Você e Eu: Capítulo 02 - WebTV - Compartilhar leitura está em nosso DNA

O que Procura?

HOT 3!

Você e Eu: Capítulo 02

Novela de Fran Vicentini
Compartilhe:








VOCÊ E EU - CAPÍTULO 02
 



CENAS DO CAPÍTULO ANTERIOR:


Âncora 1 : Interrompemos nossa programação para trazer a público uma triste notícia. A cantora Graziela Drumon, conhecida por seu estrondoso sucesso “Você e eu”, sua irreverência e beleza, morreu em um acidente de carro, após um show na cidade do México. Os fãs choram desconsolados a morte precoce da princesa pop.
Âncora 2: Tanto tempo buscando a fama, e por um descuido tudo foi por água abaixo. Em instantes, mais informações.

...


Aos poucos, Graziela acorda e se assusta ao desconhecer o local.
Graziela: Meu Deus! Onde estou?

...


Graziela: Quem é você e o que eu estou fazendo aqui?
Jorge: O estrelismo te fez mal educada menina?
Graziela: Eu estou desesperada. Não sei o que quer comigo! O que estou fazendo aqui?
Jorge: Digamos que eu gosto muito de você... Há muito tempo, Graziela.

...


Graziela: Me solta! Me solta!
Jorge: Não. Agora vou aproveitar que estamos sozinhos.
Jorge beija Graziela a força. Ele usa de toda sua força e a joga no chão. Jorge está sobre ela e Graziela tem certeza que é impossível contê-lo. De repente, Jorge desfalece caindo em cima dela. Ela olha espantada e vê um rosto assustado. Miguel empurra Jorge para o lado e ajuda Graziela a se levantar.
Miguel: Vem comigo. Eu vou te tirar daqui!
Graziela (assustada): Você o matou?
Miguel a encara, aflito.




Cena 1 – Casa abandonada / Dia / Ext.
Continuação do capítulo anterior. Miguel e Graziela saem da casa, apressados. Do lado de fora, ele percebe o quanto ela está fraca.
Miguel: Venha eu te ajudo a montar no cavalo.
Graziela: Eu? Eu não... Cavalo não! Tenho trauma de cavalos.
Miguel: Você acha que fraca do jeito que está vai conseguir andar até chegar à fazenda?
Graziela (marrenta): Pois eu prefiro ir a pé.
Miguel (impaciente): Eu estou fazendo o favor de te ajudar e você ainda está reclamando?
Graziela: A cavalo eu não vou!
Miguel (bravo): Pois então fique!
Graziela olha com raiva pra Miguel. Aquele que há segundos acabara de lhe ajudar, era um peão mal educado.
Graziela: Você é um grosso! Não está vendo que...
Miguel pega Graziela no colo.
Miguel: Eu não me arrisquei por você à toa!
Graziela (gritando): Me solte! Me solte!
Miguel coloca Graziela no cavalo e eles saem em disparada.
Cena 2 – Casa Miguel / Ext.
Miguel e Graziela chegam até uma pequena e pobre casa. Miguel ajuda Graziela descer do cavalo. Ela está pálida e chorando.
Miguel: Viu? Por acaso o cavalo te machucou? Pra que esse medo ridículo?!
Graziela: Você não sabe os meus motivos.
Miguel alisa o pelo do cavalo branco, terno.
Miguel: O Nobre é um bom menino. O que estava fazendo lá? Quem era aquele homem?
Graziela: Eu não sei. Eu não sei o que estava fazendo lá. Mas, apesar de toda sua grosseria... Gostaria de te agradecer... Se você não chegasse a tempo eu nem sei o que poderia ter acontecido.
Miguel: Acredito que a moça saiba que aquele estúpido iria usar e abusar da senhorita.
Graziela: Nem quero me lembrar disso. Obrigada por ter me ajudado.
Miguel: Não precisa me agradecer. Não gosto de ver ninguém sofrendo, e se eu puder ajudar... Venha, vamos entrar... Você está muito branca, a qualquer momento pode cair aí de tão fraca que está.
Cena 3 – Casa Família Drumon / Sala de Estar / Int.
Após o suposto enterro de Graziela.
Luís Felipe: Como pode ser tão fria? Nem sequer se importou com morte da sua irmã!
Paola: Não é que eu não tenha me importado. Afinal, era minha irmã, mas agora... Você esta livre dela e pode ficar comigo.
Luís Felipe: Não espere isso de mim. Graziela foi e sempre será o grande amor da minha vida.
Paola: Acorda pra vida Luís. Ela morreu. Graziela morreu! E eu estou esperando um filho seu!
Otávio entra na sala e se assusta com o que ouve.
Otávio: Como foi capaz de enganar assim sua irmã, Paola?! E você Luís Felipe?! Te dei a liberdade de namorar Graziela. De entrar na minha casa. Mas pra que? Pra usar e brincar com o coração das minhas filhas?
Luís Felipe: Senhor eu...
Otávio (alterado): Não me dirija a palavra. E ainda tem coragem de chorar a morte de Graziela? Saia já da nossa casa.
Paola: Mas pai. Eu estou esperando um filho do Luís.
Otávio vira-se para a filha lhe acerta um tapa. Ele sente uma forte dor no peito. Natália chega e repreende o marido.
Natália: Como pode bater na sua filha?
Otávio: Você não sabe o que ela fez com a irmã...
Paola: Mamãe, eu juro que não fiz por mal. Eu amo o Luís Felipe.
Natália: Fica calma meu amor. Deixe que eu cuido desse assunto. Luís Felipe, temos que conversar sobre isso, mas volte outro dia. Hoje Otávio está descontrolado.
Luís Felipe vai embora. Natália e Paola se retiram. Otávio fica inconformado esperando sua dor passar.
Cena 4 – Casa Miguel / Int.
Graziela se surpreende com a pobreza daquela casa. Há somente uma cama, uma mesa marrom de madeira, e um banheiro que nem porta tinha.
Miguel: A moça quer que eu avise a sua família?
Graziela (rapidamente): Não!
Miguel: Não? Mas... Por quê?
Graziela sente que tem um machucado na cabeça. Ela mente.
Graziela: É que eu não me lembro de nada.
Miguel se aproxima, e afasta umas mechas do cabelo de Graziela, analisando o machucado.
Miguel: Mas também deve ter sido uma pancada horrível. Fique tranquila... Posso te levar até uma delegacia. Os caras podem encontrar sua família.
Graziela: Não. Agora não, por favor. Estou me sentindo mal.
Miguel: Vou curar essa ferida. Ah! Meu nome é Miguel... Miguel Gomes.
Graziela (sorrindo): Muito prazer. É assim que se chama o meu herói?
Miguel: Herói? Eu? Só rindo mesmo!
Os dois riem.
Miguel: E como você se chama?
Graziela (pensa rápido): Marisol. Meu nome é Marisol. É única coisa de que me lembro.
Miguel estranha.
Cena 5 – Casa Família Drumon / Sala de Estar / Int.
Otávio continua sentado no sofá, desconsolado. Natália surge na sala, pronta para sair. Ele a observa, incrédulo.
Otávio: Como pode agir dessa maneira Natália?
Natália: Já está morta e ponto final. Não suporto mais esse drama. Vou sair.
Ela se retira. Otávio pega um drinque e chora a morte daquela que amou como filha. Raúl entra na sala.
Raúl: Vim ver se o senhor está bem.
Otávio: Estou mal. Muito mal. Completamente decepcionado com esta família. São todos uns falsos! Mariana nem sequer está em casa. Paola acaba de me dizer que está grávida de Luís Felipe e Natália a apoia... Ninguém se importou com o sofrimento de Graziela. Ninguém além dos fãs e daqueles abutres da imprensa se importou com essa morte injusta... A dor de perdê-la é muito grande.
Raúl: Eu lamento, sinceramente. Graziela era muito importante pra mim, como uma verdadeira irmã. Crescemos todos juntos. O senhor me criou como um filho e eu não cansarei de agradecer.
Otávio: Você sim merece todo o meu carinho Raúl. Eu nunca vou esquecer o seu apoio.
Cena 6 – Casa Miguel / Int.
Miguel: Bom. Eu preciso voltar ao trabalho. O senhor Manoel deve estar furioso. Ele é muito exigente.
Graziela: Eu não quero te trazer problemas.
Miguel: Por mais que não queira, já trouxe. Eu trago algo pra você comer quando eu voltar. Por que não descansa um pouco? Está muito fraca.
Graziela sorri.
Miguel: Sinta-se em casa.
Miguel sai. Graziela procura algo pra comer e não acha nada. Ela fecha os olhos e vê a imagem de sua casa, aquela mansão maravilhosa no bairro mais chique da cidade.
Graziela (pensando): Pelo menos um banho... Vou lavar essa roupa e por pra secar.
CORTA PARA,
Banheiro / Int.
Fade in: Cuando me enamoro - Enrique Iglesias feat. Juan Luis Guerra
Graziela abre o chuveiro e cai aquela água gelada no seu corpo.
Graziela: Ai meu Deus! Agora sim estou com saudade do luxo da minha casa.
CORTA PARA,
Sala / Int.
Enrolada em uma toalha, ela abre o velho guarda-roupas do rapaz e tira uma blusa dele dentre as demais.
Graziela: Ele não vai se importar...
Graziela penteia os cabelos e se olha no espelho.
Graziela: Nossa! Eu estou com uma aparência horrível. Se Luís Felipe me visse assim... Luís Felipe! Aquele covarde me enganava o tempo todo com falsas juras de amor.
Desanimada, ela deita na cama velha e acaba dormindo.
Fade out: Cuando me enamoro - Enrique Iglesias feat. Juan Luis Guerra
Cena 7 – Barzinho / Int.
Mariana está junto com seus amigos em um barzinho. Todos estão animados e Mariana está inquieta. Não se sente bem.
Marcelo: O que foi Mary?
Mariana: Eu não devia estar aqui. Hoje não serei uma boa companhia a vocês. Vou ligar pro Raúl vir me buscar.
Marcelo: Eu te acompanho.
Cena 8 – Barzinho / Ext.
Mariana espera o motorista da família, do lado de fora do bar.
Mariana: Eu tentei Marcelo, mas não consigo me distrair.
Marcelo: Você vai voltar pra sua casa onde estão todos chorando, todos de baixo astral. Fique aqui com a gente. Vamos tomar uma tequila pra esquentarmos um pouco.
Mariana: Marcelo, minha irmã morreu. Você não percebe que isso não é uma besteira? É uma coisa séria.
Marcelo: Oh Mary, desculpe. Não disse por mal.
Marcelo abraça Mariana. Ele tenta beijá-la, mas Mariana o afasta.
Mariana: Não. Hoje não.
Marcelo (insiste): Só um beijo Mary.
Mariana: Não quero.
Raúl (nervoso): Você não ouviu cara? Ela não quer nada com você!
Marcelo: Não sabia que o motorista da sua casa era seu guarda costas.
Os amigos de Mariana saem e veem aquela cena.
Raúl: Eu não admito que você desrespeite a Mariana.
Mariana: Raúl, para com isso! Eu sei me defender sozinha.
Marcelo: Ah Mariana, que horror. Se eu fosse você teria vergonha de ter um motorista brega como esse. Desrespeitá-la? Eu não faço nada que a sua protegida não me permita.
Marcelo ri, debochado. Raúl acerta um soco no rosto dele e os dois começam a brigar.
Cena 9 – Casa Miguel / Ext. / Int.
Miguel cavalga em direção a sua casa, o sol está quase se pondo. No interior da casinha, ele se surpreende ao ver Graziela dormindo, vestida com sua camisa.
Miguel (pensando): Nossa... Que mulher mais linda! Em que confusão eu fui me meter...
Ele toca seus cabelos que ainda estão molhados. Graziela abre os olhos lentamente e se assusta ao percebê-lo.
Graziela: Você já chegou?
Miguel (irônico): Não... O que você está vendo é um fantasma do Miguel. O que faz com a minha camisa? A minha camisa nova! A que eu uso pra ir à missa...
Graziela: Me perdoa. Eu estava me sentindo horrível e resolvi tomar um banho, mas... (grita) Eu não tenho outra roupa!
Miguel: Não tem e pegou a minha?
Graziela: Você disse que eu ficasse a vontade.
Miguel: Mas, não era pra aproveitar tanto... E o pior de tudo! O que diria minha tia se chegasse aqui e achasse uma moça seminua na minha cama?
Graziela (nervosa): Eu não estou nua! Você é um estúpido... Eu...
Miguel: Não está completamente, mas eu sou homem. Tenho sangue nas veias, Marisol!
Graziela (ofendida): Eu não vou ficar mais nem um minuto aqui. Você me disse que eu podia descansar e eu achei que... Eu sou uma tola...
Graziela se levanta. Miguel olha pra ela dos pés a cabeça, querendo ri.
Miguel: Vai sair assim?
Graziela senta na cama e começa a chorar.
Graziela: Você é um estúpido! Era preferível que eu ficasse lá junto com o sequestrador.
Miguel: Ah é claro! Ele ia te tratar bem melhor do que eu...
Ele caminha até lá e tira uma calça do pequeno guarda-roupa.
Miguel: Toma. Vista isso. (com ironia) Não é o número do seu manequim, mas pelo menos não vai deixar suas pernas a mostra, mocinha. 
Ele sai para que ela possa se vestir. Graziela olha com raiva. 
Graziela: Será que vale a pena ficar aqui nesse fim de mundo com esse mal-educado? Um mal educado que... Que... Não, Graziela. Você está ficando louca! Bonito? Esse peão imbecil, bonito...! Acho que estou ficando louca de verdade.

REALIZAÇÃO



Copyright 
© 2005 - WebTV
www.redewtv.com

Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução


Compartilhe:

10 anos

Capítulos de Você e Eu

Drama

No Ar

Romance

Vale a Pena Ler de Novo

Você e Eu

Comentários:

0 comentários: