As Mulheres da Minha Vida - Capítulo 04




CAPÍTULO 04
 
     
   
 

FADE IN:

 

01 INT. HOTEL, IBIZA. QUARTO DE VANESSA- DIA.

 

Silêncio absoluto. Janelões abertos. Os raios de sol penetram no quarto. PLANO BAIXO. CAM ACOMPANHA. Apenas os pés calçados num salto scarpin caminham enquanto a câmera revela aos poucos VANESSA,

acabando de abrir closet e pegar um vestido.

 

ENTRA.

SONOPLASTIA: Shot Out to My Ex- Little Mix.

 

VANESSA

(Cantando)

This is a shout out to my ex!

 

Vanessa pisca para a CAM e começa a dançar,jogando o cabelo e se agarrando no closet. Intuito de parecer sensual.

 

VANESSA

Heard he in love with some other chick
Yeah yeah, that hurt me, I'll admit
Forget that boy, I'm over it

 

 

Música continua. Vanessa deixa o vestido cair e se abaixa para pegar. De súbito, surge Kelly em seu lugar, porém em seu quarto. Toalha enrolada no corpo e no cabelo. CAM acompanha seu movimento (caminhar), enquanto ela canta.

 

KELLY

(Cantando)

I hope she gettin’ better sex. Hope she ain't fakin’ it like I did, babe.

 

Kelly chega no banheiro e se olha no espelho. Põe creme dental na escova.

 

KELLY
Took four long years to call it quits
Forget that boy, I'm over it.

 

Dá de ombros e passa a escovar os dentes. MUDANÇA DE FOCO. CAM se direciona rapidamente para a porta de seu quarto, aberta. Logo, a porta do quarto em frente se abre, revelando Neide, sorrindo. Foco em seu rosto. Ela começa a andar e dançar pelo corredor.

 

NEIDE

(Cantando)

Guess I should say thank you
For the hate yous and the tattoos
Oh baby, I'm cool by the way
Ain't sure I loved you anyway
Go 'head, babe, I'mma live my life, my life, yeah!

 

Todas saem dos seus quartos e desfilam pelo corredor. PLANO GERAL.

 

VANESSA/KELLY/NEIDE

(Cantam)

Shout out to my ex, you're really quite the man
You made my heart break and that made me who I am
Here's to my ex, hey, look at me now
Well, I'm, I'm all the way up
I swear you'll never, you'll never bring me down.

 

A música para. As três param numa pose.

 

FADE OUT.

 
     
     
     
     

O MUSICAL
 
     
 

ABRE A CENA.

 

FADE IN.:

 

02 INT. HOTEL, IBIZA- SUPERMERCADO - DIA.

 

Neide está vendo algumas revistas na prateleira. Ela faz o sinal do pai nosso.

 

NEIDE

(Indignada)

Salva-me da profanação, pai. É bunda pro lado, peito para o outro. Onde será que esse mundo vai parar? Esse povo tá achando que tá onde? O que é que isso? Olha só. Não. Meu Deus. Isso virou o quê? Presença de Anita? Que que é isso? Gabriela?

 

Neide larga a revista. Caminha até o freezer e pega uma latinha de Coca-Cola. Arregala os olhos ao olhar a figura do Pablo Vittar na lata.

 

NEIDE

É o fim dos tempos. Dessa vez Pablo foi longe demais. Daqui a pouco ele vai estampar as notas do dinheiro, apresentar a Tv Globinho e derrubar o Cristo Redentor pra construir uma estátua dele no lugar. Decadência.

 

Neide pôe a latinha de volta.

 

 NEIDE

Ai, eu tô nervosa.

 

Aproxima-se uma das vendedoras com um sorriso simpático no rosto.

 

VENDEDORA

Com licença.

 

NEIDE

(Olha de cima a baixo)

Pois não?

 

VENDEDORA

Prazer, Vânia.

 

NEIDE

Prazer, Neide.

 

VÂNIA espera Neide falar algo. Neide faz o mesmo em relação à Vânia. As duas se encaram, sorridentes, por um longo tempo.

 

VÂNIA

Precisa de ajuda?

 

NEIDE

Eu? Não. Por quê? Eu tenho “ele” (menção ao céu) na minha vida. Quem precisa de ajuda são vocês.

 

VÂNIA

Quê?

 

NEIDE

Inclusive seu sutiã também precisa de ajuda, minha filha. O coitado clama por misericórdia, gente. As tirinha tora já de tanto peso acacumulado.

 

VÂNIA

Escuta aqui, minha senhora…

 

NEIDE

Neide.

 

VÂNIA

Cleide?

 

NEIDE

Neide!

 

VÂNIA

Quem é a senhora pensa que é pra sair julgando assim, heim?

 

NEIDE

Maria Elieneide da Igreja de Josué.

 

VÂNIA

Hahaha

 

NEIDE

É virose?

 

VÂNIA

Falou a mulher que sai com ator pornô.

 

NEIDE

Quem é que sai com ator pornô aqui, palhaça?

 

VÂNIA

A senhora!

 

NEIDE

É Neide!

 

VÂNIA

A senhora Neide!

 

NEIDE

Eu não vivo na profanação mundana como você, indivídua.

 

VÂNIA

Ah, não? O que é que isso aqui? Miragem angelical?

 

Vânia retira um DVD da prateleira e entrega a Neide, que por sua vez fecha os olhos ao perceber que se trata de Arthur.

 

VÂNIA

Arthur Aloc em… o quê que diz aí mesmo. Ah, “Arthur Aloc em Banana Split”.

 

Neide olha para o DVD e em seguida para Vânia.

 

NEIDE

(Disfarçando)

A senhora é feia, heim? Desculpa falar, mas a senhora é feia. Sai daqui antes arranque esse teu sutiã deturpado. Não é tomara que caia, mas eu faço cair!

 

VÂNIA

Você é maluca! Louca!

 

Vânia sai. Neide põe a mão sobre a boca, atônita.

 

NEIDE

Eu não acredito. Quando eu vê aquele desgraçado a primeira coisa que vou fazer é dá com esse DVD na cara dele.

 

Neide vira-se e se depara com Arthur, à sua frente, sorridente. Susto.

 

NEIDE

(Off)

É agora.

 

Neide respira fundo.

 

NEIDE

Dá licença!

 

E sai andando. Arthur corre atrás.

 

ARTHUR

O que houve?

 

NEIDE

O quê?

 

ARTHUR

O que eu tô perguntando.

 

NEIDE

O que você tá perguntando?

 

ARTHUR

O que houve!

 

Neide se vê agarrada no DVD e mostra para Arthur.

 

NEIDE

Isso houve!

 

ARTHUR

Caraca, ainda vendem isso?

 

NEIDE

Você é um prostituto!

 

ARTHUR

(Corrigindo)

Ex ator pornô.

 

NEIDE

Que seja!

 

ARTHUR

Eu pensei que soubesse.

 

NEIDE

Pra eu saber, eu teria que assistir esse tipo de filme, o que eu não faço.

 

ARTHUR

Não me julge pela sua projeção.

NEIDE

Projeção?

 

ARTHUR

Julga tanto as pessoas, mas na verdade quer fazer exatamente o que elas fazem.

 

NEIDE

Como o senhor tem tanta certeza disso?

 

ARTHUR

O que quer fazer agora?

 

NEIDE

Sair daqui?

 

ARTHUR

Não! Você quer me beijar! Projeção sim!

 

NEIDE

Isso não é verdade.

 

Arthur beija Neide. Ela cambaleia para trás.

 

ARTHUR

E agora?

 

NEIDE

Continua não sendo verdade.

 

Arthur torna a beijá-la ardentemente. Larga. Neide se segura numa prateleira.

 

NEIDE

Tá, isso pode ser uma meia verdade.

 

ENTRA.

SONOPLASTIA: Kissing Strangers- DNCE feat. Nicki Minaj

 

Arthur abre os braços e começa a se afastar dela.

 

ARTHUR

Tá vendo? É tudo um desejo seu que você mesma faz questão de reprimir por não saber lhe dar com ele. Quer saber?

(Canta)

Aye, I'm just tryna make way out to the concrete jungle
Who walks with me?

 

No centro do mercado, alguns funcionários começam a coreografia com ele.

 

ARTHUR

Aye, oh yeah trying to find connection in 2 thousand something, ain't easy

 

Uma roda se faz em torno de Neide. Ela estranha, esquiva. Os pés que batem no chão causam um estrondoso som.

 

ARTHUR

Ooh
Can't quit, take six
Wanna taste you
Language, use lips
Kissing strangers (oh)

 

Nesse momento, algumas funcionárias adentram em cena, cantando em uníssono.

 

FUNCIONÁRIAS

(Cantando)

Na na na na na na na na!

 

ARTHUR

'Til I find someone I love…

 

FUNCIONÁRIAS

Na na na na na na na na…

 

ARTHUR

'Til I find someone I trust...

FUNCIONÁRIAS

Na na na na na na na na…

 

ARTHUR

Kissing Strangers (oh)

 

Todos dançam individualmente uma coreografia perfeitamente sincronizada e espetacular. Arthur tira Neide para dançar mesmo contra sua vontade.

 

ARTHUR

Open heart, open mind
Never know who you'll find
Open heart, close your eyes
Kissing strangers (oh)

 

A joga de um lado para o outro, fazendo-a gritar e ficar tonta.

 

FUNCIONÁRIAS

Na na na na na na na na!

 

Ritmo intenso e frenético. Arthur larga Neide.

 

ARTHUR

'Til I find someone I love…

 

FUNCIONÁRIAS

Na na na na na na na na!

 

Arthur, de joelhos, desliza pelo chão do supermercado.

 

ARTHUR

Kissing Strangers!

 

TODOS

Oh!

 

A música para.

FADE TO BLACK.

 

03 EXT. HOTEL, IBIZA-NOITE.

 

ABRE A CENA.:

 

PLANO AÉREO. Um aglomeramento de de pessoas perto da piscina dançam. Um grande palco está montado mais para frente. CORTE RÁPIDO.

FOCO em Vanessa e Kelly, apertadas no meio de tanta gente. Ouvem o anunciante falar ao microfone.

 

ANUNCIANTE

(Entusiasmo)

O bom e velho karaokê ninguém esquece! Aqui no hotel, em todas as temporadas de verão, é aberto o festival de karaokê…

 

Kelly bate palmas, animada. Vanessa, de braços cruzados, olha as pessoas com uma indiferença notável no seu semblante azedo.

 

KELLY

Bora? Já pensou? Eu e tu no karaokê?

 

VANESSA

Teve muita coisa que pensei que não ia acontecer e acabou acontecendo. Portanto, não! Never! Nunca cantarei karaokê. Jamais, em hipótese alguma subirei naquele palco.

 

= = CORTE DESCONTÍNUO = =

 

Vanessa e Kelly se encontram no palco. As pessoas gritam. Fervor contagiante.

 

KELLY

“em hipótese alguma subirei naquele palco”.

 

VANESSA

Isso foi antes de saber que aquele não gay hetero de uma figa de alcunha Nando irá competir. Eu já perdi muita coisa na minha vida, mas um kit de panela antiaderente eu não perco de jeito nenhum, ainda mais pra ele!

 

ENTRA.

SONOPLASTIA: Broto Legal- Celly Campelo e Sérgio Murilo.

 

Desengonçada, Vanessa dá umas mexidinhas para um lado e para o outro. Kelly ia cantar, quando é interrompida bruscamente por Vanessa, que por sua vez abre os braços num refluxo de diva.

 

VANESSA

(Canta)

Olha que broto legal
Garoto fenomenal
Fez um sucesso total
E abafou no festival
E quando ele entrou
O broto logo me olhou
Pra mim sorrindo piscou
E pra dançar então tirou.

 

Nesse momento, Kelly toma à frente, no intuito de ofuscá-la.

 

KELLY

(Canta)

O broto então
Se revelou
Mostrou ser maioral
A turma toda até parou
No rock'n roll
Nós dois demos um show. Au!

 

As duas brigam por território no palco enquanto a música continua a rodar.

 

VANESSA

Puxei o broto pra cá...

 

KELLY
Virei o broto pra lá..

 

VANESSA
A turma toda gritou…

 

KELLY/VANESSA
Rock'n roll!
E o rock continuou!

 

VOZ MASCULINA EM UNÍSSONO.

 

NANDO/LUIGI

(Cantam)

Olha que broto legal
Garota fenomenal
Fez um sucesso total
E abafou no festival
E quando ele entrou
O broto logo me olhou
Pra mim sorrindo piscou
E pra dançar então tirou…

 

Luigi se atreve a dar uma reboladinha. Motivo pelo qual a plateia entrou num estado de êxtase e gritaria.

 

NANDO

(Canta)

O broto então
Se revelou
Mostrou ser maioral
A turma toda até parou
No rock'n roll
Nós dois demos um show!

 

Vanessa se joga no chão e bate cabelo loucamente. Kelly continua a cantar.

 

KELLY

Puxei o broto pra cá…

 

LUIGI

Virei o broto pra lá..

 

KELLY

A turma toda gritou…

 

LUIGI/KELLY

Rock'n roll!

 

NANDO

E o rock terminou!

 

VANESSA

E o rock terminou!

 

A música para. Em Vanessa e Nando, se encarando. Plateia eufórica.

 

LUIGI

Aproveitando a oportunidade. Eu queria fazer um pedido muito especial. Kelly Maria, você aceita se casar comigo?

 

VANESSA

(Indignada)

O quê?

 

VOZ

Autografa!

 

De súbito, um celular, jogado por alguém da plateia, atinge em cheio Vanessa.

 

FADE TO BLACK.

 

03 INT. ILHA- DIA.

 

ABRE A CENA.

 

PLANO AÉREO.

SOM DE UMA GAIVOTA.

 

Um imenso mar azul com águas calmas encontra-se em perfeita sintonia com a luz do sol de tarde. ZOOM. Foco em Otávio, tentando pescar peixes com uma vara de bambú, sem êxito.

 

= = CORTE DESCONTÍNUO = =

 

Ado segura a câmera com as duas mãos, sorridente.

ENTRA.

SONOPLASTIA: Essa Música é Romântica e Assustadora o Suficiente Pra Te Deixar Confuso(a)- TOPÁZ.

 

De imediato começa a cantar.

 

ADO

(Canta)

Vou descobrir onde você mora
Te vigiar vinte quatro horas
Pra chegar antes da sua família
E te esperar na porta…

 

Ele inclina a câmera para o lado e sai da frente. Com isso, podemos ver ao fundo, Otávio sentado, perdido em seus pensamentos. Ado Volta a posição e sai correndo pela praia.

 

ADO

Vou conquistar todos seus amigos
Filmar você quando estiver dormindo
Mantenha a calma, fique em silêncio
Eu não pretendo te machucar…

 

A partir daí.

CORTE RÁPIDO PARA.

TAKES

da vida dos dois na ilha são mostrados na tela enquanto a música continua a rodar.

 

ADO

(V.O)

Se você aprender a gostar de nós dois
Eu prometo: Te deixo!
A chave pra você voltar.

 

SPLIT-SCREAM.

Várias cenas sendo exibidas numa mesma tela; Ado, em câmera lenta, correndo em direção a Otávio, que desvia seu corpo ao quase se concretizar o ato de abraço; Ado vigiando Otávio tomando banho; Ado beijando Otávio enquanto ele dorme e logo em seguida Otávio acordando em fúria, passa a correr atrás dele; Ado montando uma barraco, orgulhoso. Cai logo em seguida.

 

ADO

(V.O)

 Você não vai precisar de nada.
Em sete meses vai virar sua casa.
Lá tem cortina, mas sem janela.
Já desenhei a sacada!

Eu acabei de escrever uma carta
Com letras de revistas recortadas.
Não tinha preço, só uma frase:
Não te devolvo por nada!

(Refrão)

Se você esquecer o caminho depois.
Eu te levo e te explico
Quantas vezes você precisar.

 

A música para.

CORTE RÁPIDO PARA.

Posição inicial. Ado, ainda segurando a câmera. Mostra o dedo polegar para a câmera, sorrindo.

 

    Ao fundo, vem Otávio, correndo em direção a Ado.

 

OTÁVIO

Eu vou te matar!

 

Otávio derruba Ado no chão. CAM cai junto. AINDA GRAVANDO. Otávio por cima de Ado. Uma sombra se faz a frente deles. De repente uma flecha quase acerta a cabeça de Ado, parando poucos centímetros longe. Otávio olha devagar para trás de si.

CORTA.

CÂMERA OBJETIVA.

Um grupo de índios estão os encarando com certo estranhamento e armas artesanais em mãos, como lanças, flechas e dados.

CORTA.

CAM inicial. AINDA NO CHÃO, GRAVANDO. Os índios se aproximam. CAM fora do ar.

 

05 INT. BARZINHO-NOITE.

 

Palco simples, porém aconchegante montado. As pessoas, depressivas e fatídicas, provavelmente estão ali para afogar as mágoas. Iluminação neutra.

Sobe no palco CLARICE FALCÃO com seu violão em mãos. Ajeita o microfone.

 

CLARICE

Eu sei que muita gente aí  passou por isso. Chifre não é presente de natal, mas a qualquer hora, mesmo que do nada, você pode ganhar um. Por isso eu vou cantar essa música.

 

As pessoas levantam o copo com cerveja em sinal de consideração.

ENTRA.

SONOPLASTIA: Vagabunda- Clarice Falcão.

 

CLARICE

(Cantando)

 

Vagabunda
Clarice Falcão
 
Nós duas somos apenas figuração
No canto da mesma cena de um filme de ação
Correndo discretamente na mesma explosão
Nós duas somos efeito colateral
De um acidente de trem proposital
Que não matou ninguém, mas foi quase fatal
Então por que cê não vem?

Toma um chopp comigo, vagabunda
Que eu sei a vagabunda que eu sou
Repara que conexão profunda
De ter compartilhado um mesmo amor

Nós duas somos efeito colateral
De um acidente de trem proposital
Que não matou ninguém, mas foi quase fatal
Nós duas somos apenas figuração
No canto da mesma cena de um filme de ação
Morrendo discretamente da mesma explosão
Então me dá sua mão

Toma um chopp comigo, vagabunda
Que eu sei a vagabunda que eu sou
Repara que conexão profunda
De ter compartilhado um mesmo amor

Me dá seu telefone, inimiga
Que é só você que vai compreender
Aquela agonia na barriga
Me liga, que eu tô que nem você.

 

A música para.

FADE TO BLACK.

FADE OUT.

 
     
     
     

AUTOR
Everton Brito


PARTICIPARAM DESTE EPISÓDIO

VANESSA ROBSON................................INGRID GUIMARÃES
KELLY MARIA..................................ROBERTA RODRIGUES
NEIDE SILVA...................................BIANCA COMPARATO
OTÁVIO SCHUMACHER...........................WAGNER SANTISTEBAN
ADO LAMBERTINI....................................GEORGE SAUMA
NANDO SCHUMACHER..........................REYNALDO GIANECCHINE
ARTHUR ALOC.....................................THIAGO LACERDA
LUIGI FRANCESCO.................................MAX FERCONDINI
VÂNIA VENDEDORA................................THALITA CARAUTA

TRILHA SONORA

SHOT OUT TO MY EX...................................LITTLE MIX
KISSING STRANGERS.......................DNCE FEAT. NICKI MINAJ
BROTO LEGAL......................CELLY CAMPELO E SÉRGIO MURILO
ESSA MÚSICA É ROMÂNTICA E ASSUSTADORA O SUFICIENTE PRA TE DEIXAR CONFUSO(A)...TOPÁZ
VAGABUNDA.......................................CLARICE FALCÃO
 

PRODUÇÃO
Bruno Olsen
Cristina Ravela


Esta é uma obra de ficção virtual sem fins lucrativos. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.


REALIZAÇÃO


Copyright
© 2018 - WebTV
www.redewtv.com
Todos os direitos reservados
Proibida a cópia ou a reprodução

.aaa.
.aaa.

Compartilhar:

 
Copyright © WebTV | Design by OddThemes