo.
Márcio sai com um sorriso irônico e abre a porta. Natália o cumprimenta com um certo receio e entra no apartamento. Ela retira os óculos escuros, o lenço, e sorri para Jorge.
Natália: Meu amor... Senti tanto a sua falta. Onde esteve durante esses dias?
Jorge: Minha querida, estive viajando pra casa dos meus pais, no interior. Tive que voltar por que não aguentava mais de saudade.
Natália: Comprei esse presentinho pra você. É uma corrente de ouro.
Os olhos de Jorge brilham de ambição e ele beija a mulher com paixão.
Cena 4 – Casa Família Drumon / Sala de Estar / Int.
Mariana entra na casa, furiosa, vai direto pro seu quarto. Raúl que a seguia, olha desconsolado. Paola está no sofá tentando ligar para alguém. Raúl vai em direção ao escritório.

Cena 5 – Casa Família Drumon / Escritório / Int.
Ao abrir a porta, Raúl se assusta ao ver Otávio caído com a foto de Graziela nas mãos.
Raúl: Otávio! Meu Deus o que houve?
Paola, vinda da sala.
Paola: Que gritaria é essa Raúl? (ao ver Otávio) Pai!!!!
Raúl: Eu vou levá-lo ao hospital. Chame sua mãe. Avise a ela.
Paola (pensando): O papai não pode morrer agora. Ele precisa viver pra obrigar o Luís Felipe a se casar comigo!
Cena 6 – Casa Miguel / Ext.
Graziela está do lado de fora da casa, mas vê que está muito distante, isolada de todos. Então ela volta pra dentro. Miguel está rindo dela.
Miguel: Você não disse que ia sair daqui?
Graziela: Eu não conheço nada por aqui. Não vou ser estúpida de sair por aí sem conhecer ninguém.
Miguel: Ah Marisol... Você se acha o máximo não é?! Trabalhei demais hoje.
Graziela (irônica): Isso não é problema meu.
Miguel segura o rosto dela com força.
Miguel: Você é cínica demais pro meu gosto.
Graziela sorri com ironia.
Miguel: Trouxe comida. Quer?
Graziela apesar da fome que está, mente.
Graziela: Não. Não quero... Fique com tudo pra você!
Miguel sentando-se a mesinha pequena e começando a comer.
Miguel: Está bem. Eu não vou me importar com suas frescuras.
Cena 7 – Colégio Interno / Ext.
Um jovem loiro, tenta escalar o muro do colégio e acaba conseguindo entrar. Ele olha e vê que não há ninguém por ali. Vai até em frente a uma janela e joga uma pedra.
Silas: Lupita!
Dentro do quarto, uma jovem loira se levanta com o coração acelerado. Suas amigas e companheiras de quarto riem.
Lupita: Ele veio! Ele veio me ver!
Ela sai na janela e Silas joga-lhe um beijo.
Silas: Desce aqui princesa!
Lupita: Eu vou ver se consigo sair do quarto.
Silas: Se você não vier, eu vou aí.
Lupita olha assustada. Silas ri e pensa.
Silas: Nem meu pai, nem dona Flora, nem esse colégio imbecil vão me impedir de ter a Lupita entre meus braços... Ela vai ser minha!
Cena 8 – Casa Miguel / Int. / Noite
Miguel terminar de lavar a louça que sujou.
Miguel: Vou tomar um banho e vou dormir. É o melhor que faço.
Graziela: Miguel... Eu não quis ser grossa com você. Me desculpe.
Ele não se importa, tira a camisa que vestia e vai tomar banho. Graziela, constrangida, se deita na cama e se vira para o lado da parede, lembrando que nem porta o banheiro tinha.
Cena 9 – Colégio Interno / Jardim / Int.
Num lugar escondido do enorme jardim, Lupita e Silas conversam.
Lupita: Silas você é maluco!
Silas a abraça com força e a beija.
Silas: Sou maluco por você.
Lupita: Me solta, podem nos ver.
Silas: Você não gosta de mim Lupita?
Lupita: Eu gosto, mas tenho muito medo. Minha tia me disse coisas sobre você que... Meu irmão também...
Silas: E você acredita? Meu pai encheu a cabeça dela de mentiras e o Miguel diz essas coisas porque é seu irmão e tem ciúmes. Querem nos separar! Você não entende? Não se conformam que o nosso amor é o mais puro e verdadeiro do mundo. Não acreditam!
Lupita: Ai Silas, eu queria tanto poder estar ao seu lado sempre.
Silas: Por enquanto não podemos. Você sabe que eu não estou trabalhando. Você sabe que meu pai me prende, não me deixa seguir a carreira que gosto, quer que eu o ajude com aqueles cavalos imundos...
Lupita: Eu sei, eu sei...
Ele se segura pra não rir e pensa.
Silas (pensando): Lupita é mais inocente que eu imaginava. Eu trabalhar? Se tenho um pai que me sustenta...! (falando) Mas isso não vai nos separar... Nunca vamos nos separar. Vou fazer o possível pra vir te ver quase sempre que puder. Que tal se você der uma escapadinha? Vamos conversar um pouco lá fora, no meu carro.
Lupita: Não, eu...
Silas: Deixa de ser boba, Lupita!
Lupita se assusta com a maneira grosseira que Silas puxa seu braço. Silas percebe e repara seu erro.
Silas: Me perdoe. É que eu te amo demais e quero ficar com você.
Lupita: Está bem. Vamos.
Cena 10 – Casa Miguel / Int.
Quase dormindo, Graziela sente que Miguel deitou ao seu lado na estreita cama de solteiro e faz um escândalo.
Graziela: O que é isso?
Miguel: O que é isso o quê?
Graziela: Você acha que eu vou dormir com você?
Miguel: Não se preocupe que de tão cansado que estou nem vou reparar em quem está ao meu lado.
Graziela: Pois eu não vou aceitar, não vou.
Miguel: Pelo jeito está acostumada a ter tudo que deseja. Mas eu trabalhei o dia inteiro sobre o sol. E você dormiu a tarde inteira.
Graziela: Você não é nem um pouco cavalheiro!
Miguel: Da minha cama eu não abro mão.
Ela se levanta com raiva.
Graziela: Não se importe. Fique com ela que eu durmo no chão. Mas não fique estressado, vai ser o último dia que vou te incomodar.
Miguel ri, mas Graziela leva a sério e acaba dormindo deitada no chão. Miguel fica com pena e percebendo que ela dormiu pega Graziela no colo e a coloca na cama.
Miguel (pensando): Marisol... Ah Marisol! Você é diferente das outras mulheres. Você é orgulhosa, metida, mas o brilho dos seus olhos...
Cena 11 – Colégio Interno / Ext.
O carro de Silas está parado na calçada, poucos metros do portão de entrada do colégio. Dentro do carro, eles conversam.
Lupita: Estou com medo.
Silas: Fica calma. Confia em mim...
Silas beija Lupita, que se deixa levar. Eles acabam fazendo amor.



REALIZAÇÃO



Copyright 
© 2005 - WebTV
www.redewtv.com

Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

Compartilhe:

10 anos

Capítulos de Você e Eu

Drama

No Ar

Romance

Você e Eu

Comentários:

0 comentários: